História Two Moons - The series livro 1 - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Jikook, Kookmin, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 59
Palavras 2.330
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpe a demora para atualizar e tenham uma ótima leitura 💙

Capítulo 22 - Capítulo XXII - Tormento em dobro.



(Min Yoongi) 

   

 Depois de terminar o macarrão noite passada Hoseok e Taehyung me levaram de volta ao estacionamento da faculdade. O carro já havia sido concertado e eu saí de lá imediatamente. Mas não terminou por aí, eu não sei que espírito esses dois possuem para fazer com me seguissem no carro deles até o meu edifício. 

      Eu minha aula da faculdade mesmo eu querendo estudar eu estava aéreo por causa do sono.  Jungkook continuava o mesmo cara com a aparência impecável mas entediado como sempre, se Jimin não está no assunto, para ele não vale a pena sorrir com nada e para ninguém e por sua vez tinha o Seokjin que em sua mochila sempre surgia comida, ele poderia comer uma tonelada de comida que ainda aparentava um cara atlético mesmo ele sendo bastante sedentário e sempre pedia ajuda para o Namjoon o pegar em algum lugar por puro capricho e porque não queria andar.

     - Onde você foi noite passada? - disse Jin que se virou me questionando.

- Eu fui ao seu quarto ontem a noite pedir algumas anotações mas a luze estava apagada. Onde você estava? - disse ele disparando (metralhando) perguntas para mim.

     - Estúdio de música.- disse como se aquilo fosse óbvio, se eu não estava dormindo e nem na biblioteca da faculdade, eu estaria obviamente no estúdio de música compondo e produzindo música.

   - Já era 23:00pm horas quando você voltou.- disse Jin, esse idiota é realmente curioso, desde que comecei a morar na casa dele. Ele acha que tem o dever de bancar a minha mãe, me perguntando onde estou, com quem estou, quando eu voltar para o dormitório... Posso ter crescido, e ser de maior agora. Mas para o Jin eu ainda não passava de um feto, assim como o Jungkook. Eu nem sei como ele tem a coragem de me comparar com aquele idiota, eu sempre fui na minha e nunca causei problemas. Diferentemente dele, é claro.

    - Eu fui jantar depois.- disse dando de ombros e levemente desinteressado, o olhando com tédio enquanto eu batucava o lápis no caderno.

    - Em um dos melhores restaurantes que servem Bimbap.- disse Jin todo convencido, mas que merda...

      - Como você sabe disso?- perguntei parando de batucar o caderno para o encarar fazendo uma cara feia para ele.

     - Há Suga... Eu tenho meus meios.- disse ole parecendo todo orgulhoso de si por se intrometer na vida alheia.

    - Esse meio se chama Kim Namjoon? O que falei sobre meter o seu namorado como investigador pessoal da minha vida?- perguntei irritado, eu sabia que o Namjoon estava me seguindo. Ele não é muito discreto por onde ele anda ele sempre quebra ou destrói algo, aquele idiota quebrou um copo e amassou um porta guardanapo em quanto me vigiava no restaurante. Eu achei que era uma coincidência já que aqueles dois não se desgrudam para nada e ele estava com o pessoal da faculdade de música, mesmo ele sendo um músico ele não tinha aula conosco já que é um ano mais velho que todos nós. 

     - Você nunca me conta nada, eu estava só curioso. Além do mais você não nos prometeu que iria parar de se trancar no estúdio?- perguntou ele cruzando os braços, revirei os olhos. Ele vai começar novamente com aquele discurso sobre eu ter que me inturmar com as pessoas, não é que eu não fale com as pessoas. Só não aturo idiotas como esses dois...

      -  Só estou lhe dando um aviso, aqueles dois provavelmente tem o mesmo número de pessoas que o Jungkook pegou.- disse Jin com um sorriso babaca para cima de mim, olhei para Jungkook que nem se sentiu ofendido com o que o Jin disse, ele apenas ficou lá movendo a caneta na mão de forma desinteressada para matar o tempo, eu já disse se não tem o Jimin na comversa, não interessa.

     - Pare de pensar merda seu idiota, eu fui só comer. Nada mais.- disse irritado bufando enquanto eu tentava prestar atenção na aula que valeria metade da nota desse semestre e seria uma música composta por nós, o melhor iria apresentar a música antes da apresentação dos calouros. MERDA! Tomate que ele escolha o Jungkook, não estou interessado nessa merda. A música eu já tinha escrito e se chamaria First Love, e não, não é uma música de smor como vocês estão pensando e vai ser Rapp. Ele estava entregando a nota de cada um, poucas coisas que eu fazia melhor que o Jungkook era compor músicas. Minhas notas nesse quesito era brilhante, e como ontem eu fiquei fazendo a batida para música eu não me surpreendi pelo professor chamar minha atenção.

