1. Spirit Fanfics >
  2. Trust Me >
  3. Forty-Fourth - Almost united

História Trust Me - Capítulo 44


Escrita por:


Notas do Autor


EU ESTOU MUITO FELIZZZZ. Faltam apenas alguns favoritos para chegarmos à 200, JESUS, nunca imaginei que minha fic chegaria tão longe assim, aí ai. Mais um capítulo daquele, então não se estressem com o quê virá posa frente. Beijo e desculpa pelos erros de ortografia. 💙

Capítulo 44 - Forty-Fourth - Almost united


Fanfic / Fanfiction Trust Me - Capítulo 44 - Forty-Fourth - Almost united


P.O.V Bailey 


Estamos todos muito preocupados com o Josh. O médico disse que além estar com a mão direita quebrada, essa doença da raiva que ele tem, acabou afetando o coração, fazendo com quê ele tivesse uma parada cardíaca de 15 ou 17 segundos mais ou menos. A preocupação está exposta na feição de todos do nosso grupo, menos Any e Lamar, que até agora não chegaram e nem nos deram notícias de onde estão. Joalin está chorando demais e, eu estou tentando convencê-la de que vai ficar tudo bem com o Josh, mas as lágrimas insistem em sair de seus olhos, assim como Sina, Sofya e Heyoon, que são as que mais choram. Os outros, incluindo eu, estamos preocupados também e muito, mas estamos tentando nos manter tranquilos e ter pensamentos positivos de que tudo ficará bem logo. 


De repente, na nossa frente, estão Any e Lamar lado à lado. No olhar de Any não há preocupação, não há tristeza... Não consigo decifrar o modo como ela está sentindo, só esperava que ela estivesse preocupada, mas até agora, nem perguntou se Josh está bem, ou algo assim, coisa que Lamar fez em primeiro lugar. 


Lamar: - Cadê o Josh? Como ele está? - Pergunta indo abraçar Sofya, que chorava sentada em um dos sofás na recepção, como todos nós estamos também. 


Sabina: - O médico disse que a situação está pior do quê imaginávamos. - Fala engolindo o choro e abraçada com Pepe, que não saiu de seu lado em nenhum momento. 


Diarra: - Ele quebrou uma mão e sofreu uma parada cardíaca de 17 minutos. - Nesse momento, a expressão no rosto de Any muda rapidamente. Sua boca fica levemente boquiaberta e suas sobrancelhas descem expressando tristeza, mas quando ela percebe que eu à olho, disfarça e faz a linha: Tô nem aí. 


Hina: - Eu só espero que o Josh fique bem logo... - Fala ao lado de Shivani e ao lado de Sofya. 


Bailey: - Ele ficará bem... - Tento ajudar e beijo a bochecha de Joalin, que sorri fraco com a cabeça deitada em meu ombro. 


Any: - Todos preocupados com ele, mas e a Dytto? Já se perguntaram se ela está bem? - Franzi a testa esperando não ter realmente ouvido isso saindo da boca da minha irmã. 


Sina: - Como é? - Fala desacreditada e Any continua à olhando, de pé e com os braços cruzados. 


Any: - Foi isso mesmo que vocês ouviram. Vocês estão aqui preocupados com ele, mas duvido que um de vocês mandou pelo menos uma dm pra Dytto, dando apoio e perguntando se ela está bem, ou não. 


Noah: - Gabrielly, não fala merda, tá legal? É óbvio que não foi o Josh que fez isso com ela. - Defende o canadense


Shivani: - O Josh jamais faria isso com mulher nenhuma, aliás, a senhorita devia estar mais ao lado dele do quê todos nós. - Any revira os olhos 


Any: - Por quê? Porque ele mentiu pra mim e me usou? - Fala na cara dura e sinto Joalin começar à ficar incomodada. 


Krystian: -  Vai ficar voltando nesse assunto? O cara sofreu uma parada cardíaca, podia ter morrido e, você tá aí julgando algo que ele fez sem a intenção de te machucar. 


