História Um amor depressivo. - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 22
Palavras 1.332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus cheiros verdes já peço desculpas pelo atraso de novo -.-'

Estou tendo uns problemas, mais espero que vocês gostem :3

Boa leitura ♡

Capítulo 9 - Fim das lágrimas (última parte)


Fanfic / Fanfiction Um amor depressivo. - Capítulo 9 - Fim das lágrimas (última parte)

Pov's Min Yoongi.


Avistei de relance Jimin caindo no chão, ele perdia muito sangue, por minha preocupação em meu amigo levei uma facada em minha perna, mais logo dei um chute na boca de Hoseok e coloquei as algemas que Jimin havia me dado nele, queríamos evitar mortes.

S/N conseguiu prender as mãos de Taehyung com um enforca gato, Taehyung estava muito machucado, S/N olhava para ele com uma cara de psicopata, nem percebeu que Jimin estava se agonizando no chão.

Corri até ele segurando Jimin em minhas mãos, ele estava pálido, sua respiração estava cada vez mais fraca, uma poça de sangue se formava em baixo dele com isso manchando roda minha roupa, coloco ele em meu colo rasgando minha blusa e amarrando forte pra estancar o  sangue, passou um tempo e eu não sentia mais a respiração dele.


-S/N liga pra ambulância!!! -grito em meio de lágrimas.

-J...Jiminie.... -ela começa a chorar ao ver finalmente Jimin em minhas mãos.

-Liga logo ele não tá respirando ! -falo bravo.


S/N logo pegou o telefone chamando desesperada a ambulância falando tudo que aconteceu, lógico que a ambulância acionou a polícia junto, depois de 10 minutos a ambulância entrou juntamente com a polícia, eles colocaram algemas em mim e S/N, pegaram Jimin na maca e saíram.


-espere ele não tem família! Eu sou o melhor amigo dele deixe a gente ir ! -grito.

-garoto não complique as coisas, por agora é melhor explicarem o que aconteceu aqui, me de seu número é eu ligarei para você okay ? -O policial me deu um papel e uma caneta  e eu anotei o número do meu celular.


Fomos até a delegacia onde estava, S/N, Eu, Taehyung, Hoseok e minha mãe. Eu não parei de chorar em nenhum minuto, S/N também, estávamos chorando juntos implorando para que nosso amigo esteja bem.

Nao demorou muito e fomos chamados cada um em uma salinha diferente para sermos interrogados, contei tudo, o que eles fizeram e mostrei as provas, as ameaças os vídeos do bullying que faziam com o Jimin, sim eu gravava tudo para um dia denunciar eles.

O advogado parecia estar em choque, mais ele falou que eu, S/N e minha mãe estávamos dispensados por se tratar de legítima defesa mais íamos ter que vim ao júri para depor como testemunhas, eu saí e fui comprar um refrigerante na máquina, procurava me acalmar mais só pensava em Jimin, Queria ver ele queria que ele estivesse bem... até que recebi uma ligação.


-alo ? -atendi com a voz meio chorosa.

-Min Yoongi sou eu o polícial de mais cedo, pode vim aqui ? Estamos perdendo ele... Talvez seja tarde demais -ele fala triste.

-estou indo... -desligo o celular e desabo em lágrimas.


Olho para cima e corro até S/N contando o que havia acontecido, ela começa a chorar muito então a abraçei e chorei junto, peguei a chave e corri em direçao ao carro minha mãe estava junto com a gente, ela também chorava desesperada, Jimin era como um filho para ela.

Corri até o hospital com meu carro, chegando lá falei na recepção o nome do Jimin e ela disse que ele estava no quarto 7 mais não podíamos entrar pois estava em cirurgia.

Corri avistando o policial e o mesmo me encarou aliviado e triste ao mesmo tempo, dava para perceber a preocupação nos olhos dele, não estava nada bem...


-como ele está ? -S/N fala desesperada.

-ele está em cirurgia, o médico nos avisará quando poderemos entrar, bom... por agora vamos sentar e esperar -o policial fala.

-vamos fazer isso... -eu me sento impaciente.


Eu batia os pés, mordia minhas unhas estava agoniado com o tempo que estava demorado passou duas horas e nada, nenhum sinal nenhum doutor, até que um médico veio com um avental cheio de sangue, S/N desmaiou pensando no pior e foi socorrida por uma enfermeira.

O médico falou que Jimin havia voltado a respirar e que a cirurgia foi um sucesso, eles iam deixar a gente entrar depois de uma hora, aquilo me deixou tão aliviado.

