História Twice (imagine) Talvez o fim do mundo? - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens Jackson, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jungyeon, Lisa, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Rosé
Tags 2yeon, Chenlisa, Dahyo, Jensoo, Jida, Markson, Mitzu
Visualizações 178
Palavras 2.342
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores! A nova fic será postada amanhã junto com o último capítulo, espero que gostem da nova fic tô planejando ela a semanas.
Enfim, agora será explicado porque a Wendy não gosta de ser chamada de Wendy.
Desculpem qualquer erro ortográfico ♥

Capítulo 32 - Cap. 32


Momo acorda com calor em uma parte de seu corpo, abrindo os olhos lentamente se vê na posição mais inesperada. Os travesseiros tinham caído da cama, as perna da menor está no meio das suas, a cabeça de S/N está encostada no peito de Momo que está com um de seus braços em volta da cintura de S/N.

Momo tenta se soltar de S/N sem machucá-la, mas não consegue, na verdade só fez a mais nova acorda. 

— Bom...dia. - S/N responde sonolenta.

Momo leva sua mão ao rosto de S/N colocando uma mecha de cabelo que estava caída atrás da orelha de S/N. 

— Você, dormiu bem? - Momo pergunta se ajeitando na cama ficando cara a cara com S/N.

— Dormi... E voc... - Momo da um beijo em S/N. - não! Eu tô com bafo!

Momo sorri boba, nunca imaginou esta tão apaixonada por alguém assim, Na verdade nem se. Importou de ter dormido com uma pessoa sem transar. 

— Você não está com bafo. - Momo rir.

— Mentirosa. - S/N se levanta e passa a mão no cabelo. - vou tomar banho.

— Quer ajudar?

— Não obrigada. - S/N diz indo para o banheiro. - continua pervertida!!


Enquanto isso no quarto de Mitzu... 

— Você acha que ouviram agente? - Mina pergunta a Tzuyu. 

— Devem ter ouvido agente lá no Brasil kkk. - a mais nova da um beijo na mais velha. - tá tudo bem, até parece que não ouvimos os gemidos da Dahyun e da Jihyo. - Tzuyu prende o cabelo. 

— Verdade. - Mina rir. - Você está linda com minha camisola, sabia? - Mina levanta da cama e abraça Tzuyu por trás. 

— Nem acredito que ela coube em mim. - Tzuyu rir se virando pra Mina. 

— Você foi muito boa ontem. - Mina diz e Tzuyu a beija segurando seu pescoço. 

— Eu posso ser boa o tempo todo... - coloca Mina no colo que entrelaça as pernas em sua cintura. 

— Eii meninas o café... - Sana entra no quarto, Tzuyu e Mina se separam rápidamente. - Acho que atrapalhei os pombinhos... 

Tzuyu e Mina ficam extremamente vermelhas. 

Sana rir. - Bom o café tá pronto, venham comer...

— Já estamos indo. - Mina diz nervosa. 

Mina, Tzuyu foram as últimas a descer, todas já estavam na mesa, Dahyun e Jihyo conversando sobre o casamento, Sana e Chaeyoug falando em ter filhos, Momo e S/N rindo, Nayeon e Jeongyeon falando em morarem na mesma casa.... 

— Hoje é em fim o último dia. - Nayeon diz. - Nem diria que já passou duas semanas. 

— Pois é. - Jihyo diz. - Parece que chegamos aqui ontem. 

O celular de S/N começa a vibrar....

— Alô? - a mais nova de todas se levanta indo em direção a sala. - Jungkook? O que foi? 

 Eu queria saber sobre aquele assunto da Wendy. - o mais velho diz do outro lado da linha. 

— Jungguk conversamos sobre isso depois... 

Quando você chega? 

— Chego amanhã, por que? - S/N diz se sentando no sofá. 

 Não é porque, é vou embora amanhã à tarde. As 18:30 você vai está aqui antes disso, né? 

