1. Spirit Fanfics >
  2. Turma do Lic >
  3. Operação Exploração

História Turma do Lic - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Décimo capítulo de
"A Turma do Lic"!!!

Capítulo 10 - Operação Exploração


Fanfic / Fanfiction Turma do Lic - Capítulo 10 - Operação Exploração

Era uma terça-feira comun. Fazia sol. Algumas nuvens no céu. Nada de diferente acontecendo na cidade ee Americana. 

Lic estava dando um passeio com seu cachorro Kidyx, que adorava passear pela cidade com seu dono. Amava  perseguir passaros e, é claro, gatos que apareciam pelo caminho. Lic as vezes tinha que correr para alcança-lo. Eles sempre seguiam o mesmo caminho. Passavam a horta do Zé, passavam em frente a padaria da Maria. Subiam a Íngreme Rua 9 de Setembro. Era uma rua tão inclinada, que qualquer coisa que caía nela, descia rolando rua abaixo. Uma vez um acidente aconteceu ali. Um ônibus desgovernado bateu em uma casa no fim da rua. Felizmente ninguém morreu só se feriu. Mas o ônibus...

Eles já estavam perto do fim do passeio, quando Lic ouviu um grito de socorro. Vinha de um alto matagal que também era local de descarte irregular de lixo, como móveis, sofás rasgados, tijolos, e etc. 

Lic nunca havia entrado nesse lugar. Entrou com cuidado, com medo de se cortar ou levar picada de algum bicho peçonhento, como cobra ou escorpião. 

Entrando mais dentro do mato ainda, parou para escutar outra vez a voz de socorro. Mas não conseguiu mais. Procurou por mais um pouco e não encontrou ninguém. Mas encontrou uma coisa. 

Um boné vermelho de marca limpinho e em perfeitas condições .

Voltando para casa, Lic foi direto tomar banho, pois havia se sujado no mato, e enquanto se esfregava, pensava no ocorrido, e no que faria em seguida. 

Apóso banho, colocou sua roupa favorita, camisa  vermelha e short preto, tênis também preto, e foi ligar para seus amigos. Pediu para eles se reunirem na casa da árvore às 10 da manhã. 

Todos chegaram quase no horário marcado. Menos Ban, que havia passado no mercado e tinha comprado salgadinhos. Quando finalmente chegou no QG da Turma, perguntou:

Ban: Por que estamos aqui mesmo? O Lic achou um Boné verde no meio do mato?

Lic: Não é verde, é vermelho! E antes de achar ele, Eu e o Kidyx havíamos ouvido um grito de socorro perto do matagal onde jogam lixo e entulhos, perto do rio branco. Quando entrei no mato, não encontrei ninguém só esse boné vermelho que é novo e caro.

Bob: Sim, é bem caro. Custa mais que um carro. E da marca Billy's.

Andrew: Não precisa exagerar também. Não é TÃO caro assim.

Bob: Você não sabe isso porque você é menina e menina não usa boné.

Andrew: Como assim não usa boné. Usa sim. Algumas.

Bob: Algumas. Não é a maioria.

Lic: Gente vamos parar de brigar e vamos nos concentrar no possível dono do boné. De quem poderia ser?

Andrew: Sim, o Lic tem razão. Quem teria deixado cair um Boné caro desses no meio do lixo. Lic, a voz que você ouviu era de homem ou de mulher? Você se lembra?

Lic: Bom, é difícil saber, so ouvi uma vez, e não era tão alta. Eu só ouvi a direção que ela veio. No meio do mato.

Lili: Mas quem poderia estar no meio  do mato numa terça feira de manhã?

Todos começaram a pensar na pergunta de Lili. Andrew foi a primeira a responder:

Andrew: O único jeito de saber é indo lá de novo e procurar. O que você acha Lic?

Lic adorou a idéia e disse:

Lic: Só se for agora! E que comece a Operação Exploração!!!

Ban: O QUÊ!!! Entrar  naquele matagal!!! Eu não vou não. Prefiro ficar aqui em segurança comendo meus salgadinhos.

Andrew: Nem se eu te dar uma caixa de bombons da marca Garota?

Ban: Você disse bombons?

E assim todos foram até o local onde Lic havia achado o Boné vermelho. 

