1. Spirit Fanfics >
  2. Um abraço >
  3. Visão mais linda

História Um abraço - Capítulo 50


Escrita por:


Notas do Autor


Oieeee
to sentido que vc não gostam mais de mim e gostaria de pedir que não desanimassem na leitura; esse capitulo tem novidades e tb estou fechando alguns pontos em abertos, infelizmente algumas coisas são precisos.
mesmo sabendo que vão me xingar eu pedir por favor que deem uma oportunidade para poderem ver o que eu estou vendo e da forma que estou vendo eu acredito que vai valer muito pena e esta se aproximando, juro.
então espero que consigam aguentar firme.

esses dias consegui umas folguinhas e deu pra escrever mais então torçam por mim para que eu consiga escrever logo

Ps desculpa os erros de ortografia, ta muito corrido no proximo vou estar mais atenta.

Capítulo 50 - Visão mais linda


Fanfic / Fanfiction Um abraço - Capítulo 50 - Visão mais linda

2 semanas depois...

 

Kakashi é convocado para a prisão de Konoha e chegando lá se depara com um membro do grupo Yan preso.

“-Alguem foi ferido?” Kakashi pergunta.

“-Hokage-sama, todos os agentes feridos foram encaminhado para o hospital, mas nenhum caso de morte, apenas cortes ou machucados superficiais.” O agente ANBU responde.

“-VOCÊ ESTA DIZENDO QUE EU SOU FRANCO!!!! FALA A VERDADE PARA SEU HOKAGE!!! VOCÊS QUASE MORREAM!!!!” O prisioneiro fala e gargalha.

Kakashi olha para o capitão da operação.

“-Senhor, ele era forte, lutou bem.” O agente responde.

“-Eu entendo. Não é preciso dizer mais nada.” Kakashi fala, ele sabia que o prisioneiro estava tentando jogar com os ANBUs e eles não cairiam nesse tipo de jogo mental. “-Você, seu nome.”

“-Ol. Porque você não tira seus capangas daqui e me mostra se é realmente digno da lenda que esta ligado ao seu nome.” Ol fala.

“-Ol, você esta como fome, sede ou ferido?” Kakashi fala ignorando totalmente o que o prisioneiro havia falado.

“-Vamos ninja da Folha! Não me ouviu.” Ol fala irritado.

“-Por favor, tragam uma boa refeição para Ol e pesam para que Tsunade veja os ferimentos dele e o cure.” Kakashi fala se retirando ouvindo Ol gritar.

“-NÃO QUERO NADA DE VOCÊ SEU MALDITO!!!! VAMOS LUTAR E ME DEIXE SER FELIZ EM MATAR VOCÊ!!!”

Mas Kakashi sai tranquilamente.

 

Na torre...

 

“-Senhor, ele esta sendo bem cuidado como solicitado.” O ANBU fala insatisfeito por cuidar tão bem de um prisioneiro.

“-Quero que ele tenha uma noite agradável e que seja oferecido tudo que ele deseja comer, daqui 2 dias me tragam ele.” Kakashi orienta.

“-Senhor?... quer dizer Sim senhor hokage-sama.” O ANBU fala.

“-Sei que parece confuso, mas tudo fara sentido. Pode se retirar.” Kakashi sorri e o ANBU se retira.

“-Você arrisca bastante, tem certeza que seu plano ira dar certo?” Tsunade pergunta.

“-Sabemos que sim, meus instintos me dizem que esse é o melhor caminho.” Kakashi fala servindo saque para eles.

 

Dois dias depois...

 

“-Ol, gostaria que você desse um recado ao Lor.” Kakashi falou tranquilamente.

“-O que te faz pensar que eu faria isso?” Ol falou arrogante.

“-Sei que fara...” Kakashi sorriu e logo depois deixou Ol partir.

 

Horas depois...

 

Ol foi o caminho todo pensando no que faria, mas ao chegar diante de Lor não teve duvida e passou o recardo; de que Kakashi gostaria de se encontrar com ele onde ouve a luta com Ari.

Lor sorriu e disse.

“-Não sei o que pretende, mas essa partida eu já ganhei.”

 

Enquanto isso do outro lado da Vila da Folha...

 

Naturo e Hinata tinham chegado a uns 2 dias e as meninas queriam matar a saudades e saber as novidades então se reuniram na casa de Ino para comemorar o retorno de Hinata.

“-Hinata que bom que voltou sentimos saudades.” Sakura foi a primeira a falar.

“-Achei que o Naruto não deixaria você vir.” Ino riu.

“-Meninas é um prazer estar aqui com vocês! Senti muita saudades de todas.” Hinata falou docemente.

