1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor de Viagem! >
  3. Conversa séria

História Um Amor de Viagem! - Capítulo 28


Escrita por:


Capítulo 28 - Conversa séria


Fanfic / Fanfiction Um Amor de Viagem! - Capítulo 28 - Conversa séria

Nos juntamos aos outros. Kino segurava minha mão apertado, eu me sentia estranha, estranha e feliz. Os garotos a nossa volta faziam graça, eu não via o Wooseok agora. Pelo visto ele está se divertindo com a Naya.

Isso é bom, estou de verdade feliz que ele esteja com alguém. Porque tudo que eu sinto agora é felicidade por estar de mãos dadas com o Kino na frente de todo mundo.

- Sabia que você fica linda sorrindo?

- Deixa de coisa.

- Sério Sooyeon, muito linda. (Ele me beijou rápido.)

- Kino.

- Que foi? Eu posso beijar você, sem me importar com ninguém.

- Hmmm... (Beijei ele agora, depois falei baixinho ao seu ouvido.) - Eu preciso ir na cabana. Preciso tomar um banho, você sabe...

- Quer companhia nesse banho quer?

- Fica caladinho Kino. Para. (Coloquei os dedos em cima da boca dele que ria.)

- Eu to falando sério Sooyeon.

- E eu também. Eu preciso tomar um banho, ainda estou com minhas coxas sujas de sangue. (Ainda falava perto do seu ouvido.)

- Isso prova que você é minha mulher agora, só minha. (Novamente recebi um beijo.)

- Eu sou. Mas, sua mulher realmente precisa tomar um banho. E você também deveria tomar um... Devo ter sujado você também.

- Me sujou foi? De quê mesmo hein?

- Para de fazer graça com isso Kino, é sério. Me deixa com vergonha desse jeito. É sério! Você também deve ir tomar.

- É só deixar que eu vá com você.

- Para Kino, o Shinwon acabou de aceitar a gente e se ele ouve o que você ta dizendo isso vai ser ruim...

- Eu sei. To brincando, você vai lá toma um banho bem gostoso e pensa em mim.

- Kino...

- Parei, parei! Pode ir amor. (Ele ria muito.)

- Ta acho que to namorando um crianção. Bobo! Volto logo.

O beijei de novo e me aproximei da Minnie a pedindo para me acompanhar ao banheiro. Seguimos e por lá contei tudo pra ela, tudo mesmo. Sobre minha primeira vez e em como me sentia, cada detalhe foi dito.

E foi aí que veio a preocupação. Por causa dos detalhes.

- Não acredito que você caiu nesse papo Sooyeon.

- Como assim?

- Os caras sempre dizem isso pra não usarem camisinha. Eles dizem que querem sentir de verdade nossa pele e conversa vai e conversa vem. Mas, eles dizem isso porque não gostam do pinto dentro de um plástico apertado.

- Onde você quer chegar me dizendo isso?

- Ele gozou dentro de você?

- Minnie!

- To falando sério Sooyeon. Ele gozou dentro de você ou não?

- Gozou, acho que sim não deu tempo dele colocar pra fora já que tava tão empolgado. É, sim.

- Ai caramba. Que burrice! Garota, deveria ter obrigado ele a usar.

- Eu estava nervosa, não sabia como agir no momento. Ai, para de falar assim que você já ta me assustando.

- Sabia que você pode engravidar? E isso é o minímo, quer dizer, Kino tinha uma vida sexual ativa com outras mulheres...

- Ele não tem nada pra mim passar se é isso que ta dizendo. E também, eu não posso ficar grávida na minha primeira vez.

- Ahhh pode sim. E como pode. Minha irmã mesmo ficou grávida de primeira.

- Você está me deixando em pânico Minnie.

- Calma. Calma, agora não tem mais jeito. O que pode fazer é falar com ele, esperar e depois fazer um teste.

- Era o que me faltava! Ficar com esse medo logo depois de ter sentido aquela sensação prazerosa que tive agora a pouco e nem aproveitar dela.