Lic: Aqui, foi aqui que eu i encontrei. 

Bob: Caramba, aqui tem até vaso sanitário quebrado! E ainda tem um pouquinho de cocô! Eca!

Andrew: Bob para de ser nojento! Nem eu nem a Lili estamos reclamando! Mas aqui tem de tudo mesmo. De boneca sem cabeça até manequins de loja de roupa. Como o povo pode ser tão porco assim descartando qualquer coisa no mato. Muitas coisas aqui ainda podem ser recicladas! Sem contar que estão poluindo a natureza. Esse lugar me irrita!

Lic: Verdade. Também não gosto daqui. Além de ser feio e sujo, também é perigoso.

Ban: Então por que estamos aqui ainda? Vamos embora antes que seja tarde demais!

Bob: Do que você está com medo Ban? De uma cobra de duas cabeças ou do rato gigante devorador de gente! Ou do escorpião dragão de olhos azuis e ...

Andrew: Bob!!! Para de assustar o Ban! Não vê que ele tem medo de tudo! Ban, não acredita nesse bobo não. Ele só quer te assustar.

Ban: E conseguiu!!!

Bob: É brincadeira Ban! Aqui só tem uma ratinha chata de laboratório chamada Andrew. Não precisa ter medo dela não. Ela só reclama não morde não!

Andrew: Eu te pego Bob!!!

Andrew começa a perseguir Bob pelo mato. Bob que era mais rápido conseguiu se livrar dela dizendo:

- Lá la la la lá. A Andrew não me pega, é mais burra que uma barata cega!

Quando de repente caiu num buraco e sumiu de vista.

Andrew então começou a procurar. Chamou Bob pelo nome e nada de resposta.

Andrew: Bob, aonde você está. Eu não estou de brincadeira. Aparece logo. Eu sei que você está em algum lugar. Eu vou embora e vou te deixar ai.

Minutos se passaram e nada de Bob aparecer.

Lic, Lili, Ban e Kidyx chegaram até Andrew e perguntaram de Bob. Andrew respondeu: 

Andrew: Eu não sei. Ele sumiu derrepente! Eu já chamei ele e ele não me respondeu. 

Lili: Ai não. Será que ele sumiu que nem o dono do boné vermelho? Será que esse mato é mágico e some  com as pessoas? E se nunca mais nós encontramos o Bob?

Andrew: Deixa de falar besteiras Lili! O Bob só está se vingando de mim pela última vez, lá na casa 31 da rua dos alfaiates. Ele quer nos enganar isso sim!

Lic: Mas e se não Andrew? E se ele sumiu também? É melhor nós procurarmos juntos para não ter o risco de perder mais alguém.

E eles exploraram o lugar ainda mais. Até o Kidyx encontrar algo. Um pedaço rasgado da camisa verde do Bob.

Lili: É da camisa do Bob! E agora Andrew você acredita em mim? O BOB SUMIU!!!

Andrew viu que era sério mesmo pois pensou que o Bob não iria ir tão longe assim e que não era tão inteligente ao ponto de rasgar a própria camisa e deixar no meio do nada só para se vingar dela.

Andrew: Agora vejo que é verdade. O Bob desapareceu!!!

Ao declarar essa afirmação Andrew começou a ficar nervosa e com medo. Ban então mal se mexia e quase fez xixi nas calças ao ouvir Andrew dizer aquilo. Lili estava roendo as suas unhas e tremendo de frio pois o sol havia sumido e começaca a ventar.

Lic ao perceber que ela tremia, trou a blusa vermelha que tinha amarrado na cintura e colocou na "amiga". Ela agradeceu. Lic já estava arrependido de ter envolvido seus amigos nessa missão que já estava ficando perigosa e longa demais. Mas ainda tinha que encontrar o Bob e sair daquele lugar. Foi quando tomou uma decisão.

Lic: Turma, me desculpem por ter trazido vocês até aqui. Fui muito burro e irresponsável. Como líder eu deveria prezar pela segurança e bem estar de vocês. Mas só estou fazendo vocês sofrerem e ficarem com medo e até se perderem, como o Bob. Se quiserem podem voltar para o QG ou para suas casas. Eu procurarei o Bob sozinho, pois foi minha culpa de ele ter sumido. Obrigado pela ajuda e novamente desculpa por tudo.  Podem deixar comigo.

