1. Spirit Fanfics >
  2. Uchiha e Uzumaki - Destinos Traçados. (Itadei x Sasunaru) >
  3. Amigos?

História Uchiha e Uzumaki - Destinos Traçados. (Itadei x Sasunaru) - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Amigos?


Fanfic / Fanfiction Uchiha e Uzumaki - Destinos Traçados. (Itadei x Sasunaru) - Capítulo 5 - Amigos?

  Pain, o líder do grupo Akatsuki, finalmente voltou à Konoha para recrutar oficialmente os seus dois novos membros, Deidara e Itachi.
              Ele teve uma longa conversa com o Hokage e Fugaku, pai de Itachi, para lhes explicar os seus planos e conseguir a confiança dos mesmos. 
            Minato gostou muito das idéias do líder, e disse que apoiará fielmente o grupo. Deidara por sua vez, também participou da reunião assim como Itachi. Mas ao contrário de seu pai, o loiro não se simpatizou muito com o líder.
          Por algum motivo, ele sentiu que o homem não é confiável, e Deidara sempre costuma acertar o seu julgamento sobre as pessoas. Mas desta vez, ele resolveu ignorar, afinal apenas entrou nesse grupo para agradar Minato, então não tem motivos para ir com a cara do líder.
         Já Itachi, permaneceu em perfeito silêncio apenas ouvindo tudo que Pain tinha a dizer. Mas quando ele mencionou sobre onde passaria a primeira missão dos dois... O Uchiha mudou completamente a sua expressão serena.


         -A primeira missão de vocês, se passará na vila de Iwagakure. Caso não saibam, a um tempo atrás, Konoha e Iwagakure tiveram uma grande desavença. Mas foi Iwagakure quem mais se prejudicou nesse conflito, inclusive a aldeia está muito destruída até hoje. Portanto, gostaria que os dois fossem até lá para os ajudar a reconstruir a vila e ajudar os ninjas de lá, pois estão completamente vulneráveis a ataques agora. Isso provavelmente irá ajudar muito Iwagakure, e também voltaríamos a ter paz entre as duas aldeias! -Explicou Pain.


          -É realmente um bom plano! -O Hokage disse admirado.


         -Não poderia ser em uma aldeia mais próxima? -Assim que Itachi perguntou, todos o olharam surpresos. Afinal, ele é do tipo que sempre aceita todas as missões sem nunca questionar.


       -Itachi?! -Fugaku ficou indignado perante a pergunta do filho, pois fez parecer que ele não está tão dedicado a missão como deveria.


      -Desculpe... mas como eu disse, Konoha tem uma divida com Iwagakure. Portando, a missão terá que se passar somente lá.

 
       -Certo... -Itachi assentiu, mas é visível que ele está desconfortável com isso, o que fez com que seu pai se irritasse ainda mais.


      -Quando eles irão dar início na missão? -Perguntou Minato para Pain.


      -Já na próxima semana, assim como as outras duplas do grupo. Cada um terá uma missão específica, de acordo com sua aldeia! -O líder esclareceu. 

        Após a reunião, Fugaku e Minato quiseram conversar com Pain em particular, para poderem discutir melhor os detalhes sobre a missão dos filhos. Então, Deidara e Itachi foram para outra sala aguardar os pais.
        Enquanto esperavam, Deidara começou a notar que a respiração do Uchiha ficava cada vez mais pesada. Isso começou a irrita-lo, pois o som acabou tomando conta da sala.
      Foi então que o Uzumaki se virou para ver qual o problema do colega, e se deparou com Itachi extremamente pálido, enquanto parece estar soando e respirando de uma forma bem desconcertada. 
       Não demorou muito para o loiro perceber o que está acontecendo com o colega... 

  
      Itachi está tendo uma crise de pânico.


