História Ultra romanticism - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 342
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Único


é que eu gostava de ver você dormir, a calmaria em teu rosto me inspirava, tua pele pálida, quase tão fria quanto o inverno me abraçava em um contraste de estações e eu sentia o vazio da minha alma em contraste da enchente que tu és. 

mas eu não posso te amar, tu é como a rainha, vivendo em seus aposentos reais e bebendo vinho caro, e eu sou camponesa rebelde, contra sua forma de governar, porém perdida demais em meu comodismo para fazer algo contra ti, apenas te digo que não podíamos nos ver mais, e tu ri de minha mentira, me falando que somos boas demais para ficarmos separadas, mas a verdade é que tu é boa demais para estarmos juntas. 

bebo meu vinho barato e fumo mais um cigarro na esperança de não pensar em ti, mas continuo vendo suas curvas se formando na fumaça cinza que evapora aos poucos, tu também vai evaporar? ir embora com o ar, se unindo a ele até sumir completamente?

linda. sou fútil demais para te elogiar com outras palavras um tanto mais significativas do que linda, mas é que tu me tira o ar, me prende em um looping eterno de discordância, te quero, mas não posso, é que sou rasa demais pra ti, tu é mar, meresia, tu sonha grande, e ri alto. e eu sou livro faltando páginas e maconha, sonhando com um mundo melhor mas não fazendo nada para mudá-lo, me destruindo diariamente, minha mente doente me quebra e eu tento te proteger desse desastre que sou, mas tu é persistente demais e continua aparecendo, me oferecendo um de seus vinhos caros e rindo bonito quase em cima de mim, bêbada de vida, sua fala solta me embala e me faz te levar para cama, me faz beijar tua boca e inalar teu cheiro viciante, alimento meu vício de ti, te amo mais uma noite, te estrago, e trago mais uma vez na esperança de não te ver de novo, mas a fumaça continua a sair da minha boca.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...