1. Spirit Fanfics >
  2. True love >
  3. Onde evie está?

História True love - Capítulo 32


Escrita por: Beatrizanne

Notas do Autor


Demorei um pouquinho denovo e dessa vez foi porque eu realmente estava insatisfeita e tambem desanimada com essa fic pelo ultimo capitulo que havia postado mas a maioria de vocês gosta de como eu faço as coisas então obrigada e aproveitem.
Separei o passado e o presente, então pra não confundirem o passado está em negrito.

Capítulo 32 - Onde evie está?


Fanfic / Fanfiction True love - Capítulo 32 - Onde evie está?

Emma e regina reencontraria henry em circunstâncias nada agradáveis ,chocando seus problemas familiares. Sim mas antes de conhecermos o presente temos que ver o passado sim?  Oque acontece quando o passado se choca com o presente?

-Então querem mesmo que o tema da festa seja do now united? *questiona a loirinha*

-Sim.
*responderam os três antes de descer do carro*

-Juizo hein, nada de aprontarem nessas volta as aulas.

*disse firmemente regina e os três reviraram os olhos*


-Sim, mamãe. *responderam em unisom*

-Amo vocês!.*disse o casal juntas*

-Tambem amamos vocês.
*disse eles ao andarem mais rápido*


-Que pagação de mico. *comentou evie*

-Total, vão achar que a gente é criança.
*disse hope*


-Agora o tod não vai me querer na gangue porque sou filhinho da mamãe. *ralhou samuca*

-Ainda bem, não sei porque quer andar com esses manés..
*disse evie*


-Se a mamãe souber te mata garoto.*disse hope e o garoto deu lingua para as duas, cada um foi pra sua sala de aula*

Mais tarde na hora do recreio


Hope estava sentada com suas colegas de sala conversando enquanto comiam enquanto samuel e evie tambem conversavam com seus colegas. Mas uma menina da classe da loirinha começa a implicar com ela.

-Não sei como essa quatro olhos pode ser filha da da salvadora e da rainha má, não possui nem um talento além de ser chata e nerd.

*disse a menina ao encarar hope, por conta do seus poderes e o medo que suas mães tinham ,hope e seus irmãos não demonstravam em público que possuem magia , para segurança deles e das pessoas . Hope estava tentando se controlar mais seu amigo percebeu que a loirinha estava ficando irritada, tanto que praticamente estava amaçando a mesa, o menino colocou a bandeja na frente para que ninguem visse. Ele era o único que sabia o segredo da sua amiga*

-Viu é tão patética que não consegue se defender.

*disse a garota ao puxar a cadeira e jogar hope no chão, quebrando assim seus óculos. Evie viu tudo e avançou na garota jogando ela no chão, caiu em cima da menina dando murro nela e tapas*

-Ninguem mexe com a minha irmã, sua vagabunda!

A professora teve que a parecer e separar as duas. As três foram levadas para sala da diretora mas evie ja entrou com tudo.

-Oh, vou logo avisando que não foi eu que provoquei, a culpa não foi minha! *disse evie com os braços cruzados abaixo do peito*

-Isso, ela só estava me defendendo dessa cobra da sara!

*disse hope e a menina puxou o cabelo dela, começaram a se estapear*

-Parem agora, evie Saia e fecha a porta.

-Mas é você que nos queria aqui!.
*disse a morena irritada*


-Mas você têm que bater antes de entrar.
*disse a mulher*

-Fala sério, tudo culpa da cara de cavalo!
*disse evie ao revirar os olhos, saio e fechou a porta. Bateu na porta.*


-Quem é?
*perguntou a mulher e foi a vez de hope revirar os olhos, evie entra*

-Jesus cristo!. *respondeu ela com deboche*

-Nossa, e eu que pensei que jesus cristo usasse barba e sandália. Agora vou ter que trocar o vitral da capella. *disse a diretora com irônia, evie bufou*


-Olha, eu não provoquei, a culpa não foi minha. Se eu estivesse na América eu processaria!

