História Try or give up? - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias American Horror Story, EXO, Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Kai, Momo, Personagens Originais, Sehun
Tags Romance, Sehun, Suspense, Yeri
Visualizações 6
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Incesto, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uma dor que nunca esquecemos, é aquela dor de perder alguém que amamos!

Espero que gostem !

Capítulo 20 - An unforgettable loss


Olá eu sou o Suga e agora esse breve momento da história vai ser passar em minha visão,sou um jovem garoto de 20 anos de idade e já sou polícial a 2 anos,hoje eu estou nessa operação que pode custar minha vida, faço parte do terceiro grupo e ficamos responsáveis por iliminar todos da direita

 Suga- Me sinto um tanto abalado,pois fiquei na retaguarda e ainda com esse comunicador idiota,quero fazer parte do ataque e matar muitos,treinei por anos minha mira pra na primeira chance que tenho de mostrar meu telento me deixarem assim - eu só poderia dizer que aquela situação era horrível,ficar atrás sem poder fazer nada apenas avisando os outros grupos,não queria fazer aquilo

 Escutei vários estrondo,era tiros que estavam sendo trocados por minha equipe e por alguns deles,sem pensar duas vezes me joguei atrás de um caixa grande de madeira e fiquei abaixado 

Alguém está air?estamos sendo atacados,o Son acabou de tomar um tiro e eu não posso fazer nada porque estou com esse comunicador idiota,não sei quem está vivo,acho que,tudo está dando errado - Eu apertava o comunicador em minha mão com muita força e gritava em meio a tanto desespero,minha dor de ver meus companheiros caindo ao chão estava me maltratando muito 

 Ninguém me respondeu,joguei aquele comunicador na parede com muita força e peguei minha arma,não ia deixar meus amigos morrerem enquanto eu apenas observava

 Sair atirando sem ver e matando muitos,eu não errava quase nenhum tiro,eu treinei muito minha mira nesses dois anos que me tornei policial e agora posso ver que é muito útil,espero que tudo possa acabar bem e que eu possa sair daqui vivo para ver meu filho 

Finalmente os tiro acabaram por um breve instante,pois eu sabia que com aqueles tiroteio mais inimigos viriam em breve,matei cerca de 10 deles,não era fácil matar uma pessoa mesmo sendo um inimigo,então eu iria contar todos os que matei para que aquela cede de sangue me dominasse,o Son e o Tyop morreram,os outros dois da minha equipe estavam caídos ao chão com dor,eu tinha que continuar a seguir com o plano e continuar em frente,então os deixei lá e seguir reto,concerteza eles não iam morrer 

Minutos antes!

 Taeh NÃO!

 Porque isso foi acontecer com você? - Fomos emboscado por eles,não conseguir ver de onde os tiro estava vindo,mas um dos tiro peguei no peito do Taeh,estou desesperado o comunicador caiu longe e não consigo me comunicar com ninguém,não sei onde estão os outros policiais que estavam em meu grupo,acho que já morreram 

 Tinha cerca de seis inimigos em minha frente e o Taeh ferido caído atrás de um escombro,eu tinha que chegar até ele ,mas não sabia como fazer isso,o medo de morrer estava mais forte do que minha vontade de salva-lo,comecei a pensar em fugir dalir,mas aquela cena que eu vir me fez disistir da ideia ,o Taeh chorando me esticava a mão e me chamava 

 Você consegue - conseguir ler em seus lábios,sangue escorria no chão

 Eu consigo sim!Taeh você me salvou várias vezes e agora é a hora de eu retribuir isso,segurei aquela arma com muita força e fui me rastejando até um outro escombro,eles estavam destraidos e foi nessa hora que joguei uma granada,esperei ela explodir e me levantei atirando,o medo era grande,eu poderia tomar um tiro e cair no chão a qualquer momento,pois eu estava muito exposto,as balas acabaram e isso me fez cair de joelhos no chão,seria meu fim?tomar um tiro agora?a poeira cessou e eu vir que todos eles estavam caídos ao chão,que enorme felicidade eu sentir,corrir em direção ao Taeh para tentar ajudá-lo 

 Taeh você vai sair dessa não se preocupe - Eu dizia isso,mas eu estava vendo que não tinha mais jeito,ele perdeu muito sangue e não ia resistir,minha mão se enchia com o sangue dele e o sangue dele se enchia com minhas lágrimas,e aquele momento era de uma terrível tristeza

 Taeh- Sehun não chore,você é forte,eu sou um estupido mesmo em ter aceitado em te trazer até aqui,eu quero que você me prometa que vai continuar com sua sanidade ativa,eu posso partir agora,mas sempre estarei gravado em sua memória e em seu coração,sei que é difícil para você,perder duas pessoas amadas em tão pouco tempo,mas isso vai ter fazer mais forte,isso vai ter fazer um verdadeiro sobrevivente e eu quero que você saia daqui vivo - Que dor,aquelas seriam minhas últimas palavras?minha visão estava embaçada,mas dava pra ver o Sehun em minha frente em prantos 

 Não dar,eu não posso ser feliz,a culpa de você está nessa situação é só minha,pois foi eu que convencir você de participar dessa operação,me desculpa Taeh,estou muito arrependido 

 Taeh- Não precisa pedir desculpa,a culpa não é sua ,foi eu quem ensistiu para os policiais deixarem nós participar dessa operação,então eu que pesso desculpa a você,por ter deixar em perigo

 Seh- Não,eu não consigo aceitar que nesse exato momento você está partindo,eu te amo Taeh,você era minha única família que sobrou depois da morte de meu pai,então tenta resistir - que dor terrível eu estava sentindo,era como se meu peito estivesse se rasgando,ver o Taeh partindo estava sendo muito doloroso 

 Taeh- Apenas me prometa que você continuará sendo aquele garoto gentil e animado que você sempre foi,não deixe minha morte te mudar,apenas me prometa que você irá chorar por mim,mas que vai enxugar suas lágrimas e sorrir novamente

 O Taeh sorrio levemente e apertou minhas mão enquanto seus olhos se fechavam minha dor só aumentava,minha respiração ficou densa e a vontade de matar todos eles aumentou 

 Agora não é hora pra chorar - eu disse enxugando as lágrimas do rosto,peguei a arma do Taeh e seria com ela que eu iria matar todos,ela estava coberta por sangue,mas aquilo apenas me motivou mais,então me levantei e continuei a andar até o comunicador que esteva no chão 

 Se alguém estiver me escutando agora saiba que pode ser a última vez,toda minha equipe foi aniquilada,eu irei partir pra cima deles e com isso posso acabar tomando um tiro e morrendo, mantenham a lembrança do Taeh viva entre vocês 

 Ali estava eu,um garoto tolo que achava que finalmente seria feliz na vida,aquela semana estava sendo a mais difícil,em minha cabeça se passava os mesmo pensamentos várias e várias vezes

Se eu conseguir sair vivo daqui hoje,oque eu irei fazer de minha vida? 

Mas seria com esses pensamentos que eu iria sair vivo dalir,eles me dariam forças para continuar,então de cabeça erguida eu andei…

 Continuação


Notas Finais


Gostaram?
Espero que sim!

Beijos pessoal e até a próxima...!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...