1. Spirit Fanfics >
  2. Tumbling Together >
  3. Dores de crescimento e solução de problemas

História Tumbling Together - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei pessoas!
Certo, esse cap demorou pq to um pouco atolada entre faculdade, procurar trabalho e estudar pra concurso. também entrei numa Scan (ou seja, agora to traduzindo comics e mangás também). Resumindo; EU NÃO TENHO MAIS VIDA SOCIAL
Sobre esse cap... Bom, Lisa, Iris e alguns abacates são os heróis anônimos que essa cidade precisa

Capítulo 12 - Dores de crescimento e solução de problemas


"Mais rápido, Barry!"

"Estou tentando!"

"Não é o suficiente!"

Ele parou e prendeu a respiração, com raiva. “Não é fácil passar por tijolos e argamassa, Caitlin!”

Eles estiveram trabalhando em sua vibração nos últimos dias. Caitlin e Cisco estavam preocupados com o que aconteceu com a bomba no Halloween.

“E se da próxima vez você não conseguir vibrar rápido o suficiente? Ou se não for apenas você? E se você estiver preso a outra pessoa e tiver que atravessá-la também? ”

Barry sabia que eles não estavam errados, mas ele estava se esforçando para usar suas habilidades sem pensar em outra pessoa, sem pensar em Len na verdade, e era mais difícil assim. Eles estavam focados em atravessar matéria sólida sem precisar correr, apenas a partir da vibração, o que era praticamente uma aula de vibração avançada.

"Não podemos fazer outra coisa?"

"Não cara" Cisco se inclinou para trás. “Mas talvez estejamos começando com algo grande demais. Você já pode passar por pequenos objetos como algemas, mas talvez não devêssemos começar com algo grosso como camadas de tijolos. Que tal experimentarmos primeiro vidro e portas? ”

Barry apenas suspirou e acenou com a cabeça "Com certeza."

“E praticar, praticar e praticar.”

“Eu sei, Cait. Vou trabalhar nisso em casa. Falando nisso, eu tenho que ir - Tenho uma tonelada de trabalho para fazer e alguns casos para processar antes de amanhã.”

"Claro, Barr" Cisco acenou "Mas, hã, como vai a mini Onda Térmica?"

Barry piscou, de repente lembrou que Caitlin e Cisco sabiam. Nenhum dos dois havia mencionado isso a semana toda e ele quase tinha esquecido até aquele momento, focado no trabalho de processar os pequenos crimes pós-Halloween. “Huh — Oh, Aiden? Eu não a vi, exceto por algumas fotos que Shawna postou no Facebook.” Ele se perguntou se deveria aproveitar a oportunidade para esclarecer sobre ele e Len, mas, como eles estavam prestes a se separar, quase não parecia valer a pena.

Caitlin ficou escandalizada “Você tem a Pique-Esconde no Facebook?!”

“Oh. Sim, ela me adicionou. Nem Len nem Lisa têm Facebook, mas Shawna tem. Ela postou algumas fotos do Halloween.”

Cisco já estava fora de sua cadeira “Podemos ver? Tenho que ver como é a aparência da mini Onda Térmica.”

Barry disparou para se trocar e pegar seu telefone, voltando em um piscar de olhos. Então ele estava abrindo o álbum de Aiden no Facebook de Shawna. Ele não pode evitar o sorriso presunçoso em seu rosto quando o queixo deles caiu, a curiosidade de Caitlin levando a melhor sobre a razão e a fazendo vir olhar as fotos.

"Mini Onda Térmica definitivamente não é um apelido bom o suficiente."

"Não tem como ser filha de Mick Rory."

“Palavra de escoteiro. Mas eu tenho que correr, o trabalho chama. Vejo vocês mais tarde."

**********

Era quarta-feira e Barry realmente precisava lavar sua roupa. Era basicamente obrigatório neste ponto, porque ele estava ficando sem roupas e iria sair na noite seguinte para jantar - definitivamente o encontro tinha se expandido para além de sair pra beber - com Iris e Eddie.

Além disso ele tinha certeza de que tinha ouvido Lisa na porta ao lado e estava ansioso para descer até o porão do prédio e se afastar de quaisquer maquinações que ela estivesse fazendo até agora. Ele e Len deveriam estar brigados e ele não queria ser pego pelos dois. Razão pela qual ele não ficou muito impressionado quando abriu a porta com um cesto de roupa suja debaixo do braço e Lisa estava lá, com a mão levantada para bater. Len não estava à vista.

"Lisa" Barry não se preocupou em esconder sua surpresa.

“Barry, querido! Você estava indo lavar roupa? "

"Eu- Sim?" Ele percebeu que ela tinha um recipiente cheio de brownies e deu um passo para trás para deixá-la entrar, "Hum, está uma bagunça." Pelo menos ele teve tempo para limpar a casa antes de lavar a roupa.

"Sem problemas, eu só vim entregar alguns brownies de desculpas."

"Eu, uh - O quê?"

