História True Love? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá seres humanos!

Bom essa é minha primeira fanfic então tô aceitando dicas kkk

Até as notas finais e boa leitura
(ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧

Capítulo 1 - Cap 1



                   •°•Lucas•°•

Sentia a brisa fria apesar de estar submerso,a água entrando lentamente em meus ouvidos e nariz que não me irritava,o líquido lentamente entrando em meus pulmões e deixando uma sensação estranha

-EI CARA

Sinto alguém me chamando mas ignoro e desfruto da gélida água

-MANO EU TO TE CHAMANDO

É realmente tem alguém me chamando, paro de nadar e olho para cima para ver se acho alguém. Tiro o cabelo dos meus olhos e consigo ver um garoto

- Que susto, eu pensei que você tinha sei lá morrido - ele estende a mão após o comentário

Eu dou um sorriso sem jeito e aperto a mão do garoto, ele me puxa para cima e eu levo um susto ele me abraça para não cair dentro da piscina

- Meu Deus desculpa eu não queria te molhar - digo saindo do abraço e pegando a minha toalha para ele

Ele dá uma risadinha e enxuga os respingos de água do rosto - Tá de boa eu que te puxei, toma a sua toalha você tá morrendo de frio

Pego a toalha e me enrolo na mesma, pego minhas roupas e vou para o vestuário dou um sinal para o garoto me seguir, chegando no vestuário ele começa a puxar assunto e eu vou pegando as minhas coisas no armário

- então porque tu tava "nadando" - ele faz um sinal de aspas com os dedos - uma hora dessas

- Ah é que eu gosto da água e eu conversei com o diretor e ele disse que se eu limpasse tudo eu poderia ficar quanto tempo eu quisesse na piscina

- Tendi tendi, mas você sabe nadar pelo menos? Porque parecia que você tava morto eu fiquei preocupado

- Na real eu não faço a mínima ideia de como nadar mas eu gosto da sensação da água no corpo - coloco tudo na minha mochila e continuo com o meu shot molhado

- você não vai se trocar não? Você vai ficar doente assim pô

Após a fala do garoto eu dou uma leve corada, me viro de costas para o mesmo coloco a minha mochila do meu lado, colo a mão na barra da calça e sinto um calor subir pelo meu corpo, meu rosto nunca esteve tão quente

Iguinorei esse sentimento e me troco, coloco uma blusa de moletom, um short e tiro meus tênis do armário e os coloco

- Pera pera pera pera você usa um tênis de cada cor?

O garoto diz e eu levo um pequeno susto, termino de guardar minhas coisas em meu armário e viro para o mesmo

- É eu uso... Espera um minuto, você ficou me observando trocar de roupa? - digo e vou saindo do vestiário,e faço um sinal com a cabeça para ele me seguir

- Claro que não, eu fiquei olhando para o chão, eu não sou um pervertido ou algo assim - Ele calmamente caminha ao meu lado com as mãos no bolso de sua jaqueta - Vem cá, já que você não sabe nadar que tal eu te ensinar, eu passei basicamente a minha vida inteira nadando

Meus olhos se enchem de brilho, paro de caminhar e puxo a manga do garoto e olho no fundo dos olhos do mesmo

- Você me ensinaria? Mas você não tem seus treinos? E que horas a gente ia fazer isso?

- Claro que ensinaria, a gente pode fazer depois da aula, eu te ajudo a guardar as coisas e a piscina vai ser toda nossa, e isso não vai interferir nos meus treinos

- Isso é... Perfeito! Mal posso esperar para a primeira aula - dou uma pequena risada e vou indo em direção a saída da escola dando pequenos pulinhos de felicidade

- Eu gostei desse seu lado, aliás qual o seu nome?

-Ah o meu nome nome é Lucas, e o seu?

- O meu é Diogo, aqui pega o meu celular e anota seu número, para a gente conversar - ele tira o celular do bolso e entrega na minha mão

- Claro espera um segundo - começo a anotar o meu número no celular e o devolvo

Continuamos caminhando até a saída da escola, chegando lá eu tranco a porta principal e certifico se está realmente trancado

- Bom eu vou por ali, até mais Diogo! - digo andando na direção da minha casa e dando tchau com a mão

- Tchau Lucas! - Ouço ele dizer e seguir para o lado oposto

Eu não faço a mínima ideia de como isso vai ser, mas eu espero que saia tudo bem...


Notas Finais


Eu sei que o capítulo foi meio pequeno mas é só o começo

Espero que vocês tenham gostado da história

Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...