Heyoon: - Não estou entendo o porquê de você estar assim, Any. - Diz negando com a cabeça 


Lamar: - Está tentando se blindar. Tá com medo de se machucar outra vez? Fica tranquila, o cara que você tanto julga, está internado sem previsão de saída. - Ela engole seco 


Any: - Claro que você ficaria do lado dele, aliás, de todos aqui. - Fala como se fosse algo óbvio. - Como pode, né? Estarem do lado de um... - É interrompida, quando Joalin se levanta e fala
 

Joalin: - Um o quê? Vai, Any. Fala tudo e desconta toda a raiva que você está do meu irmão. - Todos estão olhando as duas 


Any: - Por quê eu faria isso? Não tem ninguém aqui que queira me ouvir. 


Joalin: - Eu quero! Vai, fala, pode falar. - Diz e só pela sua cara, consigo ver que está se estressando 


Sabina: - Dá pra as duas pararem, gente? A gente tá num hospital, sabia? - Relembra 


Any: - Ninguém te chamou no assunto - Fala na lata deixando muitos boquiabertos


Pepe: - Não fala assim com ela - Defende a mexicana 


Any: - Ah, desculpa, quem é você mesmo pra me dizer o quê eu devo, ou não fazer? Lembrei, ninguém. 


Noah: - Any, sossega. 


Any: - Você não manda em mim, Noah. 


Hina: - Parece criança - Fala olhando para Any 


Any: - Eu? Criança? Tua cara de é criança, teu corpo é de criança, tua mente é de criança, tudo em você é de criança, garota. Nem tem coragem de olhar nos olhos da própria mãe.  - Shivani se levanta 


Shivani: - Repete Isso, agora, Gabrielly. - Exije nervosa 


Any: - Tá surda? - Quando a indiana partiria pra cima de Any, Joalin à segura. 


Joalin: - Deixa, Shiv. Deixa ela falar merda. - Diz e isso faz com que a Shivani se sente. - O quê tá acontecendo com você? 


Any: - Pensei que estivessem do lado do Joshua. - Posso ver seus olhos começarem à querer derramar lágrimas, mas ela se mantém "blindada"


Joalin: - Eu também pensei que você estivesse do lado do meu irmão. 


Any: - Do lado do estuprador? Não, obrigada. - Arregalo os olhos e assim que vejo Joalin fechar o punho, à abraço por trás e todos se levantam assustados. 


Bailey: - Não machuca ela, por favor. - Peço para Joalin abraçando ela.


Any: - Deixa ela, Bailey. Vamos ver se além de ter estuprador na família, também tem agressores. - Sina também tenta ir pra cima dela, mas Noah faz o mesmo que eu e à segura. 


Sina: - Você é ridícula, garota! - Afirma sendo segurada pelo estadunidense


Heyoon: - Chega, parem com isso. - Tenta impor uma "paz" - O Josh precisa do nosso apoio e, não de brigas idiotas de vocês. 


Sofya: - A Heyoon tem razão, ou vocês param de brigar, ou as três saem daqui sem notícias do Josh. 


Any: - Estaria me fazendo um favor. - Diz debochada 


Krystian: - ANY! - Fala em tom de reprovação 


Diarra: - Então por quê você não vai, hein, menina? Some daqui de uma vez. - Fala revoltada e com Pepe à segurando 


Pepe: - Gente, já deu, parem com isso vocês. - Tenta amenizar a situação 


Shivani: - Vai, sai daqui logo, Any. 


Any: - Eu vou sim, mas não é porque um de vocês mandou não, é porque EU quero. - Arruma rapidamente a jaqueta jeans que está vestindo, se vira de costas e sai da recepção, indo para o corredor que dá para a saída do hospital
 

Bailey: - Chega, Joalin, vem. - Pego pela pelos braços e à faço se sentar ao meu lado novamente - Passou, tá? Já chega! - Assente mais calma e eu à abraço. 