Lisa estava olhando ao redor com seriedade, aparentemente nada tímida sobre bisbilhotar casualmente. “Brownies de desculpas. Meu irmão está sendo um idiota, mas está cozinhando pra você porque ele comunica sentimentos por meio do chocolate - E aparentemente ele está sem bicarbonato de sódio, então não pode fazer cupcakes. Algo sobre você distraí-lo no supermercado? "

“Eu — Oh, certo. Acho que foi minha culpa. Eu só não queria que ele passasse uma década comparando o preço das gotas de chocolate ou algo assim. Você sabia que ele checa o preço de cada item? Nunca vi um comprador mais lento.” Ele largou a cesta de roupa suja na sala de estar e foi se juntar a ela na mesa, coçando a nuca.

“Hmm, confie em mim, eu sei. Nem se trata de dinheiro, ele apenas sente que é seu dever como consumidor fazer o melhor negócio possível. ”

"Eu sei! Eu juro que ele mudaria os preços se o mercado permitisse. ”

A risada de Lisa era tilintante "Tenho certeza que ele faria." Ela estendeu o prato de brownies "Quer um?"

Barry teria gostado de dizer não, talvez devesse ter focado um pouco mais em sua briga falsa, mas seu estômago roncou – como sempre - e ele tentou não parecer envergonhado enquanto pegava um.  “Len sabe que você está aqui?”

"Claro que não" Ela jogou o cabelo pra trás. “Ele acha que eu peguei para mim. Ele é muito orgulhoso para vir aqui e dizer que está cozinhando para você, então, em vez disso, está na cozinha encarando a parede entre seus apartamentos."

Barry se perguntou o quanto disso era verdade, o estômago dando uma cambalhota, e deu uma mordida no brownie. Ele quase gemeu e não pôde evitar que seus olhos se fechassem com a explosão de sabor. "Oh meu Deus" Ele murmurou. O sabor era tão rico, suave, achocolatado, tudo sem ser muito doce, crocante suficiente por fora, mas com o grau perfeito de densidade e suavidade por dentro. "Isso pode ser o paraíso."

Lisa sorriu e colocou o recipiente no balcão. “Ele está muito orgulhoso da receita, vem mexendo com ela há anos. Peguei estes antes que ele pudesse fazer a cobertura de chocolate para por em cima, mas você tem que provar um com a cobertura."

Barry temia que, se experimentasse um com cobertura, poderia acabar oferecendo seu corpo a Len em troca de um suprimento constante dessas coisas, de tão boas. E uau, ele não precisava daquela imagem mental, obrigado cérebro. Ele engoliu em seco na próxima mordida.

"Vou perguntar a ele sobre isso."

"Faça isso."

Houve um momento de silêncio e Barry olhou para o recipiente de brownie. Lisa se posicionou ao lado dele. "Olha, Barry, eu sei que você está bravo com meu irmão e não te culpo, mas sinto que há algo que você deveria saber, algo que ele nunca vai te contar sozinho."

Os olhos de Barry se voltaram para Lisa, longe dos brownies. Isso não era o que ele esperava, não algo tão direto da Patinadora Dourada. "O que é?"

“Lenny tem um acordo com o Flash.”

Barry quase engasgou, então teve que lutar para não cair na gargalhada. Em vez disso, suas sobrancelhas se ergueram e ele tentou (falhando miseravelmente) manter uma expressão séria. "Oh?"

"Parece loucura, eu sei - Ele e o Velocista Escarlate se encontraram frente a frente tantas vezes, tenho certeza de que você viu na TV?"

Ele acenou com a cabeça, realmente sem saber aonde Lisa queria chegar com isso. Ela obviamente não sabia sua identidade, mas ele realmente não tinha ideia do porquê ela pensava que um CSI se importaria com isso. Ou talvez ele devesse se importar, como namorado de Len?

“Bem, você deve ter adivinhado, já que estava na cena do crime, ou talvez Len tenha te contado, mas o Flash frustrou o trabalho dele na outra noite. E Lenny sente que precisa manter uma fachada séria sobre isso na frente dos Rogues, fazendo parecer que ele está seriamente tentando pegar o Flash e vencê-lo ou matá-lo, porque nenhum deles sabe os detalhes desse pequeno negócio, mas Len até sabe qual a real identidade do Flash. Ele não vai contar a ninguém - Nem mesmo a mim” Ela fez beicinho e as entranhas de Barry estavam debatendo “Mas esse é o tipo de cara que Len é. Ele quer ver aquela estranha faixa vermelha ajudar as pessoas nesta cidade, então ele não luta mais para machucá-lo, não desde que ele percebeu o bem que o Flash faz. Ele diz que se trata de respeito mútuo.”

Barry juntou as mãos para que não começassem a tremer ou vibrar. “Eu... Não sabia disso. Mas por que você está me contando tudo isso? "

"Porque eu sei que você está com raiva porque Len invadiu o museu e colocou você em uma situação difícil no trabalho, e mesmo que você tenha dito que entende que Len é o Capitão Frio e que não tem problemas com isso, eu sei que é difícil de engolir em alguns dias. Mas eu queria que você soubesse que, embora Len roube e goste de se fantasiar, ele não é uma pessoa tão má - Até o Flash não se importa tanto com ele.”

