História Um amor de Bruxa - (BTS) - Kim Taehyung (Short Fanfic) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Bts, Kim Taehyung, Romance
Visualizações 35
Palavras 1.498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eaii gente linda!! Mais um capítulo de "Um amor de Bruxa". Espero que gostem deste novo capítulo ❤️❤️

Desculpem qualquer erro e boa leitura amores <3

Capítulo 2 - Ódio de vizinhos! - Capítulo 01


Fanfic / Fanfiction Um amor de Bruxa - (BTS) - Kim Taehyung (Short Fanfic) - Capítulo 2 - Ódio de vizinhos! - Capítulo 01

Capítulo 1


Myung na manhã seguinte acorda com o sol a bater no seu rosto e se senta na cama se espreguiçando. Estala os dedos.


–Água, Água! – uma garrafa de água voa até ela e ela começa a beber a mesma. Se levanta então se vestindo e fazendo as higienes diárias.


Sai do quarto e vai até à cozinha se sentando à mesa. Põe cereais na tigela e em seguida leite e começa a comer.


–Bom dia querida – falou Mi entrando na cozinha e pegando um café para ela.


–Bom dia tia – falou sonolenta enquanto comia.


Lynn pega uma maçã e pega uma mochila que estava no chão.


–Até logo tia – deu um beijo na bochecha da Mi e olhou para Myung e mostrou lhe a língua.


Myung mostrou também e depois ririam.


–Até logo mana – falou Lynn sorrindo saindo de casa, com a porta ainda aberta vê uma carrinha a pôr móveis de luxo dentro da casa ao lado e um homem se aproxima da porta das Yangon. –Tia! –falou a pequena chamando a Mi e então continuou o caminho para escola.


Mi suspira.


– O que foi agora?...


–Deixa estar tia, eu vou lá – falou terminando de comer e então se levanta e andou até à porta.


Abre a porta e ficando frente a frente com o jovem rapaz da porta ao lado.


Os olhos dos dois brilhavam e se olharam por momentos até que Myung da um passo para trás.


–Desculpe..


–Tudo bem...


–Não se vai desculpar também?


–Deveria?

Falou o jovem arqueado a sobrancelha.


–Sim deveria, porque estava tão perto da porta assim? É algum tipo de pervertido?


–Pervertido? Eu? Simplesmente vim comprimentar os meus novos vizinhos estava tentando ser educado.


–Só tentou!


–Eu não admito que meu fale assim!!


–Ae? Deveria falar como? Oh realeza! – falou Myung dando um passo ficando com o rosto próximo do dele novamente e se olharam até que Mi aparece e puxa Myung.


–Myung, vai arrumar a cozinha por favor –falou olhando a Myung.


–Mas tia!


–Mas nada! Vai logo!


Myung revira os olhos e começou a andar.


–Desculpe a minha sobrinha ela..


Enquanto Mi falava o rapaz olhava a garota de costas enquanto andava, ela se vira o olhando e mostra lhe a língua. Continua a andar e entra na cozinha deixando ele de a ver. 


O nome dela é... Myung...


–Senhor? Está me ouvir? – falou Mi o olhando.


Ele volta dos seus pensamentos, olha Mi e estende a mão.


–Sou o seu novo vizinho, espero que possamos nos dar bem, chamo-me Kim Taehyung, trate me apenas por Taehyung.


Mi o olha de cima a baixo e aperta a mão dele.


– Sou a Mi, desculpe mais uma vez a Myung.


–Tudo bem, miúdas mal educadas são mal de controlar mesmo.


–Mal educada? A Myung? Quem você pensa que é para ofender a minha forma de educação hein? Deve pensar que é mais que os outros! Tenha um bom dia! – falou Mi entrando em casa e fechando a porta com força bem na cara do Taehyung.


Taehyung suspira começando a andar, põe as mãos nos bolsos e andou até à casa dele se lembrando da Myung. Suspirou se lembrando dos cabelos brilhantes dela... Os olhos escuros, a pele clara e os lábios rosados... Simplesmente...


–Taehyung? – falou Jungkook se aproximando do Taehyung.


Taehyung volta dos seus pensamentos e olha Jungkook.


–Sim Jungkook, diga.


–Como correu a recepção aos vizinhos? Simpáticos?


–Simpáticos??? Mal educadas, Chatas, escandalosas! Agora com licença, tenho que ir fazer compras para a minha nova casa. Cuide do projeto! Não quero ver nada fora do lugar que mandei – falou Taehyung entrando no carro dele começando a dirigir o mesmo.


Jungkook revira os olhos.


–Que menino chato! – falou baixo e começou arrumar as coisas.


De volta à casa das Yangon...


Mal educada? Eu??! Aquele filho de uma figa, deve pensar que é rei de Roma, pensar que ele agora é meu vizinho??? Ele que se mantenha bem longe de mim!


Pensou Myung olhando pela janela de braços cruzados. Olhando pela a janela acaba por dr lembrar do Taehyung, do rosto dele, os olhos... Os lábios...


–Myung?


Myung volta dos seus pensamentos ao ouvir a tia, fica um pouco atrapalhada mas logo volta ao normal.


–Sim tia?


–Eu tenho que ir cuidar da loja, podes ir fazer umas compras para o jantar? – falou pegando a mala dela e vestindo a jaqueta.


–Esta bem – começou a andar. 


