História Última Luz - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Animais, Fantasia, Ficção, Magia, Reinos
Visualizações 0
Palavras 1.485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heya, olha quem tá trazendo o segundo episódio, eu achei que isso não ia acontecer por ter poucos leitores, mas uma amiga kerida (Nara/Tic-tac) me disse pra continuar que o que vale é treinar escrita ;u, sem mais delongas, vamos para a bíblia!

Essa é a mesma descrição do Wattpad, viu, a preguiça mata

Capítulo 2 - O Encontro Com As Sombras


Fanfic / Fanfiction Última Luz - Capítulo 2 - O Encontro Com As Sombras

Shakeo


-- Acordei animada hoje, afinal era o dia do encontro que ia ter com o Red, será que ele ia revelar algo além de me pedir ajuda? Isso eu não sei, mas o que importa é ajudar ele agora, ele é minha única família aqui. Faltava tempo? Faltava, mas esse tempo é importante para eu ir pesquisando mais sobre a minha mãe--


Shakeo- " essa tal lenda faz sentido se pensarmos que ela veio das terras sombrias de Khovald, nasceu lá por ser metade fantasma provavelmente, e pelo o que dizem, lá é realizado todo o tipo de experiências que os fantasmas produzem"


- nessa hora, só pude pensar em uma coisa, como assim? Minha mãe pode ter nascido lá mas, experiências com suas próprias raças? Os reis fantasmas foram longe demais para serem parados.


- Ouso o tic tac do relógio avisando que o horário estava prestes a ser marcado, jogo meus livros dentro da mochila, ajeito meu óculos e vou correndo até o local de encontro-


-Red estava lá, nunca vi ele tão sério antes, parecia ser algo sério que ele iria me contar(ava).
Chego com passos lentos e demorados por estar cansada pela corrida que dei ontem há noite, quando chego, logo pergunto pra ele-


Shakeo- Oi Red! Tudo bom? Sobre o que você queria conversar?


Red- Oi Shaky, sim eu tô bem, o que eu queria falar é que sua mãe vai voltar hoje as 14:50, ela mandou uma carta pro Central Alfa e me escolheram pra avisar isso, acho que vai te deixar mais confiante se você saber disso.


Shakeo- - isso foi uma grande vitória para minha mente, me senti revivida depois de um ano de espera, abracei Red forte e ignorei o fato de quase pegar fogo, ele se larga de mim para o meu próprio bem- OH MY FUK*NG WORLD! Isso é real?!


Red- o que você acha? - ele larga um sorriso - mas se lembre de uma coisa, ela pode estar instável por coisas que viu ou pode até mesmo ter sido contaminada, devemos "ficar de olhos abertos"


Shakeo- - aceno com a cabeça em um sinal de "ok"- qual a ajuda que você quer?


Red- quero que você me diga tudo que preciso para me formar!


Shakeo- hehehe, se tu diz só vamos! Você precisa de um diploma, ter a coleira retirada, saber controlar seus poderes de olhos fechados, e passar em todas as provas.


Red- já tenho tudo! Só falta o diploma, o meu mestre me dará amanhã de manhã


Shakeo- sabia que você iria conseguir!


-Eu e o Red conversamos por horas seguidas sem parar, falamos tanto de assuntos sérios quanto de assuntos bobos, quando percebemos, era a hora da minha mãe voltar-


- corro até a entrada da cidade, e não era a única, 26 alfas estavam lá, Incluindo o Alfa Panda, o Lobo, o Raposa(Red), o Tartaruga e entre outros.-


- sento no chão e espero ela chegar junto dos outros, Mas algo estava errado, não era a presença dela e sim outra... uma presença estranha-


???- Caros Cintilantes! - diz o PhantomGhost- Eu sou 37586.318, Mas me chamem de Kiot


- os alfas arrumam seus bastões, Red me puxa para trás dele, eu estava assustada, sem reação nenhuma do que estava acontecendo-


Kiot- mas o que é isso? - ele da um sorriso- não sabem cumprimentar visitas?


Kayo(Alfa Lobo)- cadê a Vi?


Kiot- está em casa, o lugar de onde ela nunca devia ter saído. E pelo jeito que vocês me trataram, vou ter que fazer o que não queria - ele cruza 4 de seus 8 tentáculos ( no caso os que se referem a patas)


- Os alfas rodeiam Shakeo, se a aura dela for descoberta, terá sua vida em jogo-


Red- cochicha - você vai sair escondida, a gente cuida disso~


Shakeo- cochicha- você não manda em mim!- ela diz balançando sua cauda-


Red- se insiste - ele se prepara para o ataque-


Kiot- ele faz uma defesa em volta do lugar aonde os alfas e ele se encontram, impedindo qualquer um de entrar ou sair- 


- moradores de Cintila percebem o ocorrido e começam a olhar o que estava há acontecer, alguns assustados, outros ansiosos pela derrota ou vitória dos PhantomGhost , eles começam a gritar a favor dos alfas, pelo o que parecia o PhantomGhost ignorava os sons e olaria em volta, ele passa seus tentáculos no chão formando um X e um O, aquilas coisas se revelavam portais, entram mais 9 PhantomGhosts, o que deixaria essa batalha justa-


- Kayo, o Lobo sem matilha e também alfa, encara os fantasmas com um sorriso-


K


ayo- você é esperto, mas poderia trazer mais pessoas para deixarisso injusto, não?