“Nunca pensei que ele fosse uma pessoa má” Barry endireitou o corpo e sentiu a necessidade de se corrigir ao notar o olhar cético de Lisa. “Quero dizer, tudo bem, com certeza eu pensei no começo - Ele sequestrou e machucou pessoas e ele - Quero dizer, ele tentou matar o Flash. Eu não tinha ideia do que pensar no começo. Mas eu o conheço muito melhor agora - Obviamente eu conheço, e eu confio em Len completamente... Eu não estou bravo com esse roubo que ele fez, eu só... Por que ele precisa roubar coisas em primeiro lugar? Ele é tão inteligente e habilidoso que não precisa roubar para ganhar a vida, ele só faz isso porque é divertido! Ele poderia ser... ”Barry olhou para baixo, o coração doendo de repente“ Ele poderia ser muito mais.”

Lisa estava quieta ao lado dele, talvez atordoada, e Barry estava definitivamente atordoado, olhando para suas mãos agora. Ele não tinha certeza sobre de onde tudo isso estava vindo, mas era tudo verdade. Ele confiava em Len, e o que ele disse para Caitlin e Cisco também era verdade, ele se preocupava com Len e queria que Len fosse feliz. Mas, Len não iria desistir de ser um Rogue tão cedo.

“Len ama o que faz, você sabe disso. Isso o deixa feliz... Mas o que ele realmente ama é a perseguição, Barry - A pressa.”

Ele não sabia como interpretar isso, mordendo o lábio. Havia algo mais. “E eu... Às vezes me pergunto se ele se preocupa comigo. Se eu não for apenas... Uma distração agradável para ele. Um jogo divertido.”

Lisa colocou a mão em seu braço até que ele olhou para ela. 

“Barry, acredite em mim, Len se preocupa com você. Muito. Mais do que já o vi se importar com qualquer pessoa com quem estava. Por favor, tenha um pouco de fé. Se o Flash pode...”

Ele acenou com a cabeça e soltou um suspiro. "Você está certa. Se o Flash pode, acho que eu também posso” Barry sentiu um pouco de sua tensão sumir, nervoso e aliviado ao mesmo tempo. Lisa não tinha ideia da profundidade dessa afirmação, mas sorriu e abraçou Barry, e ele se viu abraçando de volta.

**********

"Lembre-se, Eddie" Iris sorriu e ajustou a gravata dele. "Não surte quando eu começar a brincar ok."

Ele afastou as mãos dela e consertou a gravata. "Eu ainda não entendo por que você vai brincar do nada, querida."

Ela revirou os olhos e passou batom, estalando os lábios. "Porque Barry vai ter que confessar mais cedo ou mais tarde e só precisa de um empurrãozinho." Ela sorriu para seu reflexo no espelho. "Então, deixe-me falar, tá?"

Ele suspirou e acenou com a cabeça "É melhor nos apressarmos ou vamos nos atrasar."

**********

Quando Len foi buscá-lo na quinta-feira, Barry não tinha certeza se deveria mencionar que Lisa havia aparecido ou não. Ele ainda estava debatendo internamente quando houve uma batida em sua porta.

Barry abriu a porta e teve o desejo de fechá-la novamente imediatamente. Ele não fez isso. Ele realmente queria. Por que Len tinha que ser tão...

“Você parece... Hum. Você parece..."

Len arqueou uma sobrancelha, sorrindo. "Língua presa, garoto?"

"É um belo terno."

"Eu sei."

"Porra"

Isso arrancou uma risada de Len, que usava um terno quase preto que caía tão bem nele que atraiu os olhos de Barry com muita facilidade. Ele parecia comestível. “Você também não está com uma aparência tão ruim, embora devesse usar aquele terno algum dia. Ou apenas me deixe arrastar você até o meu alfaiate e fazer algo sob medida.”

Barry fez uma careta e saiu para o corredor, virando-se para trancar a porta atrás de si. “Eu não sou tão magro.” Por que as pessoas sempre o chamavam de magro?

“Você está em forma, não é uma coisa ruim. Qualquer pessoa fica melhor em um terno quando ele é feito sob medida para sua estrutura. Se isso faz você se sentir melhor, posso fazer um comentário sobre como você fica bem com ele e como fica melhor fora dele.”

Barry estava feliz por estar à frente de Len descendo as escadas, assim o outro não pode vê-lo tentar franzir o rosto em algo próximo à neutralidade em vez de - O que quer que seu rosto provavelmente estivesse fazendo enquanto evitava a imagem mental dele nu, de Len nu, ele estando nu e Len elogiando-o nu, e -

"Tenho certeza que isso não vai ajudar muito com a nossa briga falsa, meu querido quase ex-namorado." Ele se lembrou da situação.

Houve uma pausa atrás dele, mas então Len bufou, "Talvez seja isso que acontece quando nós brigamos - Eu fico isuportável e você me faz dormir no sofá?"