–Não te esqueças do... 


Myung sai de casa nem ouvindo a tia. 


–Guarda-chuva! –Suspira e procura as chaves por todo o lado. Estala os dedos e as chaves voam até ela. 


[...] 


Myung chega à loja distraída pois estava a ouvir música e vai pegando algumas coisas para o jantar. Enquanto metia tudo na pequena cesta de metal passa por um jovem rapaz sem notar quem era apenas pegava as coisas do lado dele. 


O jovem falava ao celular. 


–Já disse para marcar uma reunião. Sim. Sim daqui é o Taehyung... 


A Myung estava a tentar pegar algo à frente do rapaz mas não estava a conseguir. Se aproxima mais e a cesta encosta nas costas do Taehyung parecendo quase como uma faca. 


Taehyung larga logo o celular e pega o braço da Myung sem nem ver quem é,e a rodou no ar no sentido de querer que elas caísse. 


A mesma se assusta mas não cai, ao invés disso quando ele a roda em vez de cair se apoia nas pernas, pegou o braço dele e o jogou no chão. 


Os dois se olham. 


–Tu??! 


Falaram os dois ao mesmo tempo. 


–Porque pegou o braço desse jeito hein? Me assustou! É mesmo um pervertido!!! 


–Eu pervertido??? Tu é que estavas me a apontar uma arma! Sua louca!! 


Myung arqueia uma sobrancelha, Taehyung olha mais para beijo vendo que era a cesta de ferro que tinha encostado nela. Ele suspira. 


–Per-Ver-Ti-Do!!! – Myung mostrou lhe a língua, pegou as coisas dela pondo novamente na cesta e passou por ele indo até à caixa. 


Na caixa paga tudo e sai do mercado com as sacolas mas só fica na frente da porta pois estava a chover. Suspira e fica esperando a chuva passar. 


Taehyung sai da loja com uma sacola e a vê. 


Bem feita! É para aprender a não ser tão mal educada!


Myung o olhou de relance e revirou os olhos. 


O lunático tá aqui... 


Taehyung suspira e pega as sacolas dela e a puxou pelo o braço. 


–Ei!! O que está fazendo??? 



–Só vem logo menina!!  –abriu a porta do carro e a empurrou para dentro do mesmo e fecha a porta. 


Taehyung põe as sacolas nos bancos de trás e entrou no lugar do condutor. 


–Põe o cinto! 


–Isto é rapto! Sequestro!! 


–Anda logo!! 


–Não não não!!! 


Taehyung se aproxima dela e põe o cinto dela nela, quando a olhou os rostos estavam muito próximos e os lábios a milímetros. 


Myung o olha, àqueles olhos lindos, a pele clara com algumas gostas da chuva tornavam o rosto dele mais brilhante do que é normal. Os cabelos molhados que o deixava simplesmente lindo, os lábios um pouco mais rosados que antes. Myung se distrai nos pensamentos mas então o empurra e cruza os braços. 


Taehyung suspira revirando os olhos e começou a dirigir com o carro. 


[...] 


Ficaram a viagem toda sem falar e então Taehyung para o carro em frente da casa dela. Se estica um pouco pegando as sacolas dela e lhe as da. 


Myung tira as sacolas da mão dele com certa agressividade. 


–Eu ainda não me esqueci! Não pense que por me ter ajudado viramos amigos. 


Taehyung franze os cenho e a olha sem perceber. 


–O que? 


–Hoje de manhã! Chamaste de mal educada e o mal educado és tu!! 


–Eu? Mal educado?? Tu que não sabes nem deixar a língua dentro da boca e eu sou o mal educado? Chata!! Mal educada! Pirralha!! – falou se aproximando do rosto dela falando num tom irritado! 


–Mal educado é você oh riquinho! Deves pensar que todos te devem algo!! Chato! Mimado!! Estúpido!! Eu odeio te! – falou se aproximando do rosto dele também falando no tom irritado. 


Os dois ficam com os lábios a milímetros de distância novamente, se olham. 


Taehyung ia se aproximar mais quando o celular começa a tocar e ele se afasta pegando o cell e atendendo a chamada. 


–Sim? Daqui fala o Taehyung. 


Myung o olha e sai do carro batendo a porta do carro e entra em casa encharcada. 


Taehyung... 


Pensou se lembrando deles quase se beijando. 


–ODEIO, ODEIO, ODEIO ELE!! 


Lynn e Mi estavam sentadas no sofá a ouvem e depois olham uma para a outra. 


–Mulheres! 

Voltaram a olhar a televisão.


Myung anda até ao banheiro, tira a roupa, enche a banheira de água e se entra na mesma. Relaxa e olha o teto.


Aquele Taehyung...


Falou pensando em todos os momentos que eles tinham se encontrado.


Odeio ele!


Taehyung em sua em casa também estava deitado na banheira relaxado.


Myung...


Falou se lembrando dela.


Miúda mal educada!



Apenas os humanos acreditam em destino! Bruxas acham bobeira e riem dos humanos por acreditarem.

Mas Myung... Acreditará mais do que destino mas também acreditará em amor...


Continua... 




Notas Finais


Eaii, querem que continue?? Gostaram do capítulo?? Comentem o que acharam, aceito críticas construtivas para um melhor futuro da Fanfic!

Um beijo e até o próximo capítulo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...