História Two broken hearts, sometimes they fit - Stalec - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters, Teen Wolf
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Allison Argent, Clary Fairchild (Clary Fray), Derek Hale, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Lydia Martin, Magnus Bane, Melissa McCall, Scott McCall, Simon Lewis, Stiles Stilinski
Tags Clace, Drama, Romance, Sizzy, Stalec
Visualizações 301
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ah que vergonha!😂😶

Capítulo 15 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction Two broken hearts, sometimes they fit - Stalec - Capítulo 15 - Capítulo 15

P.O.V Alec 

Depois que nós almoçamos, Lydia resolveu ir embora. Disse que tinhas coisas pra fazer com a mãe. Então ficamos sozinhos na casa do Stiles. Eu achei que esse almoço seria super constrangedor, mas Lydia é um amor de pessoa e foi super normal. Parecia que já nos conhecíamos a anos.

Fiquei super nervoso quando Stiles disse que o xerife era pai dele. Confesso que estou com um pouco de medo. E se o pai dele não aceitar? Quer dizer, Nós nos conhecemos a pouco tempo e já estamos namorando. Isso talvez seja um pouco difícil...

-Quer ajuda?- perguntei para Stiles que estava retirando as coisas da mesa.

-Não precisa! Eu lavo a louça mais tarde.- ele falou, assenti positivamente.

-Sobre conhecer o seu pai...- comecei.

-Eu posso marcar um jantar com ele! Mas se você acha muito cedo tudo bem!- Stiles falou, mas eu já conheço ele o suficiente para saber que não está tudo bem.

Ri nasalmente, levantei da cadeira e abracei a cintura do Stiles. O beijei lentamente, senti ele derreter nos meus braços.

-pode marcar o jantar!- falei e vi ele sorrir.

Ele me beijou novamente.

-Oque você quer fazer agora?- perguntou Stiles.

- Oque você quiser.- falei.

-Vem comigo!- ele falou e me puxou pela mão. Subimos as escadas e entramos em um quarto.

-Aqui é meu quarto!- falou Stiles quando entramos.

-É a sua cara!-  falei. Comecei a olhar tudo.

Ele tinha uma cama enorme com lençóis claros. Um mural com vários papéis presos. Muitos livros e gibis. Uma escrivaninha super desorganizada. E um computador enorme.

 Fui até sua cama e me joguei nela. É muito macia. Coloquei os braços atrás da cabeça e fiquei olhando para Stiles.

Ele sorriu e veio na minha direção, tirou os próprios sapatos e depois os meus, fiquei confuso por um estante. E quando percebi Stiles estava sentado encima dos meus quadris, com uma perna de cada lado.

Ele se inclinou na minha direção e me beijou.

                 《♡♡♡》

P.O.V Stiles

Eu juro que estou tentando, mas não dá, eu já estou cansado disso.

Toda vez que Alec me beija eu sinto um calor subir pelo meu corpo, e daí fico excitado. Oque é uma merda porque eu tinha dito que não estava pronto pra tranzar. Me arrependo amargamente de ter dito aquilo.

Quando levei Alec pro meu quarto, eu juro que não tinha pensado em nada. Mas quando ele se jogou na minha cama, a barra da blusa dele levantou e deu pra ver seu abdômen musculoso. E então não tinha como não pensar coisas indecentes, senti novamente aquela sensação de calor. 

Tirei rapidamente meus tênis e fui na direção dele, tirei seus sapatos e meias. Ele parecia confuso. Sorri. Sentei nos seus quadris, com uma perna de cada lado e o beijei. O beijei tentando demonstrar tudo oque eu sinto.

Parece que ele entendeu, porque colocou as mãos na minha cintura e apertou com uma força desmedida. Rebolei lentamente sobre seu membro, ouvindo ele gemer baixo.

Tirei sua camisa e o beijei com mais urgência. Continuei rebolando até sentir que seu membro estava bem ereto. Passei a beijar e sugar seu pescoço, deixando marcas e o ouvindo gemer mais alto. Tirei minha própria camisa sentindo seu olhar queimar em mim. Sai do seu colo, tirei sua calça e cueca com rapidez, vendo seu membro pular pra fora. AÍ MEU DEUS! É enorme. Arregalei os olhos e entreabri a boca em expectativa. É muito grande e grosso, Derek não era nem metade disso. Ouvi Alec rir, mas parou imediatamente quando bombiei seu membro lentamente com a mão. Alec jogou a cabeça para trás e gemeu alto. Aumentei o ritimo, Alexander gemia alto e apertava os lençóis entre os dedos. Que bela imagem.

-Stiles...por favor....- gemeu Alec arrastado.

-Oque você quer?- perguntei malicioso.

-Me chupa!- gritou Alec. Sorri.

-Com prazer!- falei.

Abocanhei seu membro sem aviso, ouvindo Alec gemer mais alto que antes. Seu membro é muito grande, não cabe tudo na minha boca. Então bombiei o que não cabia com a mão no mesmo ritmo da boca. (A/N: vocês não sabem o tamanho da minha vergonha agora kkkk, rindo de nervoso*). Senti o meu membro doer e pulsar dentro da calça. 

Alexander colocou as duas mãos nos meus cabelos, apertando com força.

-Ah isso!... mais rápido!- falou Alec entre os gemidos.

Fiz o que ele pediu, quando os gemidos começaram a ficar mais altos eu senti que Alec ia gozar então intesifiquei os movimentos. E com um grito de prazer Alec gozou, senti o líquido quente escorrer pela minha garganta, engoli tudo. Olhei para Alec e sorri.

-Você é doce...- falei inocente.

Alec me puxou pela cintura e ficou por cima de mim. Me beijou com muita urgência.

Ele começou a abrir os botões da minha calça e em segundos eu estava nu.

-Você quer ir até o fim?- ele perguntou.

-Não dá! Esqueci de fazer a chuca.- falei ofegante e com um bico nos lábios. Ele riu.

-Tudo bem.

Ele começou a beijar todo o meu abdômen, indo em direção ao meu baixo vente e sem aviso nenhum abocanhou meu membro, sentia seu nariz roçar na minha barriga. Ele é bom nisso. 

Epertei os lençóis com toda a força que eu tinha e mordi os lábios até sentir um gosto metálico. Gemi alto sem me preocupar com quem poderia escutar. Isso é tão bom!

Depois de um tempo eu gozei sentindo fortes espasmos pelo meu corpo. Cai sem forças na cama. Senti Alec deitar no meu lado na cama.

-Isso foi...- ele começou, ainda tentando controlar a respiração como eu.

-Ótimo!- falei.

Sorri pra ele e o beijei calmo. Deitei a cabeça no seu peito e coloquei uma perna por cima do seu quadril.

                 《♡♡♡》


Notas Finais


AAAHHHH! QUE VERGONHA!!🙈

É a primeira vez que eu escrevo algo assim então digam oque acharam! 😊

Gostaram?? Comentem muitoo!🤗

Querem mais cenas assim???😂💖

Ps:desculpem os erros que sempre escapam da revisão!😚 bjs e até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...