Barry quase podia imaginar “Com certeza não há como dormir no sofá como vizinhos. Você apenas dormiria em sua própria cama nesse caso."

"Não, você é sem coração, assume o controle do meu quarto e me tranca fora do seu apartamento."

“Haha, não, espere” Eles estavam do lado de fora agora, no frio “Eu hackeei seu Netflix para que só reproduzisse documentários alienígenas até que você se desculpe”.

Len abriu a porta do carro para ele "Ora, Barry, isso é absolutamente frio."

Barry riu, então se sentou e sentiu seu estômago apertar um pouco. O que eles estavam fazendo? Este não era nem mesmo um encontro real, mas parecia muito com um. Ele esperou que Len se sentasse. “Somos muito ruins em brigar.”

"Ninguém mais precisa saber disso garoto, embora eu teria criado uma briga de verdade se você nos atrasasse."

Barry quase sorriu, então se fortaleceu. "Falando em ninguém saber - sobre nós brigarmos, quero dizer - uh, Lisa disse alguma coisa?"

“Eu disse a ela que estávamos discutindo esta semana. Ela apareceu ontem e eu agi como se estivesse chateado.”

"Certo, bem, talvez você deva pegar leve nas aulas de atuação, DiCaprio."

Len olhou para ele e parecia que estava lutando para não sorrir. "Você acabou de fazer um trocadilho com o meu nome?"

"Eu - Deus, eu nem planejei isso, como eu - isso é culpa sua."

Len riu e o peito de Barry se aqueceu com o quão bom aquele som era. Ele estava tão ferrado. Isso era muito mais do que apenas querer ver Len nu e em cima dele. Deus, ele sentia falta de estar em negação.

“Então por que eu deveria pegar leve, Barry? Achei que esse fosse o plano. ”

"Sim, sobre isso... Lisa passou no meu apartamento ontem."

"Ela fez O QUE -" Len pisou no freio para evitar bater em alguém que atravessava a rua correndo, a mão sobre o peito de Barry para se certificar de que ele não bateu com muita força no cinto de segurança. Houve um segundo tenso de respiração - o coração de Barry batendo muito rápido - e então Len tirou a mão e passou pelo cruzamento.

"Me desculpe por isso."

"Tudo bem."

"Minha irmã foi ao seu apartamento?"

“Sim, deve ter sido logo depois que ela deixou sua casa. Ela me trouxe brownies."

Len soltou uma maldição baixinho, obviamente dirigida a Lisa. Barry deu de ombros “Os brownies realmente bons. Tipo, incrível na verdade, estou tentando racioná-los para não comer todos de uma vez ... ”

“Coma o quanto quiser Barry, vou preparar mais. O problema não são os brownies. O que Lisa disse?”

O rosto de Barry se contraiu.

“Barry…”

Ele sabia que isso era uma má ideia. "Ela - Bem, ela me contou sobre o Flash, na verdade." Len olhou para ele com as sobrancelhas erguidas. “Eu sei, quase ri. Mas, realmente, ela uh, me disse que o Capitão Frio tem um acordo até com o Flash, e que você - Bem, você e ele se dão bem o suficiente, e se o herói da cidade pode suportar o que você faz, talvez eu pudesse encontrar em meu coração um jeito de perdoá-lo. "

"Ela realmente disse isso?"

“Não exatamente essas palavras, mas basicamente sim. Ela me pediu para ter um pouco de fé. E, bem, eu sou um péssimo mentiroso, então posso ter cavado um túmulo pra mim mesmo falando sobre o quanto eu confio em você, mas eu inventei isso ao insinuar que gostaria que você parasse de roubar e usasse seus talentos para o bem.”

A expressão de Len era inescrutável, de frente para a estrada.

"Len?"

"Você quer que eu mude, Barry?"

O estômago de Barry afundou e, por algum motivo, não parecia a briga falsa que eles estavam tendo um momento antes. “Só não quero ver você atrás das grades um dia, Len. Não quero ser aquele que teve que colocá-lo lá.”

***********

“Bem, vocês dois estão lindos esta noite” Iris West estava linda em um vestido vermelho e Len pensou que ela estava exagerando no elogio e no sorriso quando se inclinou para beijar a bochecha de Barry.

O sorriso de Barry foi rígido e Len sabia que nem era falso. O resto do caminho foi tenso e silencioso e não seria muito difícil fingir tensão durante o jantar. O que, aparentemente, seria necessário graças às maquinações de Lisa.

Barry estava no ponto, entretanto. "Obrigado. Algumas pessoas não apreciam que eu demorei um pouco pra ficar pronto e quase nos atrasei.“

"Como você, entre todas as pessoas, consegue se atrasar está além de mim, garoto."

 Iris olhou de relance entre eles e Len quase contou como uma vitória até que ela riu “É incrível, não é? Eddie estava me incomodando com a mesma coisa - Mas eu só tinha que encontrar o tom certo de batom para combinar com a gravata dele. Tenho certeza de que ele só queria estar bonito pra sair com você, Len.”