 Vou tentar... - Jungguk fala mais algumas coisas e desliga. - meu deus.. 

— O que foi? - Momo pergunta sentando ao lado de S/N. 

— Jungkook... Queria saber um assunto, nada de mais... 

— Uhm... Você já tomou o remédio? Está com dor em algum lugar? - Momo pergunta. 

— Não, está tudo bem não se preocupe, só dói um pouco no lado direito. 

— Você quer é a um médico? 

— Não Moo está tudo bem. - S/N sorri. 

— Moo? 

S/N rir. - Não gostou, então vou te chamar de Momo mesmo.

— Não, não eu gostei. Me chame assim. 

— Que nojo! - Mina diz. - Nunca vi Momo dão melosa. 

— É o amor Mina é o amor... - Nayeon diz entrando na sala. - O que vocês querem fazer hoje? Já que é o último dia. 

— Comer. - Momo responde e dltodas fazem cara de "não diga?" pra Momo. - Que foi? Eu em... 

— Certa que tal comermos churrasco? Vamos fazer um churrasco lá na varanda. - Nayeon diz. - Respondam!

— Pode ser, eu ainda tava pensando, não precisava gritar, não. - Jeongyeon fala. 

— Desculpa. - Nayeon diz dando um selinho na namorada. - Mas mudando se assunto. - chega perto de Mina e Tzuyu colocando os braços sobre as duas. - Sabem os gemidos de Dahyun e Jihyo estavam altos. 

— Nayeon! - Jihyo grita. 

E a mesma rir. - Mas os de vocês... - Mina é Tzuyu ficam vermelhas. - Me impressionei, era isso que estavam guardado? Poxa! Depois de quase uma semana. 

— Nayeon pare... - Tzuyu tenta dizer. 

— Na fiquem com vergonha. Momo é S/N fizeram barulho assim que chegaram... 

— Agora você passou dos limites! - Momo que estava só observando se levanta e corre atrás de Nayeon. 

— Não Momo, eu tava só brincando!!! - a voz de Nayeon de escutado do pátio. - Não o que vai se arrepender depois!! 

— Acha que devemos impedir? - S/N pergunta preocupada. 

— Não... Briga de garfo e faça não se mete a colher. - Jeongyeon diz rindo. 

A amizade de Momo com Nayeon é esquisita e S/N admira isso, não sente ciúmes de Nayeon até porque Nayeon a ajudou com Momo. As duas devem ser amigas a tanto tempo que aprenderam a conviver. 

— Você prefere essa ou essa? - Dahyun pergunta a Jihyo. 

— Qualquer carne tá bom, pegue essa daqui. - Jihyo responde impaciente com a namorada que está a horas escolhendo a carne. 

Depois da pequena discussão de Momo e Nayeon, as meninas foram no supermercado compre as coisas pra fazer o churrasco, cada uma ficou responsável por alguma coisa, e Jihyo, Dahyun ficaram responsáveis pela escola carne. 

— Maminha ou carne vermelha? - Dahyun pergunta a namorada. 

— Leva a carne vermelha. - Jihyo diz apontando pra carne. 

— Mas maminha é macia de comer. 

— Então escolhe maminha, olha se você demorar mais vamos ter que pagar a carne. 

— Tá bom. Vou levar maminha mesmo. - diz colocando a carne na cesta. 

— Finalmente. - Jihyo diz começando a andar. 

As meninas já estavam no caixa, Jihyo e Dahyun conseguiram chegar a tempo.

— Que demora. - Nayeon diz. 

— Culpa da Dahyun que ficou uma hora escolhendo a carne. - Jihyo diz entregando a cesta pra Nayeon. 

— Entendi. 

{...} 

A fumaça da churrasqueira está se expandindo no céu com um cheiro delicioso. 

— Aqui. - Momo diz dando um prato feito pra S/N. 

— Não precisava. - a mais baixa responde. 

