História Tudo por você, Daryl. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Lizzie Samuels, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Pete Anderson, Rick Grimes, Ron Anderson
Tags Daryl
Visualizações 126
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá tudo bom? Postei mais um por que não sei se vou postar esses dias. Mais não pretendo deixar vocês curiosas.
Gente o Daryl é tão fofo💓💓💓 não merecemos ele 💔 rachei quando ele disse 🗨 pra Melanie 💟

Capítulo 12 - O melhor que me aconteceu


- Perai, você está? 

- Não Daryl! Credo! - O interrompi -  Vira essa boca pra lá. É apenas um enjôo ou sei lá o que aconteceu. - Ele arquea as sobrancelhas. 

- Tudo bem então, vou pegar algo no quarto pra você comer. - Ele sai do meu campo de vista. Não pode ser isso, né? Grávida? Eu? Espero que não pois nem de mim mesma sei cuidar. - Olha Mel, só temos latinhas de sopa. 

- Tudo bem Daryl. - Ri fraco. Ele acaricia meu rosto. Fechei os meus olhos para aproveitar o momento e sinto seus lábios no meu. 

(...)

Já se passou uma semana que estávamos ali e não se passou um dia que não reclamasse de que estava enjoada, tonturas e ânsias, vomitei algumas vezes e sempre ele questionava que estava gravida e claro, negava.  

- Olha Mel, cansei. Você por ser nova demais talvez não quer aceitar o fato de ter essa grande possibilidade. Então eu peguei um teste de gravidez pra você e você vai fazer. - Suspiro. 

- Daryl você é um completo idiota. - Reviro meus olhos. Talvez esteja sendo infantil demais com essa história. Mais e se tiver? Fiz sexo com dois caras. Na verdade, estava preocupada de que não fosse o filho de quem eu quero seja. 

- Eu sei que sou idiota, agora faz o teste. - Ele me leva ao banheiro. - Petrifico impedindo dele me mover. 

- E se eu tiver grávida? 

- Aí você vai estar né Mel, não a nada que você possa mudar se estiver. - Ele revira os olhos tentando me levar. 

- Grosso. Não falei disso. Falei que há uma possibilidade dele não for seu. - Ele para de tentar me levar ao banheiro. 

- Eu pensei nessa possibilidade, mas Mel, se não for meu. - ajeita uma mexa do meu cabelo pondo atrás da orelha. - Pai é quem cria. - não sabia o que falar sobre o que ele me disse. Ele era o homem dos sonhos! O abracei e o beijei na testa pegando o teste indo para o banheiro. Estava nervosa com o resultado é finalmente terminei. 

' Grávida ' 

- E-eu tô grávida?! - Fui até o Daryl que estava sentado no chão escorado na parede do lado da porta do banheiro esperando o resultado. Quando ele me vê se levanta rapidamente.

- Melanie o que deu? - entreguei o teste pra ele.

- V-você tá grávida?! - Ele me abraça. No mesmo instante começo a chorar. - É de felicidade? - Nego.

- Daryl eu não sei cuidar nem de mim mesmo imagina do que está aqui dentro da minha barriga. - Ele ri.

- Eu cuido. Não esquenta não, cuido dos meus dois amores. - Eu o abraço tão forte que ele reclamou de que poderia ter havido alguma possibilidade de ter quebrado alguns dos seus ossos. - Temos que voltar a Alexandria agora. Não vou deixar você aqui nessas condições. - Arrumam tudo e fomos. A viagem toda ficamos discutindo de que eu achava que era uma menina e ele um menino e, falamos alguns nomes que poderia colocar nele(a) e era mais de 10 nomes que escolhemos. 

Em Alexandria contamos tudo para Rick e Michonne que os mesmo quase tiveram um infarto de felicidade com a notícia. Tivemos que acalmar os dois.

- Parabéns a vocês! - Michonne me abraça.

- Daryl Dixon você é muito doido! Tô orgulhoso de você mano. - Rick o abraça. - Mais vocês não vão poder ficar aqui, ainda mais com esse bebê que você carrega Melanie. As chances de vocês serem pegos são altas. Negan está revoltado por conta que vocês fugiram e até por que aqui não tem como lhe ajudar em questões médicas que uma grávida precisa.

- Eu entendo. - Daryl põe seu braço em meu ombro logo beijando o minha bochecha. - Vamos para Hilltop sem problemas. - ele diz.

(...)

- Como vocês estão ? - Daryl deita na cama comigo e se aproxima da minha barriga pondo seu ouvido. - Olá? Tudo bem? Cuidado aí embaixo.

- Ah Daryl, tava tão fofo antes de você estragar. Pensei que ia falar algo lindo. - Ele ri. O puxo pra mim. - Você é o melhor que me aconteceu. - Digo dando um selinho. 

- Vocês são o melhor que aconteceu em toda minha vida. - Ele me beija de volta e ficamos assim quase a noite toda.


Notas Finais


E aí , gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...