P.O.V Any


Assim que viro para o corredor que tem a saída, eu encosto as costas na parede e meus olhos se enchem de lágrimas. Merda, eu odeio ter que fazer isso. Falar aquelas coisas foi como se eu mesma estivesse enfiando uma faca contra meu peito e, foi algo que me derrubou aos poucos. Tudo o quê eu queria, era poder ir até eles, abraçar um por um, pedir perdão, subir até o quarto onde Josh está e o abraçar até ele acordar por estar sendo sufocado. Não sei explicar como me sinto exatamente em relação à ele. Uma parte de mim, quer encher a cara dele de porrada, mas a outra... Sempre faz questão de me lembrar que eu sou ap... Foda se, esqueçam isso tudo. 


Sou tirada de meus devaneios, quando pelo canto do olho, vejo um médico se aproximar de onde o grupo estava e todos ficarem esperançosos. Com muito cuidado para não ser vista, eu coloco metade da cabeça para o lado esquerdo, espiando o quê estava acontecendo e como o corredor onde eu estava não era tão longe, conseguia ouvir tudo perfeitamente. 


Sina: - E aí, doutor? Como está meu irmão? - Pergunta e meu coração erra nas batidas por tamanho nervosismo. 


Doutor: - O Josh... - Todos o olhamos com atenção e com muito medo - Está fora de perigo! - Naquele instante, meu coração parece relaxar, bater em uma velocidade aceitável e eu fico completamente aliviada com a notícia. Parece que esse tempo todo, houvesse mil tijolos nas minhas costas que, ao ouvirem esse perfeita notícia, caíram e me permitiram ter sensações leves, de certa forma. 


Noah: - Ele já pode receber visitas? - Pergunta e novamente, presto total atenção. Nunca disse isso, mas admiro muito a amizade do Noah e do Josh. Eles são como carne e osso, parece que a dor que um sente, é como uma forte facada no outro... 


Doutor: - Por enquanto não. - Assentem compreensivos - Ele ainda está dormindo, foi um baita susto tanto pra ele, quanto para todos nós então... É bom que tenha um tempo para descansar. Mas assim que ele puder receber vocês, eu venho avisar, ok? - Já teve alguma vez que sentiu seu coração sorrir? Isso aconteceu quando eu escutei a frase: "Ele está fora de perigo", frase que não saiu da minha cabeça desde o momento em que foi dita. 


Coloco a jaqueta cobrindo minha cabeça, me escondo atrás de algumas coisas e consigo passar despercebida por todos que esperavam aliviados na recepção. Fui até o balcão um pouco mais ao fundo e falei com a moça da recepção. Ela me disse que o Josh estava no quarto 579, no último andar. Não comentei nada sobre subir lá, para que ela não desconfiasse que eu o faria. Devagar, eu dou lentos passos pra trás, até chegar em frente aos três elevadores que haviam em um ambiente super clean, com paredes brancas... Hospital de gente rica é outra coisa, né? Aperto o botão do elevador social e espero o mesmo chegar, mas sempre olhando ao redor, para não ser pega por alguma pessoa do grupo. 


Chegando no andar desejado, começo à procurar pelo quarto 579. Todos os quartos, tinham uma grande janela ao lado da porta de entrada, para que os médicos e enfermeiros olhassem os pacientes que ficavam dentro dos quartos, sem precisar entrar lá. 


