1. Spirit Fanfics >
  2. ;;tristeza de verão >
  3. Capítulo único - kakashi quebrou

História ;;tristeza de verão - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


yeah, minha primeira kakaobi posta é broken a

tsuki que me perdoe <3

Capítulo 1 - Capítulo único - kakashi quebrou


 

 

Ao passar o verão na casa de sua tia, Kakashi nunca imaginou que iria se apaixonar pelo filho da vizinha. Recém saído de um relacionamento de três meses com sua ex-namorada, ele só queria um tempo para curtir a própria vida, só ele e seus cachorros. Mas quem disse que Obito se importava com isso? Não quando saia para piscina com aquela sunga minúscula, exibindo todo um corpo malhado e um sorriso doce nos lábios. Uchiha Obito era o pecado em pessoa principalmente quando o olhava daquela forma, toda vez que percebia, que Kakashi, ao invés de regar as plantas da tia, tinha os olhos escuros passeando por sua pele bronzeada pelo sol. 

 

O primeiro beijo veio antes mesmo que Kakashi conseguisse pular a pequena cerca que os separava, Obito estava sozinho em casa, e ficaria pelo resto do verão, era uma ótima informação. O Segundo beijo veio, e eles já estavam sobre o sofá da enorme sala do Uchiha, com Obito sobre seu colo rebolando de uma forma que fazia Kakashi acreditar que Deus existia, pois ele soltava cada “Oh, Deus…” com as reboladas do moreno. 

 

Três dias depois, Kakashi já sentia-se apaixonado, ele passava mais tempo com Obito do que com os próprios cachorros. Descobriu que Obito tinha 23 anos de idade, sabia pouco da vida, e não pensava em cursar alguma faculdade, afinal, ele tinha a vida ganha com a herança de seus avós, e futuramente com a dos pais. Um playboy, Kakashi soltou em meio a conversa, e Obito apenas sorriu de canto. Kakashi não se importou, apesar de preferir mil vezes o sorriso doce e de falsa inocência. 

 

Dois dias depois eles fizeram sexo dentro da piscina, e Obito gemeu tão alto que o condomínio inteiro foi capaz de ouvir. A tia de Kakashi ficou nervosa e envergonhada, apareceu na cerca para pará-los, mas Obito não parou de se masturbar até gozar, com Kakashi dentro dele, completamente em choque e vermelho da cabeça aos pés. 

 

No mesmo dia mais tarde, eles estavam na saca de Obito, fumando cigarros de menta, e apenas com bermudas. Obito vestia azul, e Kakashi usava vermelho. 

 

— Você vai embora amanhã? 

 

— Vou… 

 

Kakashi esperou que Obito pedisse para ele ficar mais alguns dias, no entanto ainda veio, apenas um dar de ombros desinteressado, e fumaça soprada em seu rosto. Pelo menos o sexo fora mais intenso aquela noite, Kakashi até pode chamar de amor o que fizeram, mesmo com as palavras sujas sendo ditas bem ao pé de seu ouvido, mesmo com Obito o estapeando na bunda enquanto o comia como se fosse uma vadia, Kakashi chamou aquilo de amor, e Obito chamou de “melhor foda”. 

 

No dia seguinte Kakashi se preparou para ir embora, o peito apertado e o estômago cheio de flor. Ele havia mesmo se apaixonando por Obito, e ele tristemente sabia que nunca seria correspondido. Juntou seus cachorros no carro e depois as malas, deu um beijo na tia e pediu desculpa pelo incomodo — e ele sequer ficou na casa dela

 

Ao sair ele imaginou que encontraria Obito para se despedir, e Obito estava na piscina, mas não estava sozinho, tinha um loiro com ele o chamando de “amor’. Havia um sorriso genuíno nos lábios daquele loiro, e uma aliança em seu dedo, a mesma aliança que agora se encontrava no dedo de Obito. 

 

Kakashi quebrou.  

 

Obito sequer o viu, mas ouviu o barulho da porta do carro batendo e em seguida o som dele deixando o condomínio. 

 

E Kakashi foi embora sem dar adeus para sua tristeza de verão. 

 


Notas Finais


o loiro é o deidara tá k


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...