      Deidara só conseguiu identificar, porque o moreno está agindo exatamente da forma em que ele agia quando tinha esses ataques, que começaram a ser bastante frequentes após a morte de Kushina. 
   Por isso, ele mais do que ninguém sabe reconhecer isso. E por esse mesmo motivo, resolveu tentar acalmar o Uchiha, mesmo que ambos não sejam muito próximos. 


      -Cara, você está se sentindo bem? -O loiro perguntou, mesmo que a resposta seja quase óbvia. 


      -E-estou... -Itachi respondeu ofegante, deixando ainda mais claro que algo está errado. 

      -É por causa da missão, né?! Você realmente a odiou tanto assim?

      -Não, não foi a missão. Para mim, toda missão é igual... 

      -Então o que te preocupa tanto?


      O Uchiha respirou fundo e ficou alguns segundos em silêncio antes de responder:

     -É que vamos ficar meses longe de Konoha, e como vou explicar isso para o Sasuke...? É a primeira vez que vou passar mais de uma semana sem vê-lo. Isso provavelmente será muito difícil para ele...

     Deidara se surpreendeu, pois não imaginava que seria esse o motivo da preocupação de Itachi.


     -Sério que você está assim só por causa disso?! -O Uzumaki perguntou desacreditado, como se fosse a coisa mais boba que já ouviu em toda a sua vida.


      Antes de Itachi poder responder, Fugaku entrou na sala de repente, fazendo com que os dois se assustassem por conta da brutalidade em que ele abriu a porta.


       -Itachi... -Ele está visivelmente muito irritado. Só de olha-lo, os adolescentes já sabiam que algo ruim viria a seguir. -Porque você pediu para alterar a sua missão, ainda mais na frente do hokage? Você estava afim de me envergonhar, ou o quê?!


       -Desculpe, eu só achei que... -Antes de formar sua frase, Itachi foi irrompido por Fugaku.


      -Você não tem que achar nada, sua posição é apenas a de obedecer! E espero que não volte a fazer algo ridículo como aquilo novamente!!!


      Deidara ficou extremamente assustado pela forma como Fugaku falou com o filho. Pois até mesmo ele que não se da bem com seu pai, ambos sempre se respeitaram. Deidara não consegue nem mesmo imaginar Minato se dirigindo a ele dessa forma. 


       -Sim, senhor... -O Uchiha respondeu de cabeça baixa. 


       Fugaku não disse mais nada, apenas suspirou e saiu da sala, batendo a porta em seguida. Enquanto Itachi, permaneceu de cabeça baixa, sem dizer uma palavra.


        -Que porra foi essa?! -Deidara perguntou extremamente enojado pelo o que acabou de ver.


        -Agora você entende o meu medo de deixar o Sasuke sozinho? Ele é apenas uma criança, não quero que ele tenha a mesma infância infeliz que eu tive... Quero que o Sasuke seja uma criança normal, que goste de brincar, tenha sonhos, metas! Coisas que não tive oportunidade de ter... -Após Itachi se abrir, Deidara finalmente compreendeu o motivo de sua aflição. 


        O Uzumaki até mesmo começou a ligar os pontos, de que o Uchiha sempre foi tão ''promissor'', por conta de pressão do seu pai... 
   Isso o deixou comovido, pois não consegue imaginar ter que passar toda a vida recebendo ordens, sem nem ao menos poder questionar sobre sua própria vida... Para Deidara, isso é algo inaceitável. 


       -Um irmão mais velho é uma das coisas mais importantes na vida de uma criança... Por isso, tento sempre ser alguém que o Sasuke admire. E não vou conseguir fazer isso longe dele... -Itachi lamentou. 


       Vendo a tristeza no rosto do Uchiha, Deidara tentou pensar em uma forma de conforta-lo. Até que acabou pensando em algo:


       -Mas pense comigo, o que o Sasuke pensaria se soubesse que você desistiu de uma missão? Você é a pessoa da qual ele mais admira, se você partir, mas partir fazendo algo em que ele acredita que seja o certo, você estará dando ainda mais orgulho a ele! Mas se você simplesmente desistir, irá poder o ter do seu lado, porém o mesmo vai te ver como alguém fraco, que desiste fácil... Não é isso que você quer passar pra ele, não é?!