Passou 10 minutos e S/N voltou para onde estávamos sentados com uma bolacha salgada em suas mãos, ela estava mais pálida do que o normal acho que sua pressão estava baixa.

Minha mãe ficou com S/N enquanto eu fui até a lanchonete comprar um hambúrguer para a gente comer, trouxe cinco, dei um para minha mãe, um para S/N e um para o policial, fiquei com um e guardei outro para o Jimin, sabia que ele amava hambúrguer.

Comemos tudo em silêncio, depois jogamos tudo fora e ficamos esperando o doutor chamar a gente para entrar, não demorou muito e uma enfermeira nos entregou a chave do quarto, entramos e vi Jimin dormindo, estava ligado em um eletrocardiograma que mostrava a pulsação normal dele, também estava com uma bolsa de sangue perto dele, me sentei do lado dele, ele ainda parecia desacordado.

S/N estava comigo mais logo pegou no sono, peguei ela no colo e coloquei ela no sofá que havia ali, continuei observando Jimin para ver se ele acordava.

Acabei adormecendo ali mesmo, já estava acostumado com isso, acordo com um carinho, sentia meu cabelo ser acariciado, olho para cima e vejo Jimin me olhando sorrindo não contentei as lágrimas que caíam de meus olhos.


-quando vai aprender a dormir numa cama ? -Jimin falou rindo.

-quando vai parar de me preocupar? -dou um sorriso secando minhas lágrimas.

-Hyung... estou com fome, e sede -Jimin faz biquinho.

-vou buscar algo saudável, mais comprei algo que vc vai amar depois você come -dou um abraço forte nele.

-estou feliz que esteja aqui -ele me abraça.

-eu também -separo nosso abraço.


Andei até uma enfermeira, eram exatamente 4:32 da manhã, quando achei uma pedi uma comida leve para dar para Jimin, a mesma foi até lá e logo voltou com uma bandeja com um pote de sopa é um suco de laranja.

Volto no quarto e vejo S/N abraçada com Jimin, realmente achei muito fofo, sempre achei lindo os dois juntos, levei a bandeja até Jimin e S/N ajudava ele a comer, dando em sua boca afinal ele não consegui nem sentar direito por conta da bala em sua cintura.

Fiquei sentado perto dos dois, começamos a rir e conversar, Jimin ia ficar uma semana no hospital para se recuperar então, ia vim visitar ele todos os dias junto com S/N.


/1 semana depois/


Já havia se passado uma semana, vim buscar Jimin para levar ele para casa e fazer ele comer comida de verdade e não aquela gosma que davam no hospital, ele estava cheio de pontos ainda então não podia fazer muito esforço.

Fui até a sala de Jimin, o mesmo estava impaciente me esperando, quando cheguei ele me abraçou e abriu um enorme sorriso.


-vamos Jiminie ?  Vou te levar para comer hambúrguer -balanço a chave.

-voce é o melhor Hyung -se falava igual criança.

-ah sou mesmo, eu sou foda -dou risada.

-convencido -ele revira os olhos.

- vamos ? -abro a porta.

-vamos! -saiu correndo.


Fomos até o meu carro, levei ele para o Burguer King, vi os olhos dele brilharem quando chegamos, subimos as escadas e pedimos nossos lanches favoritos, observei ele comer aquilo com vontade, realmente devia estar cansado de comer só carne vegetal.

Quando terminamos de comer, chamei o garçom e pedi para nós dois milk shakes, um de morango e Jimin pediu um de chocolate crocante, o garçom logo trouxe os dois milk Shakes e começamos a tomar.

Estava feliz por ver meu amigo feliz, Jimin parecia uma criança quando vê doce, tomou tudo e ainda pediu um sundae de chocolate, realmente ele comeu muito. Paguei a conta e saímos, entramos no carro e fomos até um parque de diversões.

Gastei pra caramba mais não me importava só queria ver Jimin feliz, quando estava anoitecendo fomos embora, levei ele até o apartamento dele, ele abriu e se jogou na cama abraçando a raposa de pelúcia dele, eu acabei dormindo lá, deitei no sofá e Jimin dormiu na cama dele abraçado com sua raposa.

Realmente acho que agora estamos tranquilos, podemos dar tchau para as lágrimas, queimamos todas elas, queimamos todo o sofrimento, plantamos uma nova vida deixando todo o passado sofrido para trás...



Adeus passado, ola futuro !




Notas Finais


Tá curto ? Acho que sim mais espero que tenham gostado, esse cap foi narrado pelo Min Yoongi então espero que tenham gostado dele narrando.

Beijinhos de brigadeiros ♡

Até o próximo capítulo ♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...