As meninas conversavam, riam, gargalhavam. Tsunade tinha trazido saque e as meninas tinham feitos bolos e pães. Depois de muitas historias e todas levemente mais altas Ino quebrou a enrolação e perguntou de cara.

“-E ai como foi as noites de núpcias? Naruto manda bem?”

Gargalhada de todas e Hinata vermelha.

Então para ajudar a amiga a se soltar todas começaram a contar ou sobre sua primeira vez ou sobre algo que elas mais gostaram ou detestaram.

“-Hinata, todo mundo esta contando só falta você... ninguém aqui é mais pura!” Ino falou sorrindo.

Hinata olhou para Sakura.

“-Ela também não é mais virgem a um tempinho!” Tenten gritou.

“-Sasuke?” Hinata perguntou.

“-Não, foi com Kakashi.” Sakura sem jeito.

Então Hinata começou a contar timidamente sua primeira vez e depois de alguns saques ela teve coragem de perguntar para a rosada.

“-Foi bom?”

“-E como foi!!!!! Kakashi é muito bom de cama!!!!” Tsunade falou levantando o copo de saque e bebendo.

Todas olharam confusa para a loira que respondeu.

“-O que? Só falei a verdade, a Sakura esta ai que não me deixa mentir.”

“-Tsunade!!” Shizune repreendeu.

“-Ops! Acho que não era pra ter contato.” Tsunade levantou cambaleando, mas logo Ino a segurou e falou.

“-Começou agora termina.”

“-Sakura?” Tsunade pediu autorização.

A rosada apenas acenou positivamente, ela não queria confessar mais era uma das mais curiosas em saber sobre a primeira vez de Kakashi. Então a loira sorriu desbravado e contou como foi a primeira vez e algumas outras vezes que eles ficaram juntos.

Todas prestaram muita atenção curiosas e sorrindo.

“-E ele é tão lindo como dizem?” Hinata perguntou deixando todas as garotas surpresas.

“-SIM!!!” Tsunade e Sakura responderam.

É aquela seria uma noite muito longa.

 

Dois dias depois...

 

No lugar marcado lá estava Kakashi e Yamato.

“-Hokage acho que ele não vem.” Yamato fala preocupado de estarem em uma armadilha.

“-Ele vira.” Kakashi falou e mal encerrou a frase e Lor apareceu.

“-Olha o hokage e seu capacho.” Lor falou irônico.

“-Lor fico feliz que veio.” Kakashi acenou.

“-Pare de educação e me diga logo o que quer?” Lor responde.

“-Deixe-me levar Ari para a Vila da Folha.” Kakashi pede.

“-Você ficou louco? Acha que pode vir aqui e me pedir isso?” Lor fala irritado.

“-Eu posso cuidar de Ari.” Kakashi fala.

“-Cuidar! Você cuidar bem dela, olha o que você fez com ela.” Lor fala apontando para a floresta e Ari sai das sombras nitidamente mal; ela estava mais magra, com olheiras e expressão de sofrimento.

“-Lor, por favor, em Konoha temos tudo que ela precisa.” Kakashi pede.

“-Para mantê-la pressa e ser torturada, você não acha que ela já sofreu de mais.” Lor fala nervoso.

“-Não, para ser cuidada. Você não precisa mais dela na sua causa, ela não pode mais ajudar...por favor.” Kakashi implora.

“-Olha o grande Hatake Kakashi implorando! Nunca pensei que veria essa cena. O que eu ganho em troca.” Lor brinca.

“-O que você deseja?” Kakashi perguntou já sabendo que a negociação tinha acabado, Lor não iria ceder.

“-Que confesse que seu pecado e deixe sua posição de hokage” Lor joga.

“-Eu me arrependo de não ter podido ajudar Ari quando ela necessitou, de não poder ter ajudado você quando sua família necessitou, mas não me arrependo de ter colocado o selo em Ari ou de querer acabar com seu grupo.” Kakashi afirma.

“-Negociações encerradas, vamos embora.” Lor ordena.

“-Lor, pelo menos leve esses medicamentos de dor para Ari.” Kakashi pede e Tenzo coloca a sacola próximo a Lor.

Lor joga um jutsu na sacola e queima os medicamentos.

“-Não cairei em um truque como esse.” Lor se vira e Ari vai atrás.

“-Desculpa...” Kakashi sussurra para Ari que sorri.

 

Logo eles começam a se afastar, mas então Ari para.

“-Lor...” Ela sussurra.

“-Ari, se você for com eles não posso garantir sua segurança...eu os conheço eles vão te jogar em uma prisão te torturar...” Lor fala acariciando o rosto de Ari.

“-Eu confio nele...” Ari segura a mão de Lor.

“-Se você for com ele, sabe que nunca mais nos veremos...” Lor fala triste.