-Exatamente, essa coisa começou tudo. Estava conversando com pedro e ela simplesmente me ofendeu e me jogou no chão, olha a situação dos meus óculos.
*reclamou hope antes que a menina disesse algo hope calou a boca dela com magia. A menina ficou se debatendo*

-Vão ficar de suspensão por duas semanas e hope pare com isso sim, suas mães foram claras em dizer que não podem usar mágia e eu não permitirei isso. Vou ter que chamar a mãe de vocês.

*hope parou e a fala da menina voltou*

-Sua louca!
*disse a menina rouca e hope e evie riram*

-Você ainda não viu nada. *disse a loirinha irritada*

-Ja podem sair, mas se eu souber que estão brigando novamente . Coloco vocês na sala de detenção. Esperem seus pais no pátio.

*disse a diretora.*

Horas depois

-O que eu faço com vocês hein? Samuel você tirou nota baixa em história denovo e entrou pra gangue de pirralhos, hope você e sua irmã andam se metendo em brigas na escola. Eu sinceramente não sei o que fazer com vocês.


*disse emma com os braços cruzados em baixo do peito, os três começaram a discutir e regina chegou do trabalho encontrando aquela zorra*

-Silêncio! Que zona é essa aqui?

*questiona a morena depois de tirar o cachecol e empendurarar a bolsa no cabide*

*os três começam a falar ao mesmo
tempo e regina se impacienta*


-Chega! Hope comece você.

*hope explicou tudo a mãe morena e ela e emma se entre olharam*


-Samuel começando por você, eu estou profundamente desapontada. Entrar para uma gangue com babacas pra se sentir descolado não vai te deixar mais homem, apenas vai ser um idiota.
*disse regina e o menino abaixou a cabeça, evie e hope riram baixo,emma os repreendeu com um olhar*


-Vocês não estão em condições de debocharem do irmão de vocês, ja deixei bem claro que ninguém poderia saber que vocês possuem magia e vocês me desobedeceram. Mas por outro lado, gostei de apoiarem uma a outra.

As meninas sorriram mas emma olhou com a sombrancelha arquiada para regina


-Você não pode estar falando sério! Regina a evie bateu em uma coleguinha da escola e você acha isso aceitável?

-Inacreditavel, eu levo esporro e elas um parabéns.
*disse samuel*

-Claro que eu não acho aceitável, elas vão ser punidas tambem. Eu só acho que é justificavel sim, afinal não foi elas que começaram,
a hope foi agredida primeiro e evie só defendeu a irmã. Nesses casos têm que descontar mesmo na sonsa dessa garota.

Os guardas de lady tremaine prendem henry no antigo quarto de cinderella

-Esse lugar era onde sua conivente cinderella costumava dormir. Infelizmente isso é o mais perto que vai chegar dela.
*disse a mulher com ar de deboche ao encaralo em seguida se dirigiu a filha*

-Descubra onde ele escondeu o sapato e depois mate-o. *concluiu ela ordenando a sua filha adotada,a moça não queria machucar o rapaz mas temia sua mãe , então engoliu em seco.* a cinderella não deve ver esse homem novamente.

-Mas porque? Eu não entendo!
*disse a moça calmamente*

-Não preciso que entenda, só que obdeça. *disse a mulher mais velha antes de sair.*

-Escuta, você não precisa fazer o que ela mandar. Você me parece uma pessoa melhor.
*disse o rapaz tentando convence-la a solta-lo.*

-Mas não sou. *passou o dedo levimente pela lamina do punhal que tinha em mãos*

-Então, onde você escondeu o sapato? *questionou ao se aproximar e apontar o punhal no seu pescoço*

Antes que ele se pronunciasse david e regina apareceram por um portal e david golpeou dois soldados que estavão na porta.

