1. Spirit Fanfics >
  2. TXT: Eternity >
  3. Begin

História TXT: Eternity - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


PRIMEIRO capítulo finalmente, espero que gostem e continuem acompanhando Eternity!

Desculpa qualquer erro!💫

Boa Leitura!!!

Capítulo 6 - Begin


            TXT: Eternity...

 

  Olá, finalmente estamos aqui, primeiro capítulo e o início de uma longa história, de muitos momentos, dificuldades e perdas, que seram levadas para a eternidade.

ETERNIDADE, acho essa palavra complicada, porque todos nós sabemos que é quase impossível tornar algo eterno, mas também depende muito da sua interpretação e opinião sobre essa palavra. Eternidade pode ter vários significados ou contextos diferentes, se trata de PONTO DE VISTA.

Mas não só disso, também se trata de sentir.

Mas nessa história, ETERNIDADE realmente tem o significado esperado, EU ACHO!

______________________________

-Mas afinal oque é eternidade para você?

Pra mim, quando se trata de seres humanos, a eternidade se inicia em algum ponto de nossa vida, ou seja, o início de uma nova fase, fase que nos marcou tanto que só vamos deixa-la para trás depois de nossa morte, onde se inicia nossa nova "vida", só que espiritual, onde não importa mas os nossos erros, acertos, desejos, planos e muito menos nossos sentimentos, pois não vamos mas estar sentindo, é nosso momento de descansar.

Então minha conclusão é: Talvez a gente possa ter uma vida pós a morte, mas não será igual a vida que vivemos aqui na terra. A eternidade está na nossa vida, depois da nossa morte, oque vivemos já não importa, ACABOU, e a eternidade assim como a vida teve que ter seu fim...


~SÓ HAVERÁ ETERNIDADE, ENQUANTO HOUVER VIDA!~


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

[Coreia do Sul- Soul] - (12:34hrs)


YEONJUN(ON)

Sentado na grama da minha escola, durante o intervalo e junto aos meus amigos, comecei a ler um livro bem aleatório que achei na biblioteca, o nome é: Eternity.

Mas não li mais do que o primeiro capítulo, vou ler em casa quando eu estiver mais concentrado...

Yeonjun- Uhm, interessante!- Fechei o livro com uma cara pensativa.


Mina- Oquê?- Me olhou imediatamente.


Yeonjun- Esse livro, Eternity. É um conto, não sei exatamente sobre oque, mas fala sobre eternidade, vida, morte e blá blá, parece bobo mas eu gostei.


Junior- É, normalmente gente boba, gosta de coisas bobas- Me insultou trazendo um clima tenso ao grupo.


Hyunjin- Que maldade Júnior!


Mina- Você não para de implicar com Yeonjun um segundo!!- Falou apreensiva, normalmente a gente ficava assim perto dele.


Júnior- Se metam nas suas vidas, ele sabe que eu só estou brincando, e se não estivesse não é da conta de vocês- Falou rude como sempre.


Hyunjin- Deixa de ser babaca!


Júnior- Cala a boca!- Ver ele falar assim com meu irmão me irrita, e como eu sou a porra de um frouxo não vou fazer nada, mas não vou ficar aqui.


Yeonjun- Gente licença, eu vou no banheiro- Me levantei rápido.


Mina- Você tá bem?


Yeonjun- Sim- Saí rápido.

Fui para dentro da escola e fiquei andando pelos corredores, perdido, com raiva, mas é melhor ficar aqui.

...

BEOMGYU(ON)

Mais um dia intediante de escola, passar praticamente meu dia inteiro nessa droga já está me deixando louco, e olha que o ano mau começou.

Mas acho que hoje esta sendo o pior dia de todos, as aulas parecem estar mais lentas, os professores reclamam o tempo todo comigo, e os meus "colegas" de classe estão mais insuportáveis do que os normal.

Prof- Beomgyu!- Escutei a voz alterada da professora de história me chamar.


Beomgyu- Oquê?- Respondi irritado, ela me acordou do meu cochilo, estou tão cansado.


Prof- Já te chamei várias vezes, e aqui não é lugar de dormir Choi!


Beom- Dane-se, eu durmo onde eu quiser- Falei despreocupado, ironizando o seu esporro.


Prof- Então que tal dormir na diretoria?? E ser suspenso de todas as aulas do dia, de novo?!- Falou seria e firme.


Beom- Já disse que DANE-SE!


Prof- Ok, então está suspenso e vai ficar de castigo naquele lugarzinho que você já conhece como ninguém- Assinou um papel de suspensão.

Beom- Eu não vou sair!


Prof- Ah não, vamos ver- Trouxe o papel e me mandou assinar.

Eu peguei o papel, e em um momento de raiva escrevi algo que não devia.

Beom- Pronto professora já assinei- Lhe dei o papel, e sua reação ao ver oq eu tinha escrito no lugar do meu nome foi Ilário.


