História Um amor complicado - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Batman, Superman
Personagens Alfred Pennyworth, Bruce Wayne (Batman), Clark Kent (Superman), Coringa (Jack Napier), Damian Wayne, Kara Zor-El (Supergirl), Kon-El (Superboy), Personagens Originais
Visualizações 93
Palavras 902
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - O orgulhoso


 Pv Damian 

 Andava ingual a um doido para fora daquela escola onde pessoas doidas vinhao atras de mim, virei uma esquina e junto as pessoas, olhei para tras e vim mais pessoas se jutando, parecia que eu tinha virado uma selebridade "bem isso eu ja so" 

Damian:superboy 

 Susurrei e ele venho e me pegou indo para longe daqueles doentes. Entramos pela janela do meu quanto e eu empurrei ele o olhando feio 

Damian:voce viu oque voce fez?

Jon:oque?

 Senti meu sanguem ferve fui ate o mesmo tentando fica da sua autura mais era impossível

Damian:agora eles vao pensa que eu sou gay

Jon:e voce nao e?

Damian:nao 

 Gritei sem pensa nas consequências, jon me olhava indginado e com odio nos olhos, percebi que aquilo o afetou e isso me afetou também, eu queria fica com jon, mais eu nao queria que as pessoas pensassem que eu fosse gay 

Jon:voce..percebe oque esta falando?

Damian:sim..e eu percebo que eu nao sou gay

Jon:haha entao voce bi?

 Dava risadas irônicas oque me dava nos nervos, fui ate o mesmo e o empurrei mais uma vez e ele levantou o braco para me dar um murro mais logo se abaixou por eu esta todo encolhido de medo 

Jon:como voce pode fala isso..voce nao me ama?

 Olhei para ele rapidamente e me reprimir olhando para o chão e mordendo os labios 

Damian:eu..eu te amo..e so que..

 Ele me pegou pelo colarinho me fazendo olha em seus olhos

Jon:"e so que" oque?

 Mordi os labios mais uma vez olhando em seus olhos azuis que estavam ascendendo uma faisca de vermelho "ele vai me transforma em cinzas"

Damian:eu nao quero ser assim

 Soltei e ele arregalou os olhos me jogando no chão e se afastando 

Damian:eles vao nos julga

Jon:eles poderiam nos julgao o quanto quizer, que eu sempre ia está com voce 

 Olhei para ele com lagrimas nos olhos 

Damian:eu tenho medo 

Jon:nao deixe o medo domina seus sentimentos

Damian:eu nao me importa para essa merda de sentimentos, eu so quero que eles suma

 Nosso olhos estavam se cruzando enquanto a raiva estava em mim

Jon:damian

 Vi seus olhos se intristeserem e percebi que eu falei uma merda, me levantei e fui ate o mesmo o abracando 

Damain:me..me desculpa eu nao queria fala isso 

 Me empurrou tao forte que se não fosse pela cama acho que eu estaria desmanhado agora 

Jon:mais voce disse 

 Gritou e subiu em cima de mim me olhando com repuginado

Jon:voce quer tanto que esses sentimentos sumam..entao ta..eles vao sumi

 Saiu de cima de mim e foi para a janela nao me aguentei e corri ate o mesmo pegando em seu braco 

Damian:nao jon, me pedoa

Jon:me diga uma coisa

 Me olhava serio enquanto puxou seu braco

Jon:voce se assumiria para mundo por mim?

 Eu queria grita sim e o beija com todo o meu amor, mais inves disso eu nao consegui, nao aceitaria ser julgado por qualquer um. Me afastei olhando para baixo vendo que ele entendeu o recado 

Jon:foi oque eu pensei 

 Senti a presao que seu voou causou me dando um leve empurrão, minhas pernas de uma hora para outtas bambiaram e eu cai de joelhos, senti a agua quente sai dos meus olhos, segurei mais nao por muito tempo, rolavam como lava queimando a minha pele fria, o silêncio estava tanto que eu conseguia ouvi se chocando no chão. Ouvi a porta cendo aberta e passos desesperando vindo em minha direcao. Senti o seu perfume me tranquiliza, seus bracos me dando corforte e proteção era tudo que eu precisava daquele momento 

Amelia:to vendo que nao vou embora tao cedo 

 Sua voz bricalhona me fazinha rir ate nesses momentos 

Amelia:vem meu bebe

 Me levou ate a cama e deitou comigo e isso fez me lembra do meu aniversário de 15 anos

Damian:jon

 Susurrei e ela acariciou a minha cabeca 

Amelia:shii, ele vai volta

 A como eu queria que ele voltase e que me beijase me perdoando e dizendo que nunca mais ia sair do meu lado, grande ilusão que eu tive 

Bruve:você está bem filho?

 Olhei em seus olhos e senti o conforto paterno, sorri vendo que eles parecia feliz e nao triste e trancando daquele quanto

Damian:estou..agora 

Amelia:quer nos conta oque aconteceu?

Damian:brinca boba de casal 

 Eles riram e eu acompanhei, como eu queria que aquilo fosse uma briga boba e que no outro dia o casal ja estsva se amando de volta, na verdade era bem pior do que aquilo, eu nao ia ver jon amanha, e nem depois, ate eu engoli o meu orgulho e me rendem aos seus semtimentos, uma coisa que eu nao era bom, era se rende, isso nunca, mais..eu o amava. Certo?

Amelia:eu e seu pai vamos num parque? Quer ir?

 Por isso meu pai estava todo feliz, so ela mesma para conseguir animalo 

Damian:nao..eu preciso descansa 

Amelia:tudo bem querido..voltaremos a noite, ok?

 Ela se levantou e depositou um beijo em minha testa depois foi o meu pai

Bruce:se ciude

  Acenti e eles se foram, estava mais uma vez sozinho, iludido pensando que algum momento, jon ia entra pela quela janela me abracando e me esquentando com seus bracos forte, nao faz nem dez segundo que ele saiu e eu já sinto sua falta, demos nosso ultimo abraco, bom, eu dei porque ele meinho que me empurrou ne

Damian:eu preciso de voce..jon 

 Inutilmente eu o chamei, esperei, e esperei, nada. Ele não venho e meu coracao se quebrou, lágrimas e mais lagrimas rolavam de meus olhos, e com isso, eu acabei pegando no sono



Notas Finais


Esse e o tal do serumando que fica cagando de sono depois. Eu sou louca mesmo por posta cap a esse hora nao?

Tchau cambada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...