- Me desculpa Sooyeon, mas, eu tinha que te falar. Se você tivesse falado comigo que tinha intenção de transar hoje eu teria te aconselhado.

- A gente tinha brigado esqueceu?

- É. Olha, é isso. Vai ter que esperar. Qual foi a data da sua última menstruação?

- Não sei. Talvez, no último dia... Num sei, não me lembro.

- Já menstruou esse mês?

- Não. Tava esperando, até entrei em tpm.

- Sooyeon você falando isso só aumentam as chances.

- Para!

- Tudo bem. Tudo bem, vamos parar! Vamos esperar mesmo, eu te ajudo no que precisar. Se daqui há duas semanas a sua menstruação não descer a gente vai no hospital e faz o teste.

- Certo.

- Mas, eu te aconselho a falar pro Kino.

- Como eu posso jogar uma bomba dessas na cara dele depois de uma vez só juntos?

- Ah minha filha ele aguenta. É claro que aguenta, vamos deixar de vitimizar os homens nessas situações. A culpa é principalmente dele que já era experiente e não quis usar o preservativo.

- Não sei o que fazer.

- Fica calma e conversa numa boa com ele. É simples.

Terminei de me trocar e voltamos para onde eles estavam. Ou quem sabe, parte deles. Alguns dos meninos já tinham se mandado com as garotas. Inclusive o Shinwon.

- Voltou amor. Tudo bem?

- Tudo sim. Você vai querer tomar banho agora?

- Vou sim. Vai comigo? Você me espera lá no quarto e depois a gente faz alguma coisa. Pode ser?

- Pode. Tchau Minnie, tchau Yuto. A gente já vai se recolher.

- Boa noite pra vocês.

- Boa noite. Cuida moçinha, vai dar certo.

Ela piscou o olho pra mim e sorriu. Sabia do que se tratava e isso estava me deixando mais do que nervosa.

- Você ta legal mesmo? Notei que depois que voltou do banho estava diferente.

- Kino eu quero conversar. É uma coisa séria.

- Nossa, já? O que eu fiz?

- Depois que você tomar banho a gente conversa.

- Fala agora amor.

- Depois.

- Ta bem.

Fomos pra cabana e enquanto ele entrou no banheiro eu fiquei deitada na cama olhando fotos em meu celular. Algumas que tirei desde quando a viagem começou. Maioria delas eu tentava enquadrar o Kino na mesma foto que eu... Hum! Agora estou deitada esperando ele pra dormir comigo. Como as coisas mudam de repente.

- Terminei. Uau! A água estava uma delícia. (Ele secava o cabelo.)

- Você é muito lindo garoto!

- Eu sou é?

- Demais, e sabe disso.

- Acho que sei. E também sei o quanto você é. Mas, essa ruginha aí na sua testa está prejudicando sua beleza. Vai, fala o que foi?

- Kino eu to preocupada.

- Com o quê? Estamos tão bem agora, o Shinwon, o Wooseok, todo mundo já sabe que estamos juntos. Não precisamos mais nos preocupar ou fazer nada escondido.

- Sei disso. Mas, é o seguinte... Eu contei pra Minnie sobre a nossa transa.

- Já contou pra amiga?

- Contei sim.

- E falou que eu mandei bem né? Quer dizer, disse que foi bom né?

- Falei sobre tudo, e em como me senti. Também sobre a gente não ter usado camisinha e foi aí que ela me deixou preocupada.

- Ta preocupada por isso?

- To sim. Há sérios riscos deu ter engravidado hoje. (Ele sentou na cama a minha frente.)

- E se engravidou? Qual o problema disso?

- Como é? Qual é o problema? Kino eu tenho 19 anos, não posso ser mãe.

- E eu tenho 22 anos e posso ser sim um pai para um filho nosso. Não tenho problema com isso.

- Ai meu Deus. Isso é sério? Quer dizer, a gente, eu mal comecei a viver. Eu mal aproveitei minha vida e você acha que eu quero me prender a um filho agora?

