1. Spirit Fanfics >
  2. 'Two Faces' - YANDERE midoriya X Child Oc >
  3. Cap.02

História 'Two Faces' - YANDERE midoriya X Child Oc - Capítulo 2


Escrita por: Lyuuta

Notas do Autor


Lentamente eu desenvolverei o Midoriya antes de se tornar exatamente um completo yandere, para torna-lo mais realista tbm. Vcs ñ precisam se preocupar🤠

Capítulo 2 - Cap.02


• Na outra semana •


- BOM DIA! – Tsubaki gritou pela casa. Obviamente, ela obteve reações diferentes.

- Não fala tão alto, que saco. – Katsuki rosnou.

- Bom dia Tsubaki-chan. – Masaru, seu pai, a respondeu com um sorriso caloroso.

- Bom dia! O café da manhã tá pronto. – Mitsuki falou da cozinha.

Tsubaki correu até ela, quase esbarrando no seu irmão, o que o fez olhar feio para a mais nova. Tsubaki pulava de um pé para o outro, já se empanturrando da comida da mãe enquanto dizia animadamente o que faria na escola no dia. Embora preocupados, nem Masaru nem Mitsuki decidiram que providências tomar desde o incidente do vilão de gosma. Tsubaki era uma bolinha fogosa, sempre pulando por aí.

Até que a caçula da família correu para a porta - Antes da escola, eu vou falar com o Izu! 

- Ok! Mas tenha cuidado, querida! – Mitsuki disse suspirando. A casa de Midoriya era perto da deles, então era costume Tsubaki ir sozinha.



Tsubaki pulou feliz até a residência do seu melhor amigo. Tocou a campainha, a porta se abriu e Inko, a mãe de Izuku abriu um sorriso. - Tsubaki-chan, que bom ver você aqui. 

- Bom dia Inko-san! — disse a menina sorrindo de olhos fechados, passando por ela e subindo rápido as escadas ao que Inko fechava a porta.

Tsubaki bateu na porta do quarto de Midoriya. – Sou eeeuuu! 

- Pode entrar Tsubaki-chan. – Escutou Izuku dizer. Tsubaki abriu a porta e sorriu a ele.

Até que folgadamente pulou na cama fofa dele, vendo que Midoriya estava escrevendo em seu caderno, concentrado.

- Izukun, você viu o novo vídeo do Kamui Woods? 

- Sim! Foi tãao legal! – Midoriya respondeu prontamente.

- Né?! Tipo, ele usou uma nova estratégia e enganou aquele criminoso burro! – Ambos riram, iluminados. – E Hawks! Ouvi dizer que a comida favorita dele é frango! Eu pensei 'Mas uau, ele também é um pássaro'!  

Midoriya acenou com a cabeça, desenhando mais um sorriso em seus lábios. Rapidamente Tsubaki tornou a falar: – Você disse que conheceu o All Might, né? Você é um super fã dele! O que você pensa depois do encontro entre você e ele? – Até que ligaram para ela de repente. – Ah, é a mamãe....Yo! Sim, eu estou aqui. – Uma pausa e a pequenina suspirou. – Já estou indo! – Deu a hora de ir para escola. – Okay! Tchau! – desligou e mirou Izuku. – Tenho que ir, a minha aula está quase pra começar. Katsu-nii disse que a de vocês é um pouco mais tarde, né? Então não se atrase! – se levantou num salto.

- Espera.

Tsubaki olhou Midoriya e sua mão segurando seu pulso, passando a aplicar bastante força no aperto.

- Oh céus! Desculpe, desculpe, desculpe! – continuou se desculpando ao perceber o que fez, soltando-a – E-eu só queria falar uma coisa antes de você ir!

- Tudo bem! – disse ao sorrir fofamente. – O que você ia dizer? – indagou ao voltar a se sentar.

- Uhmmm...Na verdade, Tsubaki-chan, você pode manter um...segredo? – Midoriya passou a mexer em seus dedos. Tsubaki franziu a testa e olhou desconfiada para ele da cabeça aos pés. – É que eu confio em você... – o esverdeado murmurou.

- Tudo bem...

- É que na verdade o All Might está...Me dando, me passando a sua peculiaridade. – disse por fim.

Tsubaki parecia chocada, surpresa, com as bochechas gordas levantadas e boca aberta num 'o' cômico. – É-é sério isso?! Isso é possével?! Woooahhh! Que incrível! – engasgou em emoção. – Você tem poderes do All Might! – Midoriya sorriu com sua empolgação – Mas e quanto ao All Might?! Ele vai perder o poder dele, né?! – passou a entrar em pânico.

- Uhm, bem, sim. Mas. – O mais velho respirou fundo e explicou tudo, desde o início da história.

- Oh...