Prof- Oque? Como ousa desrespeito sua professora desse jeito?!- O tom de sua voz estava ainda mais alterado. Olhei ao redor e ao meu lado vi novato Tahyun, me olhando assustado.


Beom- Tá olhando oq imbecil!- Perguntei a ele que não teve reação.


Prof- Choi Beomgyu! Deixe seu colega em paz e se retire da sala agora!


Beomgyu- Cala boca Vadia, eu faço oq eu quiser- Escutei todos na sala murmurando por minhas palavras, e me levantei.

Prof- Venha comigo agora Choi!

...

Depois de toda discussão que teve na classe a professora me levou para a diretoria, e o diretor me suspendeu de todas as aulas e me deixou de castigo na SALA DOS CASTIGOS onde a gente fica quando é suspenso, o tal lugar que eu conheço como ninguém, já que venho para cá praticamente toda semana. E agora vou ficar aqui até às cinco da tarde, quando dá o horário de ir embora.

Admito que me arrependi, não sei oq deu em mim, mas não importa meu arrependimento, dessa vez eu fui longe demais e eles vão chamar meus pais para virem me buscar, sei que não é só isso, certeza que vão querer conversar com meus pais sobre o meu comportamento e blá blá blá, mas pelo menos eu não fui expulso, eu acho.

...

HUENINGKAI(ON)

Depois de muitas aulas longas e lições insuportáveis, finalmente o intervalo chegou, não fiz nada além de comer, mas pelo menos pudi descansar um pouco.

Agora estou no banheiro com meu amigo, ele não estava muito bem e me pediu para vir junto com ele. 

Kai- Você tá melhor né?!- Falei um me aproximando.


Félix- Tô sim, obrigado por ter ficado aqui comigo!- Deu um leve sorriso de canto.


Kai- De nada, mas se vc sentir mais alguma coisa a gente vai na direção e pede pra ligar prós seu pais.


Félix- Ok, mas vou ser forte, não posso perder aula.


Kai- Realmente, as aulas nem começaram direito e já tem tanta coisa pra fazer.


Félix- Poisé, eu tô esgotado, fiquei a madrugada inteira fazendo as atividades.


Kai- Eu também, não aguento mais!- Ri no final da minha frase.


Félix- O pior é a pressão dos meus pais, eles exigem tanto de mim, não tenho descanso nem em casa- Falou com uma expressão cansada.


Kai- Concordo!.... Ah quase que eu esqueci- Me lembrei de uma coisa.


Félix- Oquê?


Kai- Depois eu te falo, tenho que ir, tchal, a gnt se vê na aula de geografia.


 Félix- Tchal!- Não entendeu nada.

Saí do banheiro e fui correndo para a diretoria, hoje mais cedo pedi para falar com coordenadora, queria conversar com ela sobre as votações para Líder, na hora ela não tinha tempo, mas me mandou ir falar com ela no durante o intervalo, então só tenho agora para pode falar com ela.

Cheguei na sala dela e não tinha ninguém, olhei os redor e vi seu computador ligado, fiquei frustrado, pois ela disse que estaria aqui. Me sentei em uma cadeira e fiquei esperando, e depois de um tempo prestei atenção no que estava na minha frente, o computador dela, aquele computador ficava informações sobre todos os alunos, as notas, sobre o comportamento e etc... E eu queria muito saber qual foi a minha nota do teste de química que teve na semana passada.

Eles falaram que não iriam revelar as notas, e isso me deixou extremamente curioso, e agora tenho aqui a oportunidade de ver minha nota.

Mas não posso mexer no computador da coordenação.

E agora mexo ou não?

Vou tentar, vai ser rápido, acho que ela só vai volta pra cá depois que o intervalo acabar.

Kai- Deixa eu ver Aqui- Começei a fuçar tudo oq tinha ali, todas as pastas, que eram várias e enfim achei a minha.

_______________________________

             |Pasta N° 98|

      -  KAI KAMAL HUENING-

(NOTAS) 

(HISTÓRICO ESCOLAR)

(INFORMAÇÕES SOBRE O ALUNO)

_______________________________

Cliquei em notas e consegui ver minha nota no teste de química.

Kai- (8,7) YESSss!!! Eu fui muito bem!- Comemorei minha boa nota.


X- Foi muito bem no que?? Em mexer no computador da coordenação Huening?!- A voz da coordenadora, meu coração gelou.


Kai- Desculpa! Eu não vim aqui fazer isso- Fechei a pasta rápido.


Coordenadora- Saía daí agora- Falou brava.


Kai- Ok, Desculpa!


Coordenadora- Oq estava fazendo?


Kai- Tentei olhar minha nota no teste de química- Fui sincero, já não tinha escolha msm.