Ari o abraça e sorrindo diz.

“-Obrigada por me salvar...”

Ela vira as costas e vai ate onde Kakahsi estava.

Lor nunca olhou para trás.

 

Quarenta dias depois...

 

“-É você tem muita sorte mesmo.” O general ANBU falou.

Ari nada respondeu.

“-O que ele fez por você sem pedir nada em troca...não é qualquer um que faria...” O general comenta.

Ari se lembra como Kakashi cuidou dela desde que ela chegou na vila. Ele a visitou sempre no hospital e se preocupava com seu bem estar. Ele enfrentou o conselho para que ela permanecesse no hospital sendo atendida ate o julgamento e graças a ele a dor causada pelo selo é leve e ela se sente muito melhor.

“-Sempre imaginei um dia ele cuidando de mim...” Ari confessa.

“-Ele é um herói.”  O general afirma.

“-Gostaria de ajuda-lo, mas não posso trair o Lor ele me resgatou da escuridão...” Ari fala com os olhos marejado.

“-E te fez uma assassina!” O general responde friamente.

 

Dois dias depois...

 

“-Hokage, temos novidades sobre Lor.” O general falou sorridente. Kakashi imediatamente mudou o semblante e falou.

“-O que você fez?”

“-Apenas conversei com ela, você se lembra que eu sei conversar?” O general sorri.

“-Eu não me recordo dessa forma.” Kakashi sorri também.

Eles conversam sobre o que descobriram e acertam um plano, mesmo que fosse arriscado seria o plano executado, quando mais tempo o grupo Yan durasse mais estragos eles fariam e mais a paz corria risco.

 

Três dias depois...

 

Kakashi estava ainda tentando usar seu chacra que desde que Sakura começou a namorar nunca mais foi o mesmo. Ele sabia que a rosada o afetava, mas esperava que com o tempo tudo melhorasse, mas não era o que estava acontecendo.

Em poucos dias eles teriam uma luta contra o grupo Yan e Kakashi esperava ter um domínio de pelo menos 80% de seu chacra.

 

Enquanto isso...

 

“-Sakura e como esta seu namoro?” Ino pergunta.

“-Bem, Isao é muito carinhoso.” Sakura responde.

“-Vocês já foram para os finalmentes?” Ino questiona.

“-Não...” Sakura fala um pouco sem jeito.

“-pretende?” Ino pergunta.

“-Não...quer dizer sim...na verdade eu não sei. Eu tenho vontade, mas sempre penso no Kakashi e...” Sakura fala.

“-Ai amiga, se de um chance, mas não faça nada forçado.” Ino fala.

No final do dia a rosada ficou pensando no que Ino falou e decidiu que era hora de dar esse passou no namoro. No dia seguinte ela saiu de casa logo depois do almoço, pois queria conversar com Isao para que se algo acontecesse fosse em uma noite especial.

 

Chegando no apartamento do Isao...

 

“-Oi amor que bom que veio.” Isao falou feliz.

“-Então queria falar com você sobre alguns assuntos.” Sakura diz pensando em como tocaria nesse assunto.

Sua inter grita: ‘ INO FALARIA DE FORMA MUITO ABERTA E NATURAL! MALDITA INOOOOO’

“-Vou preparar algo para nos, fique a vontade.” Isao fala indo para a cozinha.

Sakura sorri e permanece na sala. Ela então anda de um lado para mexendo em algumas coisas ate que um pergaminho chama a sua atenção. Franzindo a sobrancelhas ela desenrola o pergaminho e o le.

Isao entra na sala e ao ver o pergaminho na mão dela deixa a bandeja cair no chão.

“-Sakura eu posso explicar.” Isao implora.

“-É bom mesmo...” Sakura fala de punhos cerrados e olhar de ódio.

 

Fhash back

 

Na torre...

 

“-Hokage-sama, o senhor me chamou?” Isao fala fazendo um arco.

Quero que leia essas instruções com muita atenção.

Isao leu e surpreso falou.

“-Senhor...eu...”

“-se falhar, se ela souber, se a machucar eu juro que vai desejar a morte e ela não vira, esta ciente!” Kakashi falou encarando Isao sabendo que aquele olhar dava medo nos inimigos.

“-Eu nem sei o que dizer...” Isao falou atordoado.

“-Li sua ficha, revi suas missões, te observei e sei que é uma boa pessoa se seguir as dicas dará tudo certo. Isso é a penas um empurrão para você tomar coragem.” Kakashi falou.

“-Eu não posso fazer isso!” Isao retrucou.

“-Mas vai fazer, se tudo que falou é verdade a única coisa que precisa é de um empurrão. Então Isao é ou não verdade esse amor?” Kakashi pergunta.

