História Tytöt - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigas, Now United, Pll
Visualizações 5
Palavras 2.972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Rapidinha com ele


Fanfic / Fanfiction Tytöt - Capítulo 2 - Rapidinha com ele

A manhã estava fria e os primeiros raios de sol já pairavam pelo ar, Genevieve adorava acordar mais cedo só para poder apreciar o começo de mais um dia, seu quarto era todo branco sem muitos móveis ou decorações, sua cama estava bagunçada e com certeza ela não arrumaria. Caminhou até o banheiro com os pés descalços, tirou sua lingerie e estou na banheira quente com o celular na mão.
Era quarta feira e só oque se falava no Twitter era sobre o teste para líderes de torcida, Gen como capitã do time se empenhava muito para não deixar amadoras entrar oque era quase sempre possível a não ser quando elas engravidavam ou sofriam de overdose atrapalhando assim os ensaios. Ela saiu do Twitter no instante que viu uma notificação de Aurora que acabara de postar uma nova foto em seu Instagram . Ainda era seis horas e ela já estava arrumada, maquiada e com o cabelo impecável como sempre estava, Gen clicou duas vezes na foto da amiga e já mandou mensagem 

"Posso passar aí?"
"Sempre"
respondeu aurora quase imediatamente, como se já esperasse pela mensagem da amiga
Gen demorou para começar a se vestir, logo após o banho ela ficou se encarando no espelho e pensando em frases motivacionais que na verdade a deixaram mais pessimista. Ela prendeu o cabelo em um coque largo já que iria para casa de aurora que com certeza faria um penteado apropriado, guardou sua roupa de capitã na mochila e desceu para a cozinha, seu pai estava bebendo café, sentado na mesa, eles se encararam por um instante e ela seguiu seu caminho.


  A casa de aurora era mesmo que com o terreno muito grande bem ao lado da de Gen, elas eram amigas desde recém-nascidas e quando tinham cinco anos os pais de aurora plantaram uma linda árvore no quintal que depois que crescerá virou uma incrível casa na árvore ou um incrivel forte como as meninas costumavam chamar, a árvore hoje só é a residência de poeira e brinquedos velhos, já que as meninas não tinham mais interesse por ela
 
Quando Gen chegou a casa dos Dude aurora estava sentada na mesa gravando story, seu irmão Eric estava sentando bem distante dela com os logos cabelos cobrindo o rosto. O pai dela tinham acabado de entrar na cozinha, vestido terno e com bastante presa
-bom dia criança, bom dia Gen- disse o sr. Dude, sorrindo para as crianças e saindo da cozinha abotoando as mangas. Foi quando o pai citou Gen que aurora percebeu a presença da amiga
-bom dia- respondeu os três em coro
-Olha gentee, quem chegou aqui, minha best e também a capitã das líderes de torcida- disse aurora se levantando e gravado Gen para seu Instagram -falando nisso, meninas hoje é o dia do teste então se alonguem, bebam água e não esqueçam da hora- ela terminou de falar e guardou o celular.Arrastou Gen para o quarto e penteou seu cabelo, fez duas traças broxeadora nela e uma maquiagem básica. Aurora era aspirante a estilista e seu quarto deixa isso bem claro, ele era todo enfeitado, tinha manequins e uma máquina de costura, ela também tinha um canal no YouTube e era modelo de passarela, postava coisas do seu dia a dia no Instagram e suas opiniões políticas no Twitter. Gen não participava de nada disso, também tinha um instagram mas não era tão famosa quanto aurora, ela não sentia inveja da amiga, muito pelo contrário ela ia em casa desfile, cada ensaio de fotos e a ajudava a gravar seus vídeos.


Quando elas terminaram desceram para ir para a escola
-vamos no meu carro hoje- disse Gen, andando pela sala, em um microsegundo ela passou os olhos pela estante e viu uma foto dela e da amiga pequenas. Era o aniversário de Aurora ela não se lembrava exatamete de quantos anos, mas se lembrava de se divertir muito e também de ter que ir ao dentista pela primeria vez, por causa da quantidade enorme de doces que comeu 

As meninas entraram no carro conversível vermelho de Gen e ao som de "Bubblegum Bitch" elas foram para a escola cantando.Não era supresa para as meninas de roubarem toda a atenção quando andavam pelos corredores,diferente de Aurora, Gen era popular por ser temida e não era atoa que o ditado melhor ser temida do que ser amada" era sua religião. 