Coordenadora- Que feio! É assim que quer ser presidente do nosso Grêmio estudantil?


Kai- Me desculpa, juro que não fiz mais nada, é que eu...


Coordenadora- Não me importa, está suspenso, depois do intervalo vá direto para a sala dos suspensos, e assine aqui- Me entregou o papel de suspensão.


Kai- Mas...- Me interrompeu.


Coordenadora- Sem "MAS" só por favor me obedeça, e se retire da minha sala.


Kai- Ok- Assinei o papel e saí da sala dela.

...

SOOBIN(ON)

Depois do intervalo eu fui direto para a aula de ciências, não estava bem para ir a escola hoje, mas meus pais me mandaram mesmo assim, eles exigem muito de mim, e mesmo quando eu estou doente eles me mandam para escola, então não tenho como escapar.

Isso me deixa esgotado, são tantas atividades que já não aguento mais. Hoje está sendo o dia mais cansativo do meu ano letivo até agora, sinto que vou desmaiar, estou tonto desde que acordei e não consigo me concentrar nas aulas.

X- Soobin! Quer fazer dupla comigo?- A Lee Woojae me chamou para fazer o trabalho de ciências que a professora acabou de passar junto com ele, é sério isso?!


Soobin- Eu?- Questionei surpreso.


Woo- Sim, vem pra cá- Apontou para o banco ao lado dela.


Soobin- Ok- Peguei minha mochila e fui até ela. Meu coração estava batendo muito forte, eu gosto dela desde do ano passado, não acredito que ele me exergou.


Jackson- Acho que hoje não- Entrou no meu caminho quando quando eu ia sentar ao lado da Woo.


Woo- Saí daqui Jackson, agora!


Jackson- Você é minha namorada, não vou deixar vc ficar se engraçando com qualquer um- Me olhou com desprezo e eu devolvi o olhar.


Woo- Eu não sou mas sua namorada, aceita isso e PARA de me perseguir antes que eu fale com a professora ou até com a polícia!- Falou firme e eu permaneci calado.


Jackson- Ah então vc não me que por perto? Tá com essa babaca agora? Mas é uma vadiazinha mesmo- Olhos dela encheram de lágrimas quando ele falou isso, meu sangue ferveu como nunca, queria socar a cara dele, mas me controlei.


Woo- Saia daqui agora!- Ordenou com os olhos fechados, umas lágrimas caíram dos seus olhos e o Jackson foi embora esbarrando seu ombro no meu.


Soobin- Ei Lee, me desculpa não queria te causar problemas!- Sentei aí lado dela.


Woo- Você precisa se desculpar, o culpado de tudo isso sou eu que insistir em namorar com esse imbecil- Enxugou as lágrimas.


Prof- Tá tudo bem aí?- Perguntou a nós e a Lee confirmou.


Woo- Então Choi Soobin, me fala um pouco sobre você, parece um amorzinho!- Ri envergonhado com seu elogio, e ela riu junto.


Soobin- É... Acho que não tem nada de muito interessante pra falar, só coisas normais, tipo: Meu nome é Soobin, tenho 16 anos...


Woo- Tem namorada?- Me interrompeu sorrindo.


Soobin- Não- Mais uma vez ri para disfarçar minha vergonha.


Woo- Relaxa, é só curiosidade mesmo, vamos começar o trabalho?- Sorriu fechado para mim.


Soobin- Sim, vamos!

Meu deus, sinto como se eu estivesse em um filme, ela tão legal, como o Jackson pôde ter sido tão babaca com ela?!

Começamos a fazer nosso trabalho, e conversamos bastante sobre o assunto, mas o tempo todo o Jackson nos olhava de cara feia, e sinceramente eu tenho medo dele, espero que ele não começe a implicar comigo a partir de hoje.

(19 minutos depois...)

Estavamos quase terminando o trabalho, só faltava escrever mais algumas coisa.

Soobin- Vou jogar isso fora- Peguei alguns restos de papel que estavam nossa mesa e fui jogar fora.

Perto da lixeira estava a porta, e pelo vidro dela eu pude ver o garoto da biblioteca lendo um livro que eu gostava muito, gostava tanto que poderia reconhece-ló de longe. Mas fui pego de surpresa quando...

Soobin- Ei presta atenção!- Senti a água escorrer por toda a minha roupa, e falei com a voz alterada.


Jackson- Foi mau aí, mas bem que você mereceu- Riu da minha cara e meu sangue voltou a ferver.


Soobin- Imbecil, juro que você vai de arrepender!- Gritei chamando a atenção de todos.


Prof- Ei meninos! Oq está acontecendo?- A professora veio rapidamente até nós.


Jackson- Esse garoto que está gritando comigo, eu tropecei e derrubei a água sem querer nele e Elle começou a gritar comigo- Fez a cara mais dramática do mundo, olhei para a Woo e ela parecia confusa.