         As palavras do loiro fizeram Itachi refletir. E por incrível que pareça, ele concordou plenamente com os argumentos de Deidara. 


       -Você tem razão! Prefiro passar alguns meses longe dele, mas com o Sasuke tendo orgulho de mim, do que ficar e ele me ver como um covarde...

        -É assim que se fala, olhos vermelhos! -Deidara deu dois tapinhas nas costas de Itachi.


       -''Olhos vermelhos''? -O Uchiha perguntou confuso, sem entender que ele se referia ao seu sharingan.


        Minato entrou na sala e se deparou com os dois conversando, aparentemente se dando bem. Ele ficou surpreso, pois não é comum ver Deidara fazendo amigos de sua idade. Geralmente ele só conversa com Sasori, então o Hokage ficou feliz de ver o filho se aproximando de Itachi. 


         -Olá meninos, desculpe interromper... Vim apenas dizer que vocês já estão dispensados por hoje! 


        -Certo, obrigado Yondaime! -Itachi disse cortês, como de costume. 


         Já Deidara, apenas ouviu o que seu pai disse e virou para o lado oposto, o ignorando. 


        -Deidara... -Minato se aproximou mais do loiro, e colocou uma das mãos em seu ombro. -Ainda não tive oportunidade de dizer, mas... estou muito orgulhoso de você, filho! 

         Deidara olhou no rosto do pai, e foi evidente que Minato está sendo sincero. Na mesma hora, ele corou, pois não está acostumado a receber elogios de seu pai. 
       Mesmo que ele odeie admitir, ficou muito feliz com as palavras de Minato, até mesmo deixou escapar um sorriso de lado. 


        -Ta, tanto faz... -O loiro tentou fingir indiferença, mas seu pai notou que ele está envergonhado, então riu encantado. 


        -Ah, boa sorte para você também, Itachi! Sei que você irá se sair muito bem! 


        -Tentarei não decepcionar!


         -Sei que não vai! 


        Ao ver seu pai também elogiar Itachi, Deidara ficou incomodado. Pois mesmo que ele não o odeie mais, ainda sim Itachi é seu rival, e não é legal ver seu pai o bajulando. 


       -Tá, to indo nessa! -Disse o loiro indo em direção á saída. 


       -Tchau filho, nos vemos em casa! -Deidara apenas ignorou as palavras de seu pai e continuou prosseguindo.


       -Também estou indo, até logo, Yondaime!


        -Até mais, Itachi! 


         Após se despedir do Hokage, o Uchiha alcançou Deidara, para que fossem embora juntos.

-Você tem sorte, Deidara. -O moreno falou eventualmente no meio do caminho, deixando o loiro confuso.


           -''Sorte''? Pelo o quê?


            -Por ter um pai legal.


            Deidara se surpreendeu com o que Itachi disse. Ele não concorda, mas entende o porque do Uchiha pensar assim, pois perto do Fugaku, qualquer um é um bom pai. 
           Mas na visão de Itachi, Minato é um ótimo pai. Pois enquanto ele conversava com Deidara, o moreno estava observando os dois, e notou que o Hokage se importa verdadeiramente com o filho, sem contar que demonstrou orgulho, coisa que Itachi nunca recebeu, mesmo se esforçando mais do que ninguém. 
         Os dois seguiram em silêncio, até terem que se separar para irem pelo caminho de suas casas. Eles não se despediram, apenas olharam um para o outro e prosseguiram. 
         Assim que se dividiram, ambos pensaram que, talvez... a convivência entre eles na Akatsuki, não será tão difícil como imaginavam. Pois Deidara e Itachi, até mesmo estão pensando que, de certa forma, podem acabar se tornando amigos.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...