História Tudo mudou depois de você chegar - YoonMin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vhopekook, Yoonmin
Visualizações 38
Palavras 2.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!!!


Boa leitura!!

Capítulo 2 - CAPÍTULO 1


Fanfic / Fanfiction Tudo mudou depois de você chegar - YoonMin - Capítulo 2 - CAPÍTULO 1

•Yoongi on•

O dia amanheceu nublado e chovendo. Levantei da minha cama e olhei meu celular. Eram 5h57. Tenho que sair de casa 6h30 para chegar a tempo na escola e tomar café na lanchonete. Sim, não tomo café em casa. Tudo isso pra não apanhar antes de ir pra escola. Peguei meu uniforme e coloquei encima da cama. Fui até o banheiro e escovei os dentes. Fiz minhas outras higienes e ajeitei o cabelo. (Aurora: Foto do capítulo ^-^) Voltei para o quarto e me troquei. (Autora: O uniforme é a foto do capítulo também :3) Peguei minha mochila e desci as escadas silenciosamente, peguei as chaves sem fazer barulho e abri a porta. Saí e a tranquei novamente e guardei a chave na mochila. Peguei meu guarda-chuva e o abri. Caminhei até a escola, pois não queria me atrasar no primeiro dia de aula.

•Yoongi off•

•Jimin on•

Acordei suavemente em minha cama e olhei para o despertador. Era 6h34. Fudeu, vou chegar atrasado na escola.

Omma de Jimin: Minie, já acordou? Vai chegar atrasado Querido. Se apresse.

- Já vou me arrumar Omma, e daqui a pouco desço.

Ela fecha a porta e eu levanto da minha cama. Pego meu uniforme e coloco delicadamente encima da cama. Corri até o banheiro e fiz todas minhas higienes. Penteei meus cabelos e voltei pro quarto. Coloquei meu uniforme e desci as escadas.

Mordomo: O café já está na mesa Senhor Jimin.

- Obrigado.

Corri até a mesa e tomei meu café um pouco apressado.

Appa de Jimin: Coma devagar menino. Vai engasgar.

Omma de Jimin: Ele está atrasado amor.

- Bom, vou indo. Tchau Omma, tchau Appa.

Appa/Omma de Jimin: Tchau Filho.

Saí de casa e percebi que estava chovendo. Peguei o guarda-chuva e o abri. Andei o mais apressado possível para não chagar atrasado. Olhei o horário no meu celular. 6h56. Fudeu! Parece que vou ter que correr.

•Jimin off•

•Yoongi on•

Entrei na sala e fui para as mesas do fundo, no canto. Depois de alguns minutos o sinal da escola bateu e o professor entrou.

Professor: Bom Dia turma, sou o professor de vocês de Geografia.

Todos: Bom Dia Professor.

Não bastava ser primeiro dia de aula, a primeira aula tinha que ser Geografia... De repente um menino bate na porta e pede licença. Era 7h10. Esse menino não tem relógio não?

xXx: Com Licença professor, Desculpe meu atraso.

Professor: Aluno novo Hm?

xXx: Sim.

Professor: Se apresente.

xXx: Sou Park Jimin, tenho 17 anos e espero me dar bem nessa escola.

Professor: Ótimo. Sente-se na mesa do lado do Yoongi, é sua dupla a partir de agora, ali no fundo.

Puta que me pariste... Justo eu?? Aish...

JM: Olá!

Ele falou oi pra mim? ELE FALOU OI? NINGUÉM ME FALA OI! RESPIRA MIN YOONGI, RESPIRA GAROTO.

- Ah, oi...

JM: Yoongi né?

- Sim...

JM: Sou Jimin. - Ele estendeu a mão. Peguei sua mão e nos comprimentamos. - Quantos anos você tem? - ele vai fazer um questionário comigo agora?

- Eu tenho 18 anos.

JM: Posso lhe dar um apelido?

- Um apelido?

JM: Sim! Seus amigos não te dão apelidos?

Nesse momento abaixei a cabeça e escapou uma lágrima do meu rosto.

- E-eu não tenho amigos...

JM: Oh! Me desculpa eu não sabia. - ele ergueu meu rosto e limpou a lágrima - Então eu vou ser seu amigo.

- Obrigado.

JM: Não me agradeça ainda. Quer ir na minha casa depois da escola?

- Claro.

JM: Sua mãe não se importa?

- Minha mãe finge que eu não existo.

JM: Ah... Desculpa. Eu não sabia...

- Tudo bem. Não tem problema. Mas, prefiro passar em casa pra trocar roupa e depois eu vou.

JM: Eu busco você.

- Não precisa.

JM: Precisa sim.

- Okay então...

Depois de quatro aulas chatas pra cacete, deu o sinal do intervalo. Todos saíram da sala e eu continuei sentado. Sempre ficava na sala pra não ser zuado no intervalo.

JM: Não vai para o intervalo? - Fiz com a cabeça que não - Porque?

- Eu nunca vou, por motivos pessoais.

JM: Se você não vai, eu também não vou.

- Pode ir para o intervalo, não precisa ficar aqui por minha causa.

