1. Spirit Fanfics >
  2. "Uísque e saquê"- Mchanzo >
  3. Capítulo 1

História "Uísque e saquê"- Mchanzo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤️
Espero q gostem!

Capítulo 1 - Capítulo 1


A porta do dormitório abriu bruscamente quando os amantes entraram se beijando, Mcree empurrou Hanzo na parede enquanto descia seus beijos por seu pescoço, começando a despir o mais baixo.

- J...Jesse...- Gemeu ofegante quando as ereções se tocaram, Mcree sorriu quando ouviu aquele som sair da boca do asiático, então começou a esfregar ambos os volumes sentindo a mão de Hanzo puxar seu cabelo com força.

-Isso, geme meu nome.- mandou pressionando mais o mais velho contra a parede, sua boca atacando o pescoço do mesmo com mordidas e chupões, a parte de cima da roupa do Shimada já estava jogada por algum lugar do quarto. A cueca do menor já levemente úmida pelo pré gozo, o cowboy realmente sabia como fazer aquilo, os toques, beijos... Era inebriante. O maior colocou dois dedos na boca de Hanzo sorrindo quando sentiu o mesmo começar a chupar e lamber os deixando pingando de saliva. Desceu a parte de baixo da roupa do Shimada e se abaixou, abrigando o membro do mesmo em sua boca enquanto introduzia dois dígitos de uma vez no outro, Hanzo apoio a cabeça para trás deixando os gemidos escaparem, puxou o cabelo de Mcree arqueando para trás, o esforço do de cabelo castanho para fazer o asiático sentir prazer era gigante e estava funcionando. Quando Hanzo estava preparado, Mcree entrou lentamente sentindo a entrada do outro apertar seu membro o acolhendo de forma maravilhosa.

- Porra, Darling, você é tão apertado!- grunhiu puxando o cabelo do menor com força, enquanto começava a estocar lentamente vendo o mais velho de forma tão fofa, eram gemidos baixos, manhosos porém desesperados, ansiando por mais... Então Jesse começou a se movimentar com mais força e rapidez, desferiu um tapa em uma das nádegas de Hanzo.

- A..aw! Mcree!- se contorceu embaixo dele, como eles estavam na cama agora, Shimada puxou os lençóis arranhando.

- Você gosta?- perguntou após puxando o cabelo de Hanzo para trás e inclinar para perto de seu ouvido. Desferiu mais um tapa e sentiu o outro apertar por dentro.- Gosta quanto gosta do meu pau te fodendo né?

- Sim! Aww, Jesse!- com dificuldade começaram um ósculo, as línguas se esfregando sem pudor, a mão de Jesse em um dos mamilos de Hanzo, apertando e brincando. Não demoraram muito para gozarem juntos, Mcree conseguiu se segurar numa cômoda e caiu ao lado do menor na cama, virou o resto da garrafa de uísque em sua boca e já era possível ouvir seu ronco alto. Já Hanzo se aconchegou contra Mcree enquanto abraçava um travesseiro e ambos dormiram.

- CADÊ A PORRA DO MEU IRMÃO???- Fala Genji nervoso e preocupado.

- Jesse também saiu então eles podem estar juntos.- Mercy falou como se já fosse óbvio.

- Mas... E se Jesse comer meu irmãozinho?- perguntou olhando em direção a porta do pequeno lugar, a equipe que ainda estava lá não conseguiu controlar as risadas com a última fala do garoto.

No outro dia Hanzo abriu os olhos cansado sentindo uma dor em sua cintura, notou que estava em um dormitório estranho, havia caixas de charuto por aí, posters de filmes de faroeste e então a ficha caiu, olhou pra lado dando de cara com Jesse Mcree, adormecido. Tentou se levantar mas não consegui pela dor, com o gemido que acabou soltando ouviu o ronco parar, o outro lado da cama se mecheu.

- Huckleberry?- a voz sonolenta porém grossa de Mcree chegou aos ouvidos do menor.- Ei, você tá bem?

