História Two Crazies - Capítulo 2


Escrita por: e JerzaNoKokoro

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Amorjovem, Jerza, Jerzanokokoro, Juju, Jujumcgarden, Loucuras, Romance
Visualizações 58
Palavras 1.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal aqui é o jerza e eu peço desculpas por não ter postado antes já que era a minha vez, eu vou tentar manter a fanfic atualizada até a Juju voltar, eu estou com muita coisa pra fazer então desculpem se atrasar, no omento a juju não está podendo falar comigo, nós não estamos brigados mas ela não pode conversar ainda, daqui alguns dias ela volta. Bom aí está o capítulo, está curto mas espero que gostem.

Capítulo 2 - Filme de Terror


Ambos entraram na casa molhados, Juju foi direto pro quarto dela trocar de roupas, Joe fez o mesmo indo até seu quarto.

Após alguns minutos ambos estavam de roupas secas. Aquele dia foi louco.

- Então oque a gente vai fazer agora? Perguntou Joe.

- Como assim? Disse Juju sem entender.

- E se os diretores vieram atrás da gente de novo? A gente meio que "ofendeu" eles, vai que eles tentam ferrar a gente. Disse Joe se deitando no sofá. O garoto estava vestindo uma camisa branca de manga longa com estampa preta alguns detalhes em vermelho, e uma frase na estampa escrito em vermelho "Detroit Lives!". Vestia calças pretas e meias da mesma cor.

- Ah eles devem ter ficado bem irritados mas não acho que vão vir atrás da gente, não iam ganhar nada com isso e a gente já terminou os estudos, então acho que vamos ficar bem. Disse a garota que usava uma camisa preta de mangas curtas com detalhes brancos na frente como se fosse tinta de grafite, short preto e nada nos pés.

- É espero que sim, a não ser que eles queiram vingança mas enfim eles que se danem, nossa prioridade agora é encontrar um trabalho, só que eu não tô nem um pouco afim de aturar chefe chato e ficar preso numa empresa por horas e horas, e é por isso que tenho plano que já botei em prática faz tempo. Disse Joe pegando seu celular.

- Ah é? E que plano é esse? Você nem me falou nada. Disse Juju.

- Bom como crescer no YouTube hoje tá mais difícil, eu criei uma loja virtual já faz umas três semanas, e depois de ajustar tudo já posso começar a vender, bom na verdade eu já comecei e o dinheiro que isso dá é sinistro. Disse o garoto.

- Sério? Nossa e você nem falou nada, eu podia ser sua sócia. Disse a garota.

- E você vai ser, bom dependendo de quantas vendas eu faça no mês posso faturar até 9 mil reais por mês, ou seja, nada de ficar preso em empresa, nada de chefe chato, nem cobranças, nem horário nem nada, vamos trabalhar em casa e fazendo oque a gente quiser. Disse Joe com um sorriso.

- É isso é legal mas oque você tá vendendo na loja? Perguntou a morena.

- Jogos, eu tive que sacrificar um pouco do dinheiro meu dinheiro pra poder pagar os fornecedores mas o dinheiro de retorno compensa muito. Disse ele.

- Legal, bom eu tava pensando em procurar alguma coisa mas já que vamos ser sócios então acho que vou economizar meu tempo. Disse ela sentando no mesmo sofá que ele estava deitado.

- Pois é, e aí tem alguma coisa planejada pro Sábado? Porque eu já vou avisando que não tô a fim de sair pra lugar nenhum. Disse Joe ainda mexendo no celular.

- Recebi alguns convites pra festa, mas se você não for eu não vou. Disse ela, Joe riu um pouco.

- Bom se quiser pode ir eu não vou ficar bravo nem nada, é a sua vida. Disse ele.

- Sem você não tem graça. Disse ela carinhosa.

- Ah valeu, qualquer coisa sem você também é sem graça. Disse Joe.

- Sei que você me ama. Disse Juju rindo.

- Nou. Disse o garoto brincando.

- Ama sim! Juju fingiu estar brava.

- Nou. Disse ele provocando.

- Você é mau comigo! Disse ela.

- Nou. Ele adorava fazer isso.

- Grrrrr odeio você. Disse ela fingindo estar magoada. Joe riu mais ainda.

- Calma eu ti amu também. Disse ele brincando.

- Hummmmm.

- Vamos ver um filme ou anime sei lá? Perguntou ele se levantando do sofá e indo até a TV.

- Pode ser, coloca um filme aí. Disse ela se aconchegando no sofá enquanto esperava ele iniciar o filme, depois disso ele foi fazer pipoca para eles.

Joe escolheu um filme de terror só pra sacanear a Juju, ele sabia que a pequena tinha medo.

Após alguns minutos de filme Juju estava abraçada a Joe com medo. Ela olhou pra ele com cara de brava.

- Você fez de propósito né? Seu desgraçado você vai ver oque vou fazer com você um dia desses. Joe só conseguiu rir enquanto ela dava uns soquinhos no braço dele.

Depois de uma hora de filme em meio a pulos de susto e gritos de Juju, o garoto foi até a cozinha pegar mais refrigerante pra Juju, ele não ia beber refrigerante, precisava manerar, refrigerante tem muito açúcar e faz muito mal então ia pegar mais leve.

Juju não queria que ele saísse de perto dela, estava com muito medo do filme. E o pior é que o filme tinha duas horas, mais um tempo pra tortura da Juju.

Voltando a sala ela disse:

- Você demorou, esse filme é muito assustador, não saia mais do meu lado. Disse ela ficando ao lado dele no sofá.

- Ok hehehe, pega. Disse ele entregando a lata de refrigerante pra ela. - Eu vou tomar um suco, preciso diminuir o açúcar ou posso me dar mal.

- É né, quem manda exagerar? Disse ela.

- Olha quem fala, a garota que quer chocolate o tempo todo. Disse ela brincando.

- Hum chocolate é vida! Disse ela.

- É, e também é a fórmula da obesidade. Disse ele rindo.

- Tá me chamando de gorda é? Perguntou ela.

- Não mas vai ficar se continuar exagerando. Disse ele.

- Humm.

Depois de mais uma hora o filme acabou, pra alegria de Juju que já tava ficando perturbada com aquele filme. Ah Joe ia pagar por isso, ah se ele ia.

- Bom acho melhor ir pra cama, eu já vou indo. Disse ele se levantando do sofá.

- Espera, me leva pra minha cama. Disse ela estendendo os braços pra ele.

- Ok vamos. Disse ele pegando ela no colo. O garoto levou ela até o quarto e deitou ela na cama.

- Pronto, boa noite, dorme bem. Disse ele saindo do quarto dela.

- Boa noite. Ela respondeu.

Assim que ele saiu, Juju cochichou:

- Você vai me pagar por ter me assustado com aquele filme, vou fazer você se arrepender Joe seu chatu. 


Notas Finais


É isso pessoal até breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...