1. Spirit Fanfics >
  2. Tudo Começou no Céu >
  3. Capítulo 2

História Tudo Começou no Céu - Capítulo 2


Escrita por: BTSARMYfanfics1012

Notas do Autor


Olá gente,

O capítulo 02 pra vocês aproveitarem, não se esqueçam de favoritar e comentar.

Boa leitura

Capítulo 2 - Capítulo 2


 S/N ON

 

 Com o final do meu semestre veio a conclusão do segundo módulo do meu MBA, a felicidade que eu sentia no meu peito quase me fazia explodir.

Vou até o meu apartamento e finalmente começo a me preparar para a mudança pra Seul, onde vou fazer os próximos dois módulos do curso.

Sorrio ao lembrar da última vez que estive em Seul, foi quando estava voltando do Brasil no início do ano.

Aquele voo me marcou muito, já que nele eu acabei conhecendo o Jeon Jungkook, tivemos um diálogo breve mais inesquecível para ambos, a selfie postada pelo mesmo no Twitter do BTS é a prova concreta disso.

Me sento na cama e me permito ser dominada com as lembranças daquele voo, tão cansativo, mas também tão especial para mim.

Após um tempo, já estou com todos os meus pertences arrumados para a mudança de cidade, confesso vou sentir muita falta de Busan, essa cidade foi o meu lar durante um ano inteiro.

Confirmo mais uma vez o horário do meu trem para Seul no dia seguinte antes de me permitir dormir durante toda a noite.

Na manhã seguinte pego as minhas malas e finalmente entrego o meu pequeno apartamento de vinte metros quadrados.

Sou uma das primeiras pessoas a entrar no trem, o que me permite guardar as minhas duas malas com cuidado.

Me sento no meu lugar e olho pela janela, a estação está lotada de jovens que assim como eu estão saindo da cidade, alguns vão visitar os pais no interior, outros de mudança definitiva.

Não demora muito até o trem começar a seu trajeto para Seul, a viagem leva cerca de um pouco mais de duas horas, aproveito este tempo e vou escutando o novo álbum dos meninos no caminho.

A forma na qual o BTS cresceu nos últimos anos é incrível e faz o meu coração de Army se preencher de orgulho.

A paisagem montanhosa da Coréia vai passando diante de mim, que hoje já está começando a ficar amarelada, demonstrando assim a chegada do outono.

Quando enfim o trem para na estação de Seul um sorriso nasce em meu rosto, pensar que estou tão perto de concluir o MBA me deixa extremamente feliz.

Pego a minha bagagem e decido mesmo a contragosto pegar um táxi para o meu novo endereço, os taxistas daqui não são nenhum pouco simpáticos para com estrangeiros.

Não demora muito até eu estar dentro do meu novo apartamento, dessa vez com apenas doze metros quadrados.

Decido sair para almoçar antes de começar a arrumar a minha pequena bagunça, então vou até a conveniência na esquina da minha rua.

Tive sorte e consegui um apartamento perto do Rio Han, mesmo sendo na parte Sul da cidade, o que vai me fazer pegar no mínimo dois trens até chegar na universidade, mas o valor do aluguel e a localização estavam perfeitos demais para eu deixar essa oportunidade passar.

Na conveniência compro o meu almoço e opto por comer ali mesmo, evitando bagunça na minha nova moradia e após comer já retorno para a mesma.

Arrumo as minhas roupas no pequeno armário do apartamento e assim que termino vou estudar um pouco.

Quando percebo o céu já estava escuro lá fora, então ligo para minha mãe e aviso como ocorreu a mudança, estar a doze horas de diferença é bem complicado.

O dia finalmente tinha terminado, decido ir dormir cedo para conseguir correr de madrugada nas margens do Rio Han, algo que sempre quis fazer.

Meu celular desperta cinco e meia da manhã, me levanto bem disposta, tomo um copo de vitamina, coloco a minha roupa de corrida e vou para o meu destino.

Ao chegar no calçadão nas margens do Rio Han o céu já estava ficando rosa, o que demonstra que logo o sol vai aparecer, então simplesmente começo a correr rio acima.

Sinto minhas pernas começarem a queimar após um tempo correndo, então decido fazer meia volta e retornar ao apartamento.

