História Um Amor De Viagem - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Giovana Antonelli, Salve Jorge
Personagens Personagens Originais
Tags Giovanna Antonelli
Visualizações 29
Palavras 630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vorrteii

Capítulo 11 - Tentação


-Helô eu sou homem pra casar e mimar.

-hahaha Alan não me faça rir.

-eu estou falando sério marrenta. Posso ser... Posso ser seu. – Alan esperava que Helô não lembrasse de nada no outro dia.

-Você não sabe do que está falando. Eu sou muito chata você não me aguentaria um dia.

-não é não. Você é incrível.

-você é tão bonitinho quando quer. Agora eu entendo porquê sempre tem um monte de mulher atrás de você.

-por que?

-porque você é fofo, carinhoso e engraçado. Você é legal doutor Alan.

-e você é toda seria, mas se bebe fica toda melosa, toda amável.

-eu não sou amável Alan.

-é mais amável do que você pensa. -ele diz em um suspiro quando está a levantando.

-o que?

-nada... vamos dormir bebum! Passa pra cama. Você já bebeu demais. -fala batendo palmas.

-mas Alan... ahhhh chato! Ajuda aqui vai. -ela fala quando tenta levantar mas não consegue.

-vem logo!-ele puxa, mas acaba perdendo o pouco equilíbrio que tinha e os dois caem juntos. Alan por cima de Helô.

-Alan! Aii seu obeso sai de cima! -gritou Helô rindo como criança.

-hei eu estou no meu peso ideal. Ok? -ele diz, então percebe que estava a centímetros da delegada. Por Deus ele tinha tentado. Ele resistiu bravamente a essa mulher, mas nada colaborava.

-por que está me olhando assim? -diz o encarando.

-Você é linda. Por isso. -bocas separadas por pouco.

-você também. -ela fala seria. - você é lindo também. -então sorri.

Nesse momento Alan perde todo o controle que tinha e avança sobre os lábios da delegada com paixão. Ela não resiste. Pelo contrário, ela retribui da mesma forma.

Era um beijo apaixonado, suave , mas que com o tempo se transformou em algo quente.

Para a sorte ou azar de Alan eles precisavam de ar e precisaram se separar.

-nós nos beijamos Alan. -Helô disse boquiaberta. -e agora?

-por que você esta perguntando pra mim? Você que estava aí sendo tão linda e eu não resisti.

-Você me beijou.

-e você beijou de volta.

Eles ainda estavam agarrados em um emaranhado de braços e pernas.

-ninguém manda você ser gostoso. Se você fosse feio eu não ia ter te beijado de volta.

-ahh então agora eu sou gostoso?

-para Alan!

-o que mais eu sou?

-fofo, bonito charmoso. Ciumento porque eu notei muito bem aquela cena lá o hotel. Viu! -ela diz muito rápido e ele sorri.

-não sei do que você esta falando.

-sabe sim! Agora sai de cima vai. -diz ela colocando as mãos no peito dele e o empurrando. Mas não consegue. -Alan!

-eu estou apaixonado por você Helô. – ele fala a encarando.

-para, ok? Amanhã a gente não vai nem lembrar disso. Então para.

-posso não lembrar do que estamos conversando agora, mas vou saber muito bem que estou quase literalmente de quatro por você delegada.

-olha não faz assim. Você é todo bonitinho não diz aí que está apaixonado por mim. Sé não eu vou te agarrar. Estou te avisando.

-eu estou apaixonado por você doutora. -ele fala devagar a encarnado no fundo dos olhos.

-para. Por favor.

Ele começa a beijar seu pescoço.

-Alan eu estou pedindo pra parar tentação.

-eu não vou.

-eu te avisei.

Ela puxa seu rosto com uma mão para encontrar sua boca. Eles se beijam com pressa Alan se deita em cima de Helô e começa a beijar seu pescoço. Ela fecha os olhos. Alan então tenta beijar sua boca de novo , mas agora sem resposta. Ele levanta a cabeça para encara-la e percebe que ela está dormindo o advogado sorri todo bobo e balança a cabeça. Ele coloca o rosto no pescoço da delegada mais uma vez, mas agora é para lamentar e não para beijar.


Notas Finais


Me digam o que acham.😘😘😘😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...