-Se afaste dele. *disse david com a espada em mãos e regina se aproximou*

-Quem são vocês?. *questionou drizella incrédula, ela sentiu que conhecia regina de algum lugar mais não se recordará, afastou de seus pensamentos*

-Eu sou a mãe dele!. *disse regina ao arremessar drizella com mágia na parede e a moça caiu desacordada, david soltou henry*

-É bom tiver inteiro meu neto!.
*disse o homem ao soltar o rapaz.*

-Tambem é bom te ver.
*respondeu henry sorrindo, regina estava parada vendo os dois se abraçando emocionada pelo seu bebê de 18 anos ter crescido e se tornado um homem*

-Mamãe! *disse ele e ela pode reparar na sua voz firme e mais grossa*

- Oh Henry, você cresceu.. ta tão bonito! *disse emocionada ao tocar o rosto dele sorrindo, o abraço firme*

-Eu sei, eu sei. Também senti saudades!. *disse o rapaz, ele realmente estava com muita saudade da sua mãe*

-Por mais que eu adore abraços e lágrimas, podemos fazer isso fora da câmara de tortura!.
*se pronunciou david*

-Isso,certo. Mas espera, cadê minha outra mãe?
*Questiona o rapaz ao estranhar emma não estar presente. David tomou a frente sem deixar regina falar.*

-Ah a emma esta em storybrooke travando uma batalha com muitos dragões. Nada que ela não dê conta.
*disse seu avô, era óbvio que era uma mentira. Regina olhou para o homem de boca aberta*

-Esse é o estilo dela, vamos. *disse o rapaz eufórico sem perceber que foi enganado, saiu do quarto*

- o quê que foi isso! Porque você mentiu pra ele?
*questiona a morena com as mãos na cintura*

-Porque isso era o que emma queria. *disse david* se ele soubesse de tudo o que aconteceu ele ia querer voltar imediatamente. Ela quer que ele siga em frente.

-Bom acho que ela está errada. *respondeu a morena*

-Então diga isso a ela, a decisão não foi sua de vinr ?

*disse o homem antes de sair e regina respirou fundo.*

###
O capitão da terra dos desejos procura lady tremaine

-Ora , fiquei sabendo que estava nesse reino e tive que ver como meus próprios olhos.

*disse ele ao se aproximar da mulher, estava tão decadente, velho barbudo e barrigudo*

-Depois do que fez comigo capitão, têm sorte de ainda ter olhos para ver as coisas.
*disse ela ao se virar para vê-lo. O homem balbuciou de boca aberta sem entender* diga logo o que você quer antes que eu te dê um novo gancho,gancho.

-Bom ..* começou ele sorrindo* você não vai me machucar ja que eu posso te livrar do henry mills. Posso fazer ele ir embora e nos teremos o que queremos.

-E o que você quer?
*questionou a mulher taxativa*

-Uma mulher.

-Urgh. *a mulher demonstrou sua indiferença*

-Chamada emma swan.

-E porque essa tal de emma swan te amaria,ja que ninguém mais ama?

-Porque ela esta apaixonada pelo outro capitão gancho de outro reino. Mas da última vez que eu vi ele consegui pegar e guardei esses anos seu sangue. Quero que me transforme nele.

-Se esqueceu que eu não uso mágia?

-Urgh, nos sabemos que você têm talento para adquirir coisas. *disse ele ao tentar seduzi-la chegando mais perto, fazendo biquinho. A mulher olhou pra ele espantada e com a boca entre aberta.*

-Bom, recentemente adquiri essa pequena coisinha. De uma fada madrinha.
*disse ela ao tirar da barra do seu vestido uma varinha de condão, gancho se afastou* azaro dela, sorte a minha. E sua, negócio fechado?

-Fechado. *disse ele ao abrir o frasco com a boca, a mulher usou a varinha sobe o contéudo transformando o gancho no capitão kilian jones*

Enquanto isso regina esquentava a lareira.

