1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor anormal(imagine Tamaki Amajiki) >
  3. Descobrindo mistérios...

História Um amor anormal(imagine Tamaki Amajiki) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Fiquem com o cap de hoje....

Capítulo 5 - Descobrindo mistérios...


❦︎pov's S/N❦︎

 

após a pergunta de Tamaki eu fiquei com um frio infinito na barriga...com ele segurando meu queixo com um expressão de desconfiança...

eu tentei manter a naturalidade e logo respondi...

 

--não Tamaki,eu não sou um demônio...--falei tentando ser o mais natural possível-- porque essa pergunta de repente?

 

--não sei--ele larga meu queixo olhando pro lado-- é que eu achei estranha aquela sua pergunta anterior...

 

sabia que eu não deveria ter perguntado aquilo,que merda...agora se ele descobrir a verdade eu morro...

 

abracei o Tamaki que tomou um susto com minha ação...

 

--eii, não se preucupe, não tem como eu ser um demônio...olha eu sou humana...

 

--É tem razão,me desculpa pela pergunta idiota que eu fiz...--o mesmo faz carinho no meu cabelo-- vamos dormir...

 

--ok,eu vou dormir na sala--falei pegando um travesseiro e levando até a sala...

 

apaguei a luz do abajur do meu lado e deitei me aconchegando no sofá...aos poucos o sono vinha chegado e fechei meus olhos sem perceber...

 

-- S/N!!!

 

tomei um susto ao ouvir meu nome,e abri os olhos procurando oque havia me chamado..

 

--oiii...--falei andando pela casa escura... até que vejo um clarão no final do corredor e a sombra de duas pessoas...

 

-- mãe?pai?--falei me aproximando até que vejo a imagem deles claramente...

 

--filha--minha mãe passa a mão pelos meus cabelos,me fazendo chorar de tanta saudade...

 

-- mãe,me desculpa,eu poderia ter salvado vcs..mais eu sou diferente,eu sou um demônio estranho, desculpa por eu ser diferente...

 

-- S/N... não é culpa sua...--meu pai fala chorando-- vc não come humanos pq vc está apenas juntando energias...vc é um demônio,só que--ele faz uma pausa olha pra minha mãe com a face preucupante...

 

--oque pai?tem algo que devo me preocupar?--falei desesperada...

 

--eu só quero dizer que estou orgulhoso de vc,e quando vc chegar numa certa idade,que vc sentir seu corpo mudar...fuja,pfvv--meu pai disse com firmeza,e logo eles começaram a desaparecer...

 

-- mãe, pai...espera,pq que eu tenho que fugir???

 

tomo um susto e pulo do sofá,olho pro lado e não tem ninguém...percebi que era apenas um sonho...

mais pq eu sou diferente dos outros demônios?oque ele quis dizer com juntar energia?pq eu devo fugi quando meu corpo iniciar uma metamorfose???

 

꧁de manhã꧂

 

--bom dia S/N--tamaki desce as escadas me vendo no sofá com a cara de desanimada...

 

--bom dia--falo com a voz rouca...

 

--vc está bem?--ele se aproxima de mim--parece que vc nem conseguiu dormir,seus olhos estão vermelhos...

 

---eu vou sair pra conhecer o bairro sabe--falo me levantando e indo colocar meu macacãozinho florido...

 

--ok então,se divirta...mais vc não quer que eu vai junto?--ele pergunta enquanto me vê abrindo a porta...

 

--to de boa,eu volto antes do almoço...

 

fechei a porta e encaminhei devagar, comecei a sentir dor da minha pele ao receber luz solar na cara...pois os demônios são sensíveis a luz solar...

 

entrei em uma loja após ter sentindo um odor conforme o Midoryia disse... encontrei uma mulher humana,com certeza ela é demônio,com o odor que eu sentindo não tem erro...

 

--oiii moça,podemos conversar um pouco?--falei me aproximando do balcão...

 

--hum... olá,pode os conversar privadamente aqui dentro--ela me guia pra dentro de um quarto...

 

--pq me trouxe pra cá?--perguntei enquanto ela fechava a porta

 

--pq nois duas somos demônios,e eu recebo cliente humanos,e eles não pode. saber de nois...oque vc quer?

