História Two versions - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren G!p, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 485
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, LGBT, Luta, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, cumpriram o desafio, cheguei tarde mas cheguei, é o que importa KKK espero que gostem, a Lauren parece que está mudando não é mesmo? Amei os comentários, continuem assim, em breve quem sabe faço mais desafios. Boa leitura!

Capítulo 9 - Tentar


Fanfic / Fanfiction Two versions - Capítulo 9 - Tentar

    Pov Lauren

Acordei bem mais cedo que a Camila tive que acordar de madrugada pra fazer o café da manhã, foram tantos cafés da manhã que a Camila fez pra mim, nos quais eu não comi porque sou uma idiota e queria a maior distância possível dela. Não faço a menor ideia de como se faz panquecas, não sei fazer nem ovos com bacon imagina fazer massa de panqueca, por isso comprei o café da manhã em uma cafeteria perto do apartamento, achei melhor não arriscar indo pra muito longe já que um dia acabei me perdendo. Comprei café, bolo, cupcake, e Donuts, comprei um de cada sabor já que eu não sabia o sabor que ela gostava, k bolo comprei de chocolate recheado de mousse de maracujá, e quanto aos café, comprei tradicional pra mim e com leite pra ela, tomara que eu tenha acertado, ela não parece gostar de nada muito forte ao contrário de mim, por mim compraria o bolo de chocolate amargo, mas estou fazendo esse café pra ela e não pra mim.

Depois que arrumei a mesa me sentei a espera de Camila, e como a mesa ficava de frente para a porta ela daria de cara comigo e foi dito e feito, a porta se abriu e uma Camila sonolenta saiu do quarto, ela me olhou ali é arregalou os olhos

- Lo, o que faz acordada tão cedo - se aproximou - o que é tudo isso...

- bom dia pra você também minha linda - fui até ela é agarrei a sua cintura

- você está... está se aproximando, você disse que...

- Shi...- coloquei o dedo nos seus lábios pedindo silêncio - esquece isso, esqueça o que eu te disse, isso é passado, estamos aqui agora vivendo o presente, vamos aproveitar o momento, esquecer o futuro de daqui a uma hora ou um dia - lhe dei um selinho demorado, foi tão bom sentir seus lábios nos meus, eu era mais alta que Camila, ela batia no meu ombro, então tive que me abaixar um pouco e ela ficar na pontinha dos pés - Aceita tomar café da manhã comigo?

- é claro que eu aceito - ela deu um sorriso, quase desmaiei de novo, era tão lindo e iluminava tudo ao redor, ela é linda, ela é muito lindo

- então se sente, irei servir pra você - ela se sentou, coloquei o seu copo de café e o donuts

- está uma delícia - disse ao morder um pedaço de Donut - Onde comprou?

- comprei na cafeteria da esquina - me sentei ao seu lado - comprei um bolo de maracujá, você gosta?

- eu amo, e você sabe disso, porque tá perguntando? - engoli seco o líquido que não tinha na boca

- a minha cabeça acordou doida hoje - abri o copo do café e bebi um gole

- trouxe o de sempre pra mim?

- Oh...- quase engasguei com o café - é claro que eu trouxe meu Amor, lógico que eu não podia esquecer - ela abriu a tampa e não viu a cor do café, apenas bebeu um gole e fechou os olhos

- está uma delícia como sempre - Porra! eu acertei, senti vontade de pular de alegria, mas me segurei pra não fazer isso - você é essas suas surpresas, eu sempre amei e vou continuar amando, porque amo tudo que você faz, eu amo você. Agora vou provar esse bolo

- eu corto pra você - contei uma fatia de bolo e coloquei no prato pra ela - tenho certeza que você vai gostar desse, na cafeteria deram uma fatia pra eu experimentar e nossa Amor, eu quase morri de tão bom - falei a palavra "Amor" sem a intenção, simplesmente saiu, ela sorriu e disse

- se você gostou eu vou gostar, se bem que você costuma tem um gosto bem peculiar, como por exemplo tomar café sem açúcar, você até come vieiras, eu não gosto dessa coisa, prefiro mesmo uma costela temperada com cerveja, algo bem mais Americano e forte, forte como eu - comecei a rir

- do que você tá rindo - bebi um gole do meu café sem açúcar

- disso, de você ser forte, Camila convenhamos, você não derruba nem uma barata

- tá me chamando de fraca?

