História Triple H - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias HyunA, Pentagon (PTG)
Personagens E'Dawn, Hui, HyunA
Tags Hyuna, Pentagon, Tripleh
Visualizações 107
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooo boa leitura!

Capítulo 8 - Estamos voando no seu,tão livres.


Fanfic / Fanfiction Triple H - Capítulo 8 - Estamos voando no seu,tão livres.

Localizamos o veículo,está saindo de Busan,sim mas a três passageiros,o cara com o cabelo rosa a ruiva e um loiro.-Diz o policial ao telefone ao avisar mais viaturas.


          ********************


Já estava anoitecendo,e quando os 3 procurados passam pela saída de Busan tinha duas viaturas os esperando,eles pareciam estar tão bem sem medo algum do futuro de daqui logo,a polícia parecia não alcança-los nunca.Até que ficam fora dos olhos das viaturas,mas ele não podiam fugir.Já em Seoul o alvo deles era uma das pontes que eram tipo de uma passarela de carro digamos assim.Eles sabiam exatamente o que estavam fazendo? Não eram de pensar muito,além disso qual tempo tinham pra isso,agora eles eram não as mais procuradas,mas umas das pessoas que a polícia coreana queria prender.Não que sejam os mais procurados importantes,mas como todo crime tem suas consequências,a polícia não ia parar até prende-los.


Passando pelo viaduto que dava a entrada do destino deles os três pareciam estar explodindo de loucura.


E'Dawn sai pra fora da janela do carro com metade do corpo,com o carro em movimento.

-AAAAAAAAhrg.SEUS MALDITOS-Ele gritava que logo volta ao seu lugar 


HyunA e Hui sorrindo o observavam pelo espelho 


HyunA se vira pra trás.-Não está nem um pouco arrependido?-O pergunta sério.


Se aproxima.-Agora eu sei que tenho os dois pro resto da minha vida.-Sorri e a encara-E tenho você!-Diz E'Dawn.


Hui os observava só que dessa vez ela não faria nada,ele bem sabia que depois dali talvez não se encontrem nunca mais.


E'Dawn.Sabemos bem foi só uma noite e 3 dias,está sendo difícil lidar com meus sentimentos.Tenho medo de prometer algo junto a você e não nos encontrarmos depois.HyunA pensava.-Ela sorri pra E'Dawn.~


-YA,PROMETAM QUE VAMOS NOS ENCONTRAR QUANDO SAIMOS DA CADEIA?-Diz Hui 


-Isso é algo que já estava prometido desde nossos primeiros dias,temos uma história,não temos?-Diz E'Dawn


Hui sorri.-Que nossas vidas permaneçam juntas.- Diz Hui


-Que permanecemos juntos,não importa a onde.-Diz HyunA olhando pra E'Dawn que entendeu que avia uma possibilidade,afinal ele a amava.


-LINHA FINAL-GRITA HUI PARANDO O CARRO QUE LOGO DESCE.


 ~HyunA e E'Dawn saem do carro.~


E'Dawn a prensa contra o carro.-Mesmo que foi apenas uma noite qualquer.*Algumas lágrimas molham seu rosto*-Nos tornamos um,eu a amei desdo primeiro dia.-Diz E'Dawn.


HyunA apenas abaixa a cabeça não tendo respostas,E'Dawn já fazia tão bem a ela.


A puxa e a abraça-Não diga nada.-Diz E'Dawn desconfortável com a sirene e a luz da polícia que se aproximava.


E aqui estou eu,com uma mulher que cometeu um crime pra apenas se defender,e um suicída que agora acho eu que não vai tentar acabar com sua vida.Haha ele achou o amor.Todos nós vivemos muito intensamente esses dias,juntos estamos ciente das consequências,não,não vamos fugir,isso é muito covarde.Eu roubei o carro com intenção de devolvemos mais tarde,mas acabei esquecendo disso.Ganhamos com uma mala cheia de dinheiro,e ela ainda está conosco,em boas mãos.Nunca é ruim experimentar uma nova fragrância,mas sempre sabendo que tudo tem um preço.A vida é uma só,um só acaso.São 365 dias,saia fazer algo inesperado que sempre quis.


Os policias chamaram o resgate pois estavam com medo de alguém se matar,pois eles estavam muito perto da beira do viaduto.O resgate de bombeiros chegou e armou uma cama enorme inflável la em baixo,parando o trânsito.Que apesar do lugar não ser tão alto,mesmo assim ainda podia acontecer algo.


-Ya seus filhos da puta.Não vão se entregar? Huh? Vocês estão cercados.-Diz o policial


-Se me falassem isso,eu iria matar o desgraçado,mesmo sendo autoridade*Ri*-Mas como a minha mãe literalmente me abandonou,isso pra mim não é uma ofensa.-Diz Hui sorrindo.


-O flamingo(pela cor do cabelo dele)-foi abandonado pela mãe sozinho no ninho? E o que vai fazer agora?-Diz o policial.


~Hui apenas continua parado na beira do viaduto os encarando~


-Vai tentar voar sozinho agora?Diz rindo.-Vocês estou dificultando as coisas. -Policial.


       ~HyunA se junta a Hui.~


-Ei seus malditos.Vão fazer seu trabalho direito.-Grita E'Dawn sorrindo sarcástico.


HyunA e Hui se olham contam até três e E'Dawn já estava lá também.


-Prometemos ficar juntos!*olha pra baixo*-Realmente não é alto não iremos morrer,alias tem o colchão inflável.-Diz Hui os olhando.


-YA eu não sou um boneco ou algo assim,mesmo assim é arriscado.Mas eu sei que pior que isso não pode ficar.-Diz HyunA.


Nos três,cada um tem sua história por trás disso tudo.Sem dúvidas eu me senti mais feliz com os três,e principalmente com o idiota do E'Dawn,mas no fundo eu realmente estou com uma pitada de medo rondando em mim,não sei exatamente como agir amanhã.


*Aperta forte a mão da hyuna*-Não solte a por nada.**olha pra trás*-Nos vemos lá em baixo.-Diz E'Dawn.


~Eles se olham sorrindo e de mãos dadas pulam juntos.~ 


(...)

Estamos voando no céu, tão livres

(...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...