História Twice (imagine) Talvez o fim do mundo? - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jungyeon, Lisa, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Rosé
Tags 2yeon, Chenlisa, Dahyo, Jensoo, Jida, Markson, Mitzu
Visualizações 147
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Postando mais um capítulo, eee!
Novos casais!

Capítulo 11 - Casamento, amigas e prima


Fanfic / Fanfiction Twice (imagine) Talvez o fim do mundo? - Capítulo 11 - Casamento, amigas e prima

Pov. Nayeon 

Depois de deixar Momo e S/N a sós, sai com Jungyeon.

Não conversei com Momo sobre sua prima chegar hoje, ela tá muito ocupada com esse "não romance".

E como eu sou uma amiga maravilhosa (convencida) fui buscar a prima dela no aeroporto Junto com Jungyeon, vem também mais três trastes, Jihyo, Dahyun e Tzuyu, com uma notícia surpreendente. Foi o que Mina disse. 

— O avião já pousou, que demora. - reclamo por já está cansada de ficar em pé.

— Mas não são elas ali? - Jungyeon diz apontando pra quatro garotas vindo em nossa direção.

— Ah! Mina! - digo ao ver a mesma.

Com abraços e choros vindo da Tzuyu por esta com muitas saudades. Colocando o papo em dia enquanto caminhamos até o carro.

— Isso é sério?! - pergunto a Jihyo, enquanto coloco uma mala no porta-malas.

— É. - ela responde sorrindo.

— Que legal! Até que enfim né. - digo animada. - Finalmente uma coisa boa pra tirar esse clima tenso. - fecho o porta-malas.

— Aconteceu alguma coisa? - Dahyun pergunta. - Momo está bem.

Apenas Momo, eu e Mina sabemos o que Momo fez e faz.

— Não se preocupe ela está bem. - sorrio e Mina me olha com preocupação.

Mina é um ano mais nova que Momo, mas aparenta ser mais velha não na aparência mas sim na sua maturidade. Não consegue entender o porquê da prima fazer isso, até eu não entendendo.

Mesmo após anos (3ou4 no mínimo) ainda não consegui entender as razões de Momo.

— Só cabem quatro pessoas no carro. Então se apertem. - digo entrando no carro.

Tzuyu insistiu pra que colocássemos uma música, então o caminho todo foi gritaria e coreografias improvisadas. 

Será que S/N já foi embora, chegar lá e ver as duas se pegando na sala não seria legal.

— Chegamos. - digo estacionando o carro.

Enquanto as meninas tiram as malas do carro, vou conferir se S/N é Momo não estão se pegando.

— Ah! A S/N já foi e você não está aí largado no sofá. - digo ao entrar na casa. - Não tem nada pra fazer quando não está com ela, né?

— Idiota! Cala a boca, não está vendo que estou assistindo meu dorama. - ela grita apontando pra TV.

— Nayeon, saia da frente!! - escuto Mina gritar.

— Essa voz... É...

— Cheguei!! - Mina diz entrando na casa com duas malas.

— O que está fazendo aqui?!! - Momo se levanta.

— Que receptiva você em. - Mina ri. - não vai abraçar sua prima querida.

— E suas amigas também. - Dahyun diz entrando com Tzuyu e Jihyo carregando mais malas.

— E vocês vão ficar na minha casa?!! Eu não quero vocês aqui.

— Não se preocupe. - Mina diz e eu e as meninas rimos. - Não vamos ficar aqui. Temos nossas casas aqui em Seul esqueceu?

— Não. Só não quero vocês aqui. - Momo diz se sentando.

— Não seja tão má, estávamos com saudades. - Jihyo diz indo até Momo. - Unnie, suas dongsen's vão se casar.

— Quais? Você e a... Dahyun? - Momo olha pra Dahyun. - Sério?! Nossa, também até que enfim né. 

— Foi o que eu disse. - falo e Jihyo ri. - já tava na hora de vocês se casarem já faz o que? Vocês se conhecem a dois anos e meio. - digo recebendo um olhar envergonhado de Jihyo. 

— Vamos passar a tarde aqui, depois vamos embora. - Mina diz sentando em uma das poltronas da sala.

— Tudo bem, só não fiquem me deixando de vela. - Momo diz. 

— Vou levar, Jungyeon pra casa. - falo e Momo olha pra garota que não avia falado nada. - Vamos Jungyeon? - ela assente. - volto daqui a pouco. 

Me despeço delas e vou com Jungyeon pro carro. 

— Suas amigas são legais. - Jungyeon diz colocando o cinto. 

A base de um relacionamento é não ter secredos eu sei, mas contar sobre a Momo pra Jungyeon não seria bom. 

Pov. Mina

Após Nayeon sair chamo Momo pra conversar na cozinha deixando as meninas conversando. 

— Você está bem? - pergunto. 

— Estou, por que? 

— Você tem uma nova submissa? - pergunto e ela me olha pensativa. 

— Ainda não. Mas e você, seu relacionamento está estável? 

— Andando. - ela sorri. 

— Desculpa ter sido grossa com você, estava com saudades e sua irmã tá bem? 

— Um... Ela tá, já se casou. - digo. 

— Se casou? Sana se casou. Então eu perdi muito coisa. - ela fala num tão triste. 

— Não fique assim, ela mandou lembranças. - digo e ela sorrir. 

Convivi com Momo até meus dezenove anos, aí fui pro Japão viver com minha irmã. Quando vim visitar ela da outra vez foi que eu descobri o que ela faz. 

Ela chorou, e me pediu desculpas, mas ainda continua fazendo as mesmas coisas como se nada tivesse acontecido naquela época. 




Notas Finais


Quanto mais casais melhor, comédia graças a eles.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...