História Two versions - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren G!p, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 1.078
Palavras 1.579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, LGBT, Luta, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, voltei, quero pedir a vcs que leiam o capitulo até as notas finais, eu não sei o que está acontecendo mas o app está cortando as frases, quando você pensa que acabou ainda tem mais coisas pra ler, acabei de ver isso e vim correndo avisar pra vocês. Bom...espero que gostem do capítulo, boa leitura!

Capítulo 12 - Maratona parte 3


Fanfic / Fanfiction Two versions - Capítulo 12 - Maratona parte 3

      Pov Lauren

Estou tão acostumada com a Camila aqui, e quando ela não está é tão ruim, me sinto tão sozinho, é claro que eu estou sozinha agora mas quando ela não está me sinto ainda mais sozinha, estou tão acostumada com a sua risada e suas canções românticas do Ed Sheeran. Hoje fiquei o dia inteiro em casa, não fui a praia e nem a algum restaurante, não liguei pra ninguém e não fui ver a Verônica, fiquei o dia inteiro no tédio mesmo assistindo a lutas na TV e filmes que me interessei, Camila está demorando tanto pra voltar que já estou ficando preocupada, não que eu sinta a falta dela é só que...digamos que eu já me acostumei com ela aqui

Ouvi barulho da porta sendo aberta, assim que a porta abriu e Camila entrou não fiz outra coisa a não ser correr até ela agarrar apertado e lhe dar vários beijos no rosto

- Hey lo, tava com saudade é? - parei pra te olhar

- estava morrendo de saudade, não estava aguentando mais, nunca pensei que essa casa fosse tão chata

- você tá parecendo um cachorrinho carente quando vê o dono chegando da guerra - rimos

- tá me chamando de animal

- não foi isso que eu quis dizer é você sabe disso - me deu um selinho demorado, ela ia aprofundar o beijo mas eu me separei dela antes disso acontecer, selinhos são o máximo que posso dar nela além dos abraços, me sinto tão bem quando abraço ela, é como se o meu subi consciente já sabe que ela é alguém importante pra mim, é claro que é Lauren do passado e não do presente, a Lauren do passado pode até ter amado a Camila mas a Lauren do futuro ama a keana

- tá com fome? já jantou

- não, tô morta de fome

- trouxe comida pra você, imaginei que estaria com fome

Depois de jantar a comida incrível que Camila trouxe pra mim fui tomar banho. Troquei de roupa e fui me deitar, assim que deitei Camila entrou no quarto, já tinha tomado banho e agora estava com uma blusa minha que ia até a suas coxas, nem sei se ela estava com short por baixo ou calcinha, não faço a menor ideia de que jeito ela costuma dormir, mas está linda assim

- já quer dormir ou assistir tv?

- quero dormir, acordei muito cedo hoje - Ela apagou a luz e veio até mim, só a luz do abajur iluminava o quarto,se deitou ao meu lado, iria dormir de costas pra mim mas eu a peguei e coloquei ela no meu peito ela sorriu, fiquei fazendo carinho no seu rosto e as vezes em seu cabelo e foi assim que ela acabou adormecendo, fiquei olhando pra ela durante bastante tempo até que acabei adormecendo, só sei dizer que nunca vi uma mulher tão linda assim em toda a minha vida

No dia seguinte acordei e não senti Camila no meu peito, procurei ela na cama com a mão e de olhos fechados, quando não encontrei abri meus olhos assustada e vi que ela realmente não estava na cama

- Camila! - a chamei alto - onde você tá?

- tô aqui lo, na sala - sorri e me levantei da cama, calcei os chinelos e fui até a sala, assim que eu cheguei vi Camila colocando algumas coisas na sua bolsa, ela já estava vestida pra sair, só não sabia onde ela ia

- Camila, onde você vai? - ela veio até mim me dando um selinho demorado e depois um beijo na bochecha

- Bom dia meu Amor, dormiu bem?- sorriu e nossa, esse sorriso tirou a meu fôlego

- dormi super bem, com você ao meu lado não tinha como dormir mal, agora eu quero saber onde você vai - falei firme

- Calma lo, eu só estou indo trabalhar, como todos os outros dias

- Indo trabalhar? hoje?