“-Sim, é a mais pura verdade eu a amo.” Isao falou sincero.

“-Então tudo ficara bem.” Kakashi acenou.

Isao guardou o pergaminho e saiu, ele iria para a casa rever e começar a colocar em pratica e por mais que quisesse negar ele se sentiu feliz.

 

Ainda na torre...

 

“-Você sabe que ela vai te odiar!” Tenzo falou.

“-Só se ele falhar!” Kakashi respondeu.

“-Esta apostando muito alto.” Tenzo falou.

“-É para a felicidade dela.” Kakashi fala.

“-Você esta errado.” Tenzo rebateu.

“-Yamato, acho que você tem coisas para fazer!” Kakashi fala e o amigo estilo madeira deixa a sala.

Kakashi se vê sozinho em sua sala então abaixa a cabeça e sentindo uma dor insuportável no peito sussurra.

“-Vai dar tudo certo. Eu consigo.”

Kakashi acreditava de todo coração esta fazendo o melhor pela Sakura, dando a ela a chance de conhecer o um bom ninja que a levaria para passear, a paqueraria e se tudo corresse da forma que ele imaginou ela se apaixonaria por Isao.

Fim do flash back.

 

“-Quer dizer que nada foi real?” Sakura fala se segurando de raiva.

“-Tudo foi real! Eu sempre te amei eu sempre quis e aproximar, mas você...pelos céus Sakura você é uma heroína de guerra, a melhor medica do mundo e seu melhor amigo é o Naruto, como eu poderia me aproximar de você? Eu um junnin regular sem nada demais.” Isao confessa.

“-Você poderia ter tentado.” Sakura fala.

“-Eu tentei...muitas e muitas vezes...” Isao se senta no sofá.

Então Sakura se vira e ia dar um soco em Isao, mais faltando alguns sentimentos ela para e sai.

 

Na torre...

 

Kakashi estava em reunião de repente a porta se abra e uma Sakura muito brava entra. Hatake não precisou de muito para entender que ou Isao tinha contado o que era impossível, pois ele teria muito a perder ou ela tinha descoberto o que era mais provável.

“-SEU MALDITO.” Sakura grita

“-Todos por favor me deem licença.” Kakashi pede e todos deixam.

“-Sakura, eu...” O prateado ia falar mas a rosada o interrompe com um soco.

“-EU SEI O QUE VAI ME DIZER, QUE É PARA O MEU BEM, QUE ESTA CUIDANDO DE MIM E QUE ASSIM EU SEREI FELIZ! VOCÊ ME MAGOOU MAIS DO QUE QUALQUER PESSOA DO MUNDO. VOCÊ CONSEGUIU EU TE ODEIO.” Sakura falou.

Sakura anda pelo escritório quebrando mais algumas coisas e para falando.

“-Eu sei que nem adianta argumentar com você, um ninja excelente, mas um homem covarde! Suas logicas, suas regras ninjas e seus muros...cansei disso...cansei de te esperar...voce esta certo mais uma vez você esta certo! Conseguiu grande Hatake kakashi eu vou me deitar com Isao eu vou me entregar a ele e quem sabe eu não possa sentir algo especial por ele.” Sakura fala.

“Sakura eu te a...” Kakashi esta pronto para falar, mas algo acontece e ele para. Uma voz ecoa em sua mente a  voz de Lin sussurrando antes de morrer o fez parar.

“-Sempre preso...eu nunca mais quero te ver na vida!” Sakura falou.

Kakashi acena com a cabeça.

“-A partir de hoje nossa relação será somente de medica e paciente e ninja e hokage.” Sakura falou. “-Hokage-sama.” Sakura fala se retirando.

Kakashi permanece em sua sala que esta toda quebrada e bagunçada, ele se senta no chão coloca a cabeça na parede e deixa as lagrimas rolarem.

Tudo o que ele mais presava foi perdido que era a amizade que eles tinham, Kakashi sozinho tinha conseguido afastar o amor e sozinho ele ficaria. Kakashi nunca mais voltaria a sua época negra da ANBU, mas agora ele sentia como se algo tivesse sido quebrado dentro dele e a raiva que ele sentia dele mesmo só agravava a situação.

Em toda sua vida ele nunca pensou em declarar seu amor e naquela manha era a única palavra que ele gostaria de ter dito. Promessas, palavras, pedidos, passado, traumas nenhuma palavra poderia descrever o que ele sentia ou melhor o que tentava racionalizar.

Agora era hora de provar que seu plano era certo. Sakura feliz e ele não precisava de mais nada, mas so de pensar em Isao a tocando seu corpo tremia de raiva.