-Me fala de casa, como estão as coisas por lá?
*Questiona henry*

-Bom, a vovó agora serve pucket e faz entrega para floresta encantada, o negócio do artchie diminuiu devido a os finais felizes mas por outro lado ele melhorou muito como juiz de paz. *ela sorriu e henry tambem, porém regina estava tentando disfarça a angústia e dor que sentia no peito*

-E a minha familia, vovô e vovó?, tia zelena?

-Como pode imaginar estão insuportávelmente felizes. E zelena esta namorando a ruby.

-É mais você se esqueceu de você e da mamãe emma. Como vocês estão?

*regina engoliu em seco, e se virou para olha-lo.*

-Estamos bem. *disse ela tentando ser firme mais o rapaz não acreditou*

-Mãe!.

-É sério, estamos bem. Nós nos casamos no cartório e você ganhou irmãos.

-Sério? E como é o nome deles?

-Hope , samuel e evie.
*disse ela tentando manter o sorriso, estava contando meias verdades para não preocupar o filho*

-Que demais, estou muito feliz por vocês mas você me parece triste. Porque?

-Ah,só sentimos sua falta querido. Apenas isso.
*foi mais convicente dessa vez,pegou nas mãos do garoto*

-Eu tambem sinto falta de vocês.
*disse o rapaz sendo sincero*

-Bom, chega de falar de nós. Quero saber de você e da sua história.*disse ela docemente ao colocar uma mecha de cabelo por trás da orelha, voltou a segurar a mão dele* parece que esta sendo interessante.

-É, acho que sim. Mas poderia ser menos interessante,a cinderella nem gosta de mim , eu tambem fugiria deixando um sapatinho de cristal para trás no lugar dela. Eu não sei o que ela acha de mim.

-Na verdade eu sei. * disse david ao entrar pela porta* ela comprou passagem e embarcar em um navio amanhã.
*era mentira mas david não sabia que os piratas tinham mentido sobre essa informação devido ao capitão kilian* sinto muito henry!

-Nossa, acho que está na hora de eu ir embora mesmo.

-Henry!. *disse regina preocupada com o filho*

-Não mãe, ta tudo bem. Foi um fracasso.

-Henry você não é um fracasso.
*disse regina, mas o rapaz estava abalado com a noticia.*

-Obrigada mãe. *disse ele ao sair porta fora*

David ia se sentando quando regina soltou sua frustração.

-Vai atrás dele e tenha uma conversa sincera de avô e neto, pelo amor de deus.!

-Mas eu não sei o que dizer!.
*disse david a olhando*

-Vai logo!.
*disse regina irritada, vendo que a morena não estava brincando ele foi atrás do henry*

-Sinto muito pela garota. *disse david ao se sentar ao lado de henry que estava olhando para a fogueira a sua frente.*

-Obrigado, vai levar um tempo. Mas me fala, ta tudo bem mesmo em casa? Com minha mãe emma?

*disse ele e david balbuciou sem saber o que dizer.*

-Bom você sabe, ela é a salvadora e anda resolvendo e livrando a cidade de monstros. *disse tentando ser convicente mas henry percebeu que ele estava mentindo*

-Vô porque está estranho?

-Porque não vamos pra casa? Lá você..

-Diz que minha mãe está bem!

*fala henry impaciente ao se levantar e parar em frente ao homem. Emma interrompe ao aparecer em um portal acompanhado de mary , hope e samuel.*

-Até onde eu sei eu estou bem.
*se pronúnciou a loira e henry a abraçou sorrindo*

-Mãe!
*disse o rapaz*

-Olha pra você, você creceu tanto!
*disse ela espantada e sorrindo* que saudade garoto! *conclui beijando o rosto do rapaz , se entre olharam*

-Eu fiquei preocupada quando não tive com a minha mãe. *disse henry, emma sorriu de canto*

-Eu estou bem henry, e quero te apresentar seus irmãos.

