História Two versions - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren G!p, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 1.181
Palavras 1.509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, LGBT, Luta, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, essa é a parte 3 da maratona se eu não me engano, então faltam mais 3. Espero que gostem do capítulo

Capítulo 18 - A minha garota é mais importante


Fanfic / Fanfiction Two versions - Capítulo 18 - A minha garota é mais importante

     Pov Lauren

Camilla grávida...como isso foi possível? é claro que eu sei o que aconteceu, eu e ela transamos antes de voltar pra nova York e com certeza foi aí que ela engravidou, eu deveria ter me protegido! porra! eu deveria ter feito isso, por que eu não fiz? Eu não vim aqui pra ficar com ela! não eu não vim aqui pra ficar com ela, não eu não vim! se eu tivesse vindo aqui pra ficar com ela teria terminado com a keana, teria pedido o divórcio mas porra não, eu não amo a Camila, porra eu amo a keana, ela é minha esposa, ok as coisas estão estranhas mas vão melhorar, sim vai melhorar, eu sei que vão. Se eu senti saudade da Camila? sim eu senti e porra como eu senti, vim por isso, pra passar um tempo com ela, mas não era pra ela ter engraviado! eu também tenho culpa de toda essa merda, eu sou culpada porque não usei a porra da Camisinha, mas caralho, estamos juntas a 4 anos, pensei que ela se protegia, como todos os outros casais.

Camilla estava deitada no meu peito, ela estava tão empolgada ontem, parecia que ela até tinha planejado esse bebê mas não me avisou de nada. Tirei ela do meu peito e me sentei na cama, liguei pra vero perguntando se ela estaria em casa e a mesma disse que estaria, tomei banho e me troquei, deixei um beijo na testa da Camila, fui pra sala, peguei papel e caneta pra deixar um bilhete pra ela

"Hey Camz, estarei na casa da Verônica, não fique preocupada, assim que acordar liga pra mim, irei atender na mesma hora.Fica bem, bj" Deixei o cartão em cima da mesinha de centro e sai de casa

{...}

- Hey, jauregui, entra aí - entrei na casa dela

- vai vestir uma roupa, você de calcinha é a coisa mais broxante de se ver

- o problema é seu, além de estar na minha casa ainda quer mandar em mim? senta aí - me sentei no sofá

- amor - Lucy apareceu - oi Lauren - me deu um beijo na bochecha - Por que você está vestida assim Verônica? não está vendo que tem visita aqui

- e daí? - se sentou - essa é a jauregui, não tem problema nenhum

- Verônica, vai trocar de roupa

- a mais eu não vou não, está fazendo muito calor e assim eu estou confortável, vou ficar por aqui mesmo assim mesmo! - falou firme

- Uma semana sem sexo - Lucy falou firme fazendo vero tomar um susto

- o que? ta doida, você ficou maluca, na onde eu vou aguentar isso - eu estava rindo baixinho dessa situação

- Duas semanas

- Lucy você perdeu a cabeça

- Vou contar até 5, se você não levantar será 1 mês!

- Ok - ela levantou - vou colocar uma calça - assim que ela saiu cai na gargalhada

- você sabe a amiga que tem, só assim pra ela fazer alguma coisa. Tchau Lauren, tô indo trabalhar, tem cerveja na geladeira, fica a vontade aí

- pode deixar Lucy - ela foi embora, depois de alguns segundos Verônica apareceu

- cadê a Lucy?

- foi trabalhar - vero se sentou no sofá de frente pra mim - colocou a calça pau mandado

- pau mandado é você, coloquei porque eu não aguentaria ficar sem sexo, essa mulher aí sabe provocar, e nossa ela me mata, então preciso disso, essa é a minha vinte pra sobreviver. É porque você não lembra mas você ficava de 4 pela Camila, se ela te pedisse você ficaria de 4 literalmente por ela sem protestar

- eu? jamais

- Cara, tu é foda, parabéns velho - ela se levantou e me abraçou - Camila tá grávida porra, tu vai ser pai, isso é foda - voltou a se sentar de frente pra mim - você não parece muito feliz com isso, alegria cara, tu vai ser pai! esse é o seu sonho, a é...esqueci que você perdeu a memória

- isso é assustador, não era pra isso te acontecido, não faz parte do meu plano

- pra quem disse que não gostava da Camila e que ela não prestava parece que agora ela prestou não foi?

- olha foi um acidente, eu acabei transando com ela foi no calor do momento, eu acabei me deixando levar pelo tesão, acabei não usando a porra da Camisinha e foi nisso que ela ficou grávida. Pensei que ela usava anticoncepcional, você não me falou que eu estava tentando engravidar ela

- Lauren, você tava odiando a Camila, a última coisa que me passou pela cabeça foi que você iria transar com ela caralho, você não me disse, até disse que sentia nojo dela então...