"Não estou bonito o suficiente, aparentemente, já que Len acha que eu preciso de ternos sob medida."

“Tudo que eu disse foi-”

"Que eu sou muito magro?"

“Nossa mesa está pronta, pessoal” Thawne interrompeu, e eles foram até uma mesa silenciosa no canto. Len não sabia dizer se a história do terno era uma ferida real ou apenas uma forma de aumentar a tensão. Provavelmente um pouco dos dois, conhecendo Barry. Len arquivou a informação e, em seguida, repreendeu-se mentalmente porque estava arquivando de uma forma que tranquilizaria Barry ao invés de destruir o Flash. As linhas estavam muito borradas.

Eles se sentaram sem problemas, mas havia tensão no ar. Len lembrou a si mesmo que era uma coisa boa.

"Len, eles têm um prato de gratinado no menu."

Len pegou sua deixa. "Você sabe que sou intolerante à lactose, Barry" Ele franziu a testa deliberadamente.

"E você sabe que sou alérgico a besteiras, mas ainda assim me fez pará-lo no museu no Halloween."

"Você não é totalmente inocente, Vermelho, ou você se esqueceu da bomba que literalmente deixou cair na minha motocicleta?"

Thawne engasgou com sua bebida "Você o quê ?"

“Ei, em minha defesa, eu estava salvando a vida de Len de uma condenação certa. O Halloween não foi uma boa noite e alguém tinha que torná-lo pior.”

Len se perguntou até que ponto isso era mentira. Barry estava sorrindo quando eles se separaram, mas depois de conversar no carro era difícil saber.

 “Oooh, lembro como você ficou furioso quando me contou sobre Os Trapaceiros” Iris se inclinou para frente e Len se perguntou o que exatamente tinha acontecido naquela noite. "Tenho certeza de que sua paciência se esgotou graças a eles."

"Graças a alguma coisa."

Os olhos de Iris se estreitaram um pouco entre eles e Len fez questão de franzir a testa (O que não era difícil) e olhar de soslaio para Barry. Thawne mudou de posição e pediu vinho com a refeição quando a garçonete apareceu.

“Sabe Barr, entendo que são as pessoas mais próximas de nós que nos preocupam mais. Você poderia apenas tentar explicar a Len que estava preocupado com ele por causa da bomba, ao invés de dar-lhe um tratamento frio.”

"O qu- Eu não-"

“Eu conheço você, Barr” Ela olhou para Len e ele piscou. “Ele sempre fica assim - Ele afasta as pessoas quando está preocupado. Aprendeu com o pai..” A verdade era, aparentemente, mais profunda do que ele imaginava, se Barry se preocupasse com ele. Isso era novidade para Len.

"Eu não... Quero dizer, claro, mas..." Barry suspirou "Você não pode simplesmente me deixar ficar com raiva?"

Ela balançou a cabeça com um sorriso “Não seja bobo, Barry, você não precisa segurar a raiva só porque você não sabe como falar sobre isso. Mas Deus, falando em raiva, estou pronta para matar o papai. ” Iris suspirou pesadamente e se inclinou na direção de Barry. Len tinha certeza de que a tentativa de briga que eles criaram já estava ferrada. E todo o comportamento dela já havia mudado, como se a briga dele e de Barry tivesse acabado. Barry seria capaz de se recuperar disso e manter a tensão? “Sabe o que ele disse outro dia sobre mim e Eddie? Ele fez uma piada sobre o divórcio. Ainda nem somos casados ​​e ele já está contando os dias para nos divorciarmos. Como se fosse acontecer.”

Len estremeceu e viu Barry fazer o mesmo. “Ele ainda está sendo insensível? Eu pensei que agora-”

“Oh, claro, ele está fingindo bem, mas eu sei que ele ainda odeia. Ele ainda dá dicas, e você não pode me dizer que ele não reclama com você sobre mim e Eddie às vezes, pensando que eu não vou saber."

Barry se mexeu desconfortavelmente na cadeira e Len não ficou muito surpreso. Joe West era cabeça-dura, no que lhe dizia respeito. Provavelmente uma boa característica em um policial, mas bem, Len não era um grande fã de policiais.

"Viu? Eu sabia! E você sabe por que ele reclama com você, Barry— ”

"Íris-"

"Ele simplesmente não desiste, Barr."

“Bem, quero dizer... Ele vai ter que aceitar eventualmente. Você e Eddie estão prestes a se casar.”

"Eu sei, Barr, e não estou culpando você."

Len se perguntou o que ele estava perdendo aqui, porque parecia haver algo nas entrelinhas que ele não conseguia entender. Thawne parecia mal-humorado, tomando um grande gole de seu vinho assim que ele chegou. Iris continuou falando “Eu só... Eu só queria que ele pudesse esquecer isso, sabe? Eddie sendo seu parceiro, eu mentindo para ele sobre o início do nosso relacionamento, todo o resto. Mas parece que ele não consegue entender que eu vou me casar, e com o casamento chegando, não há nada para tirar sua mente disso. Eu só... Estou me sentindo mal, Barr.”