-Oi, eu sou hope *disse a garota de 8 anos*

-Eai, henry. Sou samuel .disse o garoto e henry abraçou a menina primeiro*

-Fico feliz em conhecer vocês. *disse henry, assim que se desvinculou ele abraçou samuel*.

-Cara, você têm musculos!
*disse o garoto ao fazer henry rir do garoto.*

-Bom, eu não quero enterromper mas eu tambem mereço um abraço.

*disse Mary e henry a olhou rindo,correu e a abraçou tambem.*

-O que vocês estão fazendo aqui mocinhos?
*disse regina ao sair da cabana olhando seriamente para hope e samuel que engoliram em seco*

-Eu resolvi traze-los regina.
*disse emma, ao perceber a tensão entre as mães e henry questiona*

-Porque estão brigando? *o rapazestava achando todos eles muito estranhos desde do momento que chegaram*

-Quer contar ou eu conto?
*disse regina ao olhar para a esposa, emma respirou fundo*

Flashback On

-Mais como assim vamos ser castigadas? -Hoje é nosso aniversário esqueceu?
*questiona evie e hope juntas*


-Eu sei, hoje será excessão mais depois se veram comigo. Tem sorte de tudo ja está em cima da hora.
*disse regina*


As meninas respiraram aliviadas, estavam esperando ansiosamente por esse aniversário apesar do medo da bruxa .

-Agora subam para fazer a lição de casa daqui a pouco vou levar vocês pra casa do seus avôs.

*disse emma e os três assentiram e deram um beijos em suas mães antes de subirem*

-Não deveria ter apoiado a atitude da evie
regina, sabe como ela têm um gênio difícil e agora você apoia o comportamento errado dela de bater em uma colega.

*disse a loirinha desapontada se sentando no sofá, a morena respirou fundo*


-Em primeiro lugar eu não apoie a atitude dela, mas ela não agiu com má intenção emma. Você nunca teve a idade dela? Sem falar que não é a primeira vez que essa menina implica com a hope. Você mesmo sabe que conversamos com elas de chamar a diretora e contar tudo mas nada resolvel, então é justificavel ela descontar.

-Eu só fico preocupada dela ir por um caminho que não deve, ela tem um potencial obscuro como eu se esqueceu?
*disse a loira preocupada, a morena compartilhava do mesmo ,se sentou ao seu lado segurando a mão dela*

-Têm razão, eu me preocupo tambem. Ainda mais agora, a quela bruxa passou esse tempo todo quieta e algo me diz que ela não esta de brincadeira, sei bem o que ela planeja hoje.

-Então, será que é uma boa ideia fazermos esse aniversário regina. E se a gente fosse embora daqui.

-E acha que ela não daria um geito de ir atrás? Conheço bem o desejo de vingança de bruxas, ela não vai desistir fácil. O que temos
que fazer é lutar juntos. Ja montamos a segurança envolta do castelo, quando eles chegarem da casa do seus pais faremos uma festa inesquecivel de aniversário que eles tanto queriam e se a bruxa aparecer vamos lutar e vamos vencer.

-Nossa, invertemos os papéis. Desculpa por entrar em pânico assim, eu tenho fé que nos venceremos juntas.
*disse a loira ao deitar a cabeça no ombro de sua esposa, regina acaricio seus cabelos*

-Então, sabe. Quando eu morri e voltei eu percebi que enquanto estivermos lutando com todas as forças uma pela outra, nada pode nos deter até mesmo a morte . E eu sei que nosso amor, e o amor que temos pelos nossos filhos é maior que qualquer vingança.

-Regina!

