História Um Amor de um Assassino e uma Humana? - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Errink, Novela, Romance, Undertale, Universos Alternativos, Violencia, Yaoi Etc, Yuri
Visualizações 13
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Magia, Mistério, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura/zueira!

Capítulo 33 - Por trás das câmeras ( 1 )





     * Tsu On *



Fui até Dust


- Hey! Bora zuar geral?!

- Bora!


Pegamos uma câmera e saímos filmando o estúdio.


No caminho vimos Lust.


- EAE GAY?! 

- EAE ASSASSINO!

- EAE NEKO 

- EAE ROXINHO


Então, apareceu atrás de nós. 


- É O DEMÔNIO! - virei pra trás, pegando uma frigideira do quinto duzinferno e batendo na cabeça da pessoa. 

- MAS QUE MERDA?! - era Error atrás de mim. 

- Me fudi 

- SË FÜDÊÜ MÊSMØ! - e começou a me perseguir. 


Começou uma música ( Sweet Dreams lógico ) e eu corri MUITO!


Chegaram mais alguns sanses como Science, Sans Clássico, Outer, G ( Gaster!Sans), etc. 


E ficaram só vendo a treta. 


Depois, eu, Dust e Error fomos ao quarto da narradora. 


Chegamos na frente da porta, que era preta com detalhes roxos e dourados.  E tinha uma placa de não entre. 


Arrombamos a porta,  e vimos a narradora mexendo no seu computador.


- Oh, olá! Mas quantas vezes já disse para não arrombar a porta? - ela disse com sua voz doce, calma e fofa. 

- Desculpa, mas queríamos lhe ver!

- Ok, ok.


A nossa querida autora, tinha olhos dourados, cabelo castanho até os ombros, estava usando um óculos vermelho e estava com um casaco que ia até aos joelhos, escrito "Cute" nele, a cor dele era branco. 


- Fofa! - falei apertando sua bochecha. 

- Para... 

- Eu ainda vou te shippar com alguém, me aguarde! - Error disse.

- Sinto que vou me fuder 

- Vai mesmo - Dust disse.


Saímos, e ela foi conosco. 


Fomos a sala e vimos Fresh com uma roupa de peixe dançando "Sexy Fish" e...  


Todos rindo. 


Hahahaha 


- Hahahahah - todos estavam rindo. 


Então, surgiu GenderBend Sans, de bikine dançando "Bikine Body". 


Então, todos olhamos para a autora. 


- Que foi? 

- Desafio pra tu... - Lust disse, entregando uma sacola a ela. - Vista a roupa que tá aí. 

- Me fudi. 


Ela foi ao banheiro. 


Depois de uns minutos ela voltou, e estava usando um vestido de neko meio... Sexy... Coisa do Lust, lógico.


- Agora... Dança isso - ele disse mostrando uma música. 

- Você me paga, filho da puta. 


Então, ela começou a dançar DNA, BTS. 


Vimos escorrer sangue do nariz do G. 


Hahahahha. 


Comecei a dançar junto. 


Depois, ela bateu com um taco de beisebol na cabeça do Lust. 


- Por me fazer dançar samerda, mas a roupa é até que confortável. 


E Lust saiu andando para o camarim


Ela andou até uma poltrona, sentou na mesma colocando suas pernas nos braços da poltrona. 


- I'm a Banana! I'm a Banana! Banana Power! Banana Power! - eu cantei dançando. 

- Hahahah 

- Niko Niko Nii! - a autora acabou falando, mas a voz dela estava extremamente fofa. 

- Fofaaa - G disse a pegando no colo - Eu vou te guardar num potinho! 

- Nhaum!


Os dois ficaram meio corados.


Continuei filmando, corri até um dos camarins e espionei. 


Vi Lust e Horror.


- Vamos lá querido... Não vai doer~ - Lust disse se sentando no colo de Horror 

- Claro, por que não?~ - Horror o respondeu, começando a tirar a camisa.


Sai andando de lá, como se não tivesse visto nada.


Olhei em outro quarto, e vi Nightmare e Cross abraçados, meio que chorando e depois se beijaram. 


- Finalmente... Namorados - Cross disse 

- Sim, com certeza, meu híbrido - Night disse.

-Minha Lua - Cross disse o beijando.


" Fofo " - pensei.


Bisbilhotei vários quartos por muito tempo, até que um vi em que G beijou a Autora. 


- H-hum....- a autora estava extremamente corada e G também. 


Se abraçaram. 


Novo casal =).


Voltei a sala, onde vi Science e Outer conversando, Fell e Berry vendo TV e se beijaram, Killer e Dust se xingando e PJ, Gradient, Ink e Error brincando. 


Fui até Killer.


- XINGA MEU NAMORADO DE NOVO E TE METO A PORRADA 

- Ui, que meda, seu namorado é um filho da puta. 


Quando ele falou aquilo, senti meu sangue ferver, e dei um chute em sua perna e um tapa na cara. E ainda um soco em sua barriga. 


- Viado 

- Idiota

- Filho da puta - eu disse.


E geral estava olhando.


- Tão olhando o que porra?! - falei. 


Sai andando até meu camarim, onde coloquei a câmera na escrivaninha. 


- Bem, foi isso, tenho que ir, a bateria está acabando e não quero perder a filmagem, hehe. Até mais ! - então desliguei a câmera.




Notas Finais


Tomara que tenham gostado!

Tenham determinação!

Terá mais "por trás das câmeras" eu acho...

Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...