Barry lançou um olhar para Len e Len entendeu o que isso significava. Barry não queria continuar fingindo brigas. Não queria brincar mais. Ele estava preocupado com sua irmã e, bem, Len podia respeitar isso. Se Lisa estava perturbada, não importava o quão ridículo fosse o motivo, ele sabia que gostaria que ela se sentisse melhor. Len se virou para Iris "Alguma coisa que Barry e eu possamos fazer?"

"Oh!" Iris pareceu surpresa por ele ter oferecido. “Não, hum, acho que não. Apenas me ouvir desabafar sobre isso?" Ela mordeu o lábio “E reclamar do casamento também. Tem tanta coisa envolvida e minha dama de honra precisa intensificar seu jogo.”

Barry parecia envergonhado e Len bufou: “Não tenho dúvidas. Você deve ter todos os detalhes anotados, certo? Acho que Barry mencionou em algum momento que a data do seu casamento é no Ano Novo? ”

Barry olhou para ele com as sobrancelhas erguidas, como se estivesse surpreso que Len tivesse se lembrado. Eles já tinham conversado o suficiente sobre trivialidades agora - na escada, esbarrando um no outro na cafeteria quase semanalmente, sem mencionar aquela viagem ao supermercado - e Len estava acostumado a internalizar qualquer coisa sobre o Flash antes mesmo que ele e Barry ficassem próximos.

"Na véspera de Ano Novo, na verdade." Ela sorriu para Thawne e ele segurou sua mão, relaxando, e Len quase sorriu para eles. Era difícil encontrar esse tipo de amor. Ela ainda estava falando sobre o casamento quando a comida chegou: “O local, as flores, o oficiante, o vestido - Tudo isso está feito. Mas você não acreditaria - Nosso pedido de bolo simplesmente não deu certo!”

"O que? Por que?"

“Bem, estávamos fazendo pedidos de uma padaria local, mas ela faliu! Estávamos planejando fazer cheesecake, mas agora não sabemos e não sei se conseguiremos encontrar outro padeiro a tempo - É uma época do ano muito movimentada.”

“Você não pode simplesmente pedir um bolo de qualquer lugar da cidade?” Barry perguntou e Len não pôde negar a vontade de revirar os olhos.

“Os bolos de casamento são especiais, Barry, você não pede um bolo qualquer.”

"Obrigada!" Iris exclamou, gesticulando com o garfo "Eddie está dizendo que podemos comprar um bolo normal!"

"Thawne, só vou dizer isso uma vez - Não."

Iris riu e Thawne revirou os olhos para Len com bom humor "Você já tentou encomendar de outro lugar?"

“Já, mas praticamente lugar nenhum faz cheesecake e além disso, eu e Eddie não conseguimos concordar! Eu odeio bolo de baunilha, mas Eddie não gosta de chocolate. Não podemos fazer Red Velvet porque é o favorito de Barry e seria muito estranho. Eu sugeri um bolo de especiarias, mas a mãe de Eddie disse que não é um bolo adequado para um casamento, então não sabemos o que fazer.”

“Você considerou diferentes tipos de bolo para diferentes camadas?”

"Tipos diferentes?"

“Muitas pessoas fazem isso, está virando tendência. Você pode fazer baunilha, chocolate, especiarias e o que quiser...” Eles continuaram a discutir por um tempo, coisas como especiarias versus chocolate, diferentes tipos de cobertura para diferentes camadas, cobertura de creme de manteiga sendo mais rica e menos doce do que fondant e como seria fácil de fazer uma camada sem lactose ou uma sem glúten, até que Barry e Eddie estivessem quase dormindo tomando suas bebidas, mas Iris estava sorrindo largamente.

“Baby - Problema resolvido!” Ela agarrou o braço de Eddie e ele saiu do estado quase dormindo. Aparentemente, os bolos de casamento não eram empolgantes para todos.

“O-oh certo, bolo. Hum, parece bom para mim.”

"Sim! Muito obrigado, Len! Nunca teríamos pensado em apenas fazer isso se não fosse por você.”

Ele sorriu e recostou-se, triunfante. “Sempre fico feliz em falar sobre casamentos.”

"Sério?"

“Absolutamente, adoro casamentos.”

“Por favor, diga ao seu namorado que casamentos são divertidos. Eu juro que ele não gosta nem das coisas interessantes como a seleção do menu.”

Barry interrompeu porque ele claramente precisava se defender “É comida! Eu gosto de tudo - Como posso escolher o que é melhor quando quero comer tudo que está à vista?"

Len revirou os olhos. “É aí que você está errando, pedindo ao cara que vive de pizza congelada e abacate para escolher o menu.”

Barry olhou para ele "Você sabe que ainda me deve guacamole, certo?"

Len sorriu. “Está esfriando na geladeira da minha casa. Agora ”Ele se virou para Iris “Eu acredito que você já resolveu isso com o bufê? ”

"Oh sim, meses atrás, mas..."

