1. Spirit Fanfics >
  2. Troca de casais?o jogo >
  3. Embusca do Amor

História Troca de casais?o jogo - Capítulo 46


Escrita por:


Capítulo 46 - Embusca do Amor


Fanfic / Fanfiction Troca de casais?o jogo - Capítulo 46 - Embusca do Amor

 

 

Anahi passou dias com a família e revendo o seu passado,e só sabia chora e pensar que ali que ela viveu seu grande amor.

—  Não mãe,ele e casado esqueceu?

— Vocês dois são dois bobos ,ele não precisava casar com ela.

— Mas hoje e o dia que ele me pediu em casamento,eu aqui sem ele.

Enquanto isto na cidade do Mexico Poncho e Maite cuidava da grande feira de imóveis que ia ter na cidade,mais ele não sabia o que fazer sem Anahi todos os anos ela cuidava de tudo.

— Maite eu não consigo pensar em nada,ela resolvi tudo isto. Passando as mãos pelo cabelos e olhando a mesa dela.— Não aguento mais ficar assim.

— Já sei aonde ela tá,claro que sim. Maite riu e pulava na frente dele que não entendia nada.
— Com certeza está nos braços da mãe dela.

— Não acho,mas será que voltou pra Chihuahua? Ele ficou pensando e riu.—  Sim,faz sentindo e que dia e hoje Maite?

— Que mundo você está? Dia da Nossa Senhora Guadalupe  esqueceu da festa?

—  Cuida de tudo Maite eu vou até lá,e só volto casado com ela.

—  Mais e o jantar na Dulce,ela vai ficar brava com você?

— Eu quero saber de Dulce,ela já estragou a minha vida.

—  Eu vendi o apartamento da Annie,só falta ela assina e o Pollito já assinou.

—  Como assim,eu não sabia disto? Surpreso com a notícia.—  Porque não me disse?

—  Ela já tinha colocado a um tempo pra vender,ela vai dar o dinheiro pro Pollito montar a agência dele.

—  Ela sempre pensando nele,que amor e este?

—  Não e isto,eu acho que é gratidão  ele sempre esteve ao lado dela quando você a abandonou lembrar?

—  Caralho precisa dizer isto.

Poncho sai todo estressado e reclamando,porém  feliz e mal conseguia dirigir até a cidade,pegou apenas uma pequena mala e saiu  atrás de seus sonhos e quando chegou já era noite só arrumou um lugar pra ficar e quando chegou a pequena praça aonde eles passavam horas bebendo e rindo lembrou de sua infância,enquanto isto Anahi estava animada se arrumou e saiu tinha um lugar ora visitar antes de volta pra capital.

Enquanto isto na capital Dulce estava animada com sua volta e ia dar um jantar pros amigos.

— Maite conseguiu falar com a Annie? Anciosa.— Quero todos aqui.

—  Não amiga e o Poncho viajou,então vai ser só nos mesmo e depois você faz outro.

Dulce não gostou da ideia,mais seguiu com seu jantar,eles chegaram com flores e presente pra ela.

— Eu chamei todos porque queria pedir desculpas,e combinar de fazemos uma última rodada.

— Mas o jogo já acabou,agora já estamos em uma parte de concerta as coisas. Maite estava confusa com o jantar.— Você já resolveu sobre o bebê?

—  Vou te sozinha,no quero atrapalha ninguém mais chega de ser culpada.

— Não Dulce eu vou assumir,sei que queria que o Poncho assumisse.

— Claro que não Ucker,ele e só um amigo e vamos falar disto depois.

Pollito estava calado só ouvia e tomava vinho,estava triste.

— Tem  notícias da Annie? Dulce indagou ao amigo.
— Estou com saudades e quero conversa com ela sobre tudo.

— Ela está com os pais dela,mais volta logo.

Maite sorriu e sabia que o Poncho tinha ido pra lá,eles falavam sem parar e Pollito distante.
Enquanto isto Anahi tinha acabado de sair de casa,estava apreensiva mais foi matar a saudades de uns amigos E foi no lugar aonde amava ir com o Poncho e quando chegou na porta do bar e balançou a cabeça.

— Nossa continua o mesmo lugar,e precisa de uma boa reforma.

Quando ela entrou era um bar rústico,com jukebox (máquina Aonde você colava uma moeda e toca musica) um balcão enorme com prateleiras de bebidas e no fim do corredor banheiros rústicos ela entrou e sorriu ao ver tudo do mrsmo jeitinho e olhou o fundo do bar a mesa que ela sentava ainda era no mesmo lugar,colocou duas moedas na máquina e escolheu suas músicas favoritas e do Poncho pegou sua bebida de sentou e seus pensamentos vieram tudo aquilo que viveu com ele.
Fechou os olhos e sentiu se volta ao passado e o clima de romance abriu um belo sorriso.

— Aceita dançar comigo?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...