- Se refere a quê? Ao fato deu ser seu primeiro homem e o fato de você não ter tido outras experiências sexuais?

- Não to falando isso Kino, me refiro a minha vida como um todo. Ao fato deu ter desde sempre só me dedicado aos meus estudos e não ter feito outra coisa  que não seja relacionado a isso. Essa é a primeira vez na minha vida que to tendo a oportunidade de viver. De aproveitar sem me importar com coisas sérias.

- Sooyeon presta atenção. Se esse for o caso o que eu sei que não vai ser, se for o caso de você estar grávida o que eu vou poder fazer é ficar do seu lado.

- Fala isso agora. Quero ver quando tiver um bebê todo sujo de bosta chorando durante a noite.

- E por que nosso filho estaria todo sujo de bosta? Ficou doida? Você ta falando assim porque ta assustada e eu vou relevar isso.

- Não acredito que isso esteja acontecendo. Meus pais me deixaram passar esses 6 meses depois que terminei os estudos pra me decidir sobre o que eu queria de verdade. Entrar numa faculdade ou começar um trabalho. E agora como posso fazer isso se vou estar com um filho?

- Muita gente consegue Sooyeon, não se subestime.

- Kino eu não sei se consigo... Eu queria sair com minhas amigas, dançar, me divertir...

- E o quê mais? Paquerar outros caras? Ta arrependida de ter ficado comigo?

- Você já se divertiu bastante, ficou com muitas garotas, curtiu... E eu?

- É isso? Está preocupada por que não vai ter outro parceiro sexual? Por que só teve a mim?

- Nada disso Kino, para de levar pra esse lado.

- E eu vou levar pra qual então?

- Não aja como se não estivesse preocupado.

- Chega! Pra mim já deu! 

Ele saiu da cabana batendo a porta. Que droga é essa? Nossa primeira briga, nossa primeira briga logo depois da transa maravilhosa que tivemos. Ainda por cima sobre um filho imaginário. Que insensatez!

Em poucos segundos ele voltou a abrir a porta e caminhou na minha direção que permanecia sentada na cama.

- Kino...

- Sooyeon! Sooyeon... (Ele segurou meu rosto.)

- Kino me desculpa. (Eu já estava chorando.) - Me desculpa por surtar desse jeito... Eu sou assim mesmo. Desculpa!

- Sooyeon, tudo bem. Também fiquei assustado com essa possibilidade, mas, não há mais o que fazer. Devemos esperar, eu disse e repito. Estarei com você e se for o caso com nosso filho. Mas, não vamos nos precipitar. Eu sei que devia ter usado o preservativo, foi culpa minha. Era sua primeira vez e eu queria que você aproveitasse mais... Entende. Estamos juntos nessa. Ouviu?

Ele separou o abraço e me olhou, seu semblante era sério. Ele agia como um homem maduro e responsável enquanto eu me parecia com uma garotinha assustada.

- Ouvi sim Kino. Estamos juntos nessa.

- Seca essas lágrimas e vem cá.

Ele se deitou e me puxou pra seus braços. Nos encobriu com o lençol e ficamos agarradinhos.  Meu coração estava apertadinho.

- Vamos dormir na mesma cama é?

- Vamos sim. Essa é minha primeira vez dormindo com uma namorada. Portanto, agora... Shiii! Vamos dormir amor, amanhã será um novo dia... Mas, me diz, por que nosso filho estaria todo sujo de bosta?

- Cala a boa Kino, e vamos dormir.

- Você é uma graça Sooyeon... Hahahaha...

- Shiiii... Dorme!

~ Sooyeon Off

~ Wooseok On

O dia amanheceu e eu não voltei pra cabana com o pessoal. Fiquei com a Naya a noite toda e agora saí pra dar uma caminhada. E pensar em tudo que está acontecendo...

Por sorte, encontrei no caminho quem eu queria.

- Hongseok, a gente precisa conversar!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...