— Você tem que se alimentar bem, se não seus tíos vão me matar. - Nikon diz fazendo S/N rir.

— Então é por isso. 

— É também pra você melhorar logo. 

O coração de Momo tá tão aquecido só por esta perto de S/N está feliz. 

— Delícia! - Momo diz colocando um pedaço de carne na boca. 

— Está mesmo, Dahyun escolheu bem. - S/N diz. 

Esse foi o último dia das garotas juntas, aquelas recomendações que não iram esquecer, mas uma parte querem esquecer. 

S/N ainda lembra das palavras de Irene, e isso doía muito, mas tinha que acreditar em Momo, tem que acreditar que não é apenas um objeto sexual. Momo não parece a mesma de alguns meses atrás, mas isso não significa que ela tenha mudado completamente. 

— Não S/N!! - Momo corre até a garota. - Você não pode carregar isso, tá pesado. - pega a mala que S/N estava segurando. 

— Olha eu não vou morre se carregar a mala. - S/N diz cruzando os braços. 

— Os pontos podem se desfazer, melhor não. - a mais velha diz levando a mala pro carro. 

S/N está encantada com a nova Momo, que está se mostrando bem amorosa. 

— Vou sentir saudades de você. - Momo diz encostando a cabeça no ombro de S/N. 

— Não precisa sentir saudade é só ir me visitar no meu apartamento. - S/N sorri. 

— Verdade tinha esquecido. - Momo então começa a beijar o pescoço de S/N. 

— Momo... 

— Eu! Vocês! Sem isso no meu carro. - Nayeon grita enquanto olha no retrovisor. 

— Tinha até esquecido que estávamos no carro. - Momo diz rindo. - Mas Nayeon, não diga que você é a Jeongyeon não fizeram amor aqui dentro.

Jeongyeon que está na frente ao lado de Nayeon olha pra mesma.

— Momo pare de constranger minha namorada. - Nayeon diz. - Jihyo você tá calada, fale alguma coisa. 

— Tô só pensando no planejamento do casamento. - responde. 

— Uhm, não esquece sãs suas madrinha. - Momo diz. 

O resto do caminho foi só conversar sobre o casamento de Jihyo e Momo não querendo larga S/N quando estava chegando perto a casa dos tíos de S/N. 

— Chegamos. - Nayeon diz. - Larga ela Momo. 

— Não quero! - grita segurando S/N. 

— Mais tarde agente se vê no meu apartamento. - S/N se solta de Momo. - agora me ajuda com a mala, porque você me aperto e agora minha barriga tá doendo. 

Momo então saiu do carro e foi ajudar S/N. 

— Te veio mais tarde. - Momo beija S/N a agarrando pela cintura. 

S/N sorriso indo em direção a casa. Ascena pras meninas e entra na casa. 

— Uhm... Eu vi seu beijo. 

— Aaah!! - S/N grita. 

— Desculpa, mas parece que vocês se resolveram. - tio Jack diz. 

— Não me assuste desse jeito! - S/N bate no braço de seu rio. 

— Que saudade! - Jackson abraça S/N. - Seu tio Mark vai chegar mais tarde, porque ele tá resolvendo uns assuntos da imprensa. 

S/N pega a mala pra levar pro quarto mas sente uma dor na barriga.

— Aí! 

— O que foi quer ajuda? - Tío Jack pergunta. 

— Por favor... - entrega a mala pra ele. - tô sem força.

Jackson sorri e ajuda S/N a levar as coisas pra um lado da sala. 

— Vou ter que sair agora. - Jack diz depois de olhar no celular. - volto daqui a pouco. 

— Poxa! - S/N rir. 

— Iai! - a voz de um alguém inconveniente é escutado por S/N. 

— S/N seu amigo chego! - Jack diz antes de sair. 

— Jungguk! Garoto o que se tá fazendo aqui!? 