Lá está ele, deitado em uma maca, com o lençol branco cobrindo até metade de seu abdômen coberto pela típica roupa hospitalar. Josh dorme tranquilamente, sem precisar de máquinas respiratórias, ou algo do tipo. Estamos sendo separados apenas por uma barreira de vidro, que me impede de continuar à me aproximar. Encosto a mão na janela, enquanto o observo dormir relaxado e muito calmo. Por um segundo, sinto minhas pernas tremerem quando me lembro de nossos melhores momentos juntos, que nunca serão esquecidos, mesmo que eu queira muito. Em silêncio para não acordá-lo e tomando cuidado para ninguém me ver, eu abro a porta do quarto, entro no mesmo e depois à fecho. A sala está fria por conta de um forte ar condicionado que há lá dentro. Seus batimentos estão em perfeita sincronia com os meus. Estou o olhando de longe, mas minhas pernas paressem me guiar até ele sem minha permissão. Em poucos segundos, já estou ao lado da cama em que ele está deitado dormindo. Ao ver sua mão engessada do pulso até metade dos dedos, eu penso... O quê você fez para quebrar sua mão, Joshua? O quê você fez consigo mesmo? Ali, eu não conseguia mais sentir raiva dele... Ali, eu já nem me lembrava de suas mentiras fajutas. Mesmo que ele não me ame de verdade como diz, eu não sou igual, tenho sentimentos por ele. Tive os diversos pensamentos quando vi ali e percebi a importância que fez vê-lo bem. Um destes pensamentos foi: Minta, pode mentir... Mas me ame. 


Me sento na poltrona que há ao lado da cama onde ele está deitado e o observo dormir profundamente, não acorda nem com um barulhinho sequer. Minhas mãos automaticamente, deslizam até seu braço direito e o segura. Vê-lo com seus olhos azuis fechados, cabelo ligeiramente bagunçado e respiração calma, só me traz lembranças da nossa viagem para Oregon. 


Any: - Continua tão relaxado como da primeira vez que o encontrei... - Falo sorrindo boba e minha outra mão encontra o Camilo de seus fios loiros, fazendo carinho. - Se lembra de quando fomos pra Oregon? - Tento me distrair "conversando" com ele - Queimou sei lá quantos panos tentando fazer nosso jantar improvisado - Solto um pequeno riso e lágrimas enchem meu rosto. - Por quê mentiu, Josh? Eu teria te aceitado... Pensa só... Seríamos felizes agora e, juntos. - Minha voz começa à ficar trêmula - A verdade é que... Eu tento tanto, mas tanto, ficar longe de você, mas meu coração só chama por seu nome. - Fungo - Eu preciso saber, Josh... Foi tudo uma mentira? - Lágrimas rolam pelo meu rosto - Tudo o quê aconteceu entre nós... Foi uma mentira? - Lembranças preenchem minha mente - Porque eu não acredito nisso. Não acredito que você não me ame. - Minha mão que antes estava em seu braço, sobe para seu rosto e o segura com carinho e sem força. - Tudo o quê eu fizer daqui pra frente, será por você... Não leve à sério quando eu disser que te odeio, quando eu disser que você não vale nada, porque você vale... Você vale muito pra mim! Acredito que algum dia, voltaremos à ser a dama e o vagabundo e você voltará à ser MEU vagabundo, porque SUA dama eu já sou à muito tempo. - Meu coração aperta e lágrimas descem por meu rosto, uma até acaba caindo em seu rosto. Guiada por meu coração, eu não percebo quando meus lábios já estão colados com os seus. Eu senti tanta falta da quentura de seus lindos e rosados lábios, que queria continuar algo mais, mas... Ele ainda dorme - Eu te amo, vagabundo! - Falo sorrindo e chorando ao mesmo tempo que o observo. - Eu te amo muito! - Me inclino um pouco mais pra frente e beijo sua testa. - Agora eu tenho que ir... Fica melhor logo, vagabundo. Se você morrer, eu te mato. - Rio e imagino seu sorriso. 


Me levanto da poltrona e vou até a porta, o olhando uma última vez, antes de sair e... O quê a Camila Cabello faz aqui? 


Narradora 


Naquele instante, Any se lembrou do áudio que gravou de Camila Cabello com Dytto, que Any so reconheceu ao ver o vídeo que circulava pela internet. Tomada pela coragem, a brasileira fica dentro do quarto, limpa as lágrima e se prepara para começar. Quando Camila estava para abrir a porta, a morena olha para Josh e... 


Any: - Não esquece que eu te amo. - Repete e Camila entra, expressando confusão quando vê Any ali. 


Camila: - O quê você tá fazendo aqui? - Pergunta 


Any: - Tô descontando todo o ódio que eu tô desse idiota. Toda a raiva que eu tenho por ele ter mentido pra mim. 


