1. Spirit Fanfics >
  2. Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) >
  3. Capítulo XX

História Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - Capítulo XX


Fanfic / Fanfiction Trilogia guerreiros livro 1: O assassino (Finalizado) - Capítulo 21 - Capítulo XX

- Que profecia?

- Há exatos vinte e cinco anos um oráculo disse ao próprio Ares que alguém ocuparia seu lugar no Olimpo; vê minha confusão - E este alguém teria seu sangue... O sangue dos deuses, ou pelo menos é o que está escrito aqui; me entrega alguns pergaminhos - Eram de Santiago, nesses pergaminhos está a verdade por trás de seu passado.

- Eu não entendo...

- Não foram as fadas que atacaram seus pais, muito menos os elfos; ele me olha sério por alguns minutos - Santiago e alguns dragões negros a mando de Ares os mataram, ele devia ter feito o mesmo com você, mas não pôde...

- Detesto estragar tão bela reunião familiar; entra Mason estragando tudo - Mas Eleonor desapareceu.

- Como assim desapareceu?

  Nesse momento uma flecha passa por cima da minha cabeça e atinge a parede. Na ponta da flecha havia uma mensagem que eu logo peguei.

"Olá filho " querido", estou com sua mulher, me encontre na montanha do silêncio,e venha sozinho se não pode dar adeus a sua amada..."

- O que está escrito? - Mason pergunta aflito; aconteceu alguma coisa com Eleonor?

- Sei onde ela está e quem a levou; olho sério para os dois - Mas preciso resolver isso sozinho.

- Não deixarei a vida de minha rainha apenas em suas mãos.

- Deixe - me ver o bilhete; entrego a mensagem a Luke e ele a lê em voz alta - Se nós formos com Jack ele matará Eleonor, não temos escolha a não ser esperar.

  Nesse momento tochas de fogo são lançadas no palácio, então Mason nos mostra uma passagem secreta, mas o lugar começa a pegar fogo muito rapidamente e uma viga de madeira cai em cima de Luke. Com a ajuda de Mason consigo tirar Luke do palácio, assim que saímos de lá Mason me leva até uma pequena cabana que ao que tudo indicava pertencia a Luke.

- Obrigado por me ajudar a salvar meu amigo; colocamos Luke na cama - Eu lamento muito pelo mal que causei ao seu povo.

- Águas passadas...

- Eu gostaria de pedir que não me siga... A vida de Eleonor depende disso.

  Ele não disse nada, então segui o caminho que levava ao monte do silêncio, onde vi Eleonor pela primeira vez. Andei um longo caminho, mas logo cheguei, mas assim que comecei a escalar o monte senti a presença de Mason.

- Eu mandei você ficar lá.

- Quem você pensa que é para mandar em mim? E além do mais duas cabeças pensam melhor do que uma...

- Que jeito...

  Juntos Estalamos o monte, logo vimos Eleonor desacordada e acorrentada, Mason correu para solta - lá, mas foi atingindo por uma flecha no calcanhar e caiu. Ao longe vejo Ares com arco na mão e um sorriso sádico nos olhos.

- Finalmente vamos acabar com isso; estala os dedos e uma espada especial, dourada surge a minha frente - Veremos quem de nós é o melhor lutando até a morte.

- Que assim seja...

    Ele se aproxima de mim como um lobo e desembainha sua espada, que é dourada igual a minha. Ele avança contra mim, seus ataques são precisos e rápidos, não era a toa que ele era o deus da guerra. Ares consegue ferir meu braço, e eu sinto ele arder como se estivesse pegando fogo, ele sorri para mim de um modo sinistro.

- Quando te matar eu acabo com a garota... Não antes de me divertir é claro...

  Nesse momento sinto dentro de mim uma força que eu julgava não possuir, o derrubo no chão e Pressiono minha espada contra sua jugular.

- Vamos termine o que começou; cospe em meu rosto - É o nosso destino, seja o novo senhor da guerra... Meu filho.

- Eu não sou igual a você; retiro a espada de seu pescoço e a jogo fora - Faça o que quiser... Mas eu não agirei como você.

- Seu covarde; se levanta - Não vale apena matar alguém como você.

  Ele se transforma num falcão e vai embora, apesar de estar preocupado com Eleonor fui como estava Mason, mas ele havia desaparecido. Nesse momento me aproximo de Eleonor, a solto e a pego em meus braços, então ela acorda.

- Jack...

- Sim minha querida...

- Para onde vamos?

- Para casa... Eu te amo e teria morrido se algo tivesse acontecido a você.

- Também te amo Jack...

  Então nos beijamos e eu a levo para longe daquele pesadelo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...