1. Spirit Fanfics >
  2. Twilight: Para sempre nós dois >
  3. Capítulo Dezesseis

História Twilight: Para sempre nós dois - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


olá, amores sim estou aqui em uma quarta-feira, isso deve-se as meninas do grupo que pediram muito então agradeçam a elas <3 falando no grupo o link para entrar nele estará nas notas finais, serio vale muito apena entrar,pois logo que essa terminar estarei tirando um tempo para me organizar e escrever a próxima temporada e eu vou dar bastante spoilers lá no grupo enquanto isso, as meninas já viram a capa da próxima temp e falaram que ficou muito bonita (:

#beijocas #atésexta #entranogrupo

Capítulo 16 - Capítulo Dezesseis


LEIA AS NOTAS INICIAIS

NÃO VAI CAIR A MÃO DE NINGUÉM 

 

Capítulo Dezesseis

 

Esse era sem sombra de dúvidas o melhor dia de minha vida, nunca nos meus dezesseis anos senti o que estou sentindo agora dentro de mim, às vezes tenho medo de acordar e tudo não ter passado de sonho. Eu podia nos imaginar passando a eternidade juntos, apenas nós e nosso amor, afinal tudo entre a gente se resume a isso, ao nosso amor.

– você está quieta demais darling – disse Jasper entrelaçando nossas mãos.

– apenas sonhando acordada. – disse o olhando.

– posso saber com o que a senhorita está sonhando? – perguntou me olhando de canto de olho.

– estava imaginando nós dois passando a eternidade juntos – disse quando ele estacionou o carro em frente a minha casa.

– Bella não está sozinha – disse Jasper olhando em direção a casa.

– quem está aí? – perguntei notando não ter carro algum parado ali.

– Edward.

– Bella que me desculpe, mas se ela estiver dando uns amassos infelizmente terei que interromper. – falei dando um sorriso malicioso.

– Edward não faria isso.

– eu sei a cara dele já diz isso.

– bom antes de deixar você entrar quero lhe fazer um convite.

– pode falar.

– quero que você vá a minha casa conhecer minha família.

– conhecer sua família? – perguntei já começando a me sentir nervosa.

– está com medo? – perguntou confuso.

– não do você está imaginando.

– então?

– E se eles não gostarem de mim? De alguma forma pode influenciar você? – perguntei.

– eles iram gostar de você sem falar que Alice está ansiosa para te conhecer de perto. – disse acariciando meu rosto. – Edward chamou Bella também.

– certo, então quando isso vai acontecer?

– Depois de amanhã, é Edward quem deve vir buscar vocês.

– bom então até amanhã major – falei dando um beijo no canto da sua boca.

– você não deveria me provocar assim. – disse.

– então irei antes que você não resista e me agarre.

Desci do carro e caminhei em direção a porta de entrada, antes de abri-la me virei para dar um último aceno a Jasper. Esperei ele sair para entrar em casa, quando entrei pude ouvir vozes vindas da cozinha então foi para lá que me direcionei, quando cheguei à cozinha pude ouvir a conversa que Bella e Edward estavam tendo.

– Você sente falta da sua mãe – ele sussurrou. – Você se preocupa com ela. E então tem a chuva, o barulho não te deixa dormir. Você costumava falar muito de casa, mas agora não é tão frequente. Uma vez você disse ‘’é muito verde’’.

- Algo mais? - eu perguntei.

Eu estava no minino me sentindo divertida pelo rumo que a conversa ia - Você disse meu nome - ele admitiu.

– Muito?

– O que exatamente você quer dizer com ‘'muito’'?

– Oh, não! – a cabeça dela caiu para o lado.

Ele a puxou para seus braços, suavemente, naturalmente.

– Não fique constrangida – ele sussurrou no seu ouvido. – Se eu pudesse sonhar, eu sonharia com você. E eu não me envergonho disso.

– é Bella finalmente alguém teve coragem de te falar sobre as coisas que você faz enquanto dorme – disse pegando ela de surpresa, isso foi claro porque ela deu um pequeno pulo.