- Não me toca!- ameaçou se levantando ignorando a dor.

- Hanzo!- se levantou segurando o outro com cuidado.- não se force, demais...

- Me larga, cowboy!- esbravejou empurrando o peito do maior com força, assim foi solto na cama e resmungou com a risada alto do outro.

- Fiz como você mandou...- colocou as mãos na cintura, mas logo colocou uma cueca e pegou um remédio pra dor junto com um copo de água.- toma.

- Obrigado...- murmurou Hanzo tomando o tal remédio, cobriu sua cintura com o lençol do atirador.

- Genji vai me matar quando descobrir...- falou Mcree preocupado pensando que o mesmo poderia entrar no quarto a qualquer momento e o cortar com sua arma.

- Ele vai...- Hanzo disse com um sorriso no rosto.

- E você acha graça?- perguntou cruzando os braços mas sorrindo também. O asiático acabou rindo alto pensando na reação do outro Shimada.

- Você é lindo...- pensou alto Mcree, admirando seu amado rir e agora o mesmo corar.

-E você insuportável.- grunhiu puxando Jesse para perto e o beijando gentilmente, surpreendo o cowboy.

- Você ainda tá bêbado?- perguntou após se separem, puxou Hanzo para seu colo abraçando sua cintura, o menor negou com a cabeça com a carranca de sempre, assim foi levado para o banheiro e colocado na mesma.

- Huckleberry, tá melhor?- perguntou preocupado acariciando a bochecha do outro com carinho, Hanzo assentiu corado.- Eu te amo tanto, honey...

- Também te amo, Mcree .- falou desviando o olhar.- agora me deixei tomar banho em paz.

- Okay, okay.- saiu rindo do banheiro levantando as mãos rendido.

Mais tarde Genji bateu na porta de Mcree, com tanta força que poderia a derrubar. Mcree observava Hanzo meditar com um sorriso no rosto, mas a pose calma do menor sumiu com o som.

- agora é a hora que você perde seu namoradinho.- sussurou Mcree dando selinhos no ombro de Hanzo fingindo que estava se despedindo.

- Eu atendo, dramático.- falou bufando mas rindo ao mesmo tempo, foi até a porta e abriu.- Genji?

- Você está usando a camisa de Mcree!!- rosnou quando viu a estampa de cowboy.

- Sim, Genji você não é mais criança.- esbravejou dando espaço pro mais novo passar.

- Jesse Mcree, cuide bem do meu irmão se não eu enfio minha arma na sua garganta! - ameaçou olhando com sangue nos olhos.- Não acredito que você pegou o meu irmão!

- Porra!- jogou a cabeça para trás gargalhando com a última fala, Hanzo olhou confuso e cruzou os braços fazendo Jesse ficar sério novamente segurando a risada.

- Já deu seu showzinho, Genji?- se pronunciou enquanto expulsava o Shimada do quarto. Voltando a ficar a sós com seu namorado. Hanzo colocou sua roupa de ontem, basicamente sua roupa de sempre, Mcree fez o mesmo- Vem!

- Aonde?- perguntou enquanto era arrastado até a janela, alcançou seu chapéu e colocou rapidamente. O arqueiro se segurou contra uma haste que ficava fora do prédio.

- Hanzo, isso é seguro???- perguntou Jesse sentindo o vento passar pelo seus cabelos. Quando notou já estavam no telhado de um outro prédio.

- Mas aonde a gente tá indo???- perguntou, o moreno virou em sua direção e acariciou a barba castanha do mesmo, com um sorriso amável, algo que derreteu o homem do Texas completamente, nunca havia visto Hanzo assim.- Aonde a gente está indo, dear?

O arqueiro virou seu olhar para um parque que tinha árvores cerejeiras, típicas do local que Hanzo morava antes. Queria ter o sentimento de nostalgia junto com o amor do cowboy naquele ambiente tão mágico.

- você vai saber...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...