1. Spirit Fanfics >
  2. True Love - Jeon Jungkook (Hiatus) >
  3. Sentimentos!

História True Love - Jeon Jungkook (Hiatus) - Capítulo 12


Escrita por: e christal1807


Notas do Autor


Oie! Tudo bem? Então, pessoas, esse capítulo esta mais curto (peço desculpas por isso) e vai retratar mais os sentimentos dos personagens principais, com isso não vai ter tantas ações e diálogos.
Boa leitura!
°
°
°

Capítulo 12 - Sentimentos!


Fanfic / Fanfiction True Love - Jeon Jungkook (Hiatus) - Capítulo 12 - Sentimentos!

                 °•°P.O.V Jungkook°•°
   Um mês se passou e cá estamos nós. Bom, a primeira coisa que me deixa imensamente feliz e... Como posso dizer? Aliviado, é que aquela praga da Kate nunca mais deu as caras. Aquela mulher simplesmente me tirava do sério. Nunca pensei que eu fosso sentir tanta raiva de uma pessoa assim. Em pensar que um dia... Ah, deixa. Não tenho que ficar me assombrando com esse passado que me arrependo mais que tudo.
   O fato de ela estar ameaçando a vida S/N só faz com que a minha raiva por ela cresça ainda mais. Infelizmente, ela me viu junto a S/N no parque e eu sei disso porque ela mesma fez questão de me contar, logo depois me falando para eu me afastar dela, caso eu não queira me arrepender. Eu espero que ela não tenha falado nada para a S/N, na verdade eu espero que a S/N nem saiba da existência da Kate.   
   Enfim, cá estou eu assistindo Tom e Jerry na sala, comendo um monte de porcarias na companhia de Tae, que está jogado no outro sofá comendo doces como se não houvesse amanhã. Nós dois estamos super concentrados no desenho animado que passa na TV.
   A minha mãe foi se encontrar com o carinha alemão, aquele mesmo que eu comentei com a S/N. Parece que está rolando algo sério entre eles, o que me deixa meio apreensivo. Não que eu seja um babaca que tenha tanto ciúmes da mãe ao ponto de não querer vê-la feliz em um novo relacionamento, mas eu fico com um pouco de medo de ela se machucar. Eu realmente não quero vê-la triste.
- Hey, Coelhão! ‘Ta viajando aí. – Ouvi o Taehyung dizer. – O que esta te incomodando, meu caro? – Disse vindo em direção ao sofá em que eu estou deitado.
- A minha mãe, cara. – Concertei minha postura sentando no sofá. – Eu espero que dê tudo certo entre ela e esse alemão aí. Não quero vê-la triste.
- Só ela que te preocupa? - Perguntou desconfiado; não entendi. 
- Como assim? – Realmente eu não entendi a pergunta do Tae. Será que ele sabe de algo?
- Ah, vai. Você iria ficar tão no mundo da lua só por causa do namorado da tia Yang. – Disse como se fosse algo óbvio. Mas quem eu estou querendo enganar? O Tae me conhece muito bem, aliás, ele é praticamente o meu irmão.
- É... – Suspirei. Apesar de eu realmente estar preocupado com a minha mãe, eu estou mais ainda com S/N. Sei que se acontecer alguma coisa com ela, será culpa minha, mas eu não posso ficar longe dela, eu simplesmente não consigo. Será que eu estou sendo egoísta por isto?
- Mas se não quiser falar, tudo bem.
- É que... –
Hesitei um pouco em falar, mas sei que o Tae é alguém na qual eu posso confiar. – A Kate... – Suspirei frustrado e Taehyung mundo a feição de preocupação para... Raiva?
- Essa menina de novo. Ela não se toca? – Sim. A Kate também conquistou toda a antipatia do Taehyung. Ele sabe muito bem como ela é; ele e a minha mãe. – Mas o que ela está aprontando dessa vez?
- Eu não sei, mas tem a ver com a S/N. – Após a minha fala, a minha preocupação só aumentou. – Sabe... A Kate é tão imprevisível, a gente pode esperar de tudo vindo dela e, sinceramente, isso me dá medo.
- Espera... – Fez um gesto com a mão com me pedisse calma e uma cara de confuso. – Me explica isso direito.
- No dia que eu fui para o parque com a S/N ela me viu, depois ela me ligou pedindo para a gente se encontrar e fui.
- Porra, Jungkook! –
Disse Tae com raiva passando a mão na testa com força.
- Hey, não me julgue! Nem eu sei o porquê de ter ido aquele lugar.
- Mas foi. Jungkook, você tem que se manter o mais distante dessa louca possível.
- Taehyung, posso continuar? –
Perguntei já sem paciência, logo o vendo concordar. – Ela disse para eu me afastar da S/N, caso eu não queira me arrepender. Eu não quero ficar longe da S/N e não vou fazer isso! Eu vou proteger ela!
- Mas você não sabe o que a Kate planeja, Jungkook.