Eles conversaram durante todo o resto do jantar e Len descobriu que Iris era incrivelmente fácil de se conviver. A conversa mudou facilmente de casamentos para outras coisas, foi mais confortável ​​do que ele esperava. Quando a conta finalmente chegou, Len pagou a refeição. "Considere isso um presente de noivado, já que eu não conhecia você naquela época."

Ele percebeu que Barry ficou orgulhoso quando disse isso, e até mesmo Thawne (Eddie, talvez devesse aprender a chamá-lo de Eddie) agradeceu e sorriu. Barry também brincou, beijando Len na bochecha onde Iris e Eddie podiam ver, e Len não pôde evitar o calor ou o sorriso que se espalhou por seu rosto. Eles deixaram o restaurante com o braço de Len em volta da cintura de Barry e este não se mexeu até entrarem no carro. Aparentemente eles não iam terminar naquela semana, afinal.

**********

A viagem de volta para casa foi agradável, muito mais do que a viagem até lá, tranquila e confortável.

"Sabe" Barry murmurou eventualmente "Eu realmente sinto muito por sua moto."

“Não se preocupe Barry, ou você prefere Barr? Iris chama você de Barr."

O rosto de Barry se contorceu “Barry, por favor. Iris, Joe e… Cisco. Eles me chamam de Barr. Seria muito estranho da sua parte."

Len sorriu “Isso é coisa de família. Apenas Lisa me chama de Lenny.”

Barry riu, riu o bastante pra sua barriga doer.

"O quê?"

“Estou me imaginando chamando você de Lenny. Isso está quebrando meu cérebro.”

Len bufou “Sim. Não faça isso.”

"Boa. Barry e Len. Não Barr e Lenny" Ele estremeceu exageradamente "O 'Y' deve permanecer para sempre no meu nome e nunca no seu."

“Os dois nunca se encontrarão” Len assentiu.

"Ei, eu tenho que perguntar - Como você sabe tanto sobre casamentos?"

“Não sei muito, só mais do que você e Thawne. Achei que vocês dois pudessem entrar em coma lá."

“Isso não é totalmente justo e, ei, você sabe mais do que qualquer um, exceto a noiva Len.”

“Isso é graças a reality shows.”

"O quê?"

“Reality Show. Um grande gênero? Não conhece? Tem alguns na Netflix”

"Não é isso. Você assiste reality shows?”

“Toda a ficção científica e o drama ficam maçantes quando você é um criminoso - Você sabe o quão ridículo parece quando você realmente viveu algumas das merdas que eles tentam encenar nos programas? Reality Shows pelo menos são divertidos.” Ele absolutamente não estava na defensiva.

“Por favor, eu tenho que ver o seu histórico do Netflix."

Len bufou “Eu tenho guacamole na geladeira. Achei que poderíamos comemorar o rompimento.” Seu intestino se contorceu um pouco quando ele disse isso, mas ele também sabia que, uma vez que o relacionamento e a intenção de terminar eram uma farsa, ele poderia ser capaz de convencer Barry a ir até seu apartamento para 'comemorar'. Estava tudo fodido, mas Len não estava acima disso.

"Comemorar? Bem, isso está fora do plano, mas eu odeio deixar os abacates irem para o lixo” Ele inclinou a cabeça para o lado e sorriu para Len do banco do passageiro. Len resistiu ao impulso de se inclinar e beijá-lo. Em vez disso, ele estacionou o carro.

"Bom, suba."

**********

“Este show é traumatizante.”

"Eu disse que você adoraria."

“Por quê... Por que isso existe?”

Len deu um tapinha no joelho dele "Apenas aproveite Escarlate." Barry lutou contra seu estômago revirando por causa da mão de Len, mas então o outro homem se inclinou para pegar sua bebida e Barry foi salvo de se contorcer quando a mão se afastou.

“Essas mulheres são loucas. Estamos apenas no segundo episódio. Eles são todos assim? ”

“Você entende que o programa se chama Bridezillas certo? - É claro que são todas assim. Essas ainda nem são as realmente loucas.”

"Mas - Como?"

Len riu e Barry gemeu. Ele finalmente entendeu o que Len quis dizer quando explicou do que se tratava o show nas escadas, sobre como qualquer drama que Iris pudesse fazer como noiva e qualquer problema em selecionar fontes de convite ou toalhas de mesa não era nada comparado ao que poderia ter sido. Barry não acreditou nele, mas agora ele entendeu.

"E você gosta de assistir isso?"

“É incrível, garoto. Você está apenas assistindo de uma posição moral elevada e tentando dar a essas pessoas o benefício da dúvida. Apenas abrace os loucos.”

“Acho que você vai ter que me subornar com aquele guacamole agora ou não sobreviverei a outro episódio.”

"Já está saindo."

Len saiu do sofá e Barry se espreguiçou, balançando a cabeça com as palhaçadas da mulher e seus sogros na tela. Graças a Deus, Iris nunca pediu que ele fizesse... Praticamente qualquer uma das coisas que ele estava vendo na tela.

"Ei, Len?"

"Sim?" Ele estava voltando para a sala com uma tigela de batatas chips e uma tigela menor para o tão aguardado molho de abacate.