Camila: - Ele não pode receber visitas, o quê faz aqui? - Deixa a bolsa na poltrona que a brasileira estava sentada anteriormente. 


Any: - Eu odeio ele, odeio. - Quando ia até o Josh tomada pela raiva, Camila à segura e não permite que a garota se aproxime do canadense. 


Camila: - Para, para com isso. - Tenta acalmar Any - Ele não pode ser acordado, não sabe disso? Ele teve uma parada cardíaca, precisa de descanso. 


Any: - Foda se, eu quero mais é que ele morra. Quero que ele morra por todas as mentiras que inventou pra mim e por ter me usado. - Camila à observa dizer essas coisas, já com uma ideia surgindo em sua mente. - Eu espero que sofra MUITO antes de morrer. Eu quero que ele sofra o tanto que eu sofri quando descobri a mentira dele. - Diz aos prantos 


Camila: - Então você é a Any. - A menina que possui este nome, assente. - Sente tanto ódio assim? 


Any: - MUITO. Se eu pudesse, o mataria com minhas próprias mãos. - Fala esta última frase e sai da sala chorando muito. 


Camila por outro lado, com uma ideia em mente, pega seu celular, disca o número desejado e... 


Ligação on 


Eu: - Dytto, acho que temos mais uma pro nosso jogo. 


P.O.V Heyoon 


Eu e o resto do pessoal estamos esperando ansiosamente para que o médico nos diga que o Josh já pode receber visita no quarto. Ambos estamos muito mais relaxados com a notícia que que nosso está fora de perigo, mas a bem estamos muito surpresos e desacreditados com a atitude que a Any tomou em relação à esta nova polêmica com nome do Josh. Sinceramente, eu não sei se conseguiria ser famosa como ele, tem sempre uma história que as pessoas inventam e, eu desistiria na primeira polêmica. 


Morrendo de sede, eu me levanto em busca de um filtro d'água por algum lugar da recepção, mas logo depois, a recepcionista me orienta de que há um filtro d'água perto dos elevadores. Sigo até lá cantarolando señorita, AMOOOO. 


Quando termino de tomar dois fomos de água, me viro pra trás e vejo Krystian à minha frente me olhando. Ele sorri fofo tentando me convencer à não ficar brava, ação que me faz soltar um pequeno riso enquanto o observo. 


Krystian: - Continua brava comigo, Yoon? - Pergunta fazendo voz de bebê e eu reviro os olhos sorrindo - O Krys não se lembrava do seu trauma - Refere si mesmo na terceira pessoa e mesmo sendo engraçado vê-lo falar assim, não deixe de ser fofinho. 


Heyoon: - Está tudo bem, Krys. - Falo calma e ele franzi a testa 
 

Krystian: - Como assim? Você não está brava? - Pergunta desacreditado


Heyoon: - Ah, eu fiquei um pouco chateada assim... - Entrelaço nossos dedos das duas mãos. - Mas você não teve culpa de nada, acabou se esquecendo, não tem problema, eu só... Tenho dificuldade em te ver bêbado e, qualquer outro alguém. Desculpa também, eu não devia ter sido tão severa, mas me deixei levar pela raiva. Me desculpa? - Ele sorri e deixa um demorado selinho em meus lábios. 


Krystian: - Não tem que se desculpar por nada, bebê. - Sorrimos e ele nos envolve em um forte abraço, bem confortável por sinal. Nos separamos assustados, assim que ouvimos a voz de Shivani. 


Shivani: - Ei, pombinhos. - Se refere à mim e Krystian. Quando olhamos pra trás, vimos todos ali e Lamar apertava o botão de um dos elevadores. - O Josh já pode receber visita, vocês não vão? - Fala e vejo Joalin sorrir entusiasmada, gosto da relação dela com o Josh, são fofos. 


Heyoon: - Ele pode? - Sofya Assente 


 Bailey: - Vamos ter que dividir pra caber no elevador, né, gente? Com o Pepe, temos 13 pessoas, não dá pra entrar todo mundo em um elevador só.