O que ele tinha feito como tinha guiado sua vida para aquela situação. Ele nunca foi chamado de covarde, mas agora ele estava sendo covarde e Sakura estava certa.

Mas como ninja ele se levantaria seguiria sua vida e enterraria todos seus sentimentos, afinal foi assim que ele foi medicado desde que se tornou ninja.

 

20 dias depois...

 

“-Todos estão presentes então podemos nos organizar.” Kakashi falou.

“-Desculpe o atraso eu não fui informada do horário.” Sakura fala.

“-Você não foi convocada para essa missão.” Kakashi responde.

“-Hokage-sama, você não ira sair sem sua medica e essa pessoa sou eu.” Sakura falou firme e o prateado sabia que não devia discordar, ninguém na sala era louco para discordar.

 

Nesses 20 dias que passaram e Kakashi e Sakura evitaram ao máximo se ver. Isao conversou e explicou que o pergaminho só serviu como guia para o começo e que ele estava disposto a tudo para provar seu amor. Sakura aceitou continuar namorando já que via a sinceridade nos olhos de Isao.

Tudo esta pronto e o pequeno grupo saiu para a missão; em 3 dias um grupo backup sairia e depois de 2 dias mais um se não tivessem alguém sinal positivo. Para a alegria de Shikamaru nesse período de ausência Naruto assumiria como hokage interino. O grupo que iria para missão era pequeno composto de Kakashi como capitão, Yamato, Gemma e Sakura como a ninja medica; tudo tinha sido calculado, pois se um grupo grande se movesse seria mais fácil ser detectado e eles não queriam chamar atenção nem do grupo Yan e nem de outros países.

Antes da partida Kakashi conversou com Ari que agora estava na prisão e os dois decidiram que seria melhor conversarem por cartas já que não era prudente para um hokage ficar visitando alguém na prisão. Os dois se aproximaram e se tornaram amigos.

Kakashi também ia ao laboratório e para ele era o melhor momento, pois ele consegia esquecer de todas as dores e problemas, era sua válvula de escape e mesmo que Yamato ou o General o repreendesse ele não estava disposto a dar ouvidos a eles, pois sua mente dizia que sem essa distração ele poderia enlouquecer.

 

Percurso da missão...

Era uma manha nublada e gelada, mas os ninjas de Konoha não se incomodavam com o clima seguiam seu alvo sem pestanejar, a frente ia Kakashi com seu livro Icha Icha na mão lendo tranquilamente; um pouco atrás Yamato calado e mais atrás venham Gemma flertando com Sakura que apenas sorria do ninja depravado.

Conforme o caminho ia seguindo todos ficaram em silencio pensando em seus próprios dilemas. Então Sakura começou observar Kakashi que estava a frente, com toda a tranquilidade que ele andava e seu olhar preguiçoso. Por mais que ela não quisesse acabou sorrindo observando kakashi e por mais que estivesse magoado uma lembrança lhe veio a mente.

Fhash back

“-Testa, não acredito que aquele pervertido vez isso. Ai amiga quer que eu me vingue dele.” Ino falou irritada com o prateado.

“-Porca, esta doendo...” Sakura chorava.

Depois que Sakura contar tudo detalhamente, Ino se pega sorrindo.

“-INO! VOCÊ ESTA RINDO DE MIM?”

“-Não...é que...sei que vai gritar comigo, mas o gesto do Kakashi não deixa de ser bonito.” Ino falou sem jeito.

“-COMO ASSIM!!!!” Sakura gritou indignada.

“-No pergaminho tem todos os detalhes sobre você, sua flor preferida, cor, perfume, comida, chá, suco, doce...detalhes sobre você que nem eu tinha percebido...aquele idiota fez algo tremendamente idiota.” Ino sorri e continua. “-Mas ele demostrou algo que eu não sei descrever... sabe nunca alguém notou tantos detalhes em mim...nunca alguém percebeu esses detalhes que só ele percebeu em você! Não estou dizendo que ele fez certo, mas você me entende....”

“-Sim...” Sakura concorda.

Fim do fhash back

 

“-Idiota...” Sakura sussurrou, fazendo Kakashi virar para trás e a encara-la.

Então sua inter gritou. ‘Não acredito que ele nos ouviu...espero que não leia nossos pensamos agora! Idiota!’ E assim sakura acabou rindo.

Mesmo durante as paradas para descanso nenhum dos dois trocou nenhuma palavra e mal se olhavam, era nítido que a rosada ainda estava muito magoada e com todo o sentido.

 

Ultima parada...

Inicio do anoitecer...

 

Yamato e Gemma foram colocar armadilhas na floreta e Sakura foi pegar agua, então Kakashi estava sozinho no acampamento recém montado; ele acha que estava sozinho.