JM: Por enquanto você é meu único amigo aqui na escola, e não quero nenhuma vadia dando em cima de mim.

- Okay. - comecei a rir.

JM: Do que está rindo? - ele cruzou os braços e fez bico. - Me diga.

- Quando você comparou as meninas da sala com vadias.

JM: Aish! Quando cheguei era 7h00, dava tempo o suficiente pra entrar antes do professor, mais um grupinho de meninas me parou e ficaram dando em cima de mim... Aish!

- Entendi.

Começamos a comer. Enquanto comemos, nós conversamos. Bateu o primeiro sinal, era pra fazer a fila no pátio, pelo menos quem estava lá. Sim, tem fila, isso é pra fazer a contagem pra ver se está faltando alguém.

JM: Você não está com calor?

- N-não.

JM: Hm, eu estou. - ele tirou sua blusa e colocou na mochila.

Nós ficamos em silêncio. Cada um mexendo no celular. Até Park Jimin quebrar o silêncio.

JM: Você já se apaixonou a primeira vista?

- Não... E você?

JM: Não sei, mas acho que não. As namoradas que tive não foram muito... 'Agradáveis'.

- Entendi...

Depois de alguns minutos o segundo sinal tocou. Os alunos começaram entrar e logo depois o professor.

Professor: Bom Dia turma. Sou seu professor de Matemática. Peguem a apostila.

Eu ignorei as outras falas do professor, abaixei minha cabeça na mesa e cochilei. Depois de um tempo, senti alguém me cutucar.

JM: Você está bem?

- Er... Estou. Porque?

JM: Você dormiu as duas aulas seguidas Suga.

- Suga?

JM: Seu apelido. Gostou?

- Sim.

JM: Fiquei as duas aulas de matemática pensando, nem adianta reclamar.

- Não vou reclamar.

JM: Você vai em casa né?

- Vou sim.

JM: Me passa seu número e vou te buscar.

- Okay.

Passei meu número e saímos de sala. Fui andando pelos corredores com o Jimin. Avistei um carro muito chique e vi que Jimin se apressou.

JM: Tenho que ir Suga. Até mais tarde.

- Até.

Ele entrou no carro e o mesmo foi embora. Quando dei meia volta para ir a praça, os meninos que sempre me agrediam estavam ali me encarando e a única coisa que eu fiz foi engolir seco. Eles eram bem maiores que eu, eles me pegaram pela gola da minha camiseta de mangas longas, e me levaram até o banheiro. Chegando lá enviaram minha cabeça na privada e depois me deram vários chutes.

Eles saíram satisfeitos do banheiro e logo em seguida fui correndo para a praça. Chegando em uma árvore, sentei na frente da árvore, peguei minha mochila, abri o bolso da frente e peguei minha lâmina. Ergui uma das mangas da minha blusa e comecei a me cortar.

- Parabéns Yoongi... Sendo inútil por mais um dia...

Satisfeito com meus cortes, dei uma limpada e guardei a lâmina. Corri pra casa, me troquei e arrumei meus cabelos.

| Mensagem on |

Jimin: Está pronto?

Suga: Sim.

Jimin: Já estou indo.

Suga: Okay.

| Mensagem off |

Depois de alguns minutos, ouvi uma buzina. Peguei uma mochila e coloquei umas duas trocas de roupa e desci.

JM: Oi de novo!

- Oi...

JM: Entra.

- Com Licença.

Entrei no carro. Estremamente chique. Tinha alguns doces no carro, como se fosse uma limosine.

JM: Se quiser pegar algum doce, pode pegar Suga.

- Obrigado, mas não quero.

JM: Posso fazer uma pergunta?

- Pergunte.

JM: Porque você sempre está de mangas longas?

Fudeu. Não sabia o que responder. Tinha que inventar uma desculpa.

- Minha pele é frágil ao sol.

JM: Entendi.

O silêncio tomou conta no carro. Chegamos na casa dele. Era uma mansão enorme.

JM: Vamos entrar.

- Claro.

Ele foi abrindo a porta principal é depois entrou me dando passagem para entrar.

JM: MÃE, PAI! CHEGUEI!!!

Um casal muito bonito apareceu na escada.

Omma de Jimin: Oi Filho!! Seu amigo?

JM: Esse é o Yoongi. Ele é meu amigo da escola nova.

Omma de Jimin: Prazer. Sou mãe do Jimin. Meu nome é Yara.

- O prazer é meu.

JM: Ele vai passar a tarde aqui, ok mãe?

Yara: Ok filho. Vá para sei quarto com ele.

JM: Estou indo.

Yara: Vou ao mercado. Quer algo querido?

JM: Não. Quer algo Suga?

- Não Obrigado.

Yara: Volto daqui a pouco.

Ela saiu e Jimin me puxou para seu quarto. Chegando em seu quarto, ele era enorme, com uma TV só para o vídeo game, uma TV só para filmes, um pimbolim, muitos outros jogos, e uma cama de solteiro reserva, pois a dele era de casal.

JM: Gosta de qual jogo? Já jogou Just Dance?

- Não. Eu não tenho vídeo game...

JM: Vem eu te ensino.