Pepe: - Sete em um e seis em outro - Assentimos e assim que o elevador chegou, nós entramos no mesmo. Em um deles, estávamos eu, Krys, Sina, Noah, Hina e Shivani e no outro estavam: Joalin, Bailey, Pepe, Sabina, Dih, Sofah e Lamar. Todos muito ansiosos, roendo as unhas para chegarmos logo no quarto em que Josh estava e poder falar com ele. 


( ... ) 


P.O.V Shivani 


Josh: - Hina, Sabina e Noah, eu já entendi que vocês ficaram preocupados, mas podem me soltar? Eu tô meio que morrendo com esse abraço de vocês. - Diz sendo sufocado pelos três e todos rimos do que ele disse. 


Sina: - Você deu um baita susto em todos nós, Josh. - Diz de mãos dadas com Noah 


Shivani: - Verdade, eu e as meninas saímos desesperadas da aula só pra chegar aqui à tempo. - Falo e coloco o braço apoiado no ombro de Pepe. 


Josh: - Pra quê? Pra me ver deitado nessa cama? - Fala e a tristeza está evidente em sua voz. 


Diarra: - Ei, dê pelo menos um breve sorriso. - Diz na intenção de animá-lo, mas não rola. 


Josh: - Sorriso? - Ri sarcástico - Estou sendo acusado de estupro, quebrei minha própria mão, tive mais um ataque de raiva, destruí o apartamento que nem meu é, sofri uma parada cardíaca e o pior: a garota que eu amo me odeia. Eu só tenho motivos pra chorar agora. - Fala segurando o choro 


Joalin: - Nem pense em chorar por aquela vaca, Joshua. - Diz esquecendo que Lamar e Bailey estavam ali conosco. 


Bailey: - Ei, ela ainda é minha irmã, sabia? - Fala ficando bravo 


Joalin: - E eu com isso? Eu tô pouco me fudendo pra ela. 


Lamar: - Joalin! - Diz em tom de reprovação


Joalin: - Que foi? Foi justo a sua irmã, quem chamou meu irmão de estuprad... - Lamar tapa a boca dela impedindo que ela terminasse, mas à esse ponto, Josh já tinha entendido. 


Josh: - Então, ela também acredita que eu fiz isso? - Só pelos seus olhos, consigo ver que a tristeza inundou seu peito agora. - Nossa... 


Hina: - Josh, o quê importa, é que todos nós estamos do seu lado. - Diz o confortando 


Josh: - É, mas a Any não. - Insiste 


Joalin: - Minha vontade, é agarrar aquele cabelo dela e puxar até... - É interrompida por Sabina 


Sabina: - Acho que já é o suficiente, né, Joalin? Basta! - À impede de continuar 


Josh: - Se até ela pensa... - Funga 


Heyoon: - Josh, não isso não é importa, você sabe que não fez nada! 


Josh: - E se eu tiver feito, Heyoon? - Seus olhos estão inteiramente encharcados pelas lágrimas - E seu eu realmente tiver machucado a Dytto? ... E seu eu bebi tanto que acabei descontando a raiva que eu estava de mim mesmo, em uma pessoa completamente inocente que não teve nada a ver com nada? - Ele chora - DROGA, eu só faço merda. - Esconde o rosto com as mãos e todos continuamos o observando. 


Noah: - Bro, você sabe que não é verdade, você não fez nada! - Tenta acalmá-lo 


Josh: - Como você sabe? - Seus olhos expressos tristeza e estão vermelhos por tanto chorar. - Eu sou um burro, idiota, mentiroso... - Diarra o interompe 


Diarra: - Cala a boca. - Exije e ele acaba cedendo - Tá todo mundo aqui com você, Joshua. Todo mundo aqui acredita em você, todo mundo aqui te conhece o suficiente pra saber que você jamais faria isso. Para de ficar aí se lamentando sem saber o que aconteceu e vamos atrás de provas somvretas de que não fez nada pra essa menina mentirosa do caralho. - No final disso, Pepe deu uma leve risada. 