*disse emma emocionada e elas se beijaram calmamente, o beijo aos poucos foi esquentando que nem perceberam que ja estavam um tempo se pegando na sala, com as blusas entre abertas.*

-Woh woh. Meus olhos, meus olhos!
*disse samuel sendo dramático ao presenciar a cena*

-Isso é tão lindooo.
*disse hope coradinha de vergonha mais encantada com as duas a sua frente*

-Tudo têm limite, vão pro quarto. Nossa mães!
*ralhou evie tampando os olhos de hope que espiava entre o espaço dos seus dedos, emma fechou o zipe do casaco e regina rapidamente fechou os botões da blusa.*

-Humm..é feio espiar as mães!. *disse regina vermelha*

-Não estavamos espiando, ja terminamos o dever e estamos prontos para o almoço na casa da vovó.
*disse a mirim loira*

-Quem poderia imaginar que esse tempo todo vocês iam estar se pegando na sala?
*disse evie revirando os olhos*

-Olha como fala mocinha, não seja petulante. *disse emma* querem mais castigo?

-Isso é geito de se referir a mãe de vocês?

-Não esta mais aqui quem falou desculpe. *disse evie e saiu apressada junto dos irmãos*

-Nem olha pra mim, você que pariu ela.!

*disse emma e regina revirou os olhos*

-É minha filha só né, eu fiz com o dedo não é emma?


*a loira rio e a morena deu um tapa em seu ombro*

###
O almoço ocorria perfeitamente bem, enquanto zelena e ruby arrumavam o jardim do castelo para o aniversário das crianças, os encantados davam os presentes de aniversário para os aniversariantes.

-Bem, a sua mãe regina me deu a dica de que
você queria muito isso.
*disse mary ao entregar o embrulho de presente para hope, a mesma a olhou pensativa e com um sorrisinho de canto, se sentou e foi logo abrindo ansiosa*

-Oh meu deus, eu tenho a melhor avó do mundo. *disse a menina ao retirar seu presente de dentro do embrulho, eram os patinetes iguais ao da personagem favorita dela arizona robbins.a menina abraçou a avó que logo retribuiu o carinho.

-Que bom que gostou querida, sua vez evie.
*evie abriu seu presente com calma e ficou muito feliz ao abrir e ver que a sua vó tinha te dado a coleção de Diário da seleção: Baseado na série de Kiera Cass*

-Obrigada vó eu estava louca por essa coleção.
*disse a menina ao abraça-la apertado, samuel tambem ficou animadou ao ganhar o sabre de luz de stars wars*

###


A festa de aniversário de 8 anos de Hope ,samuel e evie ja havia começado. Tinha alguns amigos do colégio, alguns amigos da familia e suas madrinhas tambem. A decoração de ruby e zelena estava realmente impecável, elas conseguiram realmente trazer a essência da banda favorita das crianças. Tinha uma pista de dança e até um lugar reservado com jogos legais como twister ,karaokê e alguns jogos eletrônicos que não poderiam faltar.
Evie e os seus irmãos estavam se arrumando emma e regina resolveram dar seus presentes antes deles descerem para festa

-Evie ,hope!
*disse regina ao bater na porta*

-Sim mamãe, entre. *respondeu evie ao colocar seus brincos de frente ao espelho,emma estava maquiando hope que estava imóvel.

-Quero dar o presente de vocês, sei que não é o que esperam mas esse é especial os outros vocês abrem depois.
*disse a morena ao entrar e fechar a port,a,emma tinha terminado a maquiagem de hope e as três olhavam para a morena que se aproximou delas*

-Tudo bem mamãe. *disse hope sorrindo*

-Estou curiosa! *disse hope e regina deu uma caixinha de joia para as duas,emma olhava atentamente pois ja sabia do que se tratava*

-Podem abrir, é um presente meu e da mãe de vocês!
*disse a morena sorrindo, as pequenas se entre olharam e deram de ombro, hope abriu a caixa com todo cuidado assim como evie. Ficaram de boca aberta com os colares com pedras lindas*

-Ual. *disse hope ao tirar o colar personalizado da caixa
Cada uma tinha uma pedra diferente de acordo com sua personalidade e gosto* é lindo mamães,obrigada