    - Aluno Min Yoongi.- disse o professor me chamando, me levantei esperando a minha nota e dessa vez eu fui com a nota máxima, alguns alunos olharam para mim e eu fiquei sem graça olhando para o Jin que parecia uma mãe orgulhosa. Se a minha nota foi a melhor da sala, isso quer dizer... Droga! Mesmo se eu quisesse faltar  na apresentação dos calouros agora eu não poderia.

     - Aconteceu algo que você não está querendo me dizer?- insistiu Jin, olhei puta da vida com ele. Caralho, qual a insistência dele comigo? 

     - Mais que porra, Jungkook me deixe ver suas anotações.- disse irritado  puxando o papel da mesa dele. Eu não queria saber de nada do que o Jin continuava a insistir, eu puxei a folha mesmo sabendo que não havia anotações na folha dele, nunca têm.

     - Desista açúcar, mais cedo ou mais tarde você vai acabar nos braços deles.- disse Jin todo convencido.

     - Eu não vou acabar nos braços de ninguém, eu estou bem sozinho.- disse a ele desde desviando de seu olhar.

     - Ninguém merece ficar sozinho Yoongi.- disse Jin colocando sua mão em meu ombro para me confortar, não que eu goste de ficar sozinho. Mas desde que era menor eu me acostumei com a solidão, se não fosse o Jin e o Jungkook eu passaria por tudo que passei e o que estou passando agora, sozinho.

     - Só acho que ainda não estou pronto para me apaixonar.- disse dando de ombros frustrado, eu havia perdido o sono e também a aula que prosseguia.

    - Yoongi, o amor não tem hora, não tem local e muito menos gênero. Acontece quando a gente menos espera.- disse Jungkook se intrometendo pela primeira vez na nossa conversa, ele estava com um sorriso bobo nós lábios. Cara... Isso é tão brega! Ele acha mesmo que esse discurso é bom só porque está apaixonado. Eu não quero mais tocar nesse assunto porque eles só sabem dizer que eu vou acabar nos braços daqueles idiotas.

⏳ Quebra de Tempo ⌛

     Hoje Jungkook não estava com pressa como nos outros dias, com toda certeza no mundo que é porque eles não havia combinado nada com o seu garoto. Ele apenas me disse que: "O Jimin não quer me deixar vê-lo praticando piano." Pelo menos a competição acontecerá depois de amanhã e eu posso entender que os calouros estejam ansiosos sem parar. Aliás, quase todo mundo está animado para isso. Vários pôsteres e cartazes foram espelhados pela universidade, Jungkook detestou essa parte. Já que seu garoto era um dos cartazes que tinha mais pessoas, ele esperou todo mundo sair para que podesse roubar o cartaz do menino só para ele. Já disse se tratando do Jimin, meu amigo se torna possessivo. 

     Depois do surto do Jungkook, ele deixou o cartaz em seu carro e andamos em direção a lanchonete, os corredpres podem parecer vazios agora. Mas depois do início do ano letivo, isso aqui vai ser um desastre. Os dormitórios estão praticamente lotados, a maioria dos veteranos e calouros do condomínio onde eu moro já começaram a reclamar do tráfego do campus, já que o nosso é um dos mais distantes da universidade.

     - Kihyun, venha aqui.- chamou Jungkook acenando para a lua da nossa faculdade. E hoje ele parecia mais arrumado do que o normal.

      - Você não vai praticar hoje?- perguntou ele desinteressado, mesmo ele gostando de cuidar apenas do seu garoto, querendo ou não, nós ainda somos os veteranos daquela lua.

     - Eu vim tirar as fotos para o cartaz da faculdade.- disse Kihyun um menino passou os braços envolta dele, provavelmente era ele que iria tirar as fotos.

     - Olá, sou o Lim Chamgkyun da faculdade de fotografia.- disse o garoto se curvando e mostrando um certo respeito, fizemos o mesmo.

    - Vocês terão ensaio, certo? Que horas vai terminar por lá?- perguntou Jungkook evidentemente curioso.

    - Não sei, acho que terminará tarde.- disse Kihyun vagamente, realmente esse concurso está parecendo um concurso nacional de beleza.

   - Está bem Kihyun.- disse  Jungkook agradecendo de forma grotesca, para falar a verdade ele não estava interessado no Kihyun e sim em obter informações a respeito do Jimin.

    - Podemos ir agora? Estou morto de fome.- perguntei irritado, toda essa enrolação de concursos de lua e estrela está me deixando irritado.

    - Nós vamos na frente... Você fica!- disse Jungkook rindo junto com o Jin, olhei para onde esses imbecis estavam olhando e PORRA!! O que diabos eles estão fazendo aqui? Taehyung e Hoseok estavam escorados em uma pilastras do edifício.

      - Hyung.- disseram em uníssono quando perceberam que eu havia percebido a presença deles.

     - Estamos indo...- disse Jin que bateu várias vezes em meu ombro, indicando o caminho para qual onde ele é Jungkook iriam seguir ao sair dali. Como eles poderiam me abandonar dessa maneira? E esses malditos ainda correram!

