História True love -Harry e Hermione - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Bellatrix Lestrange, Cho Chang, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucy Weasley, Luna Lovegood, Merlin, Minerva Mcgonagall, Ministro Milicent Bagnold, Molly Weasley, Molly Weasley II, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Scorpius Malfoy, Viktor Krum
Tags Harry Potter
Visualizações 74
Palavras 1.161
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie gente!!To palpitando de felicidades,todo mundo gostando da fanfic...

Amo vcs!❤❤

Capítulo 42 - Beco Diagonal


Fanfic / Fanfiction True love -Harry e Hermione - Capítulo 42 - Beco Diagonal

Talvez pelo simples fato de ter ouvido a voz dele me fez sorri de felicidades,emocionada meus olhos inundaram de lágrimas.Sorri pelo fato daquele nojento ter si tornado tão importante na minha vida.Saudades não definia a sensação de que estava sentindo naquele momento.

Ouvi Harry vindo logo atrás com um saco de pipoca,sorrindo.Sorri como resposta.Não saberia,não sabia se deveria contar ou não.Era um segredo,algo que sempre pensei que compartilharia com Harry.

-Vamos?Vi a programação que o trem irá sair as uma.-ele deu um sorriso de lado-mas você sabe que a gente não vai precisar espera mais duas horas...-ele falou com um sorriso sacana.

-eu sei...-falei rindo e pegando a pipoca de suas mãos-vamos?

Ele enroscou a mão dele com a minha e assim atravessamos a coluna para chegar na estação de Hogwarts.

Não estava muito lotado nem muito seco.Acho que pelo cansaço acabei deixando com que minha cabeça deslizasse para o seu ombro.

Ainda acordada senti ele fazer o mesmo

-você sabe que eu te amo princesa?-ele perguntou acariciando minha mão com o polegar.

Assenti

-eu também amo muito você princeso...-falei retirando minha cabeça de seu ombro para poder ve-lo.

Ele estava com um sorriso bobo e preocupado nos lábios.

-o que foi?-perguntei depositando um beijo na sua bochecha.

-que as vezes eu tenho medo de decepcionar você...tenho medo de PERDER você!-ele falou fazendo com que o sorriso desaparecesse.

-pode contar que você nunca vai me perder...e eu também nunca vou perder você!-falei fazendo com que ele desse um meio sorriso.

-tem certeza?-ele falou me encarando.

-claro!-falei como se fosse obvio-esta dividando dos meus sentimentos?-falei o encarando.

-claro que não...-ele falou me encurralanodo na janela-eu sei que você me ama tanto quanto eu amo você!-ele falou sem menção de nada.

-hum...que bom!-falei dando um breve mais caloroso beijo em seus lábios e voltando para antiga posição em seu ombro.

Eu o amava mais do tudo,mais do que todos.Queria ele comigo tanto quanto ele queria eu com ele.Eu sendoa sua princesa e ele o meu único e mais amado:Princeso.

Pov.Gina

Talvez eu pudesse está na cama, assistindo ou lendo algo...mas o destino quis que eu ficasse ali naquele momento.

Eu fiquei.

Era a torre de astronomia,quase ninguém ia pra lá depois da guerra.Aquilo não me supreendia.No entanto Draco me explicou que aquilo não tinha nada haver.Ele tinha razão...Draco.Ele sempre tinha!

Parada em uma das cadeiras velhas,na chuva sem causa vinha ela,aquela da qual vi no quarto de Draco da última vez.

Fenish.Tinha a comprado quando fomos todos ao Beco Diagonal na quinta passada.

Apressada abri a janela,deixando o ar entra e fenish também.A mesma trazia um pequeno papel que depois se transformou num papel evelope grande e grosso.

Era dele,para...

Gina Wesley...

Sim,sou eu Draco Malfoy,deve ter percebido pela Fenish...como você vai?

"Pessima,arrasada,sem chão"

Sinto não ter ligado,nem dado sinal de vida antes...me desculpe!

"Pare com esse tom formal,e fale que está com saudades de mim.."

As coisas não pararam por aqui,sempre muito confuso e agitado.Soube que as coisas também não estão calmas por ai também...

"Pelo menos pra mim não.."

Estou a morrer de saudades de vocês,principalmente de ti...

"Finalmente querido..."

Respondendo a sua pergunta:eu estou péssimo,exausto,confuso...saudoso e machucado,me entende"

"Que bom que não sou a única..."

Gina,minha ruiva,você pode me perdoar por ter ido embora?Se não,tudo bem,eu mesmo não consigo...

"Aquilo me afetou emocionalmente"

Não pense que a abandonei,que foi apenas uma noite,alguns beijos...eu realmente me apaixonei por você...

"Eu também,eu também..."

Ginevra Wesley,eu realmente pensei em fugi,pensei em sumir,estava confuso,atortoado,minha mãe doente,e você loge de mim...eu não consigo,não posso,mas devo..é o mellhor pra nós dois 

"O que?Como se atreve a falar isso?Tudo que você falou foi péssimo..."