Demostrando um pouco de desconforto ele se sentou bem próximo a uma arvore e fechando os olhos levou as mãos sobre o abdome como se tentasse controlar a dor.

Sakura que observa de longe não acreditou no que estava vendo, ele estava com dor o caminho todo, mas não falou nada para ninguém e nem demostrou dor. Então sua inter a lembrou.

‘Você o atingiu, e se você é a medica e não o curou, quem o curou?’

“-Droga!” Sakura sussurra não acreditando que ele esta ferido a 20 dias e não procurou ajuda, então ela se aproxima dele e fala de forma ordenando. “-Levanta a blusa!”

Kakashi em nenhum momento pensou em se opor, primeiro porque ele sabia o que ela era capaz com raiva, ele estava sentido na pele literalmente e segundo porque não queria brigar.

Assim que a blusa se levantou foi possível ver o grande hematoma que ainda estava bem escuro. E rapidamente a rosada concentrou chacra verde nas mãos começando o processo de cura.

“-Como você ainda esta com esse hematoma?” Sakura falou sem olhar para o prateado.

Kakashi nada respondeu.

“-Seu idiota.” Sakura balançou a cabeça irritada. “-Como tem aguentado as dores? Que remédio tem tomado?” Agora ela perguntou curiosa encarando o hokage.

“-HH?” Foi a única resposta que o prateado deu.

“-Delik! Vou conversar com ela assim que voltarmos.” Sakura fala irritada.

“-Não foi ela...” Kakashi falou sem jeito.

“-Então explique-se, pois pelos ferimentos que eu te causei você deve estar tomando algum medicamento.” Sakura falou.

“-Você sabe no caminh...” Kakashi ia falar mas Sakura levanta a mão e interrompe.

“-Não quero suas desculpas quero saber o medicamento.”

“-Pedi para Delik algo para dor muscular...” Kakashi fala com o olhar de uma criança que aprontou e foi pega.

“-Idiota!” Sakura responde.

“-Você tem me chamando muito assim...” Kakashi falou fazendo beicinho. E por alguns instantes ele se esqueceu que ela estava magoada com ele e que ele tinha sido um completo idiota com ela.

“-Verdade! Idiota deveria ser seu segundo nome!” Sakura falou relaxando um pouco.

“-Malvada!” Kakashi responde com um pequeno sorriso.

“-Deveria ter me chamado, sou sua medica.” Sakura fala.

“-Eu mereci isso e muito mais...só tomei o medicamento para que ninguem suspeitasse da dor.” Kakashi fala. Indiretamente tinha sido o seu jeito de auto se punir pelas lagrimas que fez a rosada derramar.

Os dois permaneceram um momento em silencio.

“-Não acredito que viria a essa missão sem um ninja medico.” Sakura fala.

“-Yugao vira, mas ainda não tinha retornado na missão dela e pensei que com o grupo de backup qualquer coisa daria para esperar.” Kakashi explica.

“-Você sabe como eu fiquei sabendo dessa missão?” Sakura fala.

Kakashi acena negativamente.

“-O general apareceu na minha casa e me perguntou se eu iria cumprir o meu papel de medica ou ira ficar namorando. Ele sabe dar medo quando quer.” Esse finalzinho Sakura sussurrou.

“-Aquele velho!! Quando eu estava na ANBU pegava no meu pé e fazia treinos pesados me corrigindo sempre que podia, agora que sou hokage ele parece que piorou e me trata como criança.” Kakashi resmungou mais para si do que para a rosada.

“-Ele gosta de você.” Sakura respondeu com um sorriso

“-Eu sei...” Kakashi respondeu pensando em todo afeto que o general já tinha demostrado.

“-Se não quisesse que eu viesse poderia ter chamado a Tsunade.” SAkrua falou.

“-Eu fiquei feliz que você veio, sei que não a ninguem melhor, mas achei que não iria querer vir.” Kakashi falou sincero.

“-Sempre serei sua medica. Você foi um dos motivos que me fez querer ser medica, mas e porque não quis a Tsuande?” Sakura falou sorrindo.

Kakashi franzio a sobrancelhas estranhando algo no tom de voz da rosada quando disse o nome da medica loira, mas ele não sabia o que era.

“-A não sei o motivo, faz tempo que não saio em uma missão com a Tsunade.” Kakashi da os ombros, mas ao receber um sorriso da Sakura saber que acabou de cair em uma cilada.

“-É porque a primeira vez que vocês saíram em uma missão foi muito ruim, ne!” SAkrua fala.

“-Ixiiiiii, mas não sei do que esta falando.” Kakashi fala olhando para os lados esperando que ninguém tenha ouvido.