    - O que vocês estão fazendo aqui?- disse jogando a pergunta sobre eles. 

     - Nós provavelmente não vamos te ver por até a competição, então decidimos espreitar você. Bom... Não espreitar, mas esperar para ver você.- falou Hoseok tranquilamente, o que mais me assustava era como eles jogavam toda a sua devoção por mim sem nem ao menos hesitar.

      - Vocês são loucos por acaso?- disse irritado, frustrado, com sono e com fome.

      - Hyung, você está com vergonha?- perguntou Taehyung percebendo o quão vermelho eu estava.

     - Não tenho tempo para isso eu vou ir comer.- disse irritado enquanto caminhava para longe.

     - Espera.- disseram em uníssono.

     - O que foi?- perguntei rolando os olhos.

    - Eu e o Hoseok verificamos a minha foto que tem mais de 3k de curtidas mas você não curtiu a minha foto, porquê?- perguntou Taehyung cabisbaixo. Espera... Porque ele está fazendo tanto barulho por causa disso?!

     - Eu não fico perdendo o meu tempo em redes sociais.- disse irritado, o que na verdade não era mentira. Eu apenas fiz as contas pela insistência do Jin dizendo que eu posso ficar ignorando as pessoas, algo assim... Não é como se eu realmente ligasse para o que ele fala, mas quando ele coloca algo na cabeça se torna bastante insuportável.

      - Então faça login está noite e pressione o botão "curtir" na foto do Taehyung. Você sabe o quão importante isso é para ele.- disse Hoseok confortando o Taehyung que parecia desanimado pela primeira vez.

      - Tudo bem... Vou o fazer só se eu conseguir terminar os meus trabalhos.- disse tentando melhorar o humor de Taehyung, embora eu não queira admitir eu me importo com esses dois idiotas.

     - Vamos te levar até a lanchonete, eu também preciso praticar. Não se esqueça do nosso acordo.- disse Taehyung sorridente, suas últimas palavras me fizeram minha pele arrepiar.

     - Isso é um acordo unilateral.- disse irritado.

      - Se prepare para sair comigo e com a lua da faculdade deste ano.- falou Hoseok tranquilamente. Para resumir, esses dois não pensam em sua própria reputação.

         

     ⏳ Quebra de Tempo ⌛


Eu estava cansado, não sabia exatamente as horas mas sabia que já era muito tarde, estou em minha cama cheio de papéis tentando estudar já que havia terminado muito cedo os meus trabalhos.  Já sentia os meus olhos apertar então decidi me distrair com meu iPad... Dei uma olhadinha nas minhas redes sociais, até parar no Instagram da FanPage  da competição. Assisti alguns teaser rápidos de apresentação, ao deslizar a página eu vejo as fotos promocionais do Taehyung, por causa desta foto ele foi no meu curso juntamente com o Hoseok para fazer birra só para que eu curtisse isso. Ele disse que tinha cerca de 3k de curtidas, agora passa mais de 4k de curtidas. Será que ele vai mesmo perceber se eu curtir essa foto? Hesitei um pouco antes de apertar o botão de curtir...

      Em segundos o meu iPhone começou a vibrar, larguei o iPad para dar uma bisbilhotada de quem era mensagem, e era de um grupo chamado. " Unidos por um açúcar menos azedo." Isso era sério? Que infantis!

      

    Moon_Taehyung: Hyung, eu já vi sua curtida! 💕

    Jung_Hobi: Até que enfim 😰

     Moon_Taehyung: Se prepare Hyung, vamos jogar o nosso amor como um louco para você!

      

     Porra!! O que dá a eles tanta confiança assim? Tudo o que eu dei foi uma cara azeda desejando jogar o meu celular na parede se não fosse minha consciência que me alertou que meu iPhone 6 poderia se espatifar todo, e como o presente tinha sido do Jin ele me mataria se visse o estrago que eu faria.


   August_D: Minha mão escorregou, foi um acidente.

  Jung_Hobi: Sua mão poderia escorregar de novo e dizer que nos ama.

  August_D: Vai se ferrar Hoseok🖕😒

  Moon_Taehyung: Isso sim que é bem a sua cara 😂

  Jung_Hobi: Magoou 😢

  Moon_Taehyung: Hoseok abre a porta.

  Jung_Hobi: Tô com preguiça 😂

  Moon_Taehyung: HOSEOK...

  Jung_Hobi: To indo estressadinho... Tá andando muito com o açúcar azedo.

  August_D: Vou ir dormir que eu ganho mais 🙄

  Moon_Taehyung: Não se esqueça de se cobrir bem 😏

  Jung_Hobi: Vai dormir sem o nosso beijo de boa noite?

     Resolvi ignorar o que aqueles dois estão aprontando me mandando mensagem tão descaradamente, joguei os papéis que estavam em cima da minha cama no chão e puxei o edredom para poder tirar ou pelo menos tentar tirar um cochilo.

   

  




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...