  O primeiro tempo de aula era treino das líderes de torcida. Quando as meninas chegaram na quadra ela já estava cheia de calouras, o time oficial já estava uniformizado com um cropped azul escuro estampado com um enorme SC em amarelo na frente e uma saia cos-alto da mesma cor. E não demorou muito para Aurora e Gen se arrumarem também
-Meninas da equipe- Gen disse em voz alta - sentadas!- ela apontou para a arquibancada e todas as meninas uniformizadas se sentaram. Gen andou até aonde as novatas estavam e disse com firmeza
-As audições serão divididas em três partes, a primeira vai ser uma dança solo mostrando oque você pode oferecer a equipe, a segunda vai ser uma coreografia que vocês irão criam em grupo e a terceira vai ser com todo mundo para ver se vocês conseguem se adaptar ao nosso ritmo. Podem começar- ela sorriu e se sentou ao lado de Aurora na arquibancada com uma prancheta em sua mão
A primeira menina a dançar foi, Lena Adam uma menina loira com cabelo liso e curto que dançou balé tediosamente . Gen marcou um "sim" ao lado de seu nome na prancheta
A segunda foi, Tiffany Vans que dançou uma coreografia no estilo de Breakdance.
Gen marcou "não" na prancheta
A terceira Hillary Foster, dançou algo parecido com contemporâneo que recebeu um "sim"
A quarta kendall Portman só fez uma porção de saltos e piruetas no ar e recebeu um "sim"
A Quinta Hina koyama dançou uma coreografia pronta das "Pussycat dolls" e recebeu um "não"
As próximas cinco fizeram o mesmo, imitaram coreografias das "Spice Girls", "Little Mix" e até do "Fifth Harmony". Gen deu "não" a todas, se elas não eram competentes o bastante para criar uma simples coreografia não eram boas o suficiente para a equipe
A décima primera, Sina Deinert dançou um estilo livre mas bem sensual, Gen deu "sim" para ela
A última Bianca Cardoso, fez o mesmo que as outras meninas, imitando uma coreografia de "Riverdale"
-É só isso que você tem a oferecer?- Gen já irritada disse quando ela terminou, a menina abriu a boca para falar mais Gen a interrompeu -Todas as meninas que dançaram coreografias prontas saiam imediatamente, vocês não são boas- tudo ficou em silêncio e só oque pairava no ar era a dúvida "ela pode fazer isso?" Gen percebeu, e no segundo depois gritou autoritária -AGORA!- rapidamente as meninas se levantam mas um -espera- vindo da última menina fez todas pararem
-eu tenho algo melhor- ela disse
-não dou segundas chances- respondeu Gen
-Por favor- pediu a morena
-Não- ela disse e fez um sinal com a mão para que se retirasse
De repente um som instigante começou a sair do som, Gen olhou para trás e a menina começou a dançar, ela dançava alegremente com saltinhos, mexendo a bunda e sorrindo, a única coisa que Gen conseguia pensar era "ela está morta". Aurora percebeu seu olhar e desligou o som
-o que foi isso?- perguntou Gen
-Isso é música brasileira, se chama "Medley da Gaiola" é um funk-
-foda-se, você foi rejeitada como as outras- ela disse indignada
Aurora a segurou pelas costas e sussurou em seu ouvindo - tem certeza? Ela é realmente boa-
-eu sei, mas não posso deixar, minha palavra é lei, e já temos gente demais- sussurou em reposta
Pegou a prancheta e disse em voz alta quase gritando -Todas as meninas menos, Lena Adam, Hillary Foster, kedall Portman e Sina Deinert podem ir embora-
Em menos de cinco minutos todas as meninas rejeitadas tinham ido embora reclamando
-Bom, agora vocês quarto terão que criar uma coreografia com a música "Toxic" da Britney Spears para amanhã-
As quatro meninas concordaram com a cabeça e o sinal tocou, no mesmo instante os meninos do time de futebol Americano entraram na quadra gritando, Gen logo viu Josh Brollyn seu namorado correndo pela quadra. As meninas se despediram e saíram
-você vem?- disse aurora cutucando Gen
-hamm eu te vejo lá, guarda meu lugar- disse ela sem tirar os olhos do loiro alto que corria pela quadra , Aurora foi para o refeitório
 
Os meninos do time só iriam colocar suas coisas no vestiário já que sinal tocou era para o intervalo e eles só teriam aula depois. Josh veio correndo até ela, a segurou pela cintura e a levantou em um giro a fazendo voar, quando ela encostou os pés no chão ele a beijou, e um coro "uuuuuu" ecoou pela quadra.
 