“Você tem alguma ideia de como planejar uma despedida de solteira? A de Iris está chegando e tudo que eu fiz foi escolher a data e convidar pessoas.”

Len bufou “Só não faça o que você faria em uma despedida de solteiro. Algo me diz que Iris não vai querer strippers e Vegas.”

Barry pensou sobre isso por um segundo e... "Sabe, quando ela e Caitlin ou, Deus nos livre, Felicity, juntam as cabeças, strippers e Vegas quase parecem inofensivos em comparação."

“Então você está por sua própria conta garoto. Basta perguntar a essas meninas o que ela quer.”

Barry suspirou e deu sua primeira mordida em uma batatinha com um pouco de guacamole, sem realmente pensar enquanto voltava a prestar atenção no que estava acontecendo na tela, mas... "Mmff!"

Ele viu Len sorrir ao lado dele "Eu disse que ficaria bom."

“Como você consegue deixar com esse gosto? É como - Uau, quer saber? Eu nem quero saber, apenas nunca pare de fazer isso, ok? " Barry deu outra mordida naquele molho ridiculamente saboroso. Era muito mais do que apenas abacates, tinha um gosto mais melhor, havia alho e bastante limão e definitivamente jalapeño em conserva. Quanto tempo se passou desde que ele comeu algo assim feito em casa? Ele deu outra mordida e se relaxou em seu assento, saboreando-o. “Posso apenas te dar abacates para um suprimento constante disso?”

“É mais divertido se eu os roubar.”

“Entendi, vou fingir que estou reclamando. Como você ousa roubar meus abacates? É nefasto. Verdadeira vilania.” Ele sorriu e pegou Len fazendo o mesmo antes de estender a mão para empurrar Barry suavemente. Seu sorriso apenas cresceu “Não, sério - Roubo de abacate é um problema muito sério. Ouvi dizer que mercearias em todos os lugares estão fazendo pressão no Congresso para que existam leis pra proteger seus abacates de pessoas como você.”

"Barry Allen, você deve ser a pessoa mais ridícula que já conheci."

Barry deu uma mordida exagerada em uma batata, sabendo que estava flertando como o diabo, mas completamente incapaz de se conter. Ele mal resistiu a dizer 'Mas você me ama mesmo assim' em resposta, apenas o fato de que ele estava com a boca cheia de comida o salvou de si mesmo.

“Presumo que isso signifique que você vai participar de mais maratonas de Reality Shows no futuro?”

“Se a boa comida é o preço que tenho que pagar para assistir a essa baboseira, você ganha.”

Len sorriu e pegou um chip, então se inclinou para trás e esticou um dos braços ao longo do encosto do sofá. Era como assistir ao documentário na casa de Barry, o braço de Len suspeitamente perto de seu ombro, mas ele não conseguia se afastar um centímetro. Em vez disso, quando ele terminou as batatas e o molho pecaminosamente delicioso, ele se inclinou para frente para colocar a tigela na mesa de centro e se deixou cair de volta no sofá, agora aninhado ao lado de Len. A Netflix já havia iniciado automaticamente o próximo episódio e Len não comentou sobre Barry de repente pressionado contra o seu lado, embora Barry soubesse que seu próprio corpo estava muito tenso enquanto esperava por alguma reação. Depois de um segundo, o braço se acomodou em seus ombros, o tenso e silencioso momento "Não estamos falando sobre isso" acabou e Barry relaxou contra Len.

“Acho que esse programa não é tão ruim, mesmo que essas mulheres sejam malucas.”

Ele estava perto demais para se virar e ver o rosto de Len, mas podia ouvir o sorriso em sua voz. "Nada mal, Escarlate."


Notas Finais


Felizes com a forma como as coisas acabaram depois do último capítulo? Os meninos estão começando a descobrir que uma briga falsa não vai funcionar se eles pretendem terminar ;) E considerando o quão próximos eles estão ficando... Não se preocupem, em algum momento eles realmente irão discutir essas coisas. Só... Ainda não. Nenhum deles está pronto para balançar o barco.
E o que Iris está fazendo, eu me pergunto? Tenho certeza que você pode adivinhar :D
Ah, Bridezillas é um programa americano sobre casamentos. O que eu entendi foi que o reality mostra a noiva contando o que ela planejou pro casamento e depois acompanha as interações da noiva com a família dela e do noivo, alguns convidados e o pessoal contratado pra fazer os serviços do casamento (organizadores de casamentos, bufês etc.). Essas interações são geralmente negativas e eles tentam mostrar a futura noiva como agressiva demais ou emocional demais. O google diz que no BR se chama “Noivas Neuróticas”, mas eu não consegui achar nada do programa usando esse título (só aparece coisa de um filme de 1977 sem relação) então não sei.
Também tentei achar alguma coisa parecida que tivesse mais chances de alguém conhecer, mas só achei programas tipo “O Vestido Ideal”, “Casamento Dos Sonhos” ou “Cake Boss” do Discovery Home & Health (esse último eu super imagino o Len assistindo)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...