As palavras de Lic mexeram com todos especialmente com a Lili que disse:

Lili: Eu não vou sem você e o Bob! Não é culpa sua e nem de ninguém! Todos viemos por que quisemos! E jamais abandonaremos nossos amigos que estão precisando de ajuda. É isso que significa amizade. Estamos juntos até mesmo nas crises como agora. 

Ela se apoxima de Lic com os olhos cheios d'água e o abraça. Lic emocionado solta algumas lágrimas mas não consegue dizer nada.

Andrew também emocionada chega perto dele e diz:

Andrew: É Lic, a Lili tem razão, você não está sozinho e não é o culpado. Fui eu que comecei a perseguir o Bob e a provocar ele. E eu convensi o Ban de vir também. Então eu sou mais culpada ainda. 

Ban: Que só observava a cena finalmente falou:

Ban: É verdade mesmo. Eu só vim por que a Andrew me prometeu uma caixa de bombons. Desde o começo eu  fui contra essa missão. Eu disse que era perigosa. Mas ninguém ne escuta. Mas agora não adianta chorar ou se arrepender ou de achar um culpado! Agora é a hora de agir antes que comece a chover. Entramos aqui juntos e daqui sairemos juntos! POIS NÓS SOMOS A TURMA DO LIC!!! 

Lic, Lili e Andrew ficaram impressionados com a reação do Ban pois ele sempre foi o mais covarde e medroso membro da Turma. Mas a fala de Ban os encgeu de coragem e foi então que lic disse:

Lic: Obrigado Ban, Andrew e Lili pelas palavras de encorajamento e força. Nós somos a Turma do Lic e nada ppde nos derrotar. Vamos encontrar o Bob e vamos sair daqui juntos!

Quando terminou de falar, Lic, Lili, Ban e Andrew recomeçaram a procurar. Só então perceberam que o Kidyx também havia sumido!!!

Lic: Kidyx, cadê você? KIDYX!!!!!

Lili: Será que ele sumiu também? E agora o que vamos fazer? 

Mas o Kidyx não havia sumido. Pelo contrário, ele estava desde o começo procurando sem parar. Cavou, cavou, cavou e cavou até abrir uma cratera enorme no chão. E foi assim que ele sozinho encontrou não só o Bob mas também uma garota chamada Alice que tinham caído no mesmo lugar, um buraco oculto bem fundo. Era tão grande que nem um som chegava até a superfície. Para tirar eles de lá foi preciso chamar os bombeiros que com uma corda resgataram os dois de lá. A notícia se espalhou não só pela cidade toda mas também pelo país e pelo mundo e foi contada em telejornais como o caso da menina que foi salva por uma turma e seu cachorro que exploravam o local. O lugar que antes era um lixão, foi todo limpo, e agora é um parque que leva o nome de          Parque da Turma do Lic. 

E assim a Turma do Lic ficou conhecida mundialmente como a turma mais unida e corajosa de todas. Pelo menos por um dia, até outra pessoa virar notícia no outro dia. 

Mas essa é outra história.

                                       FIM 


 






Notas Finais


Provavelmente esse é o último capítulo dessa Fanfic. O motivo? Fanfics sobre amizade, aventura, turmas e que falem sobre a natureza e a educação não são populares e não ganham quase nenhuma visualização. Mas essa história dessa turma eu tive que contar. Pois eu quando criança também tinha minha "turma" e também gostava de explorar lugares desconhecidos e até perigosos. Também tive minha crush( que infelizmente nunca me deu bola) e meu cachorro que era tão fiel e corajoso quanto o Kidyx ( nome aliás bem diferente que eu tirei de uma marca de sapatos). Enfim já não sou mais criança e não tenho mais aventuras. Mas ainda tenho minha imaginação que me leva até onde ninguém nunca foi. Podendo com ela explorar todos os lugares do mundo.
Sem sair de casa. Sem me machucar ou se sujar. Mas será que isso é o suficiente? Deixo para cada um de vocês ( se é que alguém vai ler o que eu escrevi) essa mensagem.
Até uma futura aventura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...