1. Spirit Fanfics >
  2. Trilogia guerreiros livro 2: o arqueiro (Finalizado) >
  3. Capítulo XI

História Trilogia guerreiros livro 2: o arqueiro (Finalizado) - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Capítulo XI


Fanfic / Fanfiction Trilogia guerreiros livro 2: o arqueiro (Finalizado) - Capítulo 12 - Capítulo XI

Luke

  Eu observo ao longe e vejo que Mason e Gabrielle estam sendo carregados por guerreiros de olhos vazios. Ao longe vejo alguém que não vejo há muito tempo... Mamãe, mas é impossível, a menos que ela tenha conseguido se libertar. Eu a observo, mas no lugar da mãe amorosa que um dia me acalentou nos braços com olhos cheios de ternura e amor, eu vejo apenas uma mulher amargurada que é não nem sequer a sombra da doce criatura que foi outrora.

  Ela levita Mason no ar como se ele não pesasse nada, e ele começa sufocar, meus nervos neste momento estão a flor da pele, e sinto novamente o calor de ontem, mas não há mais vestígios de dor, eu como se eu já pudesse controlar esse fogo que aos poucos me consome. No momento em que ia agir, um a um dos zumbis iam caindo ao chão, então vejo um vislumbre de meu amigo Jack, aquela criatura que um dia chamei de mãe desviou sua atenção Mason e começou a a observar Jack, que como sempre era implacável com sua espada, em minutos de um minuto todos os zumbis estavam caídos ao chão. Gabrielle o olhava chocada, mas a bruxa não parecia tão surpresa e Mason estava ocupado demais tentando recuperar o fôlego para reparar em Jack. A bruxa, que agora não consigo chamar de mãe ri como uma louca.

- Você é de fato filho de seu pai; o levita no ar - Mas mesmo assim sou muito mais forte que você.

- Solte meu irmão! - Digo saindo de meu esconderijo estratégico; mamãe...

- Tristan? - Me olha chocado e derruba Jack no chão; não pode ser... Esses olhos... Preciso falar com você, agora!

- Solte meus amigos que eu falarei com você; a olho sério - Se sente algo por mim por favor deixe - os ir... Eu imploro.

- Isso pode muito bem ser um truque; lança uma bola de fogo em minha direção que eu consigo parar com o poder de minha mente - Tristan! Por Hera, é você mesmo... Meu menininho, agora um homem...

- Vai soltar meus amigos?

  Ela me olha pelo que parece ser uma eternidade, então ela se aproxima de mim, e abre uma espécie de portal que nos leva para longe. Antes de entrar no portal vejo os olhares espantados de meus amigos e lhes brindo com um sorriso fraco... E finalmente sigo o que parece ser meu destino.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...