– Aurora? – perguntou surpresa.

– desculpa não ter me anunciado antes, mas a conversa estava um tanto divertida.

– você também já me ouviu falando enquanto durmo? – perguntou envergonhada.

– uma vez eu estava saindo banheiro e ouvi você pronunciar algo, você fala mais dormindo do que acordada – falei fazendo graça.

Então nós ouvimos os barulhos dos pneus na calçada de tijolos, vimos os faróis brilharem pela janela da frente, no corredor perto de nós. Bella enrijeceu nos braços de Edward.

– Seu pai deve saber que eu estou aqui? – ele perguntou.

– Eu não tenho certeza... – disse ela tentando pensar com clareza.

– Outra vez então.

E então estávamos sozinhas.

– Edward – ela chamou, mas tudo que ouvimos foi uma gargalhada fantasmagórica.

Charlie virou a chave na porta.

– Bella? Aurora? – disse ele.

– estamos aqui – falei alto para ele ouvir.

Bella tirou o jantar dela do microondas e colocou em cima da mesa enquanto ele entrava.

–Você pode pegar um pouco disso pra mim? Eu estou faminto. – disse papai.

– põem para dois então – falei sentindo minha barriga roncar.

Bella levou o prato com ela, soprando enquanto pegava nossa comida, ela aparentemente pareceu queimar a boca, pois soltou um leve gemido. Eu peguei três copos de leite enquanto a comida esquentava, e dei uma para Bella dar um gole no pra apagar o fogo.

 – Obrigado – ele disse quando Bella colocou o seu jantar sobre a mesa.

– pai como prometido, tenho algo para te falar – disse observando Bella comer rapidamente.

– é sobre o garoto? – ele perguntou levantando uma sobrancelha.

– sim, bem estamos namorando – disse sorrindo. – pai está tudo bem? – perguntei o vendo se engasgar.

– ele não é velho demais para você? Não esqueça que só tem dezesseis anos.

– ele não é tão mais velho que eu.

– não sei não.

– bom de todo modo ele vai vir aqui falar com o senhor – disse por fim.

– é tão sério assim?

– ele me deu um anel – falei mostrando o anel que Jasper havia me dado.

– traga ele aqui então – disse um pouco contrariado.

– tem mais uma coisa, Bella e eu vamos a Seattle amanhã – falei terminando de comer.

– vão fazer o que em Seattle?

– irei comprar meu vestido para o baile e Bells vai como companhia.

– certo se cuidem.

– bom eu irei dormir então, boa noite – falei pondo meu prato na pia.

– vá também Bella eu limpo isso aqui – disse Charlie.

Eu subia a escada lentamente quando Bella me segurou pelo braço fazendo sinal para segui-la até o banheiro.

– por que estamos aqui? – perguntei não entendendo mais nada.

– fala baixo, então as coisas entre Jasper e você está realmente bem? – perguntou curiosa.

– melhor que isso Bells ele me pediu em casamento, olha que lindo anel que ele me deu – falei erguendo minha mão.

– te pediu em casamento? É você aceitou? – perguntou com uma mistura de choque e surpresa.

– Bella ele é o amor da minha vida, porque eu diria não?

– você só tem dezesseis anos – falou como se fosse óbvio.

– não vamos nos casar amanhã né Bella, assim que eu fizer dezoito e tiver terminado o colégio vamos nos casar, ele até mesmo disse que Carlisle poderia me transformar se eu quisesse.

– ele te disse isso? – perguntou com uma pontada de inveja.

– sim.

– fico feliz por você então – disse com um leve sorriso.

– Bells eu aprendi a amar você – disse a abraçando – tenho certeza que você também será muito feliz ao lado do topetudo.

– também amo você.

– Edward te falou sobre conhecermos a família dele?

– sim, você vai não é?

– claro.

– isso é bom assim não ficarei tão nervosa – disse suspirando.

– vai dar tudo certo, mas agora será que eu posso ir pro meu quarto?

– claro – falou abrindo a porta.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...