História Twisted - BTS - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Suga
Tags Bts, Escola, Hoseok, Jhope, Jin, Mean Girls, School, Seokjin, Suga, Yoongi
Visualizações 10
Palavras 392
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Twisted ; Five - Snake


January 6th, 2009 

3:00 PM, Suga's POV

Me tranquei em uma das cabines do banheiro masculino e encostei na parede rabiscada. Que droga cara. Eu não tenho nenhuma culpa no cartório e agora estou tomando o veneno de outras pessoas. Talvez eu não esteja tão bem encaixado como achei que ficaria. 

Escorreguei da parede ao chão, com as mãos no rosto, só deixando que as lágrimas rolassem a cada piscada. Me segurava para não gritar na hora. Eu sou muito fraco para lidar com essas coisas. Eu fui assediado no primeiro dia de aula. 

Comecei a ouvir passos se aproximando e diminui a intensidade do choro. Sequei as lágrimas e levantei novamente, ainda encostado na parede. 

- Yoongi? Você está ai? Por quê estava chorando? Por favor, eu não queria que fosse assim. - Uma voz familiar exclamava no banheiro, deixando um eco por conta do silêncio. - Eu vou te achar.... - Era Jin. 

Ele começou a bater nas portas das cabines para ver em qual eu estava, e quando bateu na minha, soltei um gemido fraco, mas ele ouviu. 

- Te achei! Vamos lá, saia daí. 

Abri a porta com receio de que levaria milhares de xingamentos e seria humilhado. Por sorte nada disso aconteceu. Pude ver a silhueta de Jin, que era mais alta que a minha, estendendo sua mão para mim. Ele estava contra luz, parecia um verdadeiro anjo. Um anjo bem...... diferente. 

- Por quê você saiu chorando? Eu te fiz alguma coisa? - Disse, limpando uma lágrima no meu rosto. Que filho da mãe.

Eu queria ter uma arma no meu bolso bem agora. Seria pedir demais? Aish, odeio ter que lidar com gente babaca.  

- Você sabe porque estou assim! Deixe de ser cínico, seu idiota. Não quero ajuda de quem me fez ficar assim. Vacilão morre cedo. - Falei, tirando a mão dele do meu rosto com raiva. 

- Me perdoe, eu sei que posso ser aquele típico aluno babaca que zoa os outros por achar ser melhor. Mas eu realmente sou melhor. Só quero ajudar você. - Novamente estendeu a mão para mim. 

- Some da minha frente, cobra mal amada, procura teu rumo. - Disse, empurrando ele para o outro lado do banheiro e saindo pela porta em seguida. Peguei meus materiais na sala e sai como se não houvesse mais aulas, mas saí. 


Notas Finais


Gostaram? Até o próximo capítulo! 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...