1. Spirit Fanfics >
  2. Tutor >
  3. Problema;

História Tutor - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam com calma, babys ☆

Capítulo 2 - Problema;


Fanfic / Fanfiction Tutor - Capítulo 2 - Problema;

Ouvir aquelas frases me deixou completamente bobo e quase o abracei. Respirei fundo enquanto estendia a minha mão para comprimentá-lo. Ele riu e a apertou entrando em casa. Fechei a porta deixando às pantufas de lado.

— Então está em dúvida em Biologia. — Sentou no sofá. — Você me disse que era bom nessa matéria, o que houve?

— Esqueci tudo de repente.

— Isso é algo impossível, Jimin. — Indicou com o dedo para que eu sentasse ao seu lado. — Qual a sua dúvida? 

Por que você é tão bonito?

— Por que os homens não podem engravidar? — Jungkook soltou uma risada pegando o livro. — Eu li uma fanfic, onde o garoto casava com outro garoto e eles tiverem um filho. Isso pode acontecer?

— Jimin, isso não pode. É algo extremamente ficcional. — Sorriu. — Nós não temos um útero como as mulheres, meu bem.

— E como faço para arranjar um?

— Um o quê?

— Um útero. 

— Jimin. — Pendeu a cabeça para trás enquanto soltava várias risadas. — Você não existe. 

— Existo. Pode me tocar se quiser comprovar. — Jeon pigarreou sentando. — Qual é, professor... Eu-

— Então quer saber sobre a Anatomia humana, certo? — Concordei cruzando os braços. — O que necessariamente quer saber?

— Sobre sexo. — Jungkook passou a mão no rosto. — O que foi? Se sentiu incomodado, professor?

Jungkook engoliu em seco e continuo a passar às páginas. Tirei o livro de suas mãos e toquei sua coxa acariciando-a bem devagar. 

— Tire sua mão daí. 

— Você é tão macio... — Desci até a barra do short. — Tão quentinho...

— Jimin, não podemos. — Segurou meu pulso. — Sou seu professor particular, sou pago apenas para lhe ensinar. 

— Sabe o que eu acho disso? — Subi em seu colo. — Uma grande merda. 

— Jimin, você tem apenas dezenove anos... Não podemos, meu bem. — Revirei os olhos. — Ji...

— Então isso quer dizer que eu não te dou prazer. — Saí de cima de suas pernas sentindo minha garganta doer. — Sou a porra de uma criança pra você. 

— Não é assim, Jimin. — Tentou me segurar. — Ei, não terminamos.

— Eu terminei. Pode ficar aí, eu vou sair. 

— Você não vai a lugar algum vestido assim. — Tentou me segurar mais uma vez. — Vista uma calça. 

— Por que se importa? — Ri. — Vou atrás de alguém lá fora que realmente me dê um devido valor. E não que me ache uma criança indefesa. 

Abaixei para pegar meus sapatos, os calcei e caminhei até a porta, mas, gemi de dor ao ter minhas costas contra a parede.

— Eu me importo sim. — Tocou meu rosto. — Mais do que deveria.

— Me deixa sair.

— Não mesmo, não irei deixar.

— Por que? — Tentei chutá-lo. — Me solta, caramba!

— Você disse que precisava de ajuda. Então eu irei te ajudar a resolver o seu problema. — Apontou para a ereção no meio de minhas pernas. — Bem aqui.


Notas Finais


Eu amo fanfics desse tipo, são tão gostosas de ler :3
Jimin com fogo é a melhor coisa. Jungkook tentando resistir é melhor ainda KKKKKKKKK

Dêem um útero para o Park

Até o hot, ops, capítulo.
'-.-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...