- Não conte a ninguém, ok? All Might me disse para manter em completo segredo. – Disse firmemente. – E agora é entre eu e você.

- Hum, ok. – Acenou com a cabeça. – É uma promessa, não vou contar. – ergueu seu mindinho, e o outro fez o mesmo, juntando-os e passando a cantarolar a música. – Quem quebrar esta promessa ou chegar a mentir que quebrou ela, terá seu olho e sua garganta perfurados por mil agulhas!~ Selado com um beijinho! – Aproximou seus polegares, formando um coração.

- É uma promessa, hein? – Midoriya era de cumprir sua palavra, e a integridade de uma criança, tinha certeza que também era.

- E agora, você pode vencer o Katsu-nii e sair no braço com ele – sorriu largamente. Midoriya riu de nervoso. – Ah não, tá ficando tarde! Tchau, Izu! – Tsubaki gritou, fugindo.

Felizmente ela chegou a tempo na escola.



E quando os dias foram passando...


- Ei, pirralha. Onde você tá indo, coisa? – Katsuki indagou. Ele deveria cuidar da caçula no dia. Era final de semana e os pais estavam trabalhando.

- To indo pra casa do meu amigo! – Tsubaki mostrou a língua a ele.

- E por acaso você tem amigos? – perguntou sarcástico.

- Sim, por quê? Você não? – devolveu a menina no mesmo tom.

- De todo jeito, você não tá indo lá pro Deku, ou está?

- Não, não é o Deku. – Tsubaki sorriu. – Estou indo até a residência do Midoriya Izuku!

- É a mesma coisa, pirralha de merda! – Bakugou gritou irritado.

- "Deku" não é o nome dele! – ressaltou ao encolher os ombros.

- Você não tem outros amigos não?

- Sim, mas...Mas ma verdade eu não gosto deles! Até agora todas as crianças da minha escola eu percebi que são irritantes! Eu gosto de sair com pessoas mais velhas, são mais maduras.

- 'Maduras'? Tsc. Como se você fosse madura. – Katsuki riu.

Tsubaki franziu suas sobrancelhas - ficando igual o próprio Katsuki com raiva - e respondendo: – Eu sou sim! Pelo menos, mais do que você.

- Não, não, não, e não, você não é. Você é uma pirralha estúpida. Imcompleta como o Deku, talvez seja por isso que você não sai de perto dele. – a menor comprimiu os lábios. Ela não poderia contar que Midoriya receberia o poder de All Might, e seria o mais poderoso de todos!

- Você não pode me fazer sentir mal por ser inexperiente. Não é como se eu sonhasse em me tornar uma heroína.

- Tá, que seja. – Murmurou o mais velho, os olhos agora voltados para a Tv.

- Só que o Izu se tornará um herói maior e melhor do que você! – falou com um sorriso.

- O QUE FOI QUE VOCÊ DISSE!? – ele se levantou e Tsubaki saiu correndo de casa.

- Eu disse que ele vai ser um herói muuuito melhor do que você! – gritou desta vez, rindo e indo embora rapidamente.

- Pirralha estúpida. – Katsuki sibilou baixinho.



E, ao chegar na casa de Midoriya, perto do escurecer Tsubaki e ele deram as mãos. - Entããaao! Vamos! Para a praia, né? – falou explodindo de animação. Midoriya concordou acenando.

- Sim!

- Ei, Izu. – a pequenina chamou quando começaram a caminhar. Midoriya olhou bem para ela. – Você tá realmente feliz em ter uma peculiaridade? Você queria se tornar um herói mesmo sem uma, né? Queria provar às pessoas sem poderes que você não precisa necessariamente de um para ser herói e salvar as pessoas.

Midoriya se mostrou inquieto, sem saber o que dizer.

- Me desculpa...Eu não queria fazer você se sentir mal. – Tsubaki sentiu-se um pouco culpada.

- Tá tudo bem! Eu juro...

- E ei, heróis não tem permissão para matar, mesmo diante de vilões...Mas você não...Gostaria de matar alguém? Pessoas que intimidaram você...Como Katsu-nii... – falou Tsubaki, Midoriya ficou mais tenso. Ele queria dizer algo, mas ela o interrompeu gritando – Olha! Lá esta ele! – apontava para All Might. - Magrelo...

- All Might! – Midoriya falou um pouco alto demais, percebendo tarde que as pessoas olhavam para eles procurando o herói número 1. Toshinori freneticamente fez sinal para que ficassem quietos, se encantando com Tsubaki.

Felizmente, All Might não se importou que Midoriya tenha contado a ela o segredo e o fato dele estar se preparando para receber o One for All, já que...Tsubaki era só uma criança.



Notas Finais


midoriya confiando o segredo do poder do heroi n.1 numa criança kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...