- eu não disse que você é fraca, só disse que você não é forte - a pequena mulher se levantou

- levanta aí comedora de vieiras - me levantei - tá me chamando de fraca, mas te faço cair - ela me empurrou, não mexi um músculo - essa foi fraca, mas essa aqui vai me derrubar - me empurrou com mais raiva mas eu ainda não cai, comecei a rir da pequena, ela começou a me dar socos e ficou brava, ri mais ainda porque ela parecia um ursinho com raiva, agarrei ela, olhei em seus olhos e nossa,como uma pessoa pode ter olhos tão lindos, me perdi ali por tanto tempo que nem sei dizer quanto tempo foi

- Hey, calma...tá brava?

- tô sim. porque você tá me zuando

- Eu só estou brincando com você - beijei sua testa - me desculpa?

- vou pensar - lhe dei um selinho depois passei a beijar sua bochecha depois imigrei os beijos para o pescoço

- me desculpa, linda

- assim é golpe baixo - a olhei - eu te perdoo, Lo - demos um selinho demorado depois colei nossas testas, ok ela não é tão chata assim. Voltamos a nos sentar e voltamos a tomar o nosso café, aquele bolo estava sensacional, eu não parava de comer, passei uma semana tomando líquidos no hospital, tiraram com a cara do meu estômago agora ele quer devolver comendo pra caramba - Lo, você gostou do bolo?

- eu amei - falei de pouca

- eu percebi isso, você parece até que ficou dias sem comer, quase comeu o garfo - ri do que ela falou

- hoje eu acordei com muita fome, e olha que ontem eu jantei com a Verônica

- comeu vieiras?

- como sabe disso - riu

- sei porque te conheço melhor do que você mesma, só sabe ir em restaurante francês, parece até que é rica - Mas eu sou rica, menti pra ela sobre isso também, Verônica disse que eu tenho que agir como uma corretora de imóveis de classe média, só ganha quando vende a casa, ganha uma comissão

- eu rica? claro que não, estou sem trabalhar a tanto tempo

- e por falar nisso não surgiu mais nenhuma casa? - Droga! essa conversa tá perigoso, não posso sair dizendo as coisas pra ela, e se eu dizer algo que não faz parte da história que eu contei, vou acabar me enrolando e dizendo que menti, isso não pode acontecer, eu tenho que conhecer a garota que me deixou louca como a Verônica fala

- Camila, não está tarde pra você ir trabalhar?

- você tem razão, acordei atrasada e além disso enrolei muito nesse café, vou tomar banho e me trocar

- eu te levo, mas posso usar o seu carro, meu carro está em nova York, acabou quebrando e tive que deixar lá, posso usá-lo? prometo que vai ser só hoje, tenho que resolver algumas coisas

- é claro que pode lo, esse carro você quem me deu, e tudo que é meu é seu também. Vou tomar um banho, já volto - me deu um selinho e foi pro banheiro

//

- Obrigada pela carona lo, vê se não abusa no doce e com a ceroura que deixei pra você, tem comida pronta, não coma hambúrguer congelados ou outra coisa congelada, é só esquentar a comida

- tá bom Amor, tô parecendo uma criança de 4 anos

- você é pior que uma criança de 4 anos, tá muito magra, preciso se alimentar melhor - nos despedimos com um selinho, fiquei ali esperando ela entrar no restaurante. Vou dar uma chance pra ela, vou esquecer um pouco da keana e vou dar uma chance pra ela, pra nós 


Notas Finais


Como estamos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...