História Um amor complicado - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Batman, Superman
Personagens Alfred Pennyworth, Bruce Wayne (Batman), Clark Kent (Superman), Coringa (Jack Napier), Damian Wayne, Kara Zor-El (Supergirl), Kon-El (Superboy), Personagens Originais
Visualizações 98
Palavras 1.087
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 32 - Harvard e pedido de perdão


 Pv Jon 

 Cai ingual a um meteoro no meu quanto, o odio me consumia e eu estava pronto para quebra a cara de qualquer um que se atrevesse a aparece aqui, senti uma movimentação atras de mim me virei ja com o punho no ar, parei na hora quando vi quem era

Lois:vai me bate mesmo?

 Estava seria e confiante se mantendo firve e nao apavorada que era como alguem devia fica quando estava preste a ganha um soco. Abaixei a mao e ela continuou com a mesma face ate se pronucia 

Lois:oque damian fez dessa vez?

 Vi o tedio e sua face e por pouco eu nao ri 

Jon:acredita que ele nao quer se assumi gay?

Lois:mais voce ja devia espera por isso..afinal..ele e orgulhoso..igual ao batman 

 Droga. Ele tinha que puxa o pai? Na aparência ele puxou tudo da mae, dos fios do cabelo ate a pontinha do pe, mais ele tinha que puxa a pessonalidade do pai

Jon:eu nao o entendo

 Me sentei na cama e ela suspira percebendo que aquele assunto nao ia acaba tao cedo 

Lois:jon..eu e seu pai te avisamos 

Jon:sim voces me avisaram..mais e so que..mesmo ele fazendo essas coisa..

 Olhei em seus olhos vendo a preocupação

Jon:eu o amo..amo ao ponto de matar por ele 

 Ela se assutou fazendo uma esprecao horrorizada, percebi oque eu mesmo tinha dito e vi que aquele amor era doentio, mata por uma pessoas? Isso e loucura

Jon:eu queria sai da cidade

 Falei repetidamente fazendo ela se assuta mais uma vez 

Lois:fi..filho

Jon:eu quero ir para aquela facudade que voce falou

Lois:harvard?

Jon:essa 

 Comecei a pega minha mochila e arrumala com roupas e coisas basicas enquanto minha mae entrou em desepero 

Lois:mais filho, voce nao pode ir...e o damian

Jon:eu quero que o damian vai a merda 

 Acabei falando um palavrao e levando um tapa de presente, mais como sou feito de aço isso nao me afetou oque a deixa roendo de raiva 

Lois:voce não vai deixa ele sozinho

Jon:ele tem o pai e a mae dele 

Lois:amelia voltou?..esqueca eu nao vou...

 Ouvimos a porta da cozinha bate com forca, me segurei para nao rir com o susto que lois tomou. Fomos ate a sala e meu pai tava quais amacando uma panela, minha mae correu ate ele e tirou metendo ela em sua cabeca 

Lois:mais um que eu tenho que atura 

 Comecei a rir vendo meu pai acariciando o local, era bom ve eles juntos, como minha mae ou meu pai nao tinha para onde ir eles resolverão fica juntos ate meu pai se muda para a casa do batman, mais acho que isso nao vai acontece tao cedo 

Lois:foi o batman nao foi?

Clark:acredita que ele tinha outro cara antes de mim

 Minha mae rolou os olhos e seguiu ele ate o sofa, fui atras porque eu quero sabe da treta 

Clark:eu fico com tanta raiva em sabe que outro cara o tocava e fazinha..coisas..com ele

Jon:que tipo de coisas pai?

 Sorri brincalhão e ele me olhou com um odio tao grande que eu ate me quetei em meu canto, minha mae tocou em sua mao e vi o corpo dele relaxa mais logo foi a vez da minha mae brinca um pouco com a situação

Lois:esta mais bravo por saber que nao foi voce que tirou a virgidade dele ou por voce nao saber disso?

 Minha mae e eu rimos e meu pai entrava nos nervos 

Clark:os dois ne lois

 Ele gritou e ja vi minha mae pegando a chinela

Lois:nao grita comigo nao que a chinela voa 

Clark:ta..dusculpa 

 Agora todos estavam se acalmando mais eu nao consegui tira a ideia da cabeca de ir para harvard, la eu ia ter bons estudos e tambem eu ia pode esquecer o damian, ja que e assim que ele quer

Jon:pai estou pensando em ir para harvard

 Ele sorriu e me parabenizou

Clark:que coisa boa filho..mais e o damian?

  Ouvi aquele nome me deixou com raiva sai chutando tudo enquanto gritava e trancava a porta do quanto

Lois:eles tiveram uma briga..e parece ser uma das feias

Clark:mais o damian vai fica triste por ele sumi assim sem avisa

Jon:eu consigo ouvi voces 

 Gritei do quanto e depois ouvi silêncio, suspirei cansado e me joguei na cama 

Lois:voce nao vai fazer nada?

Clark:nos avisamos a ele, nao avisamos?

 E..voces me avisaram 

Clark:ele que arque com suas proprias consequências

 Valeu pai..que paizão que voce e. Fechei os olhos com tanta forca que acho que os engoli, eu so queria durmi para nao ter que ouvi oque eles falavam 

Lois:bom..vou arruma a vaga dele..acho que eles vao fica feliz por ter o filho do superman estudo la 

 Pelo menos uma coisa boa eu ouvi antes de cai sono. Harvard, ai vou eu 

 Pv Batman 

 Chegamos do parque rindo e fazendo brincadeiras um com o outro

Amelia:quais que aquela mulher vomitou em voce 

 Ria se jogando no sofa e eu fiz o mesmo

Bruce:e quais que voce caiu do brinquedo 

Amelia:e por que aquele homem nao prendeu direito

Bruce:mais foi voce quem prendeu

Amelia:foi?

 Fez uma face pensativa e voltamos a rir, ouvi o silencio da casa e olhei para amelia e ela entendeu o recado. Subimos as escadas e abrimos a porta do quanto de damian, onde dormia encolhindo pelo frio, fui e ferchei a janela enquanto amelia o embrulhava. Me aproximei dele e vi que o rosto de damian estava inchado, eu deixei meu filho ser feliz e olha oque aconteceu, ele estava sofrendo ingual eu. Suspirei me odiando por ter deixando ele namora aquele cao sarnento 

Amelia:tomara que eles se resolvam 

Bruce:tenho que concoda com voce 

 Saimos do quanto e eu parei de frente ao meu e amelia me deu um beijo na bochecha de boa noite e foi para o quanto de hospede, entrei e ferchei a porta, olhei para aquela cama tão grande, me joguei nela e mesmo eu todo espelhando ela ainda faltava um luga, onde clark dormia, me fazinha falta dos seus brancos me envolvendo e seus beijos carinhoso em minha nunca, me encolhi e arrisquei

Bruce:clark?..me perdoa

 Talvez ele ousa ou talvez nao, dormi com essas penguta rondando a minha mente, sera que ele um dia vai me perdoa?

 Pv Clark

 Estava me arrumando para dormi no sofa, quando ouvi a sua voz 

Bruce:clark?...me perdoa

 Meu coracao amoleceu e eu tive a nessecidade de ir até o mesmo e o abraca e o beija mais algo dentro de mim nao permitiu, nao pude ir até o mesmo, e isso me matava aos pouco de não pode tocalo, ele estava tao perto e ao mesmo tempo tao londe, como eu pude me torna tao orgulhoso?



Notas Finais


Mano eu tenho que posta os caps mais cedo, porque ninguem merece

Tchau cambada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...