1. Spirit Fanfics >
  2. (Uchiha Madara e leitora) uma usuária do "Mokuton" >
  3. O restaurante.

História (Uchiha Madara e leitora) uma usuária do "Mokuton" - Capítulo 18


Escrita por: UchihaMadarah

Notas do Autor


Oi amores

Capítulo 18 - O restaurante.


3 meses depois.

Madara on. 

Durante esses três meses, pensei bastante na possibilidade de "voltar a konoha". Seria o melhor a se fazer, tanto pra Sn, quanto pra Suna. Criar uma criança longe de tudo é de todos não seria a melhor coisa a se fazer. Daqui a alguns anos ela precisaria de amigos, pra conversar, se divertir. Precisaria entrar na academia, é tudo que uma criança precisa pra crescer e se tornar uma boa pessoa. A convivência com outras pessoas ajudaria nisso. Conversei seriamente com a Sn sobre isso. De início ela não concordou, tem medo de que orochimaru descubra que uma de suas cobaias estava viva e tentasse algo com ela. A tranquilizei quanto a isso, e ela enfim concordou.

Conversei com obito sobre isso é ele disse que conhecia alguém que poderia me ajudar. Obito me disse que me apresentaria hoje uma ninja muito habilidosa, ele disse que a conhecia a algum tempo, é que ela já o ajudou muito. (Ele não disse no que). Obito disse também que ela era de konoha, é que era uma konoit de eleite, e tambem uma ex anbu da Ne.

Avisei a Sn que iríamos encontrar obito com essa kunoit em um restaurante próximo a vila. Sn arrumou Suna, e eu fiquei olhando a pequena enquanto Sn se preparava. Depois que estamos prontos, Sn usou a técnica de teletransporte, ficamos bem próximos do restaurante.


- como conseguiu usar essa técnica pra nos trazer aqui? - perguntei um tanto curioso, já que ela precisaria fazer uma marcação com um selo no lugar em que ela iria se teletransportar.

Sn- marquei essa árvore que fica próximo ao restaurante- disse apontando pro selo que até então não tinha visto.

Madara- quando- ela sorriu sem graça.

Sn- ah...Quando vinha ao restaurante pra beber- entreguei Suna a ela, que até então estava em meus braços e a encarei.

-veio aqui com alguém?- começamos andar calmamente.

Sn- algumas vezes- a encarei é ela parou.- madara, não comece com seus ciúmes besta. Isso foi a meses, não estava com você.

- não importa, me enfurece só de pensar que outro já esteve ao seu lado, flertando com você, ou até mesmo em sua cama- serei minhas mãos é ela se aproximou.

Sn- foram apenas noites sem sentimentos. Nada comparado ao que nós temos. Somos um casal agora. Não pense nisso. Por favor- encostou sua cabeça em meu ombro e eu a abracei de lado.

-- Certo. Vamos, estão nos esperando.- assentiu é caminhamos até o restaurante.

Avistei obito é seguimos até a mesa que ele estava.

Sn- Olá obito- sorriu sentando . 

Obito- Olá Sn, madara. E Olá Suna- disse tocando a cabeça da pequena.- como estão?

Sn- muito bem- me olhou e eu sentei ao seu lado.

- onde está a mulher?- encarei obito é ele deu de ombros.

Óbito- ela disse que precisava resolver uma coisa importante. Pediu que esperávamos um pouco.- assenei com a cabeça.

Olhei para Sn, é ela estava sorrindo largo olhando um rapaz que se aproximava.

Sn- Hirey....- disse alto é sorrindo de orelha a orelha.- por kamir, como esta Gato.

Nani? Como assim gato? Quem é esse pirralho.

Hirey- Sn, a quanto tempo. Está maravilhosa como sempre- se aproximou é beijou sua testa- e essa pequena Deusa? 

Sn- Hirey, essa é Suna. Minha pequena joia. E esse é... Ele é.... meu marido.- disse me olhando corada.- Madara esse é Hirey. Um amigo que fiz quando descobri minha gravidez. 

- Olá- disse sem interesse, sn me encarou seriamente é logo voltou sua atenção ao pirralho a nossa frente.

Hirey- olá-  disse sorridente.

Sn-ah.... Hirey, esse é um amigo do meu marido.

Obito- Ola- o pirralho assenou com a cabeça é sorriu.

Sn- Não me diga que está trabalhando aqui a gora!?

Hirey- não, não. Eu sou o proprietário desse lugar.- disse simplista e Sn ficou surpresa.

Sn- sério? Kamir-sama que coisa maravilhosa. Parabéns meu príncipe. Estou muito feliz por você.

NANI? MEU PRINCIPE? O QUE DIABOS ESTA ACONTECENDO AQUI?!

- São bem íntimos, não?!- disse encarando os dois.

Sn- ah sim. Como disse, conheci Hirey quando descobri da minha gravidez, ele ficou um bom tempo conversando comigo. E... eu fiquei encantada com sua maturidade, mesmo sendo muito jovem.- disse simplista e isso né irritava cada vez mais.

Hirey- ah...sim. falando nisso, havíamos combinado de sairmos.- Sn concordou com a cabeça.

Sn- verdade, ainda está de pé o combinado.- sorriu é ele também.

Hirey- Certo, marcamos depois. Bom. Preciso ir.- beijou sua testa mais uma vez, é também beijou Suna.

Sn- até mais Hirey. Foi um prazer te ver de novo.-disse sorrindo.


Se raiva matasse esse moleque tava morto enterrado.


Continua.....






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...