“-Você quer que eu te conte os detalhes da missão ou melhor das missões que vocês fizeram?” Sakura falou terminando se curar o Kakashi e se sentando ao lado dele.

“-Não acredito que aquela louca te contou.” Kakashi fala com a mao na cabeça balançando em negação.

“-Contou e não somente para mim, mais para Hinata, Tenten, Ino e Shizune. Você sabe como ela fica animada quando esta mais alta.” Sakura riu. Era constrangedor ver a reação do prateado ele se mexia sem saber como agir ate que desistiu e soltou os ombros falando.

“-Desisto. Agora o mundo ninja vai ficar sabendo da minha primeira vez.”

“-Nossa foi tão ruim assim?” Sakura perguntou debochando.

“-Não...depois eu que sou o pervertido.” Kakashi falou sem jeito.

“-Que bom.” Sakrua falou.

Os dois permaneceram se olhando, era tão bom estarem próximos suas almas se sentiam em paz e a vontade de se tocar era ardente, era visível nos olhos de todos, mas ninguem ali faria nada, ninguem tocaria no outro ou trairia Isao.

Sakura mesmo magoada, não podia negar que estar próxima a Kakashi a fazia feliz e Hatake nunca se sentiu tão bem.

“-Sinto falta de quando íamos em missões juntos.” Sakura falou recordando do passado.

“-Eu também sinto...sinto falta de você...me desculpa eu não deveria falar...” Kakashi levanta se arrependendo de ter acabando com um monto como esse.

“-Tudo bem, fiquei feliz que falou...” Sakura disse ainda sentada e Kakashi retornou ao seu lado.

Gemma e Yamato que observaram de longe esperavam que os dois se acertassem, mas estavam felizes que pelo menos estava conversando.

“-Ele é um idiota!” Gemma falou.

“-Ele é mesmo.” Yamato concordou.

Naquela noite todos procuraram descansar, pois amanha seria o dia de acabar com o grupo Yan.

 

Na manha seguinte...

 

“-Kakashi, você acha que estamos no lugar certo?” Yamato pergunta.

“-Sim, meu selo vem daqui mesmo fraco posso sentir. Vamos um pouco mais pra frente.” Kakashi ordena.

Os quatro ninjas andavam atentos, pois as digas de Ari, mas um pequeno selo que Kakashi tinha colocado em Ol os levaram ate aquela região do país do Fogo.

De repente...

“-Olha o que os ventos nos trouxeram, o Hokage! Eu sabia que seria um bom dia, mas nunca pensei que seria tão bom assim.” Lor fala.

“-Lor, Ari esta bem. Como eu prometi.” Kakashi fala.

“-Fico feliz, mas logo depois da sua morte eu irei tirar ela de Konoha.” Lor fala.

“-Infelizmente isso não ira acontecer. Viemos aqui pedir que se rendam.” Kakashi fala.

“-É as papeladas de hokage estão te mudando, vamos ver se ainda sabe lutar.” Lor fala desferindo um ataque a kakashi. De repente mais 4 renegados aparecem e a luta começa.

Sakura luta com um loiro a luta não é fácil, mas ela esta conseguindo se manter bem.

Tenzo esta lutado com uma renegada de cabelos verdes muito forte, mas mesmo sendo golpeados algumas vezes esta conseguindo resistir.

Gemma esta lutando com dois, e sua prioridade é matar um para que a luta seja mais equilibrada.

Kakashi e Lor lutam violentamente.

Sakura consegue matar o loiro e logo ouve.

“-Sakura vá ajudar Tenzo.” Kakashi ordena. A rosada se alegra a luta seria difícil, mas lutar para manter a paz era sua força.

“-Você acha que pode me vencer? Você não pode usar o Chidori que eu sei!” Lor falou rindo.

Kakashi tinha recebido alguns arranhões de Lor e por pouco não tem algum ponto vital de chara atingido. O prateado tinha um truque na manga, mas só queria usar em ultimo caso, pois com toda oscilação se seu chara uma falha poderia ser falta para ele e sua equipe.

Gemma consegue acabar com o outro renegado e corre na direção da luta de Kakashi para ajudar.

Lor sorri e sussurra para Kakashi.

“-Vou te mostrar o que acontece quando eu tocar no ponto certo em você.”

“-Gemma!!!” Kakashi grita correndo para proteger o amigo, mas foi em vão Gemma foi atingido e seu braço direto esta anestesiado e ele se sente um pouco tonto.

“-Sakura.” Kakashi fala e imediatamente a rosada entende. Eles não precisavam falar nada sua comunicação era em outro nível.

Sakura corre para socorrer Gemma e assim que chega Kakashi cerca eles com uma parede de terra.

