1. Spirit Fanfics >
  2. Troca de casais?o jogo >
  3. Jogo Perdido

História Troca de casais?o jogo - Capítulo 44


Escrita por:


Capítulo 44 - Jogo Perdido


Fanfic / Fanfiction Troca de casais?o jogo - Capítulo 44 - Jogo Perdido

Poncho correu até o estacionamento e não a encontrou ela sumiu,Anahi saiu em prantos da casa estava destruída.

Jamais imaginou que seria culpada por algo e se desmontou começou a chover forte dava trovoadas era como ela se sentia.
Ele voltou a sala e ela ainda estava jogada no meio da sala grudada na Maite em prantos e Ucker do lado.

—Eu tentei Dulce,abrir mão de ser feliz com a única mulher que amo na minha vida pra te ajuda e vocês estes anos foi a pior esposa,pior amiga ficou amarga.—Ele gritava. Anahi e a única mulher que amo ela e o meu amor do passado e do presente.

Dulce ao ouvir o nome da amiga olhou assustada e olhou pra Maite que abaixou a cabeça.

—Sim Ela mesma,e a mulher da minha vida e todos aqui sabem disto que Amo a Anahi com todas as minhas forças e a deixei pra me casar com você e ser pai.

—Você me enganou a vida todo Poncho,Eu te odeio.

—Você me enganou,você armou pra ficar comigo aquela noite não me esqueço eu tinha brigado com a Annie e você me viu no bar e começou a pagar bebidas e falar mal das mulheres e amanheci na sua cama.—Ele virou a tequila que estava na pequena mesa.—Eu estava noivo da Annie e íamos nós casar em meses e larguei tudo pelo filho.

Pollito que estava calado até o momento falou na hora.

—Então estes anos você e a Annie estão juntos?

—Claro que não. Maite entrou no meio. —Ela abriu mão dele e sempre foi fiel a você,mais o jogo mudou tudo.

—Eu perdi meu filho por sua culpa é dela,eu odeio vocês.

—Você e amargurada ia ser uma péssima mãe, hoje e seca por dentro será amarga pro resto da sua vida. Ele ia saindo.— Você e única culpada!

Ele saiu e Dulce enxugou as lágrimas e gritou.

—Eu tô grávida,não sou seca!

Maitê olhou pro Ucker que estava segurando ela largou na hora quando ouviu a palavra grávida.

—Dulce grávida? Maite questionou. Mas do poncho.

Ucker já pegou a tequila no balcão e olhou pro Pollito e estava apreensivo seu coração disparou,ela vou pro Ucker e Maite percebeu.

—Do Ucker! Ela se levantou é pensou.
—UCKER VAI SER PAI!

Ele se calou e só bebia,Maite ficou em choque e o Pollito estava pior nem respirava direito e Poncho foi atrás dela  em sua casa,mais o porteiro disse que ela não estava e ele voltou pra casa desesperado e acabou chorando ele ligou umas 30 vezes e nada e voltou pra casa.

—Mas Dulce a Annie Não tem culpa de você perde o bebê. Maite afirmou.—Eu me lembro bem daquela noite.

Poncho chegou e ficou ouvindo ela contar como perdeu o bebê e chorou na escadas ao lembra de tudo e as lágrimas corria em seu rosto.

—Maite eu estava grávida de três  meses chovia sem para,ele recebeu uma ligação e  eu já tinha visto mensagens e ligação de um  número e não sabia que era ela,nós discutimos aquela noite e ele disse que não me amava e que estáva indo encontra o amor de sua vida e quando eu corri pela pequena sala eu escorreguei na porta da casa,eu gritei e chorei sem para sem ninguém pra me ajuda a socorrer o meu filho e ele foi atrás dela.

—Mais que nós lembramos não é Ucker,se tem alguém que corria atrás da Annie e não a deixava em paz era o poncho,até que ela começou a namora o Pollito.

—E porque não teve mais filhos Dulce? Pollito questionou.
—Poderiam.

—Eu tentei 3 vezes mais perdi todos,não conseguíamos engravidar depois da perda eu achei que não poderia mais ser mãe pela queda não sei.

— Annie não tem culpa de nada. Ucker se levantou é acendeu o cigarro.— Ela estava de casamento marcado e foi abandonada pelo gtande amor de sua vida.

— Eu sou a culpada também Ucker?

—Coitado do Poncho. Maite soltou e suspirou.—Ele sempre quiz ser pai,e jogou a vida dele fora por um filho e hoje não tem nem o amor e nem o filho.

—Que isto vocês então do lado dele?Dulce gritou.—Ele é culpado.

—Não acho isto Dulce ele foi homem assumiu,mais estas coisas acontece. Ucker falou sério.—E os dois são culpados e a Annie Não tem culpa de nada.

Poncho subiu pro quarto dele e desabou sabia que era o culpado por tudo que estava acontecendo por ser franco e deixar o desejo controlar sua vida...

Todos estão perdidos,e a procura de resposta.
Será que vão conseguir a saída?
E retorna ao JOGO?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...