História Um amor ao acaso - jikook - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Cross Gene, Jay Park
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Seyoung, Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sangmin, Shin Won-ho
Tags Jikook
Visualizações 57
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


.Boa leitura estrelinhas ☆.

.Desculpa pela demora

.Desculpa se houver erros ortográficos

Capítulo 66 - Cap. 64


Fanfic / Fanfiction Um amor ao acaso - jikook - Capítulo 66 - Cap. 64

Anteriormente 


Todos os garotos estavam chorando muito mas não era um choro de dor ou tristeza era um choro de alegria de saber que as pessoas que eles mais amavam estavam ali na frente deles não completamente bem como jungkook mais estavam bem aos olhos deles pois os dois estavam ali em pé .


Capítulo Atual.

Jimin on 


Aish hy-hyung eu senti tanta falta de vocês - disse aos prantos

Agora tudo vai ficar bem - disse hobi com lágrimas nos olhos mais ainda sim com um sorriso enrradiante nos lábios 

O que vocês fizeram com o meliante ? - perguntou o policial com um semblante sério e com uma postura de dar medo.

E-ele está preso no quarto...arh...no d-de cima - falou jungkook gaguejando um pouco e gemendo de dor e assim logo após sua frase  o policial saiu de perto dos garotos e entrou na casa com mais cinco outros colegas de profissão 

Não se preocupe kookie eu já liguei para a ambulância - informou jin que já não chorava mais,o mesmo havia saído de perto de nós para fazer a ligação. 

Vamos para casa,já falei com o delegado e só depois de vocês saírem do hospital é que vocês irão da o depoimento - falou namjoon assim que se aproximou de nós.

Tae e Yoongi tiram jungkook do meu lado mesmo a contragosto e o levaram até a ambulância que havia acabado de chegar e já tinha seus enfermeiros saindo da mesma já com alguns equipamentos em mãos.

Como eu estava fisicamente melhor do que o kookie eu fui ao seu lado na ambulância segurando sua mão enquanto o mesmo estava deitado na maca sedado,ele parecia está no mundo dos sonhos. Meu peito doía,doía ver ele sofrendo,doía vê-lo chorando,doía ver o mesmo nessa situação e não poder fazer nada além de esperar ele melhorar,mas de uma coisa eu sei Kim Yugyeon vai pagar por tudo que ele fez com o meu jungkook vai pagar por ter feito o meu jungkook chorar e sofrer ou eu não me chamo Park Jimin.

A viagem da ambulância durou uma hora e pouco,por nós não estarmos na cidade e sim fora dela na parte mais escura dentro de uma floresta na qual a todo momento jungkook recebia cuidados médicos e eu séria avaliado só no hospital.

Assim que chegamos no hospital jungkook foi levado para uma sala de exames no segundo andar do hospital no quarto 315 setor E e eu como era um caso mais "simples" fui levado para o quarto 314 para fazer exames.

Olá,como está se sentindo? - perguntou o médico assim que adentrou o "meu" quarto 

Olá acho que bem - respondi ao mesmo enquanto lua algo na prancheta o deduzi ser meus dados médicos 

Bem senhor Park Jimin eu sou sua médica Jennie - informou a doutora 

Prazer - respondi lhe não disse a ela meu nome pelo simples fato de ela ter todos os meus dados - e por favor só Jimin 

ok Jimin,você não teve nenhum ferimento profundo seus exames estão perfeitos - disse a doutora 

Isso é bom mas você sabe me informa sobre Jeon Jungkook - perguntei esperançoso de que ela pudesse me dizer algo

Ele é seu alfa? - perguntou Jennie

Sim é então como ele está? - perguntei mais uma vez 

Desculpe mas não posso dizer isso,é antico ético de acordo com nosso contrato o máximo que posso lhe dizer é que ele está bem e sedado para dormi - informou a doutora - mas Park vendo seus exames eu tenho uma pergunta - disse a doutora

Faça então - respondi a Jennie 

Você anda sentindo enjoos - perguntou a mesma



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...