- sim Lauren, hoje não é um final de semana, eu estou indo trabalhar hoje

- Mas Camila... não vai - segurei sua cintura - eu não vou ficar bem se você não estiver aqui, vou sentir tanta falta, eu vou morrer aqui se você não estiver

- Lo, não exagera, você vai sobreviver a isso, você já sobreviveu a outros dias aqui sem mim e vai sobreviver hoje, já já estarei aqui com você, e vou passar o resto do dia

- eu não quero o resto do dia! eu quero o dia inteiro, em...por favor Amor - beijei sua bochecha e depois sua boca, seu queijo e fiz a minha melhor carinha de dó

- a não... não faz essa cara, assim você me quebra...Tá bom lo

- você vai ficar aqui? - sorri

- não - meu sorriso morreu - mas você vai comigo, assim podemos passar o dia juntas quem sabe - sorri - aceita

- é claro que eu aceito, não precisa nem perguntar isso, mas antes preciso tomar um banho e trocar de roupa

- ok lo, eu espero - até que esse apelido que ela me deu não é tão ruim assim

Assim que chegamos no restaurante já tinham várias pessoas ali, os cozinheiros e os chefs, Camila cumprimentou a todos com um beijo na bochecha, achei muito desnecessário até os caras na bochecha, isso é ter muita intimidade já, só dei um "Bom dia" a eles e fui com Camila até a cozinha

- Lo, vou começar a preparar a sobremesa, é um bolo, então ele vai ter que ser o primeiro a ser feito, assim enquanto o bolo assa eu irei fazer outras coisas

- deixa que eu te ajudo, deixa que eu faço o bolo e você faz outras coisas, irei te ajudar, assim você sai mais rápido daqui e volta pra casa - ela sorriu

- você tem certeza? não sei se isso vai dar certo

- É claro que vai dar certo, eu só vou seguir a receita

- Tudo bem lo, mas primeiro irei colocar um avental em você - Ela colocou um avental em mim e depois uma touca no meu cabelo, você está linda assim, vou até tirar uma foto - Ela tirou uma foto minha - agora vamos ao trabalho cozinheira jauregui?

- Sim chefe! - ela riu

- está perfeito. Bom aqui está a receita - me mostrou a receita, você vai ficar aqui atrás - fomos pra outro cômodo, aqui é onde fazemos a sobremesa, como hoje eu iria fazer toda a sobremesa do dia os cozinheiros por trás das sobremesas vão estar me ajudando com a comida, você se importa de ficar aqui sozinha?

- claro que não Camz, eu não me importa, pode ir, eu vou seguir a receita - lhe um selinho

- tudo que precisa está aqui, mais tarde eu venho te ver - ela saiu. Comecei a ler a receita, é esse bolo é muito fácil de fazer

//

- Oi Senhorita cabello - uma cozinheira apareceu na cozinha

- a Camila não está aqui - falei porque ela me chamou de cabello

- Não estou procurando a chefe, te chamei de cabello porque é o seu sobrenome, você é casada com a chefe cabello, a chefe me mandou ver como você está e se precisa de alguma coisa, não deu pra ela vir porque está muito ocupada com algo que ela fez que não deu certo. Me permite dizer que você está errada, não se coloca tudo isso de óleo no bolo de laranja, você está colocando muito mais que o necessário, tem que seguir a risca da receita

- quem está fazendo o bolo?

- você

- eu sei bem o que eu estou fazendo ok? não preciso que você fique falando que eu estou errada porque eu não estou, esse bolo vai ser uma beleza, a Camila vai me contratar e te demitiu, agora por favor se retire - ela se foi, garota petulante, como teve coragem de vir aqui e falar que eu estou errada?

Assim que a massa ficou pronta coloquei o bolo pra assar, não fui falar com a Camila porque ela está ocupada, não quis atrapalhar, e quanto antes ela terminar isso é melhor pra mim, assim ela volta logo pra casa e volta logo pra mim

- Lo - Camila apareceu - estou sentindo cheiro de queimado, e parece que vem daqui, a quanto tempo o bolo está no forno

- não sei, acho que uma hora e alguns minutos

- então é aqui que vem o cheiro de queimado - abriu o forno e tirou o bolo de lá que estava queimado

- droga Camila, eu faço tudo errado

- não foi tão ruim assim, Lo - tirou um pedaço do bolo que não estava queimado - se estiver bom ainda dá pra comer, me deu um pedaço, comemos ao mesmo tempo, cospi o bolo na hora e Camila ainda comia

- Camila, cospe logo isso - ela fez o que eu pedi

- nossa lo, isso estava tão ruim, o que você fez?

- coloquei algumas coisas que a receita não pedia - ela riu

- nossa lo, só você mesmo - abracei sua cintura, olhei nos seus olhos e depois nos lábios e nossa, nunca senti tanta vontade de beijar alguém como estou agora, me aproximei mais e nossas bocas se encontraram começamos a nos beijar e quando nossas línguas se tocaram senti um arrepio percorrer todo o meu corpo, ela beija tão bem, porque não a beijei antes


Notas Finais


O que acharam? Volto amanhã 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...