 

--queria um frasco de sangue especial...pois o meu acabou...--a mesma começo a procurar por um frasco...

 

--hum,qual é sua idade mocinha?--ela pergunta enquanto abre o guarda roupa e pega um frasco...

 

--tenho 16...--falei pegando o frasco da mão dela...--tenho uma pergunta senhora, existem muitos demônios por aqui nessa cidade?

 

--na cidade tem,mais eles conseguem se disfarçar de humanos graças a minha produção de frascos...

 

--ata,só isso mesmo...--falei indo em direção a porta, até que eu lembro de algo...--senhora,mais uma coisa... é normal um demônio não comer carne humana a vida inteira?

 

a senhora se assusta com a pergunta...

 

--como assim se é normal?claro que não é normal...vaza daqui,vc é estranha garota...

 

sai da loja dela,pensando no que eu poder fazer pra descobrir mais sobre meu problema,eu sou magra até demais...deve ser por causa da minha alimentação...pelo menos ontem eu consegui comer lámen

 

pelo menos eu tenho peito e bunda...

 

entro em casa,e sinto cheiro bom de comida...vou até o Tamaki e vejo ele cozinhando...putz mais que garoto talentoso...

 

--oiii S/N--tamaki fala ao perceber minha presença na cozinha...

 

--oiii meu amor--falo relaxada até que me afasto um pouco ao perceber oque eu tinha dito-- e-eu ,q-quis dizer t-tamaki...--falo envergonhada, enquanto Tamaki me olha corado...

 

--t-tudo bem S/N...vc é muito carinhosa...--ele diz ainda corado me fazendo chorar ainda mais que ele...

 

meu coração,tava batendo super forte ,dava pra ouvir as batidas deles...eu sentei em uma cadeira perto do Tamaki e comecei a pensar...

eu o chamei de amor sem querer,pq quando eu chegava em casa depois de passear pela floresta,eu chegava em casa em falava isso pra minha mãe...

 

por isso,eu falei sem querer...

 

começo a chorar enquanto pensava em meus pais...assim que me livro dos meus pensamentos Tamaki perto de mim passando a mão em minha cabeça e enxugando minhas lágrima com um rosto preocupado...

 

--esta tudo bem S/N?--ele pergunta me puxando pra um abraço...

 

--eu só lembrei dos meus pais que já morreram,só isso...e eu sinto tanta falta deles...

 

--esta tudo bem meu anjo,eu tô aqui com vc...tem algo em que eu possa fazer pra te deixar Feliz?

 

--não Tamaki, obrigada mesmo...--digo ainda abraçada--bem,tem uma coisa sim,já que vc sabe muito sobre demônios,me responda essa pergunta,quando um demônio não come carne humana desde que nasce...ele é normal?

 

--bem, é muito raro um demônio não comer humano,mais eu espero nunca encontrar um que não coma durante sua adolescência...

 

--eu não entendi--falo assustada enquanto lembrava do que meus pais disseram no meu sonho...

 

--é um caso raro,mais já aconteceu,quando um demônio não consegue comer humanos desde que nasce,ele está juntando energias,aí quando ele chega uma certa idade que é prós 17 ou 18 anos...ele passa por um momento de metamorfose,e ele se transforma em um demônio supremo...que irá devorar a cidade inteira...e se ele não ser derrotado,os humanos podem ser aniquilados do mundo...por isso os exterminadores sempre matam demônios que não comem carne humana,pra não corrermos o risco deles chegarem na idade da metamorfose...e vc vai se sair muito bem na área da exterminação,pois vc gosta de saber sobre os demonios....mais alguma pergunta S/N?

 

--e-eu...

 

sinto minha pressão cair e logo me dar uma tontura forte...

 

--S/N?vc está bem?

 

ouço a voz de Tamaki ecoar na minha cabeça, até que desmaio nós braços do Tamaki apenas escutando a voz dele sumindo aos poucos...

 

--S/N!!!?!?!?

 

 

 

 


Notas Finais


Tadinha da S/N 😔✋(S/N supremacy)
Eu amo ler os comentários então manda ver aí...
Se quiserem podem tentar prever aí nos comentários oque Tamaki faria se descobrisse que S/N é demônio 🌚😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...