- mas as coisas mudaram, ela não é vagabunda porque não sabia que eu era casada, eu a enganei, ela é um doce de mulher, não merecia nada disso, mas mesmo assim eu não estou apaixonada por ela

- então porque voltou?

- porque...a sei lá vero, minha cabeça tá perturbada, a Lucy falou que tem cerveja aqui, vai pegar, assim eu fico bem mais tranquila com a cabeça menos pesada - vero foi até a geladeira e pegou uma lata de cerveja e jogou pra mim, colocou suco em um copo pra ela beber

- a essa hora da manhã cara? - voltou a se sentar

- eu tô pouco me fodendo se é cedo ou tarde, cara eu tô com a cabeça a milhão - abri a latinha e bebi praticamente metade da cerveja

- Lauren, você não vai mandar ela abortar, vai?

- claro que não, Verônica você tá falando com uma mulher não com uma criança, nunca iria mandar uma mulher abortar um filho meu. Eu só estou muito apavorada porque o meu sonho foi ter um filho com a keana, a minha esposa e não com a minha amante

- e o que você vai fazer agora?

- não sei vero, eu preciso de um tempo sabe, pra pensar bem no que vou fazer

{...}

Assim que cheguei em casa reparei no silêncio que não era comum quando Camila está em casa.Fui até o quarto e encontrei Camila dormindo, achei aquilo tão estranho...ela ainda estava com a mesma roupa, são duas da tarde, ela não pode ter dormido tanto assim, Camila costuma acordar mais cedo que eu, ela costuma madrugar

- Camila - a acordei, ela está grávida não pode ficar tanto tempo sem comer - Amor acordar - ela abriu os olhos e sorriu pra mim

- oi lo

- oi Camz, você precisa comer alguma coisa, sei que a gravidez deixa a mulher sonolenta mas você não ficar tantas horas sem comer - ela se sentou na cama e me deu um selinho demorado

- você tem razão, vou fazer algo pra gente comer

- não faça nada, fique aí na cama, você está tão cansadinha

- quer comer comida?

- não, meu estômago tá enjoado, me contentaria com um lanche natural leve

- vou no mercado comprar as coisas pra fazer esse lanche natural leve okay? - beijei sua testa - assiste TV enquanto eu não venho - peguei o controle e dei pra ela - eu já volto meu amor, vou sentir saudade - lhe dei um selinho e quando me virei tomei um susto ao ver Verônica parada na porta e rindo

- a oi Verônica

- oi Camila, está tudo bem? parabéns pelo bebê - ela veio até Camila e lhe deu um abraço

- Amigaaaaaaaa - Lucy apareceu gritando - eu tive que vir até aqui te dar os parabéns pessoalmente - Elas gritaram juntas

- Amor, a Lauren vai ir ao mercado, vou ir com ela ok?

- ok Verônica, agora sai do meu pé

- nada de atenção as ligações daquele seu amiguinho talarico ok?- Verônica falou firme ela não estava nada legal, estava com raiva

- Verônica, sai do meu pé

- você me ouviu Lucy?

- eu ouvi Verônica ok? agora por favor Lauren leva a Verônica daqui

- vamo bora vero - saímos do quarto - brigou com a Lucy?

- eu não briguei com ela, ela tem uma amigo talarico que ligou pra ela hoje assim que ela chegou do trabalho, fui tirar satisfação é ela achou ruim - saímos do apartamento, chamei o elevador

- pera ai... sério isso vero? você tá deixando um cara dar em cima da sua namorada e você tá parada aí sem fazer nada deixando isso rolar?

- o que? - ela riu - você tá falando com uma Iglesias - entramos no elevador - hoje irei pegar as informações desse cara, irei mexer no celular da Lucy, rastrear ele, ver onde ele mora, ver onde ele trabalha etc... Só não fiz isso antes porque eu não sabia que ele estava atrás dela

- não foi por causa do trabalho? - saímos do elevador e logo em seguida do prédio, o mercado é perto daqui, por isso irei ir a pé

- que se foda o trabalho, a minha garota é muito mais importante que o meu trabalho


Notas Finais


Bom, pelo menos a Lauren não falou pra Camila que o filho não é dela, pelo menos isso né, mas e agora como ficam as coisas? Camilla grávida, a Lauren não a amando, voltou pra Miami mas continua casada com keana, será que keana vai aparecer aí de surpresa e contar tudo pra Camila ou a Camila vai descobrir tudo sozinha?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...