Kiot- posso ser um PhantomGhost, mas odeio quem não é justo em batalhas.

- Os PhantomGhost estavam muito bem treinados, parecia até injustiça aquela batalha, mas batalha é batalha, quem não sabe decifrar pontos fracos ou lutar morre.-


Kiot- cochicha para seus companheiros- não esqueçam, viemos achar a filha da Vi, não quero ninguém  sendo contaminado ou morto-


- Os Phantons concordam com o seu líder, eles começam a olhar tudo com precisão, causando a desconfiança dos meus amigos alfas, até que o ataque começa -


- depois de muito tempo, tinham restado 3 alfas não desmaiados e 4 Phantons inteiros, os Phantons finalmente sentiram a minha aura-


- Os Phantons, com um sorriso, entram nos portais, os alfas ficam em volta de mim, o que os fantasmas queriam, um portal se abre abaixo dela e a faz cair, Red tenta a segurar, mas seria tarde de mais-


- Acordo em um lugar estranho, o Kiot estava me encarando de perto, dou um chute no seu olho e me percebo amarrada-


Kiot- H-hey! Isso demora para regenerar! Alteza, por favor, me ouse


Shakeo- tu tá louco? Não sou louca nem nada para confiar em você! - ameaço outro chute-


Kiot- Calma calma! Sua mãe era minha amiga de infância  - ele abre seu olho ferido- eu quero ajudar a salvar ela..


- percebo estar em uma carroça com ele e com os Phantons-


Shakeo- como posso saber que você não está mentindo? Se for boato, saiba que não tenho medo de vocês!


Kiot- solta Shakeo- assim? Fiz isso por  defesa, mil perdões - ele se ajoelhou, eu não entendi o porquê, acho que a minha mãe me esconde muito mais do que apenas sua origem e seus poderes-


Shakeo- É o bastante, mas não se curve perante mim ou você vai levar outro chute! - falo rindo, ele percebe que eu estaria confiando nele-


Kiot- Sua mãe é um alguém incrível  - ele se levanta- e por isso sei que você também é


Shakeo- como conheceu ela?


Kiot- faz uns 19 anos, ela era minha colega, estava pronta para se formar, mesmo que eu nunca conversasse com ela, a conhecia de vista, podemos dizer que ela salvou minha vida.


Shakeo- não esperava menos dela! Mas pera, se formar em que?


Kiot- luta e controle de magia, ela estava uns 4 anos avançada, no caso ela era muito nova pare estar naquela classe


Shakeo- entendi, ela está aonde?


Kiot- em algum lugar do calabouço do castelo, quer ajudar a gente?


Shakeo- claro! Mas, porque não falaram calmamente com eles?


Kiot- não tinha jeito querida, eles não iam acreditar...


Shakeo- entendo... aonde fica esse tal castelo?


Kiot- na floresta de SäKynha


Shakeo- ata... só o vale mais perigoso deste país


Kiot- não é minha culpa que prenderam ela lá...


Shakeo- eu sei, mas vocês tem um plano?


Kiot- temos mais de 5 planos


Shakeo- e me sequestrar foi um deles? Hehe


Kiot- deu certo, não? Hehehe


S


hakeo- deu, deu muito certo Kiot

Kiot- oh, você lembrou o meu nome, incrível

- abro minha mochila e retiro meu livro de dentro dela e começo a ler sobre a minha mãe -


Kiot- o que é isso?


Shakeo- livro dos guardiões... quando sinto saudades dela, leio sobre ela, Ela sempre foi uma pessoa boa e não poder ver ela é como perder a vida, entende?


Kiot- Phantons são criados da sujeira, e as vezes de animais contaminados, não temos pais nem mães para eu explicar isso.


Shakeo-bm entendi... eu acho que entendi...


Kiot- bom, É melhor dormimos, se não não sei se iremos ir bem naquele lugar, tem 50% de chances de ficarmos mais de um dia lá


Shakeo- e temos 50.0.0.0.0.4% de conseguirmos ficar menos de um dia


Kiot- como sabe disso?


Shakeo- NERDS NUNCA REVELAM SEUS SEGREDOS! MUAHAHAHAHAH


Kiot- nossa, que medo! Hehehe


- me deito, desta vez numa pilha de palha e de gravetos até que macia, só meio suja, começo a ler meu livro para tentar cair no sono mais rápido, olho para o lado e Kiot já teria dormido, mas me perguntei, quem está dirigindo a carroça?-


Notas Finais


Eai, gostaram? Acho que n :v

Sei lá velho, essa ficou bem mais ou menos comparada com a primeira porquê eu não tive criatividade pra luta, bem, nos vemos no próximo capítulo, aliás, a fanart da Shakeo foi feita pela minha abiguinha Jovana, e não, ela n tem conta aqui ;u; 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...