Soobin- Mentira, vc derrubou de propósito, só porque tá com ciúmes da sua EX-NAMORADA comigo, você sabe que ela não te quer mais então deixa ela em paz- Gritei como um louco, não tenho paciência para nada hoje.


Jackson- Pode ficar com essa puta toda para você, tudo que eu queria dela, eu já consegui oq eu queria, comer ela é fácil, tenta você também- Sussurrou no meu ouvido e ao terminar a falar riu debochando da minha cara.

Não consegui me controlar, e agarrei a roupa dele, e o arremessei na porta com toda força, ele bateu a testa no vidro e o sangue logo escorreu, ele me olhou com raiva e veio para cima de mim, dei uma joelhada no meio das pernas dele, e o empurrei de volta.

Prof- Choi Soobin!- A professora gritou um pouco afastada, mas não me importo.

Ele se levantou com dificuldade e tentou me dar um soco, mas eu desviei e soquei sua cara antes, juro que nunca faço essas coisas, não sei nem de onde tirei coragem para fazer isso, mas admito que está sendo incrível.

Soobin- Vem! Me bate seu covarde!- Gritei e ele mais a vez veio para cima me dar um soco, desviei mas se soubesse não teria feito isso.

Woo- Aii- Vi a Lee cair no chão com nariz sangrando, o soco que ele ia me dar garrou nela.


Jackson- Desculpa Woo!- Quando ele menos esperava meti outro soco na sua cara, outro e outro, outro e mais vários, bati nele sem parar e de surpresa recebi um murro bem forte em meu rosto.

Fiquei tão tonto que perdi todos os sentidos, só senti meu corpo cair para fora da aluna e se esparramar pelo corredor da escola.

Olhei para frente e vi o novato Taehyun, e o Yeonjun me olhando assustados, mas não tinha só eles e sim várias pessoas.

Senti meu corpo ser puxado e pego gola da minha camisa e ser arremessado nos armários ao lado, vi o Jackson me olhar com raiva começar a me bater com força e raiva, desviei o máximo que pude, mas não sei se saio vivo dessa.

...

TAEHYUN(ON)

Quando as pessoas me perguntam se eu gosto da minha nova escola eu falo que SIM, mas na realidade, essa escola é estranha.

Eu estava no corredor da escola e vi um tal de Yeonjun lendo um livro sentado no chão, ele me olhou estranho, parecia desconfiado, acho que estava escondendo alguma coisa.

E logo depois de disso, do nada um garoto caiu de dentro de uma das salas de aulas e o Jackson, garoto mais chato que eu já conheci começo a bater nele, os dois estavam cheios de feridas e sangue, e não paravam de brigar.

Cheguei perto do menino do livro e perguntei a ele.

Taehyun- Quem é o menino brigando com Jackson?


Yeonjun- Choi Soobin, vc sabe porque eles estam brigando?- Perguntou se levantando do chão.


Taehyun- Vi eles discutindo dentro da sala, mas não sei porquê?

Do nada o Soobin jogou Jackson encima de nós, e continuaram a briga perto de nós. Já estava ficando feio então eu e o Yeonjun resolvermos tentar separar a briga.

O que fez nós estarmos aqui agora...

{Sala dos suspensos}


Taehyun- Não acredito!


Yeonjun- Nem eu!- Sentou em uma das cadeiras.


Taehyun- Só tentamos ajudar e eles fazem isso, que droga!- Sentei também.


Soobin- Desculpa, não queria causar problemas, e o Jackson é terrível e eu odeio ele, não consegui segurar- Falou passando gelo no olho.


Yeonjun- Tá tudo bem, acho que se eu tivesse oportunidade também socaria a cara daquele infeliz.


Beomgyu- Boa tarde para vocês também caros colegas! Não estão nos vendo aqui?- Falou ironicamente.


Taehyun- Me deixa em paz garoto!- Falei sem paciência.


Beomgyu- Ai, calma Taehyun-ssi!- Foi irônico de novo.


Kai- Bom dia!- Falou sorrindo e o comprimentamos de volta.


Beomgyu- Então ele vocês respondem?


Soobin- Você é chato!


Yeonjun- Concordo- Sorriu em deboche e o Beom lhe mostrou o dedo do meio.


Beomgyu- Então vcs também foram suspensos?


Taehyun- Já não está vendo- Falei sem paciência.


Soobin- Calma, não quero mais brigas.


Kai- É, parece que vamos ficar aqui um bom tempo.


Yeonjun- Só vão liberar a gente às cinco.


Beomgyu- E que horas são?


Soobin- 13:56 da tarde- Olhou seu relógio de pulso.

Todos murmuraram ao saber que quanto tempo ainda nos resta aqui, mas fazer oq né?! 













ATÉ O PRÓXIMO...


Notas Finais


Fiz com muito carinho espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...