Pepe: - A Diarra tem total razão, se quiserem ajuda para coletar provas, estou com você. - Sabina beija sua bochecha. 


Sofya: - Estamos todos com você e somos todos Beauchampions - Rimos e ele ri baixo. 


Josh: - Valeu, gente... Não sabem o quanto isso significa pra mim. Ter vocês ao meu lado, diminui o medo que eu estou de pegar esse celular e ver as mensagens do Instagram e das outras redes sociais. 


Krystian: - Eu li alguns enquanto estávamos na recepção. - Todos olhamos pra ele - Que foi, gente? Estão me olhando como se eu fosse um pedaço de carne. 


Shivani: - Ha-Ha-Ha - Ri irônica - Esqueceu que eu sou vegetariana, chinês filho da mãe? - Todos rimos, menos Krys 


Krystian: - Puta que pariu, é verdade... Foi mal, Shiv. - Me abraça 


Shivani: - Tava só brincando com você - Dou um leve tapa na parte de trás da sua cabeça.


Josh: - Krys, lê alguns tweets pra eu ver como está a situação, por favor. - Ele pede 


Noah: - Vida, tem certeza disso? - Pergunta e ele Assente confiante. Noah se senta ao lado dele e os meninos fazem a mesma coisa, ficando ao redor dele, coisa mais FOFA. 


Krystian: - Beleza, aí vai o primeiro - Josh suspira - "É um absurdo essa garota estar fazendo isso, está mais que na cara que é mentira", "Ele não faria isso", "Cala a boca mentirosa", "Não esperava isso do meu ídolo.", "Tudo mentira", "Falsa da porra", "Sabia que esse cara não prestava, ainda bem que nunca fui fã". 


Sina: - Acabou? - Krys nega 


Noah: - Me dá, deixa eu ler o resto - Pega o celular das mãos de Krys e começa à ler. "Josh, meu amor, eu acredito que você não fez isso e quero muitos filhos com você em breve, inclusive, espero o nosso quinto filho. Eu te amo". - Franzimos a testa 


Lamar: - Escrevem mesmo isso pra ele? - Pergunta 


Noah: - Não, mas eu pensei que seria uma boa hora pra revelar isso pra você. - Todos rimos - Que foi? Me leve à sério, estou esperando mais um filho nosso. 


Josh: - Te levo muito à sério, amor. - Noah finge beijar Josh, mas coloca a mão na frente da boca do mesmo e beija a própria mão. 


Sabina: - A maioria das pessoas acreditam em você, mas existe muitas que pensam ao contrário. 


Sofya: - Verdade, acabei de ver no Instagram. 


Heyoon: - Viu? Temos uma gangue inteira de Beauchampions, que sempre estarão ao seu lado. - Ele sorri 


Josh: - Obrigado, pessoal... Muito obrigado. - Agradece 


Shivani: - Abraço coletivo - Falo e todos andam até mais próximo à cama 


Bailey: - Sai, já é nosso - Abraça Josh antes de todos, mas o ignoramos e abraçamos o canadense do mesmo jeito. 

 


Notas Finais


E vamos lá para as perguntinhas ✌️😘
@Beauanynosh

Agora a pergunta:

Any a menina que você viu com a Camila era a ex do Josh que pretende ferrar o Josh e depois a Camila paga esse áudio que gravou e mostra a polícia my angel é simples e o Josh ama você ele só mentiu por desde os 12 anos dele ninguém NUNCA perguntou quem ele era você foi a primeira.... mesmo que ele não tinha a intenção de mentir foi só que ele estava muito nervoso e ele nunca te apressou em nada...... ou eu estou mentindo?

Any: - Eu sei muito bem o quê fazer, estamos juntos nessa!


Gente, eu sou muito sínica, né? Eu chego com um capítulo mó sentimental, as vezes com alguma bomba nova e ainda tenho coragem de colocar isso "✌️😘", meu Deus.

Beijos, amo vocês, manxs💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...