“-Kakahsi.” Tenzo fala preocupado com os níveis de chara do hokage.

Sakura rapidamente começa a curar gemma, ela sabe que não poder desfazer o jutsu ali tão rapidamente, mas pode conseguir que um pouco de fluxo circule usando o seu jutsu medico Equien o que permitiria que Gemma pelo menos conseguisse executar jutsus simples e se protegesse e diminuiria o efeito da anestesia.

“-Logo o grupo de backup estará aqui, aguente firme.” Sakura pede.

“-Rosada, por favor, acelera. Não podemos deixar o hokage sozinho e Tenzo esta muito ocupado com o inimigo. Eu ficarei bem.” Gemma pede.

“-Se eu te deixar aqui sem os primeiros socorros não sabemos se o efeito sera revertido 100%, Kakashi ira conseguir” Sakura falou mesmo que seu coração estivesse aflito.

A rosada estava terminado de dar os primeiros socorros e a parede de terra se espatifa e os dois são lançados longe.

“-Gemma?” Sakura chama preocupada.

“-Eu estou bem, vá ajudar.” Gemma fala. Ele estava com muita dor, mas uma pequena quantidade de chacra corria em seu braço o que o ajudaria a se defender se preciso.

Sakura se aproxima de Kakashi.

“-Gemma?” Kakashi pergunta.

“-Tudo sobre controle.” Sakura responde.

“-Olha uma moça bonita pra ajudar, me falaram que você é medica. Quando eu matar o hokage vou precisar de uma medica particular.” Lor falou maliciosamente.

Kakashi e Sakura se olham e sorrindo começa a lutar contra Lor. Os dois estavam em perfeita harmonia. Um sabia o próximo passo do outro sem ao menos se olharem. Eles trabalhavam em uma sincronia um muitos levariam anos apenas para se aproximar da harmonia deles ou necessitariam de um sharingan e isso deixou a luta muito difícil para Lor.

Algum tempo de luta...

Sakura e Kakashi estão de um lado cansados, ofegantes e feridos, mas graças a Sakura todos ferimentos leves os mais graves ela curava rapidamente. Lor estava cansado também e com alguns ferimentos e sabia que não poderia ficar usando o jutsu de anestesia para sempre, pois exigia muito de seu chacra.

A única forma que o ruivo encontrou para vencer esse combate era separar os dois, mas tudo que ele tentou tinha falhado.

“-A não ser...” Lor sussurra sorrindo. Aquele seria sua grande cartada, mas ele estava seguro eu daria certo.

“-Jutsu Fogo ardente!” Lor grita indo em direção a Kakashi, mas no meio do ataque ele muda a direção e atinge Sakura que estava de guarda baixa indo para ajudar Kakashi a se proteger.

“-Ninjas previsíveis, sempre se arriscando pelo capitão.” Lor falou orgulhoso.

“-SAKURA!!” Kakashi grita se aproximando da rosada.

“-Eu...eu estou bem...mas devo levar um tempo maior pare recuperar...” Sakura fala fraca.

“-Você deveria ter se protegido.” Kakashi falou acariciando o rosto da rosada que estava sujo de sangue.

“-Fiz o que você sempre fez por mim...” Sakura falou tão fraca que quase desmaiou.

Então Kakashi a beija na testa e acariciando sussurra.

“-Descanse um pouco.”

Hatake Kakashi se levanta com outro olhar e postura, ele pode sentir seu fluxo de chacra aumentando de forma gigantesca, mas naquele momento ele não se preocuparia com as consequências.

“-Não se preocupe, depois que você morrer cuidarei bem dela.” Lor fala maldoso.

“-Raiton : Shiden Final!” Kakashi fala não dando a Lor a chance de se defender.

Tudo fica roxo.

Raios roxos são vistos de uma distancia tão grande que a equipe backup se acelera.

Tenzo que a pouco tinha conseguido nocautear seu inimigo cria uma barreia de madeira de proteção para todos.

A claridade diminui.

Os raios diminuem.

Pequenos raios roxos ainda permanecem nas mãos de Kakashi.

O corpo de Lor esta no chão totalmente queimando.

“-Kakashi...” Sakura sussurra fraco.

Nesse instante a voz de Sakura o ajuda a controlar seu fluxo de energia e os raios diminuem todos ate que somem. Raiton : Shiden Final era uma forma bruta do Raiton : Shiden e como toda forma bruta não deveria ser usada, mas Kakashi estava satisfeito em poder ver como era a forma final do Raiton : Shiden e ele gostou, combinava com a cor do jutso Equien da Sakura.

Kakashi riu e olhou para sakura que mesmo ferida e suja era a visão mais linda que ele já tinha visto e assim seus olhos se fecharam.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...