Assim que todos os meninos saíram Josh a levou para o vestiário masculino aonde em meio a amassos a colocou sentada em cima da pia, uma onda de calor passou pelo corpo de Gen e foi transmitida através de seus lábios para Josh que a recebeu com um sorriso de canto de boca, Gen retribui o sorriso abrindo o zíper de sua calça e Gemeu segundos depois quando o sentiu dentro dela, ela cruzou as perna em volta dele o prendendo a si, ele passou a mão pelas suas costas impedindo que ela caísse e fazendo sua saia azul se levantar e com força a braçou forte, ela gemeu, depois de muitos movimentos repetitivos de vai e vem, no auge eles se desequilibraram e ela escorregou caindo dentro da pia. Ele não conseguiu segura o riso, ele a levantou dando gargalhadas, deu um beijo na ponta de seu nariz e vestiu a calça jeans que já estava na altura de seus pés, ela ajeitou a calcinha embutida na saia e se virou para o espelho,arrumou o cabelo que estava levemente arrepiado e passou um gloss que tirou do meio do sutiã.
 
Eles andaram pelo corredor em direção ao refeitório de mãos dadas, lá porém se separam com um selinho, para Josh se sentar com os atletas e Gen para se sentar com as meninas.
As meninas novas estavam junto na mesa e todas conversavam ao mesmo tempo, Aurora terminou de mostrar os novos membros da equipe no Instagram quando Gen chegou vermelha
-oque estava fazendo?- perguntou Aurora com um olhar desconfiado
-oque você acha- ela disse sorrindo e sentiu seu rosto corar
-Genevieve Marge é a melhor capitã que existe- disse Rebecca Wilson na ponta da mesa e todas concordaram
-Não existe nada que ela não saiba fazer- completou Milla Jovovi e o coro de concordância falou de novo
-Nada?- sussurou Sina que estava ao lado de Gen
-Está me desafiando?- Gen respondeu a encarando, contrariando os pensamentos de Gen, Sina a olhava com uma certa malícia nos olhos, Gen piscou discretamente para ela e sorriu envergonhada virando o rosto para Aurora que estava prestando atenção apenas para seu celular, Gen deu um leve chute no pé de Aurora que no mesmo instante levantou o celular para a amiga e colocou a mão na frente se seu rosto, Gen se inclinou na mesa para colocar seu queixo na mão de Aurora e deu um sorrisinho.
Aurora ainda estava filmando quando ao voltar para a sua posição inicial Gen esbarrou em uma garota e um copo de suco de maçã se virou em cima de Gen.Ela gritou, e todo o barulho do refeitório cessou ao se virar viu duas meninas que fizeram o teste mais cedo e reconheceu a brasileira. No momento quem que Gen se levantou todas as meninas do time se levantaram também e cercaram as duas garotas, Sina viu aurora pular a mesa para segurar Gen e seguiu seu exemplo a segurando pelo ombro esquerdo
-se você fizer alguma coisa agora o time já era- disse Aurora, Gen concordou com a cabeça cheia de ódio, era a primeira semana de aula e ela sabia que o diretor não iria perdoar a capitã do time se fizesse alguma coisa uma caloura não depois do que aconteceu ano passado -vamos ao banheiro- ela disse para Aurora e sina e quando saiu estalou os dedos para as outras, isso era um sinal, um sinal de "Não posso fazer então façam por mim". Genevieve era uma pessoa justa e todos sabiam disso, por isso suas cheerleaders fecharam as garotas em um círculo e jogaram toda a quantidade de suco de maçã que conseguiam pegar, depois saíram jogando o cabelo e liberando as garotas para serem filmadas pelo resto dos alunos que estavam no refeitório