-É os nossos toténs,agora somos bruxas de verdade. Obrigada mamães, é lindo demais. *disse evie ao retirar seu colar da pequena caixa,emma colocou no pescoço de hope e regina no de evie*


-É mais do que isso meus amores , vocês sabem da ameaça iminente que temos para o dia de hoje não sabem? *disse a morena ao respirar fundo e se sentar de frente para as duas.*

-Sim mamãe. *disse a pequena loirinha engolindo em seco*

-Nos sabemos, é por isso o presente?*questiona evie*


-Exatamente evie, não sabemos se realmente a ameaça será comprida mas queremos que vocês estejam seguras e preparadas, esses toténs não são apenas para concentrar o poder de vocês.*disse emma e as duas a olharam*

-E sim para protege-las. Esses colares possuem o laço sanguíneo que temos, dei um para seus avos e para suas tias. Se vocês se perderem um do outro eu posso acha-los através com o feitiço de localização mas não podem
em hipótese alguma, retirar esses colares entenderam?
*explicou regina e as duas assentiram*

-Se ela vier mamãe eu tenho mesmo que entrar naquele armário e ir para um mundo sem magia?
*questiona evie*


-Sim querida, para sua segurança. Aconteça o que acontecer hoje, quero que corra e não olhe para trás e se esconda dentro do armário e ele fará o resto.

*disse emma, as duas abraçaram apertado sua mães*

-E quanto a hope e samuel?

*questiona a pequena morena*

-eles também tem rota de fuga , isso é com seus avós. Não se preocupe.

-O samuel tambem ganhou um totén?
*quesitiona a loirinha,se preocupava com o irmão gêmeo*


-Claro, e o meu é show. Olha só!
*disse o garoto ao entrar no quarto e emma e regina sorriram*

-Amostrado.
*disse evie ao revirar os olhos*


-Bom, venham aqui queremos um abraço coletivo. Bem apertado.
*disse a morena e os tres abraçaram emma e regina ao mesmo tempo,as duas se olharam chorosas e beijaram o topo da cabeça de cada um*


-Eii mamães.
*disse hope, emocionada tambem*

-Não chorem, vamos ficar bem
*disse samuel confiante*

-Sim, e colocaremos aquela bruxa pra correr. *disse evie e os três irmãos fizeram high five*

Emma e regina enchugaram as lágrimas dando sorrisos genuinos.

-Têm razão baixinhos *disse a loira*

-Mãe não somos baixinhos. *disseram em unisom*

-Verdade, são meus macaquinhos.

*disse a morena e os três reviraram os olhos mas no fundo amavam esse apelido da tia ruiva rabugenta como eles a chamam. Falando nela, o momento em familia foi enterrompido pela entrada da mesma*

-Gente, ta na hora. Vamos!

###

A festa estava sendo realmente especial, diria que até magica. As crianças amaram a decoração do aniversário que aliás combinava com o figurino deles inspirado na banda, teve fogos de artificio e claro o show de ninguem mais e ninguem menos que a própria banda em pessoa. O presente especial foi de zelena e ruby e eles não poderiam estar mais felizes,teve sessão de fotos, danças malucas, brincadeiras divertidas que inclusive emma e regina entraram em uma disputa para ver quem tocava melhor solo guitar e os pequenos foram a loucura por se surprienderem da emma ganhar da rainha. Mas a morena deu um show ao derrotar emma no karaokê e na dança.

-QUEM COMEU MEU BOLO??? *questiona a loira irritada com as mãos na cintura pois so deu um pulinho no banheiro por esta apertada e ao voltar seu bolo não estava mais na mesa.

-Eu. *disse ruby discaradamente, provocando emma. Ela sabia que a loira odiava que comecem sua comida.

-EU VOU TE MATAR *disse a loira fazendo sua magia fluir em volta da amiga*

-brincadeira, foi a regina. *respondeu com medo, emma sessou sua magia assim que regina se aproximou*

-sim, foi eu. *respondeu a morena*

-E tava bom meu anjo? *questiono toda fofinha, colocou uma mexa do cabelo da morena por trás da orelha*


-Estava amor, desculpa eu não sou chegada a bolo mais esse tava muito bom.