Quando o sol já estava quase iluminando todo o céu de Seul vejo uma aglomeração estranha no calçadão, parecia uma sessão de fotos.

Continuo a correr e não olho em direção da sessão de fotos, seja o que for vou acabar vendo em algum outro local, ademais havia várias pessoas paradas observando tudo e isso por si só já deve incomodar, então sigo meu caminho.

- S/N.

Ao ouvir aquele grito paro e viro em direção a voz, foi então que me surpreendo ao ver Jeon Jungkook correndo na minha direção.

Quando ele para na minha frente vejo que ele está maquiado e vestindo algumas roupas da Fila, deve ser a nova coleção de outono.

- Eu disse que iriamos nos ver outra vez - diz ele sorrindo para mim.

- Não posso acreditar, é você mesmo? - questiono maravilhada.

- Sim, e sou que não acredito que você está outra vez na minha frente.

Nos encaramos sorrindo por um momento, ele estava lindo, ainda mais do que o de costume.

Olho ao redor e vejo que toda aquela multidão agora nos encarava, alguns possuía uma câmera de celular nas mãos e nos gravava.

Os demais membros do BTS nos encarava chocados, afinal é novidade para qualquer um o mais novo do grupo interagindo com mulheres.

- A quanto tempo está em Seul? - ele pergunta.

- Eu me mudei ontem para a cidade, os próximos módulos do meu MBA vai ser aqui - respondo.

Antes que ele tenha tempo de responder escutamos um novo grito, dessa vez da equipe que estava fotografando os meninos.

- Eu tenho que voltar, mas me passa o seu telefone, vamos marcar de sair e conversar, o que acha? - ele questiona um pouco tímido.

 - Eu adoraria.

Passo o meu número para ele, que anota com aquele sorriso de coelho que eu tanto amo.

- JEON, TEMOS QUE VOLTAR PARA A SESSÃO - grita novamente um staff.

Jungkook me olha como se pedisse desculpas por ter que sair correndo e eu apenas sorrio para o mesmo em sinal de compreensão.

- Eu te ligo - diz ele.

Neste momento acabo sendo surpreendida por ele, haja vista que Jeon se inclina e deposita um pequeno beijo na minha testa.

Não tenho tempo de dizer nada antes de ver ele se virando e correndo de volta para a sessão de fotos, no caminho ele acaba se virando e acenando um tchauzinho para mim e isso faz o meu coração de Army disparar completamente.

Volto para o meu apartamento sentindo o meu coração disparado e tenho certeza que não era por conta da corrida recente e sim por ele.

Ao chegar no apartamento vou rapidamente tomar um banho e só então percebo que nós dois havíamos finalmente nos reencontrado, porém enquanto ele estava lindo, maquiado e cheiroso, eu estava toda suada pela corrida recente.

- Porque logo quando eu estava naquele estado.

Falo para mim mesma e coloco minhas mãos no rosto em frustração e após termino de tomar o meu banho.

Quando termino seco o meus cabelos e visto uma roupa quentinha, mesmo sendo outono o clima já está começando a esfriar para mim.

Mesmo morando na Coréia há um ano inteiro, eu ainda não me acostumei com o clima daqui, sou brasileira, não estou acostumada a lidar com o frio.

Ao me sentar na minha escrivaninha para começar a estudar, simplesmente não consigo me concentrar.

Fecho meus olhos e minhas mãos vão até a minha testa, fazendo um breve carinho onde ele havia me beijado.

Meu coração começa a acelerar novamente e sinto minhas bochechas esquentarem, evidenciando que estou corada.

Incrível como o Kookie me deixa somente com um beijo na testa, em todos estes anos nenhum garoto conseguiu tirar a minha concentração com algo tão pequeno.

- S/n mantenha o foco - digo para mim mesma.

Me levanto e vou fazer um pouco de café, quem sabe a bebida me ajude a manter o foco.

Enquanto vejo o café cair na jarra da cafeteira escuto meu celular apitar, corro até ele e me surpreendo ao ver uma mensagem dele.

Era apenas uma frase que já me deixou com um sorriso bobo no rosto novamente.

"Tudo começou no céu"

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...