No banheiro da piscina Gen terminava o banho, Aurora retocava a maquiagem e Sina passava um gloss.
Quando Gen terminou de se vestir guardou o uniforme na bolsa puxou um baseado, se sentou na janela e acendeu com seu isqueiro cor de rosa
-Não sabia que fumava- disse Sina
Gen deu de ombros, estava com o cabelo molhando em um coque no alto da cabeça que escorria água para seu pescoço
-sinceramente Gen, eu pensei que tinha parado com isso- disse Aurora desapontada
-você sabe que eu fico nervosa, isso é a única coisa que me acalma-
Aurora nunca ouvira uma desculpa tão esfarrapada
-que seja, não quero estar aqui quando perceberem que tem alguém fumando no banheiro- ela apontou para a janela -vou deixar meu secador aqui- ela disse e tirou um secador de cabelo vermelho da mochila e colocou na pia - te vejo na aula- e saiu
Gen sabia que a amiga odiava drogas, mas ela também entendia que Gen se sentia muito sozinha e furiosa e que aquilo realmente a ajudava.
-o que foi?- Disse para Sina que a observava
-nada- disse rapidamente -só estou observando-
e Gen soltou fumaça nela como resposta, elas ficaram assim até Gen terminar e depois aceitou o pedido de Sina de secar seu cabelo. O sinal tocou quando sina terminou, Gen fez um rabo de cavalo alto que realçou seus olhos turquesa e com sina foi até a aula de Química
 
O resto do dia escolar foi parcialmente calmo, Gen não sabia se era porquê estavam na primeira semana de aula ou porque estava chapada. Seu Twitter e Instagram estavam borbulhando já que aurora tinha gravado o exato momento em que Gen tomou um banho de suco de maçã e mais os vídeos dos outros alunos.
 
Voltou para casa dando carona a Aurora, Cristina e Angela. As três conversavam o caminho todo e isso fez a cabeça de Gen doer muito e além disso aurora ainda se recusava a conversar com ela enquanto estava chapada. Quando deixou Aurora em casa prometeu mandar mensagem quando estivesse sóbria de novo e ela concordou. Em casa seu pai ainda não tinha chegado, ele e os pais de Aurora trabalhavam para o governo, elas não sabiam exatamente oque eles faziam mas eram ricas o suficiente para nunca se preocupar com isso. Ela falou com os empregados e foi para o quarto, abriu a gaveta de meias e apertou mais um baseado na sacada de seu quarto, ela sabia que Aurora conseguiria vê-la se aparecesse na varanda mas ela não viu, oque foi um alívio porquê Gen não queria ter que mentir de novo, enquanto dava "amei" em twitters de ódio sobre ela uma mensagem de Sina acabara de chegar,


"Eai, ainda tá chapada??" 


"É estou" 


"Legal" "Quer ver uma coisa ?"


"Hm?"


"É só uma dança,  um projeto que estou criando, para alguma coreografia talvez se você gostar" 


"Ok, manda"


O vídeo que sina mandou era dela 

mesma dançando, Gen observou cada movimento impecável que ela fazia, como se nascesse para isso Gen só teve uma certeza, escolhera a pessoa certa para a equipe. Qu


Iria elogia-la mais mas ouviu uma batida na porta e em seguida um -Abra agora Genevieve-, ela seu pai.
Ela rapidamente apagou o baseado que fumava na pia do banheiro e o guardou e correu para abrir a porta onde seu pai agora batia com mais força
-oi- ela disse
-que cheiro estranho é esse?- ele disse com sua voz grave e punhos cerrados
-que cheiro? Não estou sentindo nada- ela respondeu coçando a cabeça
No mesmo instante seu pai a segurou pelos ombros com força e a puxou para si, ele cheirou seu pescoço e cabelo
- eu sabia- ele disse a jogando para trás, ela conseguiu se manter em pé
- sua maconheira desgraçada- ele disse enojado
-a vergonha da família!, sua mãe se contorce de desgosto no túmulo por sua causa- ele ficou vermelho de fúria -ela... ela...- ele levantou os punhos para Gen que fechou os olhos com força se preparando para o tapa mas ele percebeu e se afastou
-se for se drogar pelo menos faça isso longe de casa, não quero que os empregados vejam e eu tenho uma reputação a zelar- ele disse e saiu batendo a porta.
 
Gen desmoronou na cama chorando de ira e medo, medo tanto de seu pai como se si própria, ela era a cópia completa dele, os cabelos, olhos, as sardas nos mesmos lugares e o temperamento, exatamete tudo.Ela tinha medo de ser igual a ele, de crescer e ser uma adulta que não consegue controlar sua ira. As vezes ela pensava se ele sempre foi assim, se quando casou -se com sua mãe ele tinham esse temperamento ou só ficou assim quando a esposa deu a luz a um filho que ele não queria e que custou a vida dela e nem que ao menos a criança se pareceu com ela.
Com esse tipo de pensamento que Gen dormiu, trêmula com lágrimas no rosto e com o celular cheio de mensagens de Aurora que provavelmente ouvira os Gritos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...