-MAS O QUE- *disse ruby inconformada, incrédula com a amiga*


- Aff, boiolas *bufou zelena e emma e regina deram lingua para as duas e se beijaram*

Um vento forte e frio tomou conta do local fazendo todos se arrepiarem , mas emma e regina sabiam em seus corações do que se tratavam começaram a tomar posição de proteger seus filhos com o intinto de mães superprotetoras usaram seus poderes se teletransportando para onde os três estavam. Ficando na frente deles como leoas protegendo seus filhotes.
A bruxa entrou triufante causando medo em todos dali apenas por sua presença desagradável. Não escondeu o rosto como da outra vez,estava em um vistido bonito e cabelos soltos. Foi andando até se aproximar um pouco mais como se estivesse flutuando, david se posicionou na frente de emma e regina com sua espada, zelena e ruby estavam ao lado preparadas para atacar a qualquer movimento da mulher.

-Desculpem pelo atraso! *disse ela debochadamente ao olhar para regina* Devo dizer que me senti muito aborrecida por não ter recebido o convite.


-Você não é bem vinda aqui! *disse david firmemente*

-Hum..hum. hum. *fingiu estar ofendida a mulher ao baixar a cabeça.* Ora, ora mais que situação.. *disse ao olhar para eles sorrindo* Não preciso de convite para cumprir minha promessa, vou onde eu quero e pego o que quero.


-So por cima de nós. *disse a ruiva e a mulher a olhou debochadamente*

-Isso não será um problema, vejam.
*algumas pessoas estavam desmaiando como um jogo de cartas ,um por um.*

A mulher arremessou david na parede que caiu desacordado,mary pegou o arco e flecha e a mulher a partiu em pedaços sem sair do lugar, emma deu sinal para que zelena corresse com evie e as crianças mas a mulher parecia ter visão ampla de todo local e usou seu poder prendendo a ruiva em uma emaranhado de raizes. Ruby se transformou em lobo e começou a lutar contra a mulher mais foi atiginda na barriga com a penas um golpe caiu no chão, foi a vez de emma e regina,juntas a loira arremessou regina que usava suas bolas de fogo na mulher que caiu machucada mas logo revidou rendendo o pescoço de regina com uma mão, emma tentou avançar nela porém com a mão livre a mulher deixou emma paralisada da cintura pra baixo ,os olhos de regina estava lacrimejando ela
estava sem conseguir respirar direito.

-Evie fuja agora. *disse ela com dificuldade*

Os três correram o mais rapido que puderam para dentro do castelo, emma e regina estavam tentando lutar mais não conseguiam a mulher tinha eenfraquecidos todos na festa através do bolo de aniversário. A loira e a morena perderam a consciência e a bruxa entrou atras de evie com determinação.

-Continua correndo evie . *gritou hope enquanto se preparava para lutar com a mulher junto do
seu irmão, a pequena morena continuo correndo pelo enorme castelo,hope cortou o rosto da mulher com seu poderes.*

-Você é boa mais não tanto quanto eu querida, você ainda é aprendiz.


*disse ela ao soprar um pó magico na menina que desmaiou,samuel usou uma espada cortando o braço da mulher mais ela o arremessou na parede. Seguiu até o quarto da garota e a menina não teve chances de lutar*

*Flasback off*

-Onde está ela agora?
*questiona henry*

-Não sabemos. *disse emma com aperto no coração*

-Quando acordamos fomos tomados por uma fumaça roxa. Ela parou o tempo,e tentamos de tudo para traze-la devolta com feitiço de localização mas o totén dela foi desativado.
*disse regina*




Notas Finais


Eita a coisa ficou seria algum palpite de onde evie marie swan mills está?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...