- Por isso mesmo, Tae! Eu não posso simplesmente deixar a S/N e nem quero. A Kate não é uma pessoa confiável, ela pode fazer algo com a S/N mesmo eu me distanciando.
- Não sei não, Jeon. Pensa bem. –
Disse indo de volta para o outro sofá em que estava.
- Oi, meninos! – Ouvi a minha mão dizendo, após entrar na sala irando o seu casaco.
- Oi, mãe. – Levantei para dar um beijo em sua bochecha, mas logo fui para o sofá de novo voltando para o aconchego da minha coberta quentinha.  
- Oi, tia. – Tae fez o mesmo que eu.
– Ta um frio lá fora que só Deus na causa.
- Como foi o encontro, tia? –
Tae perguntou animado. Realmente ele torce para que dê tudo certo entre a minha mãe e esse carinha. Eu também torço, mas ele ganha no quesito animação.
- Foi ótimo, Tae. Mas e vocês? Como foi a tarde? – Se sentou no sofá depois que se livrou das botas. – Vejo que foi bem produtiva. – Disse com sarcasmo vendo o nosso estado na sala. Os dois jogados no sofá, com um monte de lixo que são as embalagens das besteiras que estávamos comendo. Rimos com a cara que ela fez.   
- Tia, esses dias eu encontrei a S/N no parque. – Meu coração acelera só de ouvir o nome dela. Como pode? – Ela disse que vai vir aqui algum dia, aliás, faz tempo que ela não vem.
- Então, por que não ligamos para ela vir jantar aqui hoje? –
Disse a minha mãe animada e alternando o seu olhar entre mim e o Tae.
- É... – Disse concordando com a proposta da minha mãe. – É uma ideia.
- Liga para ela agora então. –
Disse minha mãe e logo se levantou do sofá. – Vou pedir para fazerem lasanha. O que acham?
- O que acha de convidarmos a S/N para todo jantar? Porque eu estou totalmente de acordo. –
Tae propôs, arrancando risadas minha e da minha mãe.

 


   A S/N chegou apouco tempo e estamos todos na mesa se deliciando com essa lasanha maravilhosa. Sério, ta muito boa.
   Mas uma coisa ainda me incomoda e essa coisa são as ameaças da Kate. Por que tem que ser logo com a S/N, uma menina que nunca fez nada contra ela, que não tem nada a ver com meu passado. Mas o real problema é que a Kate diz me amar, mas não é algo recíproco e eu já deixei bem claro para ela. Quem eu amo é a S/N e eu vou proteger ela da Kate.
   Eu não consigo entender como alguém pode ser tão egoísta e mal ao ponto de ameaçar a vida de uma pessoa inocente. E eu realmente espero que ela não tenha falado, nem aparecido para a S/N em nenhum momento.
- O que houve Jungkook? Está tudo bem? – questionou a minha mãe e eu tive a atenção de todos voltada para mim.
- Está... Está sim. – Forcei um sorriso e voltei a comer.

                   °•°P.O.V S/N°•°
   Estranho. Está tudo muito estranho. Aquela menina aparecendo do nada e dizendo aquelas coisas, isso martela na minha mente e eu não consigo entender o porquê de isso ta acontecendo. Eu até cheguei a cogitar que ela esta enganada, mas essa teoria que eu fiz não está me convencendo nem um pouco. Será que ela também está ameaçando o Jungkook? Será que eles se conhecem.
   AISH! Esse mistério todo me irrita, mas eu não posso tomar atitudes impensadas, não posso ser inconsequente. Por que está acontecendo isso? O que eu fiz para merecer isso? Amar o Jungkook? Foi isso que eu fiz?
   O Jungkook desperta sentimentos em mim que eu jamais senti. É uma coisa tão louca e quando aquela tal de Kate disse aquelas ameaças eu não consegui mais nem imaginar o meu mundo sem o Jungkook. Foi tão rápido a forma com que esses sentimentos surgiram, sentimentos intensos e verdadeiros.
   Além de que hoje eu fui jantar na casa dele e ele estava tão avoado. Isso tudo ta estranho! Normalmente ele conversa, brinca. O que está acontecendo?
   Daqui menos de um mês vamos viajar, se tudo der certo e eu espero que dê porque vai ser bom para mim. Estamos planejando tudo e nessa viagem vai só o grupo de amigos: Tae, Nam, Hyuna, Jungkook, Hoseok e eu. Vai ser ótimo para nos conhecermos melhor e acredito que vai ser uma experiência incrível.


Notas Finais


Bom, foi isso! Não sei bem se ficou legal.
Até mais, pessoas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...