1. Spirit Fanfics >
  2. Trust no on >
  3. Lance

História Trust no on - Capítulo 4


Escrita por: vicqperez

Notas do Autor


AAAAAAAAA muito obrigada a todos que estão lendo, é muito importante pra mim. 💜

Capítulo 4 - Lance


Fanfic / Fanfiction Trust no on - Capítulo 4 - Lance

Chris Pov

Selena não deu um palavra comigo desde a delegacia até a nossa casa, e toda vez que eu tentava me explicar ela lançava um "vamos conversar quando chegarmos em casa". Quando nós chegamos, ela jogou a bolsa no chão e se virou pra mim com os braços cruzados.

- Oque você acha que tá fazendo? Bater na Yolanda adiantou alguma coisa? Ou só atrapalhou? - Ela diz aínda de braço cruzando e olhando pra mim.

- Selena você acha que eu iria conseguir me segurar ouvindo tudo oque ela estava falando de você? Eu não me arrependo do que eu fiz - dou de ombros e vou indo em direção ao quarto.

- Mas é isso que ela quer, ela quer que a gente se descontrole, que a gente surte e que gente fique adiando esse julgamento - ela me acompanha ainda indignada com a minha atitude.

- Pois ela conseguiu porque ela me tirou do sério, eu não aguento mais essa mulher e por mim eu já teria matado ela - agora eu paro e começo a encarar ela.

- Chris para de falar essas coisas, você só tá atrapalhando. Hoje eu estava super nervosa e tentando ficar calma apenas por você. Mas, óbvio que você não pensou em mim e na primeira oportunidade agiu por impulso - ela diz aumentando o tom e apontando o dedo na minha cara.

- da próxima EU NÃO QUERO QUE VOCÊ VÁ, se eu soubesse teria levado o meu pai que tinha implorado pra ir e eu preferi levar você porque eu achava que você iria manter a calma - agora ela ainda de um lado pro outro coçando o pulso em sinal de nervosismo.

- ENTÃO OQUE EU SOU PRA VOCÊ? UM CARA QUE TE DÁ PRAZER QUANDO VOCÊ BEM QUER E DEPOIS FINGE QUE QUE NÃO EXISTO? - eu gritei oque estava entalado na minha garganta naquele momento.

- NÃO, VOCÊ É O MEU MARIDO E PRECISA ME AJUDAR E NÃO ATRAPALHAR A MINHA VIDA - ela diz apontando para a nossa aliança em seu dedo.

- EU ATRAPALHO A SUA VIDA? ENTÃO ÓTIMO, VAMOS ACABAR COM ESSE LANCE AGORA, E QUANDO VOCÊ QUISER TRANSAR VOCÊ ME PROCURA, COMO SEMPRE FOI - digo arrancando a aliança e colocando no criado mudo.

- CHRISTOPHER QUE MERDA VOCÊ TÁ FAZENDO? ENTENDE O MEU LADO CARAMBA, EU QUASE MORRI E QUANDO VOLTO VOCÊ FICA DIFERENTE COMIGO?  VOCÊ NÃO ME AMA MAIS, É ISSO? - agora ela grita alto possível para que seu pai pudesse ouvir e deixa escapar uma lágrima.

Eu não digo nada, oque faz ela chorar mais ainda agora.

- Ótimo! Seu silêncio diz tudo Christopher, eu perguntei se você me ama e você não respondeu, não sei porque estamos ainda nesse lance então - agora ela pega a minha aliança no criado mudo e caminha até a cozinha. 

- ME FALA UMA VEZ QUE VOCÊ PERGUNTOU COMO EU ESTAVA LIDANDO COM A FATO DE QUASE PERDER O AMOR DA MINHA? VOCÊ NÃO TEM O DIREITO DE DIZER QUE EU NÃO TE AMO PORQUE NESSES TRÊS MESES SÓ EU FIQUEI 24HRS POR DIA DO SEU LADO VENDO VOCÊ PRATICAMENTE MORTA NAQUELA MERDA DAQUELA CAMA - digo acompanhando ela virando ela de frente pra mim.

- você...sempre me disse...que estava bem... - ela diz em meio aos soluços.

- ah ótimo, agora eu também vou dizer que sou o presidente do Brasil - solto uma risada sarcástica - Selena vc me perguntou uma vez e nunca mais nem citou o assunto.

- Ótimo Chris, não se preocupe que eu vou comprar uma bola de cristal pra adivinhar tudo oque você está sentindo, desculpa se eu não sou uma adivinhadora - ela diz debochando, soltando uma risada sarcástica.

- Você não entende... Eu não só quase perdi você como perdi o meu...

Escutamos uma batida na porta e eu vou atender, para minha sorte (ou azar) é o Abraham que entra logo sem pedir licença.

- Preciso que você vá no estúdio AGORA comigo, é urgente - ele diz apontando o dedo pra porta pra que eu saia.

- Chris quem você perdeu? Você não terminou de falar. Pai eu estou tendo uma discussão com o meu marido, você pode atrapalhar depois? - ela diz vindo até mim.

- Sel, eu perdi...

Quando olho pra frente o Abraham está me encarando com uma cara de "Se você falar, você é um cara morto"

- Filho nós precisamos ir agora, vocês moram na mesma casa, podem resolver isso qualquer hora do dia - Abraham diz me puxando pra fora de casa e me guiando até a casa dele.

- Você ficou maluco? Você ia falar? Chris se eu não tivesse impedido oque você ia falar? - ele diz abrindo a porta e me dando espaço pra entrar.

- Abraham eu não aguento mais entendeu? Pra vocês é fácil falar "guarde segredo" mas, pra mim não é! Ela é minha esposa, eu não guardo segredo dela, ainda mais ESSE segredo, ela tem direito de saber - digo ameaçando chorar e sentando na mesa.

- Eu sei que não é fácil, pra mim também não. Mas, na hora certa nós vamos contar ok? Não se preocupe, estamos preparando ela pra isso - ele diz dando um tapinha nas minhas costas e sentando na mesa de frente pra mim.

- E então? Qual é a urgência no estúdio?

- Nenhuma, eu comecei a ouvir a briga no primeiro grito que ela deu, então fiquei atrás da porta ouvindo tudo.

- Cara isso é invasão de privacidade, você sabe né?

- Não importa, então quer dizer que você agrediu a Yolanda? Porque?

- Ela debochou da Selena e disse "que droga que ela está viva" ou algo assim, não me lembro, mas a Selena tava uma crise de ansiedade lá, eu queria matar a Yolanda por fazer isso com o meu bebê - digo batendo na mesa em sinal de indignação

- Primeiro que ela não é sua bebê, segundo que eu teria feito a mesma coisa que você- ele diz dando uma gaitada.

Depois de uma longa conversa com o Abraham, ele me acompanha até a porta e antes de abrir ele diz:

- Lembra do que nós conversamos, nada de contar pra Selena sobre o bebê ok?

- Ok eu vou tentar.

E quando ele abre a porta, Selena está parada em choque tentando entender o que acabou de ouvir

- Que bebê? E porque o Chris não pode me contar sobre? 

~off~


Notas Finais


desculpa pelo cap longo... chris e sel já tiveram discussões bem feias ao ponto de pensarem em divórcio, então quis fazer parecido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...