Ele me explicou como jogava e depois ficamos a tarde toda jogando. Era umas 19:35, quando recebi uma mensagem da minha mãe.

| Mensagem on |

Mãe: Cadê você imprestável???

Suga: Bem longe de casa.

Mãe: VOCÊ FUGIU DE CASA?

Suga: Sim. Não sou obrigado a ser maltratado por você.

Mãe: Você é meu filho, e vou te achar.

Suga: Não vai não. Eu não estou em Seul.

Mãe: Você não está em Daegu. Está?

Suga: Sim.

Mãe: Vou te buscar amanhã mesmo. Eu te acho muleque!

| Mensagem off |

Mal sabe ela que ainda estou em Seul.

JM: Já quer ir embora Suga? Posso te levar depois do jantar. Se quiser pode ir antes.

- Jimin... Posso te fazer uma pergunta?

JM: Claro.

- Posso dormir aqui?

JM: Claro! Mas... Porque?

- Não quero voltar pra casa... Você não sabe como é complicado... Ter uma mãe que não lhe ama...

Eu tinha começado a chorar.

JM: Oh, Suga. Por favor não chore. Se é tão difícil assim, você pode morar aqui.

- Sério???

JM: Sim. Não quero te ver sofrer. Isso parte meu coração.

- Obrigado.

Sem pensar duas vezes o abracei.

JM: Por nada. Amanhã mesmo vamos ao shopping comprar roupas novas pra você.

- Obrigado.

JM: Com certeza as roupas que você trouxe não vão durar muito.

- Obrigado Jimin. Muito obrigado mesmo...

Acho que estava apaixonado... Mas não tinha certeza... E ele poderia não ter os mesmos sentimentos...

• Yoongi off •

• Jimin on •

Eu estava me apaixonando por Suga... E estava com dó dele não ter uma família agradável...

- Quer ir jantar?

SG: Ah, claro. 

Descemos e meus pais nos viram.

Yara: Oh! Yoongi esse é meu marido. Park Chung-Hee.

SG: Prazer.

Chung-Hee: O prazer é todo meu.

- Mãe, Pai. Tudo bem se o Suga morar aqui?

Yara: Claro, mas sua mãe sabe disso?

Suga estava com os olhos marejados e o abracei, fazendo com que ele ficasse de costas para meus pais.

- A mãe dele praticamente o odeia.

Yara: Sinto muito. Neste caso pode morar aqui. Não entraremos em contato com ela.

SG: Obrigado Yara.

Yara: Pode me chamar de tia.

SG: A senhora que sabe.

Yara: Prefiro tia do que senhora.

Eles começaram a rir.

Yara: Vamos jantar?

- Claro mãe.

SG: Sim.

Fomos até a sala de jantar e começamos a comer. Cada um com a quantia que aguentava. Olhei para o prato do Suga, e tinha uma enorme quantidade de tudo que estava na mesa.

- Suga qual foi a última vez que você comeu?

SG: Pra falar a verdade, eu não sei... Eu só tomo café da manhã na lanchonete da escola...

Yara: Sua mãe não lhe dava comida?

SG: Ela me obrigava a fazer as coisas daquela casa, e não me dava comida.

Yara: Por isso você é tão magrinho! Isso faz mal Yoongi! Pode pegar uma anemia feroz!

SG: Eu sei...

Yara: Nesse caso, coma o quanto quiser.

SG: Obrigado Er... Tia.

Yara: Por nada.

Ele começou a comer devagar, mas não tão devagar. Comia meio rápido, meio devagar. Realmente provava que ele não come a dias! Depois de jantarmos, o mordomo trouxe a sobremesa. Era mousse de maracujá.

SG: O que é isso?

- Mousse de maracujá. Nunca comeu?

SG: Não. É gostoso?

Yara: Muito. Experimente. Se gostar pode comer o quanto você quiser.

Ele colocou uma pequena quantia na colher e colocou na boca.

SG: Hmm! É uma delícia!

Não deu 5 minutos, Yoongi já havia repetido mais de 5 vezes. Olhei para o relógio na parede. Era 22h23.

- Está com sono?

SG: Oh! Sim.

- Vem vamos dormir.

SG: Boa noite Tia.

Yara: Boa Noite Amore. Boa noite filho.

- Boa noite mãe.

Seguimos para meu quarto e emprestei um pijama para Suga.

- Ficou bom?

SG: Um pouco largo, mas dá para usar.

- Certeza?

SG: Sim, só as mangas que são muito compridas! Elas são bem maiores, e cobrem até minhas mãos.

- Se quiser eu dobro as mangas até seu cotovelo.

SG: Er... Não precisa. Está bom assim.

- Okay... Quer dormir na minha cama ou na de solteiro?

SG: Prefiro na de solteiro.

- Uma coberta só é suficiente pra você?

SG: Sim. Obrigado. Boa noite Minie.

- Boa noite Suga.

Ele me deu um apelido! Que fofo! Calma Jimin! Ele pode não ter os mesmos sentimentos... Basta esperar acontecer...


Notas Finais


O que acharam??? Eai continua ou não??

Comentem!!

Beijos ^3^♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...