1. Spirit Fanfics >
  2. Trouble -2yeon >
  3. Cidade nova

História Trouble -2yeon - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mais voltado a narração, e sim, vou fazer um clichezinho delícia de nova escola, desculpa KKKKKKKK

Capítulo 2 - Cidade nova


13/11/19

-Yoo Jeongyeon, 18 anos

Família estável financeiramente

Estado psicológico, razoável talvez

Era assim que ela se descrevia antes de tudo mudar

Desde sempre era tratada com indiferença, em sua antiga escola, ser motivo de piada por abalos psicólogicos definitivamente não era uma boa forma de se manter estável

Após se assumir lésbica aos dezessete anos, acabou se relacionando com uma garota que frequentava a escola de artes, dança pra ser mais precisa

Jeongyeon gastava horas do seu dia só para ve-la dançar

Perda de tempo, não?

Sim Jeongyeon achava o mesmo, mas mesmo assim não conseguia deixar de observa-la

Em uma festa de comemoração dos 10 anos de inauguração da escola de artes, as duas "acidentalmente" acabaram ficando juntas 

O primeiro mês junto com Hirai Momo foi o melhor da sua vida, assim dizia Jeongyeon

De acordo com Jeongyeon, "Estar junto a ela, era como se todos os meus problemas sumissem"

Assim que sua mãe descobriu, pareceu ter melhorado ainda mais

Sabia que seu pai não poderia sequer desconfiar

Mas tudo deu errado quando Momo se cansou do relacionamento, e sem consentimento acabou conhecendo outra pessoa, por suas costas

"Custava me contar?" Pensava Jeongyeon

Tentou encarar como normal, sim romances adolescentes tem a fama de serem passageiros, ou apenas por diversão

Mas tudo foi por água a baixo quando recebeu a notícia de que iriam se mudar, teria que se adaptar com tudo novamente, fazia sua cabeça doer só de questionar tudo que poderia acontecer

Mas não teria o que fazer, não tinha condição financeira pra tomar suas próprias decisões

Ainda mais quando essa decisão foi imposta pelo próprio pai, ou seja, o único jeito era apenas concordar como sempre fez com tudo

Muitas coisas acontecendo de uma só vez a deixa louca

E ela não estava apenas louca, era um misto de sentimentos, preocupação, magoada, triste, feliz talvez por poder ter a chance de mudar de vida 

[...]

06/01/20

A mudança para outra cidade foi rápida, seu pai era alguém influente, e é o que dizem, dinheiro realmente faz as coisas correram mais rápido

Adaptação com a nova casa foi boa, ficou extremamente feliz em saber que seu quarto era maior que o anterior

Agora tinha espaço para os equipamentos de pintura e música, não ficariam encostados em um canto como eram antes

Adorava passar uns minutos olhando para seu kit de paleta e tintas, ou pra sua guitarra vermelha e o pequeno amplificador

E agora eles finalmente teriam um lugar para deixá-las expostas

O quarto era todo em branco, o que era perfeito, uma grande tela para inumeros desenhos e pinturas, seria quase um sonho

Mas nem sempre tudo é um mar de rosas, certo?

Ainda teria que, infelizmente, conviver com seu pai

E pelo menos tentar, se adaptar a uma nova escola, a uma nova vida 

[...]

Quarto arrumado, roupas guardadas

Sair para conhecer a cidade era o único refúgio, no momento seus pais já estrearam sua pequena discussão diaria, odiava aquilo, e preferiu sair o mais rápido o possível

Com um pouco de dinheiro no bolso, e roupas de frio, ela saiu de casa

18:50

A cidade era linda

O cheiro de café próximo a atraía 

Dito e certo, ao chegar a esquina, viu a grande cafeteria

Pessoas no balcão, e grupos em mesas

Aquilo era um sonho, e não exitou em entrar na cafeteria e pedir pelo menos um pequeno café expresso

Entrou no estabelecimento, e procurou o primeiro banco livre no balcão

Aquele lugar seria um novo ponto de descanso quando estiver voltando de um provavelmente dia cheio da escola

Pediu o seu café, era delicioso

Logo ouviu o sino da entrada do local tocar

E duas garotas vestindo uniforme da escola entraram, escolherem um lugar e se sentaram, estavam rindo e conversando, felizes 

Olhar todo o movimento monótono a deixou com sono

Pagou o seu café e fez o seu caminho de volta

A casa já estava vazia, entrou, subiu as escadas, entrou em seu quarto e deitou na sua cama e então dormiu o resto do dia



Notas Finais


Não sei escrever fanfic autoral, me ajudemkkkkkkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...