1. Spirit Fanfics >
  2. Tudo por você >
  3. Eu so queria minha familia

História Tudo por você - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


heslllloy
obrigado
comentem
e deem suas notas babyyys

boa leitura

Capítulo 11 - Eu so queria minha familia


Fanfic / Fanfiction Tudo por você - Capítulo 11 - Eu so queria minha familia

 

Eu não podia acreditar na audácia desse homem, Elijah me trouxe num shopping pra comprar celular. Eu neguei varias vezes mas ele me ameaçou como. Eu te carrego no colo, eu chamo alguém e digo que você esta me assaltando e entre outras coisas idiotas e absurdas. Quando entrei na loja de celular com ele vi ele levantar as duas mãos e apontar todas as prateleiras e me dizer um simples “pode escolher”. Eu briguei muito com ele, mas no final Elijah acabou se alterando e pediu ajuda a uma atendente. Então eu sai pra fora com raiva e depois de o que se pareceu duas horas ele saiu com a sacola na mão.

Agora estávamos tomando sorvete e andando pela loja que estava quase fechando

- por que ta tomando isso? Tem gosto de terra pra você

- tem gosto de lamina.. é nojento e eu me acostumei. Melhor comer lamina do que creme

- eei

Dei um tapa em seu braço e rimos. Chegamos a saída e esperamos o segurança checar as coisas e saímos do shopping, estava de noite e já era pra estar em new orleans. Mas Elijah não colaborava e não andava rápido, por fim chegamos no carro, Elijah da a ré e pega a estrada

- não vai abrir seu presente ?

Perguntou olhando a estrada. Terminei de comer o sorvete e peguei a sacola pesada , abri e peguei a caixa de cor cinza. Rasquei a embalagem e abri..

- ai.. meu.. deus.. eu vou te matar garoto

Disse de boca aberta, ali tinha um notebook com variados itens . senti uma grande vergonha na hora e ouvi o mesmo rir

- isso não foi eu... não exatamente, eu comprei a mando de marcellos

- por que esta fazendo isso ?

- isso oque ?

- comprando essas coisas pra mim Elijah, roupas... celular, notebook... olha se quer alguma coisa é só pedir... não precisa isso

- eu não quero nada, só achei um modo mais útil de gastar a grana

O olhei, ele estava mentindo deu pra perceber

- a verdade Elijah

O vi bufar e parar o carro em um acostamento

- ta legal. Talvez eu queira algo sim.. mas não foi por isso que comprei as coisas, comprei por que eu quis e também pode te ajudar a esquecer de....

- de que fui estuprada por um lobo que era pra ser meu marido

O vi assentir e engoli em seco, senti meus olhos se encherem de agua, não achei que aquilo fosse me afetar tanto assim. Mas Elijah estava me distraindo da verdade e eu nem se quer percebi.

- não se preocupe hayley.. vai ficar tudo bem

Ouvi ele dizer, eu sabia que tudo ia ficar bem, menos eu. Eu me sentia suja e quebrada. Violada sem meu consentimento e eu se quer fiz algo certo. Fiquei parada como uma vadia e não lutei por meu corpo quando era necessário, lembrar daquilo de novo, foi como se tivesse acontecendo de novo , não percebi que o carro estava em movimento e fiquei brava

- para o carro Elijah

- que ? por que? Ei já passamos da fronteira, estamos chegando em new Orleans

- a fronteira?

Disse tendo uma ideia

- é

- então para a droga do carro

Falei alto demais, o vi parar e desci do carro, eu estava chorando sem perceber muito, segui para a pequena fronteira que ficava um pouco afastada da cidade. La embaixo tinha uma queda d’água  e eu sabia, me aproximei para ver a medida da agua e só vi o escuro, pensei que tudo aquilo podia passar. Só bastava um pequeno passo e eu cairia e tudo estaria bem, eu não iria lembrar de Jackson, não iria lembrar de família e nada mais poderia me machuca. Eu já não tinha mais nada mesmo

- hayley. Não faca isso

- por que não Elijah ? eu não quero sentir dores como essa de novo, sei que vou.. eu não tenho nada, absolutamente nada

- mas e a elena, A Caroline e a bonnie.. suas amigas ? pra que pular ?

- eu fui abandonada! Meus pais adotivos me colocaram pra fora... todos eles, e depois ? eu não fui aceita nas escolas por exatamente isso, tive que fingir ter pais em mystic falls, eu não sonhava um casamento forcado, eu não queria me casar com um desconhecido, eu não queria me tornar lobisomem, eu não queria ser tocada daquele jeito elijah... eu não queria estar aqui! Mas a vida não me deixa muitas escolhas!! E ninguém vai sentir minha falta

Limpei as lagrimas e olhei pra baixo

- espera!!

Gritou o mesmo com a mão pra cima

- oque é ?

- nem tudo na vida é perfeito, a gente se zanga quando as coisas não são como a gente quer, tudo pode sair diferente e ficamos triste, mas nada pode te derrubar.. se você chegou ate aqui você consegue ir mais longe, se você conseguiu sair daquele carro e vim ate aqui. Você consegue sair dai e voltar pro carro, por que você é forte.. tudo vai se resolver e eu estarei aqui quando precisar.... só não faz isso

O olhei estranho, senti o desespero se estalar em meu corpo e olhei para baixo. Oque eu estava fazendo? Isso era idiotice, me afastei da beirada de cabeça baixa segurando o choro e olhei pra Elijah que suspirou e veio me abraçar. consegui chorar e jogar pra fora tudo que estava sentindo, da tristeza a raiva, me senti segura ali. Pela primeira vez vi Elijah assustado

- eu so queria minha família...

- eu sei, mas você sabe que eles se foram.. você terá uma nova e não vai se sentir sozinha mais. Todos se importa contigo hayley, não surte desse jeito nunca mais

Disse aliviado, soltei uma risada baixa e Elijah fez o mesmo e me guiou ate seu carro. Antes de entrar eu o abracei de novo

- obrigado Elijah... por tudo

- não agradeça

 

[...]

 

Como previa o caminho foi em silencio, por minha culpa. Mesmo que eu me sentisse mal por tudo, estava fez por ver alguém demonstrar preocupação. Eu odeio surtos de raiva e eu tinha eles a muito tempo, mas com o tempo eles foi sumindo e hoje eles veio com tudo. Quando chegamos a mansão mikaelson fui recebida por kol mikaelson e Caroline Forbes. Abracei minha amiga e a vi chorar

- sua vadia, nunca mais teime comigo e elena

Disse ela me dando broncas, o que fez kol rir e usou toda sua ironia sem sucesso

- calma futura mikaelson.. ela esta bem

- futura oque Caroline ?

Antes dela falar foi interrompida por kol que me puxou para dentro como criancinha

- eu preciso de um favor seu e da suas amigas..

- que favor?

- uma festa.. pode nos ajudar?

- claro kol.. pode dizer


Notas Finais


é isso galera, gostaram?
estou planejando em fazer caps mais longos como por exemplo 3.00 palavras ou mais
mas também estou achando tediante pra vocês lerem
me digam o que acham sobre isso.

vlw e ate a próxima
bjnhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...