História Two Kings - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sehun, Suho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Minimini, Romance, Shipp, Yoonmin
Visualizações 7
Palavras 1.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olaaaaa

Capítulo 3 - A história de HyoYeon


YoonGi soltou a mão de JiMin assim que chegaram no quarto do mais velho, ele passou a mão pelo rosto nervoso com uma mistura de irritação. O mesmo se sentou em uma das poltronas que tinha no quarto que era em tons de bege e detalhes em preto pelo quarto, JiMin observou tudo aquilo já que agora não estava com uma mão toda ensanguentada. Ele continuou parado olhando para o príncipe herdeiro enquanto mantinha as mãos em frente ao corpo, desviou os olhos olhando para a cama do recente noivo, estava repleta de tecidos ainda, ele sabia o porquê já que também teve de selecionar o tipo do tecido dos quais seriam feito as vestes dele, mas todos em cores azuis diferentes das que estavam sobre a cama.

“Porque continua aí parado?” Perguntou o príncipe, JiMin piscou os olhos lentamente acordando de seus pensamentos, ele arrumou a postura.

“Desculpe-me, majestade, eu o deixarei sozinho.” JiMin disse antes de se curvar para YoonGi que o observava, o príncipe de Busan se virou tocando na maçaneta da porta.

“Todos já me deixaram sozinho, não é?” YoonGi soltou um riso nasalado jogando a cabeça para traz a encostando na poltrona, JiMin congelou no seu lugar. Pensou em HyoYeon, aquele nome seria de alguém que YoonGi poderia ter se relacionado? Se virou lentamente observando o príncipe.

Apertou os lábios antes de se pronunciar. “Quem é HyoYeon?” YoonGi o olhou na hora com o olhar perdido de quem não sabia como responder o garoto baixo.

“A única mulher que amei depois de minha mãe.” Respondeu fazendo JiMin parecer ter certeza de sua teoria.

“E por que está se obrigando a casar comigo sendo que já ama alguém?” Questionou o rapaz fazendo YoonGi gargalhar, o deixando confuso.

“HyoYeon é mãe de Tae, foi a mulher que me criou e cuidou de mim depois que minha mãe faleceu.” Explicou fazendo JiMin ficar envergonhado. “Meu amor por ela era similar ao que eu tenho pela rainha, minha mãe.” Concluiu.

“Desculpe-me.” Murmurou JiMin abaixando o olhar para os sapatos.

“Você me chamou pelo nome, lá embaixo.” Disse YoonGi.

“Não foi minha intenção, eu nã-” YoonGi interrompeu o príncipe de Busan.

“Fazia tempos que alguém além de TaeHyung me chama pelo nome, nem mesmo meu pai me chama apenas pelo nome desse modo.” Falou fazendo JiMin franzir o cenho.

“Modo?”

“Sem ser pra me repreender.” Descansou a cabeça sob o encosto da cadeira.

“Príncipe JiMin!” JungKook adentrou o quarto sem nem ao menos bater. “Venha, se isso que o príncipe herdeiro disse é verdade, eu irei te levar de volta a Busan em segurança e falaremos com a rainha.” JungKook segurou o braço de JiMin e já começava o puxar se não fosse pela mão de YoonGi que segurou o punho do rapaz mais baixo.

“Solte-o.” Ditou o príncipe, ele estava irritado e JiMin era o único no momento que o entendia, e não o julgava por qualquer coisa que seja.

“YoonGi!” Ouviram uma voz e se viraram vendo o rei, ele encarava o seu pai sem soltar JiMin. “Deixe que o levem.”

“Não!” Disse alto e claro.

“YoonGi...” JiMin murmurou.

“Foi uma ordem!” YoonGi gritou dessa vez em direção a JungKook, JungKook soltou JiMin que continuou parado um  tanto chocado com a atitude do príncipe de Daegu, YoonGi o puxou pelo punho para seu lado. “Ninguém mais irá tirar nada de mim.” Ele empunhou a espada que tinha presa em sua cintura contra Jeon que deu um passo para trás ficando ao lado do rei.

“YoonGi você passou de todos os limites hoje, deixe o príncipe JiMin ir.” O rei disse ordenando a soltura do rapaz, YoonGi continuou o encarando firmemente.

“Não! Diferente de você, eu não vou abrir mão de alguém para poder ter influência ou qualquer coisa do tipo.” JiMin apertou sua mão nos dedos de YoonGi quando o ouviu.

“Você é tão patético quanto sua mãe.” Soltou o homem virando as costas ao filho.

YoonGi ergueu a espada pronto para desferir um golpe no rei, seu próprio pai, porém, sentiu braços em roda de seu torço. Sua raiva começou a passar e ele viu JiMin agarrado ao seu tronco de olhos fechados. JungKook apenas encarou a cena e resolveu deixar o lugar, dando espaço á eles.

Min largou a espada fazendo o barulho ecoar pelo quarto enquanto sentia o corpo de JiMin que o observava agora, respirou fundo tentando controlar a carga de sentimentos que havia tido com tudo que acontecerá.

“YoonGi...” JiMin disse num tom suave enquanto apertava o tronco do outro levemente.

“Não vá embora, por favor.” A voz de YoonGi se tornara melancólica enquanto abaixava o rosto escorando a testa no ombro direito de JiMin.

“Eu não irei a lugar nenhum, YoonGi.” Disse JiMin se afastando um pouco e olhando para o rosto do homem pálido, o menor sorriu tentando encorajar o outro também a sorrir, o máximo que conseguiu foi um riso de canto solto em seus lábios pouco volumosos.

YoonGi fez as mãos de JiMin soltarem seu corpo e as segurou, entrelaçou os dedos aos de JiMin, TaeHyung surgiu atrás de JiMin sendo avistado por YoonGi.

“Desculpem-me. Voltou outra hora.” Disse TaeHyung fazendo JiMin se assustar e soltar as mão de YoonGi.

“O que aconteceu, Tae?” Perguntou o mais velho enquanto JiMin tentava esconder sua vergonha de ter sido visto de mãos dadas com YoonGi, para ele que era muito tímido isso era muito vergonhoso.

“JungKook partiu para Busan, papai acha que você acabou de começar uma guerra ao manter JiMin aqui.” Disse fazendo JiMin o olhar rapidamente.

“Ele não podia ter me traído assim!” Disse o rapaz claramente ofendido.

“O casamento é quando?” Questionou TaeHyung olhando para JiMin.

“Daqui dois dias.”

“Então, se casem, assim ele não poderá dizer que estão te mantendo aqui por força e sim que está aqui por vontade própria.” TaeHyung disse sorrindo largo.

JiMin não queria trair seu reino, nem a sua mãe ou a JungKook, mas quem começou isso foi a rainha SuniHee, ele não tinha o que fazer a não ser seguir o plano já previsto.


Notas Finais


Jimin vai casar com o Yoongi? O q vcs acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...