Me perdoe,de verdade,eu te amo...mande-me algo,alguma resposta,um Avada Kevadra,mas pelo menos me der sinal da sua existensia..

Draco,seu loiro..

Quando me via desesperada em lágrimas a carta acabou,e fiquei ali observando aquela assinatura por horas,sem chegar a nenhuma resposta.

Me vi exausta e assim,dei meia volta saindo da sala e guardando a carta.

Pov.Ron

Me via bem cansado quando cheguei em Hogwarts.Iria dá aula as 10 então me restavam duas horas...duas.

Deitando na minha cama,observei a mim mesmo,repassando tudo que Luna falara na noite passada.

Ela tinha total razão.

Em 20 anos da minha vida,era guardado e protegido atrás de minha família,escondendo meus medos,e desapegos,meus amores,escondendo que realmente era.

Tinha raiva do nome Wesley,inveja de Malfoy e Potter e nojo dos trouxas.Um menino sem entender sua própria origem,com inveja de um aliado das trevas e de um orfão,e da mulher que ama...ou amava.

Perdi muito tempo com Hermione,mas não foi por medo de um não,nem vergonha...e sim porque me via preso a certa superstições,e com medo de um sim.

Depois foi como se uma ferida fosse aberta.Perdi meu irmão numa guerra idiota,por uma pessoa idiota.Perdi Mione por medo de perda-la,e depois Potter aquele da qual não sei se ainda é meu amigo.

Me via preso a uma vida sem mesmo vive-la.Quando tive a chance de me apaixonar,tropecei outra vez.

Agora cansara.

Arrumei minhas malas.Precisava respirar,chorar,ri novamente.Precisava ir embora,mas agora só Merlin e Deus sabia se voltaria.

Pov.Hermione

Ao voltarmos para Hogwarts,desperdi-me de Harry que foi dá aula.Logo depois fui para o meu quarto onde despir-me para ir ao meu encontro com Draco.

Ansiosa aparentei no Beco Diagonal.

Gelei.

 Aquilo estava fora de questão.A rua estava completamente deserta.Papeis,copos voavam para todos os lados.

Andei três passos,no entanto no quarto parei ao ve-lo entrar com dois outros homens.

-Draco?-saiu fraca.

-Mione...-ele falou sorrindo e indo me abraçar.

Retribuir.

-Onde você estava?Onde está?O que aconteceu?Draco....-ele apenas segurou meu ombro.

-mione precisamos conversar!

-sobre o que?-falei me afastando do mesmo.

-mione...-logo vi dois homens se aproximarem.

-o quer que é isso Draco?-falei logo sentindo minhas pernas tremerem.

-Mione eu posso explicar!-ele falou se aproximando.

Logo o encarei e quando vi já tinha levantado a manga preta do seu braço esquerdo.

-você voltou?!-falei incredúla-COMENSAL?!.

-Hermione...-agora ele falou de maneira mais séria-precisamos conversar...

-com esses dois brutamonte vendo ao vivo e cores...claro que não!-falei me afastando um passo.

-Eu preciso conversar com você!-ele abaixou a cabeça-Mas não vai ser aqui...-ele falou olhando ao redor.

-Como assim?-falei com a voz rouca-você marcou no Beco!-falei irônicamente.

-Exato!Eu marquei no Beco,apenas para ter certeza que você não traria seus amiguinhos...-eu arregalei os olhos.

-você não confia mais em mim?!

-Mione,eu não confio mais em ninguém...e daqui a pouco você também não!-ele falou como aquilo fosse obvio.

Parei por alguns minutos.O encarei novamente,o vi com um pequeno sorriso nos lábios.

Assenti

Enrosquei meu braço no dele e aparatamos.

Mansão dos Malfoy.

Mas não foi na frente daquela casa escura e sim num jardim muito bem cuidado.

Sorri por um momento.

-É minha mãe que cuida daqui...-ele falou em um tom afetuoso.

-É maravilhoso...-falei rodeando algumas das tualipas amarelas do lado esquerdo.

Quando adentramos a casa escura estava clara,talherem bem arrumados na mesa,toalha branca e azul espalhados pela sala.

-Ela sempre cuidou daqui...quis tranformar após a morte do meu pai!-olhei de solaio para ele.

Não continha uma tristeza no seu olhar.

-ótimo agora que já chegamos o que você queria falar comi...-me supreendi sendo tão direta.

-Bits pensei que não chegaria a tempo para jantar.. -Narcisa falou entrando na sala.

-Olá mamãe!-ele falou a abraçando-não falei que iria apenas conversar com a minha amiga!-ela assentiu.

Virei-me para ela.Então ela abriu a boca e um "O".

-Bits você não tinha me falado que sua irmã vinha para o jantar...-ela falou se virando para arrumar a mesa.

Draco parecia estar nervoso.

-Como?-falei dando um passo a frente.

-Ah claro...-ela pausou-como vai Mits?

Dei um passo atrás




Notas Finais


Capitulo tenso....até o próximo


3 comentários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...