— Nossa! Grossa! - Jungguk abraça S/N. 

— Me larga seu inseto! - S/N se solta de Jungguk. - Que se quer aqui? 

— São três horas daqui a pouco vou embora, e você disse que ia me contar sobre a Wendy. - o garoto cruza os braços e senta no sofá. 

— Foi, né? Esqueci. 

— Conta logo S/N, sem enrolar! 

— Tá bom, tá bom. - S/N senta ao lado de Jungguk. - Bem a cerca de quatro meses a Seung Hwan tava namorando uma menina que veio do Japão, sabe elas faziam tudo juntas e ela suava muito o apelido Wendy com ela, Hwan até me trocou por ela, mas um dia ela veio me chamar pra sair com ela e a namorada dela, quando chegamos lá demos de cara com a namorada dela se agarrando com outra garota, a menina poderia ter negado, mas não ela ficou rindo e disse pra Hwan que ela não era nada. - S/N encara Jungkook. - Como a garota a chamava de Wendy ela não quer que ninguém a chame assim, então por favor Jeon Jungkook, respeito. 

— Entendo agora. - Jungkook olha pro chão. - Aah! Minha noona sofreu por amor e nem me disse. 

— Ela tem suas razões. 

— Bom eu já vou. - Jungguk se levanta. - nos vemos no próximo mês. 

— Deus me livre.

Jungkook foi embora deixando S/N sozinha, a menina só está esperando os tios pra poder ir pro seu apartamento e ver Momo. 

— Tio Mark!! - S/N abraça o tio que passa pela porta. - Saudades!

— Você está mais baixinha ou é impressão minha? - Mark diz bagunçando o cabelo da menor. 

— Engraçadinho, bora tenho que ir pra casa. - S/N diz puxando o tio até a porta. - tio Jack pega minha mala. 

— Só pego porque te amo. - Jack pega a mala de S/N. 

A ida ao seu apartamento S/N contou as partes boas da viagem e seus tios apenas riam e diziam alguma coisa quando S/N falava de Nayeon. 

— Aquela ali não é sua namorada? - Jack pergunta apontando pra garota encostada na grade de seu apartamento. 

— Sua namorada? - tio Mark pergunta. 

— Tchau! - S/N pega a mala e sai do carro. 

— Ei mocinha! - Mark grita. 

— Deixa ela... - S/N ainda conseguiu ouvir seu tio Jack dizer.

— Momo! - S/N pula na mais velha a abraçando. 

— Sua mala! - Momo retribui o abraço e pega a mala de S/N. 

As duas foram pra dentro do apartamento, sorrindo de mãos dadas. 

— Você chegou cedo. - S/N diz.

— Estava ansiosa pra te ver. - Momo diz dando um selinho em S/N.

S/N abraça Momo afunda sua cabeça no peito da maior, que coloca seu braços sobre a mesma.

S/N sentia o cheiro doce de Momo que a fazia se sentir calma, Momo estava mais feliz agora perto da S/N. 

— Jihyo perdeu pra você ir escolher o vestido de noiva com ela.

— Tá bom. Eu vou. Quando vai ser o casamento?

— Vai ser daqui a seis semanas. - Momo diz indo pro quarto de S/N e a mesma a segue.

— Nossa! Mas já? Elas estão juntas a muito tempo, não é mesmo? - S/N pergunta é Momo assente.

— Sabe S/N eu vim aqui com um único objetivo... - Momo deita S/N na cama e a mesma se assusta. - Cuidar de você. - Momo levanta a camisa de S/N - Vamos ver seus ligamentos.

— Aí!

— Não quebraram, mas você colocou força então fique quieta aí deitada, vou preparar algo pra você comer.



Notas Finais


O próximo capítulo é o último T_T
Enviei agora na hora do almoço porque terminei agora, e llamado que eu comecei a escrever esse capítulo as 08:34 a hora que acordei, então espero que realmente tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...